A ciência de tomar uma cachaça

Ciência é algo tão ao nosso redor que nem sempre nos tocamos disso. Alguns hábitos que temos têm detalhes científicos escondidos, ainda que não percebamos. Isso acontece até mesmo no simples provar de uma cachacinha marota. Não, a parte de mandar uma pro santo não tem fundamento científico. Estou falando de prender a respiração, mesmo, enquanto prova a mardita. É isso que você aprenderá com a volta do LIVRO DOS PORQUÊS. Continuar lendo “A ciência de tomar uma cachaça”

Para o alto e avante!

Eu estou feliz. Ia postar isso no fim do ano, mas estou tão contente e satisfeito que resolvi postar hoje. Tem a ver com meu blog, o nosso blog, tão de vocês quanto meu, posto que muitos de vocês destinaram parte de seu rico dinheirinho para me ajudar. A mudança radical que eu passei, em parte por ter quase perdido tudo me deu novas inspirações, voltei às bases, voltei ao que era o Ceticismo.net em seu início. A recompensa? A visitação. Continuar lendo “Para o alto e avante!”

Maria, A virgem que não era

Os cristãos têm vários dogmas. Alguns são mais fortes que outros. Alguns deles são tão fortes que as principais vertentes cristãs, apesar de divergirem em quase tudo, aceitam de comum acordo, como o nascimento milagroso de Jesus de uma mãe virgem. Isso vale para católicos romanos e ortodoxos, e protestantes (não todos). Maria é cognominada “A Virgem” (ou Virgem Maria, o Virgi, ou Vixi, ou só Ixi), pois Jesus foi gerado sem que sua mãe tivesse feito sexo com alguém, muito menos José. Assim, o nascimento milagroso de Jesus o livra do Pecado Original, o que já o deixa mais santo que todos os mortais que nasceram e morreram. Claro, as coisas não são tão simples assim, e o problema é que, ao entendermos tudo o que estava por detrás disso, vemos que foi apenas fruto de uma briga política pelo poder, sustentada debilmente por uma confusão por parte dos redatores da Bíblia.

Continuar lendo –>

Por que explosões formam um cogumelo?

Eu postei o que eu sabia (às três da manhã desta quarta-feira) sobre a explosão no porto de Beirute. Também falei que alguns pensaram em artefato nuclear por causa do cogumelão do mal, mas não é bem assim. Não precisa ser uma bomba atômica para gerar aquele cogumelão. Expliquei muito brevemente, mas aqui vai uma explicação mais completa

Por que explosões formam cogumelos?

Continuar lendo “Por que explosões formam um cogumelo?”

E-Book do site já disponível. Adquira antes que acabe!

Este projeto demorou. Demorou, mas saiu! Por muito tempo as pessoas têm me pedido uma versão ebook dos meus artigos, mas eu pensei que não seria necessário, já que tudo está aqui no site e facilmente acessível. Sim, eu sou um idiota! Eu esqueci que pessoas viajam e nem sempre estão com conexão com Internet.

Mas aí bate aquela vontade louca de ter um ebook, né, minha filha?

Continuar lendo “E-Book do site já disponível. Adquira antes que acabe!”

O caso do astrônomo que viu um OVNI, mas era uma nave espacial

Muitos de vocês devem imaginar que grandes descobertas científicas no campo da Astronomia é feita em imensos laboratórios, telescópios avançadíssimos ou com um monte de Zé Mané que nem sabe geografia de Ensino Fundamental e critica a “ciência gringa” enquanto faz o seu trabalho (cof… cof…) com os dados do Hubble. Você estaria certo, exceto pela última parte, mas não é só isso. Alguns astrônomos amadores já descobriram cometas e até uma galáxia. Legal, né? Imagine quando eu disser para você que um astrônomo amador estava de boas fazendo suas observações até que viu um OVNI.

Mas como assim? Bom, se é um objeto, se ele voa (ou “voa”) e não se consegue identificar, é um OVNI, pois não? Era um batedor de Nosso Senhor Ashtar Sheran? Aliens voltando para saber quantas andam as pirâmides? Quidiabéissu?

Continuar lendo “O caso do astrônomo que viu um OVNI, mas era uma nave espacial”

Uma foto que deixaria o Monstro do Pântano com orgulho

Fotografia é a arte de escrever com luz. Literalmente isso. Algumas reações químicas só acontecem quando recebem quantidade de energia adequada, a chamada “energia de ativação”. Alguns processos podem diminuir esta energia de ativação; são chamados “processos catalíticos” e as substâncias usadas para isso são chamadas “catalisadores”.

Reações químicas que necessitam de luz para ocorrerem são chamadas “reações fotoquímicas”, dois exemplos disso são a própria fotografia e a fotossíntese.

Que tal se tentássemos juntar as duas coisas? Bem, um cara conseguiu.

Continuar lendo “Uma foto que deixaria o Monstro do Pântano com orgulho”

Incrível invenção de energia infinita totalmente gratuita pra carregar seu celular (sim, é bait)

Eu adoro soluções para problemas que não são problemas. Pessoal vive preocupado com o quanto seu celular consome de eletricidade, em termos monetários, ao recarregar a bateria. Daí, ficam inventando inúmeras soluções, na maioria idiotas, prometendo um mundo mágico de uso de eletricidade gratuita. Alguns usam até uns geradores eólicos caseiros, contando com o poder e Eolos para carregar o seu celular.

Mas faz sentido?

Continuar lendo “Incrível invenção de energia infinita totalmente gratuita pra carregar seu celular (sim, é bait)”

Perguntas e respostas sobre álcool-gel e como se manter limpo em tempos de corona vírus

Estamos num momento sério, mas não precisamos cair para o desespero. Não, não estou falando da “histeria” no sentido que a cavalgadura presidencial está dizendo, mas que está sentindo a água bater na bunda. Histeria de sair correndo comprando tudo e vendo os estoques de comida e álcool-gel acabando. Algumas pessoas realmente estão perdendo a noção.

Para dar uma ajuda, vou colocar aqui as respostas a perguntas que me fizeram, e algumas dúvidas em termos geras que vi por aí. Não sejam mesquinhos, compartilhem a informação.

Continuar lendo “Perguntas e respostas sobre álcool-gel e como se manter limpo em tempos de corona vírus”