Analisando séries e filmes de super-heróis XXVI

Adam West é o único The Batman possível

Eu sou fã do Batman, e esse sentimento começou quando eu era criança e via o melhor Batman de todos os tempos: O Batman do Adam West. Era galhofa, eu sei e não me importo! Tinha SOC, PUNCH, OOOOOF e várias onomatopeias. Eu achava e acho o máximo. Entendam, sou de um tempo que a gente aprendia a curtir os filmes e seriados de sua predileção, e não ver algo para ir reclamar. Todo mundo que assistiu ama este seriado.

Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XXVI”

Analisando séries e filmes de super-heróis XXV

Brightburn: Quando Kal-el deu errado

Realidades paralelas não legais. Uma nova forma de ver uma história, ou como lidar com os personagens numa história alternativa. Algumas fofas, algumas são dark, bem dark. É o caso de Brightburn, que recebeu o subtítulo “Filho das Trevas”, para ficar bem claro que vai ter algo de muito errado com o moleque. É um filme de terror, isso já digo logo de saída, mas não é com seres sobrenaturais. Não tem monstros de outra dimensão, nem fantasmas, nem bruxas ou qualquer coisa que você pensa que seja normal num filme de terror. Nesse caso, o ser mais amedrontador, sinistro e pérfido é… Uma criança, como todos os bons filmes de terror.

Antes de continuar, vem aquela ressalva: vai ter spoiler nesta bagaça, mas é um filme de 2019, então, não é tão spoiler assim. Ou é? Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XXV”

Analisando séries e filmes de super-heróis XXIV

Gotham City: Onde é, quais as suas origens?

Para vocês verem como uma conversa despretensiosa pode desenrolar muito. Eu comentei a cena do filme The Batman em que o Charada detona caminhões com explosivos e rompe os diques de Gotham inundando a cidade, e que isso não faz sentido, porque Gotham não está abaixo da linha do mar.

Mas afinal, Gotham fica onde? É realmente algo como a Holanda? Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XXIV”

Analisando séries e filmes de super-heróis XXIII

The Batman: A maior vingança é não ser vingativo

“A justiça é a vingança do homem em sociedade, como a vingança é a justiça do homem em estado selvagem.”

– Epicuro

Sim, esse é um artigo sobre o último filme do Batman. Sim, eu sei que você devia esperar citação do Chaves, mas todo mundo fez a piada, e eu sou mais esperto que um bando de repetitivos. Ademais, Epicuro resumiu o filme em uma sentença; enquanto eu escreverei um pouquinho a mais. Claro, vai ter spoilers. O que você esperava? Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XXIII”

Analisando séries e filmes de super-heróis XXII

A história sem fim de Shang Chi

Shang Chi é um personagem como tantos outros de sua época. Seu filme é um tanto… diferente dos quadrinhos, embora a premissa seja a mesma. Como sempre, o MCU faz uma salada dos diabos, deixando seu universo cinematográfico todo cagado como sempre, mas os fãs não perceberão isso e vai ficar tudo por isso mesmo. Ainda assim eu já posso dizer: e um bom filme de artes marciais estilo chinês, não tanto de super-herói, mas nem os filmes de “super-herói” da Disvel são efetivamente filmes de super-herói, como já falei antes.
Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XXII”

Analisando séries e filmes de super-heróis XXI

Matrix Resurrections: Um filme feito com a força do ódio

O que é pior que fazer um trabalho merda? É você ser obrigado a fazer um trabalho merda. Sabe quando você se empenha e dá tudo de si e pensa, “agora, sim, está terminado, posso descansar”? Então, vem o seu chefe e diz “olha só, e se fizermos mais, e mais e MAIS?” Então, você se dá conta, claro, que vai fazer porque tem boletos; mas se antes você deu tudo de si, agora vai dar tudo do seu ódio, em que você fará o trabalho obrigado, mas com os dentes cerrados, com sangue nos olhos e um fio de baba escorrendo pelo canto da boca.

Esta é a melhor definição de Matrix Resurrections. Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XXI”

Analisando séries e filmes de super-heróis XX

Homem-Aranha: Chutado de Casa

Obviamente, eu não poderia deixar de mencionar e analisar o último filme do Miranha. Eu diria que é REALMENTE o último filme do Miranha, mas no MCU. A Disney fez de tudo para tirar o Cabeça-de-Teia da Sony, mas eu já tinha dito como era o um problema negociar com japoneses. Também falei que o Homem-Aranha é o melhor herói do MCU sem ser do MCU, talvez, justamente por isso.

Bem, se preparem par a análise do filme, sobre o qual vocês não sabem do que se trata, mas eu irei explicar. Vai ter spoiler, mas o principal spoiler não é spoiler faz tempo: Peter Parker sempre se fode. Isso é mais do que canônico. Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XX”

Analisando séries e filmes de super-heróis XIX

Eternos: o filme mais DC da Marvel

Vendo Os Eternos não me deu a impressão do filme tão ruim que aventaram por aí. Confesso que o trailer era uma bosta e prometia algo chato, com uma história capenga. A única coisa que se dava para perceber pelo trailer era um grupo de heróis em que um voava, tinha super-força e disparava raios pelos olhos, uma guerreira e uma com hipervelocidade. Tem que ser muito desapegado da realidade ao não ver uma clara ligação com a Liga da Justiça da DC, o que é desconfortável já que Os Eternos pertencem à Marvel.

Não que o filme não fique clara a preferência da diretora Chloé Zhao para o universo DC, mas isso será melhor destrinchado mais à frente. Antes de começar, já vou avisando: vai ter spoiler até os Celestiais fazerem bico. Entretanto, já posso dizer: o filme não é sobre o que você possa pensar que seja. Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XIX”

Analisando séries e filmes de super-heróis XVIII

A morte e ressurreição de Jesus, digo, da Liga da Justiça

O “Liberem Snyder Cut” foi um dos maiores movimentos de fãs. Curiosamente, a Warner ouviu, mas ouviu mais ainda o Zack Snyder, que conseguiu convencer os executivos da DC a refilmarem, digo, remendarem o filme da Liga da Justiça. Warner gastou 70 milhões de dólares e acabou refazendo cenas, refilmando diálogos e dando uma recauchutada em muito dos efeitos visuais… mas não todos. Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XVIII”

Analisando séries e filmes de super-heróis XVII

Justiça que faltou para a Liga, ou Liga Whedonverse

Liga da Justiça é um filme bastante controverso e teve um festival de problemas. De todos os tipos. O filme estava atrasado, o orçamento estourou e a filha do Zack Snyder cometeu suicídio, deixando o cara na pior, compreensivelmente. Vamos falar um pouco sobre os dois filmes, mas antes, o pano de fundo. Continuar lendo “Analisando séries e filmes de super-heróis XVII”