O falso preconceito da Inteligência Artificial que possui uma inteligência falsa e nem artificial é

Vi um artigo do Ronaldo no Meio Bit que eu morri de rir. Já comecei rindo no título. Eu gosto dos textos do Ronaldo, mas este em especial é absurdamente idiota em toda a sua extensão e por todos os motivos. Mal aê, Ronaldo, mas eu sou honesto, cara. O título do artigo é IAs continuam reproduzindo preconceitos humanos.

Se você não entendeu a parte engraçada, eu irei explicar. Se entendeu, irei explicar também. Isso é um blog, cacete. É justamente para eu escrever, ora bolas!

O artigo começa com o assunto, mas sem perceber qual é o problema. Aliás, eu nem acho que seja um problema, não da forma como estão observando.

Casos de IAs (Inteligências Artificiais) (SIC) reproduzindo preconceitos humanos, contra grupos de minorias, estão se acumulando com o passar do tempo, ao ponto de hoje não serem mais anomalias isoladas. Claro que um robô, IA ou sistema especialista não é preconceituoso per se, ele reproduz injustiças de acordo com como foi desenvolvida.

O artigo menciona o quanto a OMS ficou bolada com o preconceito a idosos e negros, e isso acaba coroando que as IA (Inteligências Artificiais. Não se coloca desinência de plural em siglas. O plural de CD é CD mesmo) repetem os padrões de preconceito. Mas será preconceito mesmo?

Por definição, preconceito é qualquer opinião ou sentimento concebido sem exame crítico. É uma ideia, opinião ou sentimento desfavorável formado sem conhecimento abalizado, ponderação ou razão, acarretando num sentimento hostil, assumido em consequência da generalização apressada de uma experiência pessoal ou imposta pelo meio; intolerância.

No caso, tem tudo a ver com muita coisa, mas não preconceito, e eu vou provar.

De novo do artigo:

é comum haverem (SIC) IAs (SIC de novo) de acesso à saúde agruparem os pacientes em grupos etários, e classificarem os mais velhos como idosos a partir dos 50 anos, ou em idades próximas. No entanto, o algoritmo tem uma predisposição em atender as necessidades dos mais jovens deste grupo, ignorando necessidades dos de idades mais avançadas, que possuem características distintas e muito frequentemente, dependem de tratamentos contínuos para doenças e disfunções mais custosas (Alzheimer, esclerose múltipla, problemas renais, pressão alta, diabetes, etc.).

Ok, aqui está o cerne da questão: Planos de Saúde. Eu não sei se vocês sabem, mas a função do Plano de Saúde NÃO É prover saúde. É para dar lucro, como todo negócio. Entendam, a dona do boteco da esquina não está interessada em acabar com a fome no mundo. Só se ela for a única fornecedora.

Para entender melhor, vejamos o meu caso. Ano passado eu fiquei 32 dias internado num hospital particular. A diária do hospital é por baixo R$5 mil. Só por eu ficar lá, a conta seria de 160 mil reais. Todo dia fazia exames de sangue para várias coisas, mas fica difícil mensurar monetariamente, já que cada pedido dentro do exame é computado separado até chegar no valor final. Digamos 200 reais cada vez que coletaram sangue. Dá uns 6400 reais. Fiz umas 3 tomografias, 4 raios X e tomei todo tipo de medicamento, soro, analgésico e até pastilha para garganta. Passei por duas intervenções cirúrgicas, cujos anestesistas eu realmente paguei do meu bolso, mas o plano ressarciu (3 mil reais cada anestesista, o que dá 6 mil reais). Eu custei ao Plano de Saúde cerca de 200 mil reais. Digamos que pro hospital o preço tenha 50% de desconto. Foi uma conta de 100 mil reais. O detalhe é que eu normalmente não gasto isso. A bem da verdade, ficar todo esse tempo internado foi uma grande novidade. Eu tenho Plano de Saúde há muito tempo, vou no médico só de vez em quando, faço uma bateria de exames no final do ano como checkup pra saber se está tudo bem. Em compensação eu pago religiosamente todo mês para mim e minha família, e não é um valor baixo. Eu sou um amor pro Plano. Ele lucra quando eu não uso. O que eu gastei com a internação mais do que compensou o tanto que eu paguei e não usei.

Planos de Saúde para idosos são mais caros porque idosos fazem mais uso dele, o que implica em custo maior. Este custo maior terá que ser compensado ou a empresa não terá lucro, e isso vale também para criancinhas. Quem teve filho sabe o poço de doença que um bebê é. Etarismo? Não, informações estatísticas que ninguém aqui vai negar.

Vejamos outro tipo de negócio: seguros automotivos.

Nesta matéria de 2014, vemos que jovens pagam até 90% mais por seguro de carro que mais velhos. 8 anos é muita coisa? Bem, neste blog sobre seguros, vemos que para dimensionar o porquê do seguro para jovens ser mais caro: é necessário saber qual a região de maior circulação, onde o veículo pernoita, o estado civil e idade do condutor, entre outras informações. Ele é claro ao dizer que pessoas solteiras não são tão prudentes ao dirigir quanto as pessoas casadas ou com filhos, só faltando dizer o óbvio: pessoas mais velhas são mais cuidadosas no trânsito, enquanto jovem grita YOLO e mete o louco. Isso acaba em uma maior estatística de jovens se ferrando em acidentes.

