Tag Archives: satélite

Histórias de Pescador: Como prometer catar lixo espacial e enganar que vai conseguir

Lixo espacial é um problema. Desde foguetes até uma maleta de ferramentas. O astrofísico Donald J. Kessler propôs a denominada “Síndrome de Kessler”, que basicamente é um conjunto condições caóticas no meio ambiente espacial, inferindo numa tendência de resultar num efeito de colisões e reações em cadeia envolvendo os satélites e outros objetos em órbita ao redor o planeta. Em outras palavras, um objeto perdido como a bolsa de ferramentas voadora da astronauta Heidemarie Stefanyshyn-Piper algum dia pode se chocar com um satélite, cair na Terra ou acertar a Sandra Bullock. Isso não é legal e o George Clooney pode atestar isso. Muitas iniciativas estão em pesquisa para recolher parte dessa lixarada. Alguns estão pensando em nanossatélites agarrando o lixo e tem aqueles que acham que uma rede de arrastão cósmica pode dar conta. Eu só espero que não joguem este lixo no Sol. Isso pode dar dois problemas: O Nuclear e um filme péssimo.

Agora apareceram com uma ideia… como direi… inusitada. Não, péra. Não, não é inusitada. É estupidamente burra, mesmo. Querem arpoar o lixo!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

FIM DA PRIVACIDADE: Até baleias são espionadas de longe


– Jim…
– Eu sei, Spock, eu sei!

Imaginem que, no atual ritmo, baleias estão caminhando para extinção. Um exemplo seriam as baleias jubarte. Essas gigantes do gênero Megaptera (o mesmo gênero da baleia azul, o maior de todos os seres vivos ainda dando um rolê por aí) são… bem… grandes, né? Além de serem famosas pelo seu canto e sua capacidade de migrar por uma distância de 25 mil quilômetros por ano. A caça comercial de baleias reduziu drasticamente os números de baleias. Os Estados Unidos listaram todas as baleias jubarte como ameaçadas de extinção sob o Ato de Conservação de Espécies Ameaçadas em 1970, e depois sob o Ato de Espécies Ameaçadas em 1973. Atualmente, a população estimada é de cerca de 80.000 espécimes.

Não seria legal poder dar uma olhadinha nelas lá, lá do alto? Tipo, uma nave klingon? Não? Bem, não importa, senhores. Nós temos a tecnologia.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Hubble registra Phobos passando por Marte

O Telescópio Espacial Hubble continua firme e forte dando uma zoiada pelo Universo enquanto ainda não é descomissionado de vez, o que eu espero que nunca aconteça porque… bem, é o Hubble, né? Dessa vez, ele estava registrando umas imagens de Marte, quando o pequeno satélite Phobos estava em sua órbita normal e acabou sendo registrada pelo Hubble, mas tão pequena que é este satélite que ele parece uma pequena estrela.

Ao longo de 22 minutos, o Hubble levou 13 exposições separadas, permitindo que os astrônomos criassem um vídeo de lapso de tempo que mostra o caminho orbital de Phobos. As observações de Hubble foram destinadas a fotografar Marte, e o “Hello Ladies” de Phobos foi um bônus.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

As mudanças sazonais do CO2

O CO2 é um gás que afeta absurdamente o clima global. Assim, é muito importante monitorá-lo, e mapear os dados de forma a termos uma visão tridimensional de alta resolução das concentrações globais deste gás.

O vídeo mostra dados de 1 de setembro de 2014 até 31 de agosto de 2015. A visualização foi criada usando a saída do sistema de modelagem GEOS, desenvolvido e mantido por cientistas da NASA. A altura da atmosfera e da topografia da Terra foram verticalmente exageradas e aparecem aproximadamente 400 vezes acima do normal para mostrar a complexidade do fluxo atmosférico.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

AIRS: De olho na atmosfera, clima e no planeta como um todo

O Atmospheric Infrared Sounder (AIRS) é um dos seis instrumentos a bordo do satélite Aqua da NASA, lançado em 4 de maio de 2002. O instrumento é projetado para apoiar a pesquisa climática e melhorar a previsão do tempo, observando os ciclos globais de água e energia, variações e tendências climáticas e a resposta do sistema climático ao aumento dos gases de efeito estufa.

Trabalhando em conjunto com o instrumento de análise de micro-ondas (o Advanced Microwave Sounding Unit – AMSU-A), o AIRS usa tecnologia infravermelha para criar mapas tridimensionais de temperatura do ar e da superfície, vapor de água e propriedades de nuvem. AIRS também pode medir vestígios de gases de efeito estufa como ozônio, monóxido de carbono, dióxido de carbono e metano.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

O pequeno satélite de longa longevidade

O satélite é pequeno, do tamanho de uma geladeirinha. Projetado para durar só um ano, mas já está há 17 anos em órbita.

O satélite Earth Observing-1 (EO-1) superou as expectativas em seus objetivos de tecnologia de seu tempo. 17 anos é muito tempo, mas ele aguentou firme. Hoje, vários satélites podem se considerar filhos dele, que estará ainda por aqui por bastante tempo.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A eletrizante superfície de Titã

Titã é algo absurdo. Já começa que ele é a maior lua satélite natural do Sistema Solar. Ele tem um raio de 2.576 km. Para você ter uma ideia, Marte tem raio de 3.390 km. Nada mal para um simples satélite, não é mesmo? Já postamos várias notícias e informações sobre Titã, mas ciência não para. Agora, pesquisadores estimam que Titã tem a Força… no caso: força elétrica, já que sua superfície seria carregada eletricamente.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pho, um Fóton Mucho Loco!

Sim, você leu isso com a voz do locutor da Sessão da Tarde. A NASA usa emissões de fótons de laser para medir as espessuras de camada de gelo da Terra. Para tanto, uma rajada com 10 mil pulsos é emitida, em que os fótons batem na camada de gelo e voltam até o sensor. Os dados são registrados e tabulados, e assim pode-se ter um vislumbre da espessura do gelo.

Esta animação foi criada e produzida por estudantes de arte do Colégio Arte em Design Savannah, na Geórgia, EUA. O funcionamento do laser inspirou os alunos para criar o personagem de Pho e sua aventura.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

CATS de olho em nossa atmosfera

CATS é acrônimo de Cloud-Aerosol Transport System (Sistema de Transporte de Nuvem-Aerossóis). Este sistema foi projetado para detecção e de varredura de luz utilizando um LiDAR. Sua missão é medir a localização, composição e distribuição de poluição, poeira, fumaça, aerossóis e outras partículas na atmosfera. O CATS é usado para estudar os constituintes atmosféricos que impactam o clima global.

Com este dispositivo, NASA procura obter uma melhor compreensão da cobertura de nuvens e aerossóis, facilitando o trabalho de cientistas que procuram criar modelos ada vez melhores dos processos climáticos da Terra.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

2016: O ano mais quente de todos os tempos

Tem maluco que acha que Aquecimento Global é mentira. Mostrar os dados, não mostram Mostram, quando muito, bobagens sem terem sido publicadas em periódicos indexados. Quando muito, uma entrevista no Jô Soares com um imbecil que disse que não existe camada de ozônio, apesar de todas as provas.

2016 foi o ano mais quente que se tem notícia, e não temos esperança de 2017 ser mais fresco. Este vídeo fala disso e mostra como são feitas as coletas de dados do globo. Sim, são dois vídeos em um. Aproveitem.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας