Indra pode olhar pra baixo e ver a Índia agora (por enquanto)

A índia é um lugar fascinante. Sua sociedade é paradoxal ao ponto de ter ciência avançada a ponto de mandar uma sonda para orbitar Marte e acertar a órbita de primeira (se bem que eles inventaram a aritmética e até os números), mas em contrapartida ainda vivem em castas, como desde antes da Idade Média. Parte disso é explicado pelo seu índice demográfico com 1,353 bilhão de habitantes, a tendência a uma ampla diversidade cultural é altíssima. Isso vai das pessoas mais atrasadas até as que têm maior acesso à educação.

Em 25 de março de 2020, o governo indiano meteu o louco e colocou sua população em quarentena severa, com direito a maravilhosas imagens da polícia solicitando educadamente que o povo fosse para casa. Isso acarretou numa redução drástica no tráfego de carros, ônibus, caminhões e aviões. E isso foi bem detectado pela NASA.

O dr. Pawan Gupta é um cientista sênior do Departamento de Ciências da Terra no Instituto de Ciência e Tecnologia. Sua principal pesquisa estuda o campo da detecção remota de aerossóis por meio de satélites polares e geoestacionários para monitoramento e avaliação da qualidade do ar nas mega cidades em crescimento, desenvolvimento de modelos estatísticos e de aprendizado de máquina para estimar a quantas andam o ar que respiramos.

Após apenas uma semana de atividades humanas reduzidas, os sensores dos satélites observaram os níveis de aerossol em uma baixa de 20 anos para esta época do ano no norte da Índia.

Os cinco mapas a seguir mostram medições de profundidade ótica de aerossóis (AOD) sobre a Índia durante o mesmo período de 31 de março a 5 de abril de cada ano de 2016 a 2020. O sexto mapa (anomalia) mostra como o AOD em 2020 se compara à média de 2016- 2019. A profundidade óptica do aerossol é uma medida de como a luz é absorvida ou refletida pelas partículas transportadas pelo ar à medida que viaja pela atmosfera.

Se os aerossóis estiverem concentrados perto da superfície, uma profundidade óptica igual ou superior a 1 indica condições muito nebulosas. Uma profundidade óptica ou espessura inferior a 0,1 em toda a coluna vertical atmosférica é considerada “limpa”. Os dados foram recuperados pelo Espectrorradiômetro de Imagem de Resolução Moderada (MODIS) no satélite Terra da NASA.

O trânsito indiano não é caótico, caótico é organizado demais para a Índia. Com zilhões daqueles malditos tuk-tuk, carros velhos, motonetas, lambretas, motos e aqueles maravilhosos trens, com pessoas andando confortavelmente, sem atropelo, tudo bem antenado com o meio ambiente, para não dizer o contrário. Mas com o coronga, houve uma severa redução na atividade de veículos a motor, usinas a carvão e outras fontes industriais nas áreas urbanas produzindo gases, vapores e manando pra atmosfera partículas sólidas em suspensão, assim como nitratos e sulfatos.

Já as áreas rurais mandam ao ar muita fumaça, um festival de fuligem (carbono finamente dividido em suspensão) e substâncias orgânica, provenientes de fogões a lenha ou carvão e queimadas com permissão governamental; e tudo isso aumenta a concentração de aerossóis, mas com as medidas de “Fica em Casa, Rajnesh”, elas diminuíram sensivelmente.

O que vai acontecer daqui pra frente? Uma hora, o lockdown vai acabar e toda essa comemoração de canais de Veneza limpos, menos poluição e aerossóis sobre a Índia em níveis aceitáveis dará lugar a mais preocupação, como se nada tivesse sido aprendido. Mesmo porque, alterar toda uma infra-estrutura de uma sociedade de um país com mais de um bilhão de habitantes será tão fácil quanto acabar com o seu sistema de castas, ou seja…

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s