Monges são destituídos porque estavam loucaços na metanfetamina

A vida monasterial é difícil, exigente em termos de empenho, devoção e disciplina. Mas na Tailândia parece que isso é exacerbado, já que ali é um Brasil piorado (sim, conseguiram isso). Já começa que Tailândia é a capital mundial da prostituição e tráfico de drogas, mesmo ambos serem ilegais lá. O altíssimo índice de dependência química chegou ao ponto de muitos mosteiros do país, como o Thamkrabok – um mosteiro budista localizado a 140 quilômetros de Bangkok, capital do país – se especializar no tratamento da dependência de drogas.

O que ninguém contava é que 4 monges e um abade fossem grampeados num exame antidoping por terem usado droga sintética que passarinho não usa.

Viajando loucamente nas maluquices monasteriais, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Monges são destituídos porque estavam loucaços na metanfetamina”

Moeda provada ser genuína nos ajuda a entender um pouco da História de Roma

O problema da História é que em muitos casos não sabemos a diferença entre ficção e realidade. Muitas histórias tidas como verídicas realmente não aconteceram, como egípcios terem escravos (nunca tiveram). Já outras histórias que muitos pensaram ser apenas fantasia, realmente aconteceram. Por exemplo, uma moeda encontrada trazia a efígie de um certo Sponsianus, alguém que teria, em tese, sido um usurpador durante o reinado de Filipe, o Árabe, naquela zona desgraçada chamada Crise do Terceiro Século.

Todo mundo tinha certeza que era uma moeda fajuta, mas pelo visto não é bem assim. O sujeito realmente existiu. Como saber? Graças à Ciência! Continuar lendo “Moeda provada ser genuína nos ajuda a entender um pouco da História de Roma”

Idoso assaltado sente o crime no fundo do seu âmago

A Venezueira tem sérios problemas. Quando não estão atrás de cachorros para preparar o almoço, tem que aturar brasileiros ao chegar aqui, e quando você foge de um lugar para vir pro Brasil, é sinal de que você tem sérios problemas. Agora, problemas mesmo tem um tio que teve a casa invadida por ladrões. Não satisfeitos em roubar o tio, ainda enfiaram uma garrafa de cerveja onde o Maduro não alcança. Continuar lendo “Idoso assaltado sente o crime no fundo do seu âmago”

A desconfortável situação do finado jornalismo

Eu gostaria de falar sobre uma coisa que existia há muito tempo, mas que hoje caiu no esquecimento: jornalismo. Não existe mais jornalismo, pelo visto, e isso é ruim. Ruim, mas não é de hoje. A verdade, como eu sempre digo, é que as pessoas cometem um sério erro; elas acham que veículos de informação existem para informar. Não existem. Veículos de informação existem para dar lucro aos seus investidores.

Noticiários são um os mais desinteressantes programas para a população em geral, e isso não é só no Brasil. Há muito tempo, eles entenderam o que atrai as pessoas: previsão do tempo (não muito) e crimes, daqueles bem sangrentos. As pessoas adoram ver a desgraça alheia.

Continuar lendo “A desconfortável situação do finado jornalismo”

Doidões advertidos por enfiar a língua onde não devem

“Idiota é quem faz idiotice, senhora”
– Forrest Gump

Eu consigo pensar numa grande quantidade de gente a quem esta descrição cairia muito bem. O tipo de pessoa capaz de cheirar pó de mármore, enfiar ozônio no reto e… lamber sapos.

Não querendo esses lances de ficar lambendo sapos para ver se dar barato, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Doidões advertidos por enfiar a língua onde não devem”

Grego fica irritado com americano por este ser idiota

Todo mundo sabe que gringo do Shithole com Dinheiro não é lá muito chegado a Matemática. Se fosse, usavam sistema métrico e tinham um sistema de data que faça sentido, e não aquela porcaria de mês, dia e ano. Entretanto, alguns gringos se dão ao luxo de serem mais burros ainda, sem conhecer alguém como Pitágoras ou mesmo como medem telas de TV e monitores.

Continuar lendo “Grego fica irritado com americano por este ser idiota”

Timelapse de todo o Universo

O Universo tem algo mais de 13 bilhões de anos. Eu até falaria algo como “um pouco mais de…”, mas quando falamos de Universo, é tudo tão imenso, tão gigante, tão fabulosamente fantástico que as palavras acabam sem sentido. É um caminho muito longo m termos de tempo e espaço e ficamos maravilhados com todo o esplendor de tudo o que tem lá fora, muito daquilo, sequer fazemos ideia do que seja, mas hoje sabemos muito mais do que no início do século.

Continuar lendo “Timelapse de todo o Universo”