A mais antiga farmácia do mundo

Vendo um pórtico antigo de uma construção alojada dentro de uma capela florentina do século XVI, ninguém daria nada por ela, mas ali está a farmácia mais antiga do mundo em atividade. O local esconde uma história interessante e faz parte da Itália, e por que não dizer, da história do próprio conhecimento científico.

A dita farmácia se trata da Officina Profumo-Farmaceutica di Santa Maria Novella ou Farmacopeia de Santa Maria Novella, que entre seu catálogo estão poções antigas como o Vinagre dos Sete Ladrões, o primeiro perfume moderno e até um licor de joaninha. E esta é sua história. Continuar lendo “A mais antiga farmácia do mundo”

Jovem cozinha frango com xarope e acha que está abafando

Jovem é uma praga. Ainda mais jovem com rede social. Não apenas isso, o jovem que quer hitar na Internet e fica inventando “desafios” idiotas que outros jovens acéfalos podem até tentar fazer, mas acaba sendo só replicação. De qualquer forma, as agências de saúde preferem o dito pelo não dito, e correm para explicar que aquilo que o Jovem Maldito está fazendo vai dar merda.

Um exemplo corrente é o bando de idiotas fritando frango em xarope e o FDA, a Anvisa dos EUA, correu para dizer o óbvio: vai dar ruim, imbecis! Continuar lendo “Jovem cozinha frango com xarope e acha que está abafando”

Quando uma brincadeira de rádio se tornou fatal

Rádio é um incrível veículo de massa. É um poder fenomenal, mas você sabe o que o Tio Ben pensa sobre grandes poderes. E foi uma irresponsabilidade que causou uma morte. Uma morte que seria evitada com uma única palavra. Mas essa palavra não veio e aconteceu o que aconteceu: uma família perdeu a sua mãe. Continuar lendo “Quando uma brincadeira de rádio se tornou fatal”

Alinhe seus chakras recebendo Sol na bunda

Só tem uma coisa mais imbecil que influencer: fã de influencer. Não, sério! É incrível como qualquer merda que falem, pessoal corre em bando para fazer, mesmo sendo a coisa mais sem sentido do mundo, mas a gente não espera lógica por parte de gente que faz tudo o que influencer fala, não é? Um exemplo é um bando de tioktokeiro débil mental (desculpem o pleonasmo) divulgando vídeos sobre um tal de “exposição ao sol do períneo” para aumentar as “vibrações”, obviamente sem provas.

Tirando teorias científicas de onde o Sol bate agora, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Alinhe seus chakras recebendo Sol na bunda”

Os horripilantes casos de enterros prematuros

Algo de errado no ar. A respiração está difícil, pesada, a poeira entra pelas narinas. Um mexer das mãos bate com um som surdo. Madeira. A tentativa de mexer as pernas é infrutífera; não há espaço! Olhos se abrem, mas o que se vê é a escuridão aterradora, o corpo tenta se sacudir, mas a única coisa que se pode perceber é que está preso dentro de uma caixa. O grito de horror finalmente sai da garganta e é horrível, mesmo para a única pessoa capaz de ouvir: a mesma que gritou. O destino está selado… selado dentro de um caixão! E a desafortunada pessoa jazia ali, enterrada viva, e seus próximos minutos serão de uma agonia atroz enquanto cada molécula de oxigênio é consumida e a morte virá por asfixia.

Você já se perguntou do porquê de haver velórios? Não apenas pelo inveterado sadismo do Cristianismo, os velórios vieram por causa de um medo patológico: as pessoas serem enterradas vivas. Isso tem até um nome: Tafofobia. Continuar lendo “Os horripilantes casos de enterros prematuros”

Urso fica doidão com mel da lata

A maravilhosa Natureza selvagem encanta. Aprendi muito com as reservas e as vidas dos ursos, principalmente, em documentários. Um deles mostrava como ursos gostam de cestas de picnic e tiram soneca. O que esse documentário não mostrava é que ursos são chegados a mel – méis, meles? Vai méis. Estou com preguiça de pesquisar (mentira. Eu perguntei pra Alexa e ela disse que é “méis”) –, mas acaba dando ruim quando comem mel que passarinho não come e acabam doidões.

Urso sextando só na SEXTA INSANA! Continuar lendo “Urso fica doidão com mel da lata”

Político indiano bebe água do rio jurando que estava limpa. Não estava

Religião é uma coisa, e sempre fonte de idiotices, ainda mais quando alguém quer provar uma coisa e se ferra por causa disso. E pode ser a religião que for. Se você pensa que eu estou falando do Cristianismo, errou redondamente. A bola da vez é o pessoal dos turbantes: os Sikhs. A história desta semana é que o atual ministro-chefe do Punjab, Bhagwant Singh Mann, resolveu provar (literalmente) que as águas de um determinado rio sagrado estão em muito bom estado e totalmente potável. Para tanto, pegou um copo e bebeu a água do rio.

Foi pro hospital.

Bebendo na fonte da loucura do mundo, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Político indiano bebe água do rio jurando que estava limpa. Não estava”

Cachaça indiana manda um monte pra vala

Em fins da década de 1990, foi muito noticiado que uma aguardente – daquelas que passarinho não bebe – causou a morte de 35 pessoas em dez cidades do sudoeste da Bahia. Amostras analisadas mostraram que elas continham entre 2,85% a 24,84% de metanol. Sabem quanto deveria ter? Zero!

Claro, você pensa que só em rincões de Deus me livre, povoado com gente extremamente estúpida aconteceria isso. Bem, isso aconteceu num rincão de Shiva me livre na Índia e… bem, aconteceu num rincão de Shiva me livre na Índia. Continuar lendo “Cachaça indiana manda um monte pra vala”

O maravilhoso atlas anatômico dobrável de Voghterr

O estudo de Medicina sempre foi difícil, ainda mais quando se precisa de modelos anatômicos e gravuras do que se deve estudar. Na Idade Média era mais complicado, já que estudar em corpos não era bem visto, em alguns locais terminantemente proibido. Quem tinha dinheiro, podia pagar por modelos anatômicos de marfim, mas essa não era a realidade de todo mundo. Então, os livros anatômicos era de sua importância. Por isso, o trabalho de Heinrich Vogtherr é tão importante.

Continuar lendo “O maravilhoso atlas anatômico dobrável de Voghterr”