Ora, aquelçes que acionam mais o seguro causarão um custo maior para a seguradora, certo? Cadê a reclamação de etarismo neste caso?

Neste artigo da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais, vemos o gráfico da distribuição dos óbitos por acidentes de transporte terrestre segundo faixa etária em Minas Gerais, compreendido no período de 2010 a 2021, em que o referido gráfico é reproduzido abaixo:

A queda de mortes com o avanço da idade dá uma pista por que jovens pagam um valor maior, certo? Etarismo?

Outro ponto: Seguro de carro para mulheres é até 23% mais barato do que para homens. O público feminino é considerado de menor risco pelas seguradoras. Eu estou ouvindo alguém reclamar de sexismo?

Com isso, o parágrafo

O relatório menciona que em 2020, em 85% de um total de 149 estudos, algoritmos definiam a idade como fator crucial para decidir quem receberia tratamento, ou seria encaminhado para procedimentos médicos diversos.

É plenamente explicado pelas estatísticas, ué. Os 15% levavam em conta outros fatores como: A pessoa fuma? Tem doenças hereditárias na família? Gravidez? Sedentarismo? Hábitos pouco saudáveis? Empregos perigosos? Eu tenho certeza que sim. Sabem o que é isso? Não é IA, qualquer Excel pode fazer isso! Sabem o que é IA?

If
  If
   If
    If
     If

Vocês entendem que eu posso fazer isso num Basic da vida ou num FORTRAN, né? A diferença é a velocidade de processamento de uma montoeira de dados, mas a lógica é a mesma. “Se isso, faça aquilo”, mas com imenso volume de dados, um Power BI ou Oracle fazem isso. Não tem nada de Inteligência Artificial, e sabem por quê?

POR QUE ISSO NÃO EXISTE!

Nem mesmo em Machine Learning (Aprendizado de Máquina) a máquina aprende. Ela apenas pega mais dados e o algoritmo trabalha com eles. é como se a todo momento eu estivesse alterando uma planilha do Excel com mais itens e alterar a fórmula dele. Não, não é simples. A simplicidade da explicação é enganosa, mas isso não significa que a explicação não resuma bem. Sim, resume da mesma maneira que se eu resumir que um carro tem um motor, chassi, rodas, eixo e carroceria. Simples, mas tem muito mais. ainda assim, um carro é resumido nisso.

O texto alega as IA foram pegas preterindo negros por viverem em situações sócio-financeiras piores, e alegou que isso é por causa do preconceito. Tipo: você é negro? Não pode ser rico. Não faz sentido. É como alegar que negros são os principais vítimas de assassinatos, e isso é devido ao preconceito. Quando você levanta a etnia dos agressores, terá uma surpresa. O que vão alegar? Que os agressores dos negros fazem isso por racismo? Eu poderia, posso alegar qualquer coisa.

De qualquer forma, se você, branco, negro, asiático, indígena ou qualquer outra etnia vive em periferia, sem saneamento básico, numa área de risco com altos índices de violência e em condições de vida deploráveis, a tendência será em ter sua saúde em risco, o que fará com que use mais o plano de saúde. Preciso continuar?

Também alega que as decisões são injustas, mas o ponto é que isso não tem nada a ver com Justiça. Como eu falei, os Planos de Saúde não estão lá para prover saúde. Quem tem na legislação que Saúde que é um direito do cidadão e um dever do Estado é o Brasil, não nos EUA, que não tem um SUS, e mesmo os Obamacare da vida são muito superficiais. O mundo não é justo e um banco não vai me dar dinheiro ou emprestar a juros zero. Ele está lá para dar dinheiro aos acionistas. Nem mesmo o governo me dá dinheiro, pelo contrário.

Levando em conta que o transporte público não é gratuito, os Correios, que são públicos, não são de graça nem lá nem aqui, do que estão falando? A função do negócio não é ser justo. É moralmente certo? Não, mas moral e ética não tem nada a ver com robozinhos pensando, já que não tem robô nem máquina pensando.

Como eu provei acima, as decisões são tomadas mediante a relação Receita x Despesas o que resulta em lucro, e qualquer criança de fundamental sabe isso… ou deveria saber, para que quando chegar na idade adulta não falar bobagens, mas isso é replicado pela OMS, por jornais e por gente que pega isso como fonte sem fazer uma análise crítica.

É justamente a análise crítica que nos traz a informação que Google meteu na minha bunda com meu canal no YouTube, mas deixa o Felipe Neto fazer o que quer. Aliás, falando em jornais, eles não existem para informar, existem para vender jornais, e se eles acham tão injusto assim, parem de vender exemplares e não cobrem pelo acesso ao site via paywall, ué.

Ficar batendo o tambor “preconceito, preconceito” não fará uma decisão de negócios ser preconceituosa. Se acharem que sim, criem um plano de saúde que vá na contra-mão das outras. Depois aguardem o resultado do faturamento.

Máquinas pensando… ok, ok.

6 comentários em “O falso preconceito da Inteligência Artificial que possui uma inteligência falsa e nem artificial é

  1. Ótimo texto André! A maioria das pessoas não vê dessa forma, mas um plano de saúde nada mais é do que um seguro. E como todo seguro, quanto maior o risco, mais caro vc paga =P.

  2. Gostei muito mais do teu texto que do dele, pra falar a verdade achei muito mal escrito, alias so li o dele por tua causa e olha q geralmente gosto dos textos do Ronaldo.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s