Só os antigos atenienses mais ricos pagavam impostos; e eles se gabavam disso!

Por Thomas Martin
Professor de Clássicos, College of the Holy Cross

Na antiga Atenas, apenas as pessoas muito ricas pagavam impostos diretos, e estes iam para financiar as despesas nacionais mais importantes da cidade-estado: a Marinha e as honras dos deuses. Embora hoje possa parecer surpreendente, a maioria desses principais contribuintes não apenas pagou alegremente, mas se gabou de quanto pagou.

Continuar lendo “Só os antigos atenienses mais ricos pagavam impostos; e eles se gabavam disso!”

A Verdadeira História da Idade Média

Você pensa que sabe algo sobre a Idade Média. O caos sem sentido, os belos castelos, a imundície, os garbosos cavaleiros, a ignorância exacerbada, as Cruzadas, as iluminuras, as pestes devastadoras, os monastérios, a influência da religião, a Queda de Roma, a ascensão do Islã, o período do retrocesso, a tão-chamada Idade das Trevas. De início posso dizer: você apenas tem fragmentos, mas História não é feita de fragmentos. Fragmentos de informações são como pedras; você pode construir conhecimento com eles, como um castelo é feito de pedras. Mas um amontoado de fragmentos não são a História propriamente dita como um amontoado de pedras não é um castelo. Continuar lendo “A Verdadeira História da Idade Média”

A Verdadeira História da Pedra da Roseta

O homem de uniforme azul para, em meio ao sol escaldante. Tira o chapéu e enxuga o suor naquele lugar que ele desdenhava por achar ser um recanto miserável, inculto, esquecido por Deus e o mundo. Aquele não era o seu conceito de civilização, ele queria ir para casa. Ele acompanha os seus soldados para mais um dia de serviço por ordem do Imperador. Ao chegar no ponto que tinha que estar e preparar para destruir tudo, ele viu algo inusitado. Uma pedra. Um pedregulhão, mas não era uma pedra comum. Era algo… diferente. Uma rocha trabalhada, um granito escuro que serviria para mudar o mundo, mas ninguém sabia. Para o homem, ainda era uma pedra, mesmo assim, mas o homem era curioso e o que ele viu quando chegou mais perto.

E o que ele descobriu mudou tudo o que nós conhecemos, pois as portas para uma civilização antiga, misteriosa, fantástica e incrível se abriram. O que foi encontrado foi um portal no tempo, e o mundo jamais seria o mesmo. Esta é a história da Pedra da Roseta.

Continue lendo AQUI

A desconfortável situação do finado jornalismo

Eu gostaria de falar sobre uma coisa que existia há muito tempo, mas que hoje caiu no esquecimento: jornalismo. Não existe mais jornalismo, pelo visto, e isso é ruim. Ruim, mas não é de hoje. A verdade, como eu sempre digo, é que as pessoas cometem um sério erro; elas acham que veículos de informação existem para informar. Não existem. Veículos de informação existem para dar lucro aos seus investidores.

Noticiários são um os mais desinteressantes programas para a população em geral, e isso não é só no Brasil. Há muito tempo, eles entenderam o que atrai as pessoas: previsão do tempo (não muito) e crimes, daqueles bem sangrentos. As pessoas adoram ver a desgraça alheia.

Continuar lendo “A desconfortável situação do finado jornalismo”

Funcionário recebe de salário muito mais que deveria e pica a mula com a grana

Imagina que você leva a sua vidinha pacata, esperando o contra-cheque, já pensando que o dinheiro vai dar um salto na sua conta, dar um mortal e ir voando para cobrir o cheque especial. Então, você olha pro contra-cheque e vê que recebeu quase 300 vezes o seu salário. O que você faria?

Bem, você eu não sei, mas um funcionário de uma empresa chilena meteu a mão na grana e sumiu do mapa. Agora todo mundo tá querendo catar o sujeito.

Tendo dinheiro pra sextar, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Funcionário recebe de salário muito mais que deveria e pica a mula com a grana”

Como não acabar com a fome no mundo com 6 bilhões de dólares

Desde que Elon Musk apresentou proposta de compra do Twitter, o pessoal que usa iPhone e anda de Uber achou um absurdo ele gastar dinheiro assim, quando poderia resolver o problema da fome no mundo. Claro, isso é ranço contra ele porque, nunca falam isso de outras pessoas.

Mas quanto dinheiro seria necessário para acabar com a fome no mundo? Continuar lendo “Como não acabar com a fome no mundo com 6 bilhões de dólares”

Uma nostalgia celular

Atualmente, os celulares são os aparelhos mais sem graça que existe, mas não foi sempre assim. Eu me lembro do meu primeiro celular, meu mesmo. Era um Ericsson A1228LX. Esse logo abaixo.

Com o advento da privatização, ficou fácil ter um celular pré-pago. Era o ano de 2000 e comprei na Casa & Video. Hoje, você nem precisa sair de casa. Mas… tem algo chato e eu acho péssimo: perdeu-se a graça dos celulares, principalmente no design. Celular hoje em dia é só pelo uso, não pela beleza, mas nem sempre foi assim.

Continuar lendo “Uma nostalgia celular”

Ea-Nasir: o pior comerciante da História

Imaginem um sujeito tosco para negócios e que acha que pode passar incólume. Esse devia ser Ea-Nasir, o sujeito que achou que podia dar o cano nos outros e ficar por isso mesmo. Bem, podemos dizer que ele quase tinha razão.

Só quase. Nanni não ia deixar barato e deixou para a posteridade sua reclamação. Continuar lendo “Ea-Nasir: o pior comerciante da História”