Category Archives: Matemática

Historiadora descobre que brasileiro inventou a Matemática

Eu já aprendi muito de muito, e todo dia aprendo mais ainda. Gosto de ler, ouvir rádio (é um podcast que funciona offline. Pergunte ao seu avô) e assisto TV quando tem algo que preste (faz uns mais 80 anos que não vejo nada, mas beleza). Com o advento da Internet, aprendi muito mais! Uma dessas coisas fantásticas e saber como no século XIII já haviam brasileiros espalhados pelo mundo a fora, espalhando cultura e desenvolvimento, tendo um deles inventado a Matemática.

Como? Você achou isso esquisito, loucura até? Ora, uma historiadora não estaria errada, estaria?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

ENEM 2017: Brasil mostrando o que tem de melhor

Que o sistema educacional brasileiro é uma mistura de show de horrores e uma ópera-bufa, não temos a menor dúvida. Todo ano o ENEM mostra a tristeza patética na qual nos encontramos. Alguns otimistas veem que as coisas estão melhorando. Já os realistas nos baseamos em fatos como só ter havido apenas 53 provas que foram gabaritadas pelos alunos. Já em termos de redação, mais de 309 mil tiraram zero.

Digam a verdade: vocês sabiam que eu ia gravar vídeo sobre isso, né?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Guerra de Classes: Como lacrador de classe média odeia pobres e ricos

As pessoas escolhem bandeiras. Normalmente, elas dependem da área de conforto, acreditando em qualquer bobagem que lhe colocam no colo, principalmente por um fenômeno muito presente: pensar cansa e muitas vezes dói. Isso aliado à brutal ignorância em Matemática além de um desconhecimento de uma coisa chamada “Realidade” faz com que muitas bobagens sejam repassadas. Uma delas é a que diz que super-ricos pagam menos impostos que os mais pobres. Você concorda com isso?

Se concorda, tenho péssimas notícias para você.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Universidade de Oxford acha que mulheres são burras demais para fazer provas junto com homens

Eu achava que, independente do gênero, raça, cor e credo, pessoas são capazes de alcançar maravilhas (foi o Jor-El quem me ensinou). A História está cheia de mulheres matemáticas brilhantes, como Sophie Germain, por exemplo. Mas eu achei que isso podia acontecer até os dias de hoje. Tenho que admitir que, às vezes, muito raramente, eu cometo erros. E a prova disso foi o que aconteceu em Oxford. Lá, eles acharam que mulheres são burras demais para fazer provas nos mesmos moldes que homens. Dessa forma, as mulheres passaram a ter direito a um tempo de prova quinze minutos a mais que os homens, de forma a diminuir o vácuo entre os dois, o que chamam estupidamente de gender gap.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

As geniais perguntas burras para quem se acha esperto

Normalmente, aparece, vez por outra, alguma imagem com um desafio. Não-raro, vem com a cara do Albert Einstein e começa com “Só gênios acertam essa”. Isso deve calar fundo na alma das pessoas, pois correm para responder. Afinal, como assim eles vão deixar de se considerar gênios? Nisso, apareceu mais uma. A imagem a seguir:

Só sendo um gênio vai saber qual tanque enche primeiro, certo? Pois preste bastante atenção.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Grandes Nomes da Ciência: Emmy Noether

Assim, senhora. Muito, muito bom. Um pouco mais pro lado. Pode olhar um pouco pro lado? Sim, assim. Olhe, senhora, acho que se colocar a mão no encosto dessa cadeira ficará melhor. Sim, tá lindo. Não respira.

Emmy está ali, imponente, reta, com um olhar calmo, a boca entreaberta, mas é a resolução em pessoa. Lhe disseram que ela não poderia fazer coisas. Ela não deu bola, fez o que não poderia ser feito. Lhe disseram que não alcançaria nada de muito relevante. Hoje seu nome é pronunciado com respeito e admiração. No tempo que mulheres eram parte do adereço de casa, ela mostrou seu lugar no vasto mundo dos números. Infinitos, racionais, belos e fascinante.

Hoje é dia 23 de março e é dia de Emmy Nother.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Matemática animada em animação

Matemática é algo muito abstrato, mas nada impede que você a transforme em algo concreto. Foi assim que nós a desenvolvemos. Desde o duas maçãzinhas até fractais. O ensino Matemática parece ter esquecido disso e tudo ficou monótono com contas que muitas vezes carecem de se.tido, e Matemática nunca foi fazer contas. Contas´são as ferramentas que a Matemática usa, assim como um martelo é a ferramenta do carpinteiro.

A animação a seguir mostra facilmente alguns conceitos matemáticos que de forma visual ajudará a entender um pouco mais sobre ela. E lembre-se: Pi ter valor 3,1415… significa muito pouco enquanto número, mas é de extrema importância quando o usamos para entender geometria por exemplo. Curtam aí:

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Ateus atribuem sucesso financeiro a Deus, diz Data Folha (e não o Sensacionalista)

Pois é. Essa notícia não veio do Sensacionalista, veio da Bia Granja Kunze. A pesquisa vinda do reto do jornaleiro estatístico do Data Falha mostra quem por aí atribui ao que a origem do sucesso nas finanças. Muita gente disse que vem de Deus, inclusive 23% dos ateus concordam com isso.

Não, péra. Mas hein?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Os maravilhosos resultados do Brasil no PISA (video)

O resultado do PISA foi uma vergonha. No país que odeia Ciência, não seria outro resultado senão o fracasso. Mas quem se importa com isso? Nem os alunos, muito menos os pais. O Governo mascara resultados, políticos pouco se lixam, já que eles dão à população o que a população quer: maneiras de não se empenharem no colégio.

O que essa catástrofe do PISA tem as nos dizer? Temos vídeo sobre isso, claro!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Vencedores da olim-piada de Matemática recebem dinheirão do CNPQ

Sim, isso mesmo que você leu. Como o Fantástico não dá direito a pedir música quem vence uma Olimpíada de Matemática, o CNPq ficou solidarizado e resolveu dar um dinheiro para os ganhadores. Sendo assim, o Programa de Iniciação Científica da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP ) dará continuidade à formação matemática dos estudantes medalhistas da OBMEP por meio de um mimo: A concessão de bolsa de Iniciação Científica Junior. Legal né? É o Brasil reconhecendo o potencial de seus futuros cientistas.

Ah, sim. Vocês sabem quanto é, em valores de din-din, uma bolsa de Iniciação Científica Júnior? 100 reais. Isso mesmo. Duas notas de cinquentinha. 5 notas de 20 reais.

Metendo a mão no bolso e sentindo que lá dentro só tem uma ficha telefônica velha, esta é a sua SEXTA INSANA!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας