Grandes Nomes da CIência

Biografias de cientistas conhecidos ou não tão conhecidos assim. Curiosidades e fatos sobre suas pesquisas, inclusive gente anônima que fez ciência e não recebeu os devidos créditos. Mais »

Livro dos Porquês

A sabedoria e o conhecimento. Isso é Poder! Abra sua mente, aprenda mais sobre questões básicas (e complexas) e tire suas dúvidas, de forma mais didática possível, sem ser aquelas aulas chatas de colégio. Mais »

Grandes Mentiras Religiosas

O mundo não é tão bizarro quanto fazem parecer. Mentiras e enganações para ludibriar as pessoas, lindamente desmontados, de forma a trazer à luz a desonestidade para tentar lhe fazer parar de pensar e simplesmente aceitar o que querem que você pense. Mais »

Caderno dos Professores

Para quem quer ensinar e muitas vezes se pergunta como abordar um tema. Como deixar a aula interessante, como levar conhecimento aos seus alunos por meios que pedagogos lhe odiarão, mas serão amados pelos estudantes. Mais »

 

Vereadores de Araçatuba são imbecis e confundem biologia com putaria

John Scopes era um professor de escola pública. Em 5 de maio de 1925, ele foi preso e enviado a julgamento. Seu crime foi ter ensinado fora das leis que estipulavam o que os alunos poderiam aprender, de forma que não fossem desviados dos bons costumes da família americana. Contrariando esta decisão, Scopes resolveu ensinar assim mesmo e pelo crime de corrupção de jovens foi jogado na cadeia. O que ele estava ensinando? Evolução, o que era crime de acordo com a Buller Act do Tennessee.

Hoje a Buller Act já caiu, mas o Brasil ainda está galgando os caminhos do obscurantismo e sob o controle de grupelhos pseudo-conservadores, que nada mais são uma Direita Religiosa fanática (desculpem o pleonasmo). Em Araçatuba, falar pros seus filhos que meninos tem pinto e as meninas têm pepekas é crime.

Grandes Nomes da Ciência: Herakleides

O jovem fechou os olhos. Deu seu último suspiro. Seus anos chegam ao fim e aí preparou-se a sua jornada ao outro mundo. Seguindo suas instruções, ele foi bem preparado, bem de acordo com sua classe social, mas com requintes de uma religião que para ele já era antiga.

Passados 2 mil anos, olhamos para o que sobrou desse outrora jovem e podemos entender o que ele queria e como foi feito. Esta é a história da Múmia de Herakleides.

País de verdade faz o que Brasil não faz e manda charlatão pra cadeia

Às vezes ficamos mal-acostumados com coisas erradas e quando vemos certas ações ficamos, gratamente surpresos. Enquanto o Brasil pseudociência como ordem do dia, o SUS apresenta “alternativas” de cura, como danças holísticas e toda face de bobagens, como homeopatia entre outras insânias e até Reiki, aquela bobagem de ficar dando “passe”, usando energias vindas provavelmente do reto. Já o pessoal do Império onde o Sol Nunca Se Põe não tem essa de achar isso lindinho, mandando um desses safados que curam câncer apenas com energia vinda sei-lá-de-onde para ser hóspede da Rainha, não necessariamente no palácio de Buckingham.

Passando a mão na cara deste monte de safados para ver se tomam vergonha, esta é a sua SEXTA INSANA!

Misticismo Quântico

Você viu o vídeo do Felipe do Café e Ciência falando sobre o que é Física Quântica. Ainda assim, um bando de lunáticos acreditam na onda de um monte de enganadores e seus misticismos quânticos do Inferno. Tudo é quântico. Até o que não é mecânica quântica é quântico. Quer pagar quântico? Aproveitam-se da ignorância da população e vendem suas curas mágicas e receitas idiotas para se ganhar dinheiro, com uma alucinada algarávia de coisas que não fazem o menor sentido. E é isso que discutimos nesse vídeo!

Gente inocente não viu nada demais na cura-gay achando que não é cura-gay

Com a nova canetada juizeira que exorcismos, digo, cura gay tem validade, eu apontei o quão isto era imbecil, claro, as mentes puras, cândidas e totalmente tapadas, que não sabem como bancada religiosa funciona, disseram “não, André. Ninguém está falando de cura gay ali. O juiz estava falando de pesquisas clínicas e pesquisadores não podem ficar impedidos de atuar por causa daquela resolução do Conselho Federal de Psicologia.

Sim, tocante, não? Como eu falei, estas almas puras não sabem ler nas entrelinhas, nem mesmo da ata. Então, só resta apontar o óbvio e recomendar melhor atenção. Mas primeiro, cadê a ata?

Brazilzão Laico tem lei obrigando a tocar música religiosa nas rádios


Eu adoro certos conceitos lindos que são maravilhosos enquanto conceitos, mas isso só dura até chegarmos no quesito MUNDO REAL. Um exemplo é que o Brasil é um Estado Laico. Eu nem falo de crucifixos em tribunais, pois aquilo lá não faz a menor diferença. Se colocar uma mandala indiana, ninguém vai passar a adorar vacas. Se bem que eu adoro vacas. Sob a forma de contra-filé, no churrasco. Eu me preocupo muito mais com o protecionismo a igrejas (seja legal ou tributário) do que com a bosta de um crucifixo num tribunal. Juízes não serão mais éticos removendo a decoração.

Agora, para melhorar mais ainda o conceito de Estado Laico, um projeto de lei visa que todas as rádios públicas toquem músicas religiosas, do contrário estará violando a constituição e blábláblá.

Um herói que salvou milhões morreu, e você não ficou sabendo

Me dá náuseas quando chamam gente encerrada numa casa, com todas as regalias, sem fazer absolutamente nada, concorrendo a um prêmio milionário, de “heróis”. Não há heroísmo nisso. Não há nenhuma forma de altruísmo, pelo contrário. Heróis são quem colocam a vida em risco, que arrisca tudo visando um bem maior, como gente salvando pessoas de terroristas. E se quem salva uma vida salva o mundo inteiro, uma pessoa que salva literalmente o mundo inteiro não é apenas um herói, é algo supremamente acima de tudo isso, para o qual não há palavras nas línguas dos Homens, dos Elfos ou dos Anões.

Em 2014, eu falei sobre ele: Stanislav Petrov – o homem que salvou nossas vidas. O homem que salvou a todos nós de todos nós. Infelizmente, as notícias não são boas. Ele faleceu… em maio.

Juiz dá permissão de exorcizar, digo, curar gays

Tem horas que eu fico com algumas dúvidas na minha cabeça. Não sei se estamos vivendo numa teocracia fundamentalista ou as pessoas simplesmente são estúpidas, mesmo, colocando a culpa na religião para não terem que dar satisfações. Não que juízes sintam alguma necessidade de se explicarem por qualquer merda que façam, como qualquer agente de trânsito pode confirmar. Agora, um juiz do Distrito Federal acha que não tem problema nenhum tratar homossexuais, de forma que acabem com esse negócio de serem gays.

Lei profissionaliza blogueiros. Ferro quente em breve

Uma coisa que sempre causou problemas ao Estado foi certos indivíduos com a mania de pensar por si mesmos, e isso desde os tempos de Sócrates (o filósofo, não o jogador de futebol, que nem pênalti sabia bater). Se analisarmos que não é muito legal estar certo num ambiente com todo mundo errado (a bênção, François Marie), ser aquele indivíduo que fala umas verdades acaba não dando muito certo e os membros constituídos do Poder estabelecido não veem isso com bons olhos, a ponto de dar uma forcinha para impedir isso.

Liberdade de pensamento é muito legal, mas só quando você guarda para si, como qualquer garçom pode atestar. Não é mesmo, sr. Lindomar?

Taís Araújo bolada com a filha ou Biologia 1 x 0 Lacração

Atualmente, o pessoal que adora/precisa ficar na mídia 24/7 tem sérios problemas, dada o enxame de assuntos que pipocam nos portais de notícia, que são ávidos por notícias fresquinhas, mesmo quando não é notícia nenhuma. A mente de Dory dos leitores esquece rápido, e se desinteressam logo, portanto, é preciso arrumar mais polêmicas, mesmo quando não há polêmica nenhuma. Cientes disso, artistas de uma maneira geral precisam inventar alguma maluquice, seja a Bela Gil e sua vida sexual quanto o pessoal lacrador, na caça de machistas e que se especializaram em fanfics cada vez mais loucas.

Taís Araújo é daquelas mães descoladas, prafrentex e ciosa de seu lugar enquanto lacradora, pronta para denunciar e se chocar contra os desmandos da sociedade, enquanto feminista ativa e consciente daquelas bobajadas de gênero ser construção social. O problema é que mais poderosos são os poderes da Biologia, e esta é a sua SEXTA INSANA!