Morre Aleksandar Mandic, um dos pais da Internet Brasileira

Saiba, ó príncipe, que entre os anos que as águas devoraram Atlântida e os filhos de Ayra subiram ao poder houve uma era inimaginada, com portentosos reinos. Nesse mundo de caos e trevas surgiu ele, Aleksandar Mandic, e tudo ficou diferente. Continuar lendo “Morre Aleksandar Mandic, um dos pais da Internet Brasileira”

Monstros espaciais travam batalha. Só pode haver um!

Todo mundo sabe que buracos negros são fascinantes, mas uma catástrofe. Se não uma catástrofe espacial, ele pode gerar coisas bem horrível, como o filme Interestellar. Até mesmo uma estrela se ferra se chega muito próxima de um buraco negro. A grande pergunta é “ok, mas o que acontece?” Continuar lendo “Monstros espaciais travam batalha. Só pode haver um!”

Como fazer café automático: automatizando uma tomada

No artigo anterior sobre automação, eu tinha escrito sobre os dispositivos da Amazon, a linha Echo, com a assistente virtual Alexa. Muito bem, o que de mais simples nós podemos fazer? Eu respondo: ligar qualquer coisa que precise ser ligada na tomada. Para tanto, vamos ver uma tomada inteligente. Continuar lendo “Como fazer café automático: automatizando uma tomada”

Automação com um companheiro

Vimos como Homero não só entendia a necessidade de automatizar processos como ele mesmo usou pela primeira vez a palavra “autômato”. Muito legal, mas imagino que você não queira invadir Tróia neste fim de semana. No máximo, ligar coisas elétricas em casa, como sua cafeteira, por exemplo, mas não exclusivamente. Na verdade, você pode ligar qualquer coisa automaticamente usando seu celular ou por comando de voz.

Sim, você pode mandar a sua cafeteira fazer café, mesmo que ela não seja “inteligente”, e isso vale para sua cafeteira elétrica ou qualquer coisa ligada na tomada. Pode mandar ligar a luz da sala ou qualquer dispositivo que tenha sido pensado para automatizar a sua casa. Continuar lendo “Automação com um companheiro”

Anime fotos e deixe-as com movimento

Hoje em dia está na moda deep fakes, uma técnica que se pega um determinado vídeo e coloca-se o rosto de outra pessoa à guisa de piadas, normalmente, mas que está sendo usada até no cinema. Quem adora fazer uso desta técnica é o Bruno Sartori. Sim, você bem que gostaria de fazer seu próprio deep fake, mas seu PC da década de 90 não está lá muito apto para isso. mas não se desanime!

Continuar lendo “Anime fotos e deixe-as com movimento”

Perseverance e os seus próprios 7 Minutos de Terror


Adoro  ver a NASA dando significados científicos pros acrônimos que arruma

Quão difícil é pousar com segurança em Marte? Tão difícil que muitas mais tentativas falharam do que tiveram sucesso. A próxima tentativa será na quinta-feira, 18/02/2021. Pousar é tão difícil que os técnicos da NASA chamam de Sete Minutos de Terror, e eu até já falei sobre ele antes, quando o Curiosity pousou em Marte em 2012. Agora, mais um rover está a caminho: O Perseverance, pois só a Perseverança alcança o sucesso!

Continuar lendo “Perseverance e os seus próprios 7 Minutos de Terror”

No princípio era o início. E tudo estava parado; até que…

No início, havia a singularidade. No momento do Big Bang, o universo começou a expandir, mas era pequeno quente demais para a existência de prótons, elétrons e até fótons. Ao se expandir, prótons e nêutrons, chamados coletivamente de “bárions”, conseguiram se formar. As ondas sonoras do universo nascente, chamadas de “oscilações acústicas de bárions”, deixaram sua marca no cosmos ao influenciar a distribuição das galáxias. Cientistas exploraram essa impressão desde quando o universo tinha três bilhões de anos, ou cerca de 20% de sua idade atual de 13,8 bilhões de anos.

Continuar lendo “No princípio era o início. E tudo estava parado; até que…”