O crime perfeito na ponta de uma agulha

O corpo lívido, sem vida, estava submerso na água serena numa casa às escuras e só a luz trêmula do banheiro banhava de uma luz amarelada o que ocorrera. Seu corpo nu e belo, alvo mesmo quando era viva, não veria a luz do sol novamente, mas em contrapartida não indicava sinais de violência. Uma morte em paz, sem dor ou desespero… ou assim parecia. Sapatos engraxados adentraram o banheiro, sujando-o. Outra pessoa, com o pijama encharcado, mostrara a cena. O homem do sapato engraxado parou em frente à cena; sim, ela está morta, senhor. Outros sapatos chegaram, analisaram criticamente o que estavam vendo. Não havia sinais de crime, mas algo não parecia certo perante aquela visão que poderia ser vista como uma foto artística, mas era um acontecimento bizarro por causa dos detalhes que pareciam não se encaixar.

Eram 23 horas e 30 minutos do que parecia ser uma noite calma do dia 3 de maio do ano de nosso Senhor de 1957. Elizabeth Barlow então desprovida da luz de seus olhos, jazia morta em Bradford, Yorkshire, no Reino Unido. E ninguém sabia como… ou por quê. Se era um crime, era um crime perfeito. Continuar lendo “O crime perfeito na ponta de uma agulha”

Afinal, o vidro é líquido ou sólido?

Você deve ter ouvido esta história: a prova que vidros são líquidos altamente viscosos é que os vitrais das catedrais são mais grossos embaixo do que em cima; e a única explicação para isso é que o vidro vai escorrendo muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito lentamente ao longo dos anos, décadas e séculos.

É uma explicação simplista para mentes simplistas.

Continuar lendo “Afinal, o vidro é líquido ou sólido?”

Artigos da Semana 62

E aí? Todo mundo curtindo o feriadão? Eu também! Eu até já tinha escrito antes um artigo sobre as origens da Festa de Corpus Christi, mas como não foi influencer de BBB quem escreveu, não tem as loucuras do Primeiro Energúmeno nem outras bobagens pelas quais vocês adoram perder tempo discutindo, não teve grande repercussão. É chato, mas toquemos a bola. Ainda não sei o que vocês querem para garantir maior visualização.

Sigamos em frente com os artigos da semana.

Continuar lendo “Artigos da Semana 62”

O que é a Festa de Corpus Christi

Hoje é feriadão. Dia da Festa de Corpus Christi, ou Festum Sanctissimi Corporis Christi.  Você não precisa ser católico para comemorar, já que todo mundo adora um feriado. Mas de onde veio a festa de Corpus Christi ou Festa do Corpo de Cristo? Achei que é uma história interessante e até escrevi um artigo sobre ela, a qual chamei de A Verdadeira História da Festa de Corpus Christi.

Divirta-se, entretenha-se, aprenda.

Morre Aleksandar Mandic, um dos pais da Internet Brasileira

Saiba, ó príncipe, que entre os anos que as águas devoraram Atlântida e os filhos de Ayra subiram ao poder houve uma era inimaginada, com portentosos reinos. Nesse mundo de caos e trevas surgiu ele, Aleksandar Mandic, e tudo ficou diferente. Continuar lendo “Morre Aleksandar Mandic, um dos pais da Internet Brasileira”

Artigos da Semana 58

A semana foi corrida,m mas consegui colocar os artigos, principalmente dois que eu queria muito: o que fala do Echo Dot e como automatizar coisas em casa com o uso de uma tomada inteligente. Não apenas isso, ainda trouxe notícia sobre mais uma descoberta no Egito, as trapalhadas dos idiotas do CREMESP e um videozinho tipo timelapse que ninguém é de ferro.

Meta alcançada! Ufa!

Continuar lendo “Artigos da Semana 58”

A Verdadeira História da Festa de Corpus Christi

Você sabe da festa de Corpus Christi, que se comemora em junho, principalmente por ser feriado, e você adora um feriado que eu sei! O nome oficial da comemoração (em latim) é Festum Sanctissimi Corporis Christi. Em grego, του ςώματος του κυρίου εορτή, e em terras lusoparlantes é chamada Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo. É uma celebração que ficou marcante por aqui por causa da tradição de fazer tapetes de serragem colorida criando mosaicos, imagens, figuras sacras etc. Mas você sabe como surgiu a Festa de Corpus Christi?

Aqui veremos os bastidores por detrás disso.

Uma Homérica Automação

Estamos investigando a automação, quando surgiu e porque surgiu. Surgiu porque somos preguiçosos, mas, mais do que isso, ela se disseminou em muitas obras e algumas delas eram apenas narrativas heróicas, Antes de enveredar para isso, entretanto, primeiro de tudo, precisamos saber que diabos é isso de automação.

Continuar lendo “Uma Homérica Automação”

Automação: O Início

O ser humano é preguiçoso por natureza. Se não fôssemos, não teríamos inventado ferramentas e tecnologia. Um dos problemas dos índios é que, tendo tudo à mão, eles não tinham motivo para desenvolver tecnologia; mesmo porque, se você tem água em abundância, não precisa fazer aquedutos, se tem comida ao alcance da mão, não precisa desenvolver armadilhas para capturar peixes ou crustáceos. Se está num clima temperado, não precisa se preocupar com abrigos e proteção contra frio ou calor extremos. Sem necessidade, não há a busca por facilitar a sua vida, posto que ela é fácil, já. Este é o argumento principal de Armas, germes e aço, do Jared Diamond. Continuar lendo “Automação: O Início”

A ciência de tomar uma cachaça

Ciência é algo tão ao nosso redor que nem sempre nos tocamos disso. Alguns hábitos que temos têm detalhes científicos escondidos, ainda que não percebamos. Isso acontece até mesmo no simples provar de uma cachacinha marota. Não, a parte de mandar uma pro santo não tem fundamento científico. Estou falando de prender a respiração, mesmo, enquanto prova a mardita. É isso que você aprenderá com a volta do LIVRO DOS PORQUÊS. Continuar lendo “A ciência de tomar uma cachaça”