Evolução vs Criacionismo

Uma das maiores controvérsias reside no embate de duas propostas antagônicas: A Teoria da Evolução, que explica o surgimento as espécies – fundamentada nas pesquisas de Charles Darwin, com base na Seleção Natural – e o Criacionismo, fundamentado unicamente no que vem escrito na Bíblia, e que os religiosos fundamentalistas tendem a aceitar como verdade literal e incontestável de como tudo foi criado, desde o menor ser vivente até o Universo macroscópico.

Nesta série, procuraremos explicar claramente o que é o que, quais as evidências que sustentam as duas proposições, onde elas se contradizem e como determinar qual é mais verossímil. Tentamos não fazer um artigo enorme, indo para as informações mais importantes, deixando muito do histórico detalhado de lado., em favor da concisão Tem muita informação na Internet; portanto, se quiserem se aprofundar, o Google é seu amigo.

Como o artigo acabou se tornando grande, separamos em 6 partes. São elas:

Parte I – Fundamentamos aqui o que é Ciência e o que regulamenta seu procedimento. A saber, o Método Científico.

Parte II – As bases da taxonomia. O que é uma espécie? E especiação? Como Charles Darwin chegou ao conceito de Evolução? Quais os outros cientistas que trabalharam nisso?

Parte III – Aqui falamos sobre o passado turbulento do planeta e como temos registros de tudo isso. Abordamos o confronto da Evolução, segundo o Gradualismo e do Equilíbrio Pontuado.

Parte IV – Nesta parte, vemos o confronto daqueles que dizem se a hipótese que se opõe à Evolução: O Criacionismo, seguido pelo Design Inteligente, com todos os problemas que este choque causou.

Parte V – Exame das tentativas de refutação da Teoria da Evolução, segundo os Criacionistas, mostrando o quanto elas são falsamente verdadeiras, sequer arranhando a Evolução.

Parte VI – Considerações finais e agradecimentos

Acompanhe-nos nessa viagem pelo conhecimento.



Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας