Artigos da semana 3

E durante a semana do carnaval, tivemos muitas notícias. Algumas boas, outras ruins, outras nem tanto. Se bem que isso acontece todas as semanas, mas o importante mesmo é que eu pude tirar uns dias de folga. Não, não pulei carnaval. Fiquei em casa, sem risco de ser assaltado ou atropelado por um monte de gente, pagando caro em garrafa de água sem geosmina ou ser contaminado pelo coronga vírus.

Vamos dar um rolé pelo que noticiei esta semana (devida e previamente preparada, pois aqui, ó, que eu ia ficar na frente do computador).

Katherine Johnson alcança a imortalidade aos 101 anos

Sim, Katherine Johnson, um dos principais motivos do Homem ter conseguido chegar à Lua não está mais entre nós. Morreu velhionha, mas com sentimento de dever cumprido. Mais ainda, mostrou que é uma matemática tão foda que morreu numa idade de número primo.


Júpiter, o imanzão

Júpiter, o nosso imrãozão, também tem um imanzão que nem o nosso. O que ele não tem é a capacidade de fazer trocadilhos toscos como eu. RÁ! Ainda assim, merece ser estudado, ainda mais pela forma louca que os campos magnéticos de Júpiter se comportam.


O autismo escondido nos seus olhos

Eu já falei que autismo não é uma doença, mas um espectro que compreende várias delas. O diagnóstico desta bagaça é difícil, e uma das formas mais simples é olhar bem no fundo dos olhos. Pesquisadores conseguiram uma forma miniaturizada de examinar os olhos das crianças e começar uma pré-triagem da possibilidade de ela ser portadora de alguma doença do espectro autista.


MAVEN estuda os ventos marcianos

Sim, eu sei que é estranho, mas Marte tem ventos, porque tem atmosfera. Não é coo a nossa, claro, mas se tem ar e ele se desloca, sim, é vento. O que tem de mais nestes ventos? Pode não ser muita coisa, mas dá uma ajuda a entender Marte e a Terra também.


Tem cunhado chato que sabe tudo? Dá servicinho pra ele

O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA cria muitas coisas, mas não é arrogante de achar que só eles são muito inteligentes. Vai que você aí que está lendo isso também é espertinho? Tem um projeto legal? O JPL pode aproveitar. Agora, ele quer saber o que você poderia dar um help na hora de construir um robô que vença obstáculos. Sim, tem prêmio envolvido!


Cientistas criam robô dodói

Sim, ciência é legal e tudo mais. Mas convenhamos, tem sempre um querendo dar uma espertinho. Ainda mais quando precisa apresentar a pesquisa pros investidores. Daí, japoneses criaram um robô que “sente dor”. Tudo começa com um botão e… e só. Apertou, faz careta. Hummmm


Hoje é domingo, e vou aproveitar como se fosse carnaval até a hora de ir trabalhar amanhã. Iskindô!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s