Artigos da Semana 64

Estamos na marca de 500 mil mortos, e este número vai subir nesta semana que entra. Um dos artigos falou sobre como não aprendemos nada, e jamais iremos aprender. Também trazemos a história do bon vivant com 39 esposas que bateu as botas e o inventário será uma dor de cabeça. Ah, e vídeos da Natureza e de foguetes.

Mas ainda há o número de 500 mil mortes nos assombrando.  Por que as pessoas não aprendem?

Continuar lendo “Artigos da Semana 64”

Colocando um bebê foguete pra nanar até chegar sua missão

Há uma maravilhosa corrida espacial para saber quem vai à Lua primeiro agora. Eu até acho que será a SpaceX, mas não importa quem seja, o que importa é que voltem lá. Para isso a NASA está tocando a Missão Artemis.

No vídeo a seguir, vemos a montagem e transporte do estágio central do foguete do Sistema de Lançamento Espacial para a primeira missão Artemis. Ele foi erguido e posto em posição no Edifício de Montagem de Veículos no Centro Espacial Kennedy.

Continuar lendo “Colocando um bebê foguete pra nanar até chegar sua missão”

E continuamos não aprendendo, né?

Em abril do ano passado, eu perguntei Aprendemos a lição? A respeito da loucura que estava o país e a proverbial incompetência dos governos em fazerem algo. Alçaram o Átila com sua voz de desespero que pouco ajudou. Não, não morreram 1 milhão de pessoas até o fim do ano como ele previra se nada fosse feito. Nada foi feito e hoje estamos caminhando para 500 mil pessoas. Sim, ainda é um número alarmante, mas o Átila contribuiu para os idiotas negacionistas minimizarem os efeitos. Continuar lendo “E continuamos não aprendendo, né?”

Líder de seita bate as botas e as viúvas querem que o sujeito volte pra se explicar

Um monte de homens (babacas) acha o máximo países árabes por lá ser permitido ter mais de uma esposa. O que estes idiotas não sabem é que a Sharia estipula que tudo o que for dado para uma esposa, tem que ser dado para todas as esposas. Sim, elas devem ser tratadas absolutamente iguais, incluindo quantidade de relações sexuais por semana. Ou seja, não é uma questão se pode ou não, é uma questão se você tem dinheiro para manter. Maioria não tem.

Normalmente, o Cristianismo não tem dessas de poligamia, mas é na base do “poder, não pode. Mas se quiser, pode”, como foi o caso com aquele Zé que morreu na Índia e era o cabeça de uma das maiores famílias do mundo, pai de 94 filhos e 39 mulheres. Só que o miserável bateu as botas e vem aquela parte divertida chamada “partilha de bens”. Continuar lendo “Líder de seita bate as botas e as viúvas querem que o sujeito volte pra se explicar”

A briga de políticos que eu quero ver

Que político não presta, isso todo mundo sabe. Nenhum desses malditos parasitas vale um tostão furado e normalmente a única coisa que mereceriam seria o nosso desprezo, mas, de vez em quando, um relógio quebrado está certo duas vezes por dia, como é o caso do Eduardo Paes (prefeito do Rio) e João Dória (governador de São Paulo), “disputando” quem vacinará mais pessoas.

Continuar lendo “A briga de políticos que eu quero ver”

Artigos da Semana 63

A semana foi agitada. Teve pastor com boca de sapo fazendo ladrão passar mal, freira ladra e viciada em jogatina e Coreia do Norte manda ver na relação de crimes como… falar gírias e usar calça jeans. Não apenas isso, k-pop. K-pop também não pode. Estou pensando até que ponto eles estão errados.

Enquanto isso, ainda tivemos uma reportagem mostrando como a cidade estado de Singapura se deu muito bem durante a pandemia, com um mínimo de mortes, coroado com umas reflexõeszinhas sobre o dia dos namorados. Let’s go!

Continuar lendo “Artigos da Semana 63”

O sucesso de Singapura na luta contra o COVID-19 tem um nome: higiene. Brasil? Deixa pra lá

Todo mundo puxa o saco da Nova Zelândia como um exemplo de combate ao coronavírus, ou corona vírus, ou COVID-19 ou coronga, mesmo. Não que estejam errados, mas há uns detalhes que devem ser verificados, como o fato da Nova Zelândia ser uma ilha Oceano Pacífico, a cerca de 42 km da Austrália. Mas eu prefiro checar outro país: Singapura, que poucos mencionaram até agora (aka, quase ninguém), sendo que ela, apesar de ser uma ilha, está coladinha com Malásia (pelo Estreito de Johr) e Indonésia (separados pelo Estreito de Singapura).

Seus números de casos de coronga são ridículos, mas a que se deve isso? Continuar lendo “O sucesso de Singapura na luta contra o COVID-19 tem um nome: higiene. Brasil? Deixa pra lá”

Freira safadeenha dá desfalque na igreja para gastar com jogatina

Misteriosos são os desígnios de Deus, Todo-Poderoso. Já não tão misterioso assim é aquela coceirinha onde as noivas de Jesus sentem. Aquele comichãozinho safado que vem nas piores horas e que coloca em xeque a fé e a devoção, principalmente quando bate de frente com um dos mais importantes votos que as freiras fazem, além de ferir gravemente um dos mandamentos Santos de Jeová.

No caso, é a freira Mary Margaret Kreuper, de 79 aninhos bem safadeenhos, de jogatina desenfreada às custas de meter as mãos nos fundos da igreja. Continuar lendo “Freira safadeenha dá desfalque na igreja para gastar com jogatina”