Papa quer que os outros aprovem união entre homossexuais, mas só os outros

O Papa é um cara bem legal, e dizem que gosta de mulher (desde que fora do comando da Igreja). Ele é bem preocupado com as pessoas, ainda mais os homossexuais. Com isso, ele instou que os governos permitissem a união civil de homossexuais. Maneiro, né? Continuar lendo “Papa quer que os outros aprovem união entre homossexuais, mas só os outros”

Voz dos Alienados 101

Passou-se muito tempo, mas taqui de volta. O antigo site usava a plataforma Disqus para comentários, o que eliminava um monte de malucos comentando. Já o sistema bundalelê do WordPress não tem isso. O bando de retardados chegou chegando e para seu deleite está aqui, novinha em filha. A minha, a sua, a nossa a de todo mundo, o maior sucesso do Ceticismo.net

COM VOCÊS, VOZ DOS ALIENADOS!

Papa reclama das queimadas mas Jesus não dá nenhuma ajuda

Eu nem entendo mais as religiões. Antigamente, Jesus fazia e acontecia. Não só ele, mas todos os outros deuses de todas as outras religiões. Então, seus seguidores, portadores da mensagem de seus deuses, eram investidos desse poder, capaz de evocar poderes supranaturais. Hoje, só fazem dar palpite.

Um exemplo disso é o Papa Chicão, the First. Ontem, domingão, ele demonstrou preocupação com os incêndios florestais na América do Sul e nos Estados Unidos. Tipo, sei lá. Ele poderia ter resolvido, não?

Continuar lendo “Papa reclama das queimadas mas Jesus não dá nenhuma ajuda”

Artigos da semana 32

Meu PC deu pau e tive que reinstalar tudo. Ou quase tudo. Por isso eu estive ausente ontem. De qualquer forma, eu não postei na semana passada o que eu tinha escrito naquela semana, então, estou postando duplamente. Meu PC está funcionando, os programas estão reinstalados. Tudo uma maravilha.  Estou aproveitando para fazer uma faxina, já que eu tinha muito lixo, coisas que estava testando e parei e outras que fui testar e nem comecei. Hora da limpeza. Tem horas que recomeçar é o melhor e mesmo um pé na bunda faz você andar pra frente.

Vamos aos artigos, agora?

Continuar lendo “Artigos da semana 32”

Isto tá fino na volta ao trabalho

Voltei ao trabalho. Tive uma linda segunda-feira sem fazer nada no colégio, acabando por ter que dar aula lá, no meio ao caos. Era rede não funcionando, as câmeras rateando e o Meet dando pau. Sim, eu ainda estou no online também, pois alguns pais são espertos e não quiseram mandar os filhos pro colégio. Meu trabalho que antes tinha duplicado, piorou. Ninguém pensou, em seis meses, em fazer exaustivos testes.

Continuar lendo “Isto tá fino na volta ao trabalho”

Reflexões sabadinas sobre os ex-filósofos da Rede

Eu estava procurando uma informação ontem que eu sabia estar num texto antigo. Acabei esbarrando num outro texto nada a ver, o que me chamou a atenção e eu fiquei lendo, acabando por pular de link em link. Antigamente, chamávamos isso de “navegar pela internet”, começando a ler sobre a Guerra na Bósnia e indo parar em receita de salada de feijão fradinho. Atualmente, na era dos apps, você entra no que quer e não vai pra mais lugar nenhum. O que prometia ser dinâmico virou apenas um lugar-comum com viés de confirmação. Quando não se gosta de um conteúdo, para por ali, ao invés de saber mais. Vídeos no YouTube e podcasts cimentaram isso, já que ninguém lê as descrições, o que por sinal são difíceis de serem vistas se for consumir o conteúdo pelo celular, mas o que eu quero abordar não é isso.

Continuar lendo “Reflexões sabadinas sobre os ex-filósofos da Rede”

Os buracos da autoestrada da informação

Estamos na Era da reclamação. Isso é um ponto indiscutível. Antes, a gente entrava na Internet para buscar informações; e encontrávamos! Hoje, entramos na Internet para dizer que não encontramos informação alguma, que é um absurdo, como assim me pedem coisas que eu não sei, como irei aprender, bláblábláblá.

Continuar lendo “Os buracos da autoestrada da informação”

Indo na contra-mão

Estava pensando uma coisa interessante. No início, os blogs eram diários, em que as pessoas escreviam o que estavam pensando, suas opiniões. O mesmo acontecia com as redes sociais. Você via algo legal, postava. Você sabia de algo interessante, compartilhava. Isso era com os blogs de tecnologia, por exemplo. As pessoas compartilhavam notícias e comentavam muito. Isso acabou com o advento do adsense, que para monetizar tinham que refrear as opiniões, pois por qualquer coisinha o Google metia o machado. Isso levou a uma profissionalização, acarretando mais sites noticiosos no mesmo padrão dos jornais. A tão odiada Velha Mídia venceu, já que ela mostrou o caminho do sucesso.

Continuar lendo “Indo na contra-mão”

Mijo de vaca fez bem pra saúde, segundo ator indiano.

Indianos são estranhos. Primeiro, eles tomam banho no Ganges e… bem, eu sugiro que você –> NÃO ENTRE NESTE LINK <— Eles não são muito lá – como direi? – afeitos ao que estamos acostumados, principalmente por causa da sua vertente hindu. Claro, você jamais verá isso nos filmes de Bollywood. Pega mal pro mercado internacional, você sabe. Isso, claro, não implica que seus atores se eximem de traçar opiniões a respeito.

Alguns deles até recomendam beber urina de vaca, alegando que faz um bem desgraçado na paz de Nosso Senhor Shiva, amém, graças a Vishnu.

Tampando o nariz com o odorzinho de amônia, esta é a sua SEXTA INSANA!!

Continuar lendo “Mijo de vaca fez bem pra saúde, segundo ator indiano.”