A história esquecida não divulgada

Como sabem, eu chutei o pau da barraca faz tempo. Não dou mais atenção o que vocês querem ou não querem que eu escreva. Vocês dizem gostar do meu blog, mas como eu já mostrei várias vezes, gostam, na encolha e não muito. Não compartilham, não falam dele. Se eu fosse preferir, prefiro muito mais os idiotas que me odeiam. Esses sim fazem boa propaganda.

Continuar lendo “A história esquecida não divulgada”

Jornaleiros surtados fora de controle

Nada como o bom jornaleirismo raiz que faz tudo para conseguir cliques e compartilhamentos com as maiores insanidades possíveis. Aquele puro suco de estupidez para conseguir métrica em rede social e mostrar para investidores acaba em coisas constrangedoras como…

Como algo digno da SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Jornaleiros surtados fora de controle”

Quando comeram, espancaram e enforcaram um político. Não nessa mesma ordem

Este foi um caso que aconteceu nos Países Baixos, apesar de todo mundo chamar de Holanda, mas quando falam Holanda, não é bem Holanda, ok? São os Países Baixos, ainda que o caso tenha acontecido na Holanda, a província. A República dos Países Baixos foi estabelecida depois que sete províncias holandesas (pois é, o gentílico é esse. Mais para frente eu volto a este assunto) se revoltaram contra o domínio espanhol, no evento do chamado Guerra dos 80 anos. Com isso, as províncias de Groningen, Frisia, Overijssel, Guelders, Utrecht, Zelândia e… Holanda formaram uma aliança em 1579 – no que foi chamado União de Utrecht – e mostraram o dedo médio para a Espanha, declarando sua independência em 1581 por meio do “Ato de Abjuração”. Continuar lendo “Quando comeram, espancaram e enforcaram um político. Não nessa mesma ordem”

O segredo da paz e felicidade em redes sociais

Todo mundo reclama que redes sociais (qualquer uma delas) nesta época eleitoral se tornam um saco. Toda maldita eleição é a mesma coisa! E nem é por causa dos candidatos e sim por causa dos fanboys, gado de políticos; e não importa qual político, a fanboyzada é tudo a mesma coisa, porque gado é gado. Só muda quem toca o berrante. Sem falar a turma da “denúncia” que fica denunciando gente e só faz dar palco para alguém que eles não gostam. A timeline vira a versão digital de uma fossa séptica.

Continuar lendo “O segredo da paz e felicidade em redes sociais”

Político indiano bebe água do rio jurando que estava limpa. Não estava

Religião é uma coisa, e sempre fonte de idiotices, ainda mais quando alguém quer provar uma coisa e se ferra por causa disso. E pode ser a religião que for. Se você pensa que eu estou falando do Cristianismo, errou redondamente. A bola da vez é o pessoal dos turbantes: os Sikhs. A história desta semana é que o atual ministro-chefe do Punjab, Bhagwant Singh Mann, resolveu provar (literalmente) que as águas de um determinado rio sagrado estão em muito bom estado e totalmente potável. Para tanto, pegou um copo e bebeu a água do rio.

Foi pro hospital.

Bebendo na fonte da loucura do mundo, esta é a sua SEXTA INSANA! Continuar lendo “Político indiano bebe água do rio jurando que estava limpa. Não estava”

Coisa de Nazista: Partido de Esquerda alemão defende distribuir metanfetamina a viciados

Na linha “amigo, me ajuda a te ajudar”, pessoal da Canhota Chucrute resolveu que a Alemanha está com muitos problemas para ficar se preocupando com coisinhas de pouca importância como metanfetamina. Dessa forma, o Die Linke (também chamado Linkspartei ou Partido de Esquerda, o que prova que alemães têm pouca criatividade para escolha de nomes), deveriam liberar um programa tipo Minha Metanfetamina Minha Vida.

Vendo um unicórnio cor-de-rosa dançar polca em cima da minha estante, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Coisa de Nazista: Partido de Esquerda alemão defende distribuir metanfetamina a viciados”

Artigos da Semana 110

De todos os artigos que eu postei esta semana, dois me chamaram a atenção. Primeiro, o que fala do ex-morador de uma casa que sabia que ela seria demolida mas resolvera fazer uma singela homenagem aos ex-moradores, colando sobre as paredes tiras com os nomes de cada pessoa que passara ali. Uma mini viagem no tempo. Outra viagem neste sentido foi postar sobre o Hino de Nikkal, uma peça de música de muito, muito tempo, com um manualzinho de como posicionar as mãos nas cordas da lira e tocá-la. É uma história a ser contada, ouvida e sentida.

Continuar lendo “Artigos da Semana 110”

Câmara Dos Deputados alerta para o risco de morte violenta de seus pares

E ATENÇÃO!!

Ciosa de assuntos importantíssimos que movem os destinos desta Nação, a Câmara dos Deputados da República Federativa do Brasil se posiciona corajosamente contra um massacre que está acontecendo hoje, a olhos vistos, o que destrói a imagem deste país, posto que é pauta de imensa importância.

Continuar lendo “Câmara Dos Deputados alerta para o risco de morte violenta de seus pares”

A história da censura carola no cinema e TV parte 3

O PG-13

Até agora, vimos como o cinema e TV caíram nas garras da censura do Código Hays, da mesma maneira que os quadrinhos sofreram com o famigerado Comics Code Authority, que também acabou por influenciar o cinema e a TV. Hoje, como você bem deve saber, a larguíssima maioria dos filmes de super-heróis saem com a classificação PG-13, mas você já se perguntou o que é esse PG-13 e de onde ele veio? Bem, já antecipo que ele veio para controlar as produções de diferentes tipos de filmes, não apenas de super-heróis, mas antes vamos entender como era a classificação do cinema após o fim do Código Hays. Continuar lendo “A história da censura carola no cinema e TV parte 3”

A história da censura carola no cinema e TV parte 2

O Código dos Quadrinhos

Na primeira parte desta trilogia, vimos como os estúdios criaram um código de conduta para a produção de filmes e, para isso, chamaram um pastor presbiteriano para ser o presidente da nova comissão. Claro, que o que foi aplicado foram os princípios cristãos conservadores. Isso causou um impacto nos filmes que eram produzidos e na TV também, sendo que, inicialmente, as séries não eram bem na TV. As primeiras séries passavam nos cinemas, depois que os aparelhos de TV se popularizaram, o Código Hays se aplicou à programação televisiva também, mas essa não era a única mídia que seria impactada pelos movimentos pela moral e bons costumes. Continuar lendo “A história da censura carola no cinema e TV parte 2”