O Hino para Nikkal

Deixe-me louvar Nikkal e exaltar Hirihbi,
o rei do verão; Hirihbi, o rei da devastação
Nikkal, deixe-me exaltar e louvar!
Yarah é luz; então deixe Yarah banhar-te
Com luz

Este é um poema antigo, bem antigo. Encontrado na região de Ugarit, na atual Síria, este texto está num tablete de argila com escrita cuneiforme, mas não é no idioma ugarítico, e sim em hurriano, idioma dos hurritas, povo que lá vivia lá pelo século 15 A.E.C.. Só isso, já seria fascinante, mas a história não acaba aqui. Este poema é a letra de uma música, o Hino Hurriano para Nikkal, a peça de música mais antiga encontrada, datando entre 1400 e 1200 A.E.C., tendo sido descoberto nas bibliotecas da cidade de Ugarit, hoje chamada Ras Shamra. Continuar lendo “O Hino para Nikkal”

Catedrais, taças e guerras. Como um átomo fora de lugar mudou a História

Sapatos correndo apressados ecoam seu som em desespero pelo límpido piso da catedral. As figuras dos vitrais observam impassíveis o terror do homem, em que um fio de suor gélido escorre pelas suas costas. O próprio Demônio parecia estar atrás dele, e talvez realmente estivesse. O bufar da respiração exalava ar úmido que condensava na atmosfera fria. Os olhos arregalados de puro terror. Acontecera de novo. Satã operara sua perversidade mais uma vez na Casa de Deus, uma ação ultrajante! Jesus, Nosso Senhor, a tudo observava do seu Calvário, olhando com reprovação.

É preciso sair dali; sair e encontrar alguém superior, alguém mais sábio. Mais investido do Poder de Deus. O medo impedia o homem ficar ali mais um minuto. O tubo rachara e aquilo era a ação maligna da crueldade lancinante de Lúcifer. O que poderia explicar isso? Continuar lendo “Catedrais, taças e guerras. Como um átomo fora de lugar mudou a História”

Por que a noite é escura?

As perguntas mais simples são as mais complicadas de responder. As respostas em si até são simples, mas demanda certa abstração. Quando adultos, nos acostumamos a certos “fatos” da vida. O Sol brilha de dia, a Lua aparece de noite. O Sol é responsável pelo dia, por causa do brilho intenso e fim, acabou. Mas porque a Lua não tem dia claro, se é iluminada pelo Sol? Crianças não têm pudor de perguntar coisas simples, mesmo que nos pareça idiota. Nenhuma pergunta é idiota se é movida pela curiosidade. Mas, afinal, o que a noite, padres e a evolução do Universo tem a ver com o dia claro?

Olhando para o Céu Azul, inspiro-me em mais um capítulo do Livro dos Porquês!

Continuar lendo “Por que a noite é escura?”

A história do livro assassino e papéis de parede mortais

No romance O Nome da Rosa, um livro assassino foi o algoz de alguns monges numa abadia esquecida no interior da Itália. Olhando para o livro (ou filme), podemos pensar que isso seria um pouco (ok, muita) de maluquice, mas não é. Realmente existiu livros venenosos, e papéis de parede mais venenosos ainda!

E tudo por causa de uma tinta de cor verde. Continuar lendo “A história do livro assassino e papéis de parede mortais”

O inigualável templo Padmanabhaswamy

Acho curioso como dizem que as pirâmides foram construídas por aliens. Pessoal parece esquecer – ou realmente não sabe – que quando o ser humano quer, ele consegue maravilhas em vários campos, e a construção é mais um. Não é só no Egito que tem construções magníficas e monumentais. Um exemplo disso é a Índia, cujo império perdurou por milhares de anos e até hoje nos fascina com suas construções, que se não ganharam título de Maravilhas do Mundo, é porque Heródoto nunca deu um rolé por lá.

O Templo Sree Padmanabhaswamy é um um perfeito exemplo de magnificência, opulência e riqueza. Não é demais dizer que é um dos templos mais ricos da Índia, mas quando eu falo rico, eu quero dizer ABSURDAMENTE RICO. Continuar lendo “O inigualável templo Padmanabhaswamy”

O crime perfeito na ponta de uma agulha

O corpo lívido, sem vida, estava submerso na água serena numa casa às escuras e só a luz trêmula do banheiro banhava de uma luz amarelada o que ocorrera. Seu corpo nu e belo, alvo mesmo quando era viva, não veria a luz do sol novamente, mas em contrapartida não indicava sinais de violência. Uma morte em paz, sem dor ou desespero… ou assim parecia. Sapatos engraxados adentraram o banheiro, sujando-o. Outra pessoa, com o pijama encharcado, mostrara a cena. O homem do sapato engraxado parou em frente à cena; sim, ela está morta, senhor. Outros sapatos chegaram, analisaram criticamente o que estavam vendo. Não havia sinais de crime, mas algo não parecia certo perante aquela visão que poderia ser vista como uma foto artística, mas era um acontecimento bizarro por causa dos detalhes que pareciam não se encaixar.

Eram 23 horas e 30 minutos do que parecia ser uma noite calma do dia 3 de maio do ano de nosso Senhor de 1957. Elizabeth Barlow então desprovida da luz de seus olhos, jazia morta em Bradford, Yorkshire, no Reino Unido. E ninguém sabia como… ou por quê. Se era um crime, era um crime perfeito. Continuar lendo “O crime perfeito na ponta de uma agulha”

Afinal, o vidro é líquido ou sólido?

Você deve ter ouvido esta história: a prova que vidros são líquidos altamente viscosos é que os vitrais das catedrais são mais grossos embaixo do que em cima; e a única explicação para isso é que o vidro vai escorrendo muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito lentamente ao longo dos anos, décadas e séculos.

É uma explicação simplista para mentes simplistas.

Continuar lendo “Afinal, o vidro é líquido ou sólido?”

Artigos da Semana 62

E aí? Todo mundo curtindo o feriadão? Eu também! Eu até já tinha escrito antes um artigo sobre as origens da Festa de Corpus Christi, mas como não foi influencer de BBB quem escreveu, não tem as loucuras do Primeiro Energúmeno nem outras bobagens pelas quais vocês adoram perder tempo discutindo, não teve grande repercussão. É chato, mas toquemos a bola. Ainda não sei o que vocês querem para garantir maior visualização.

Sigamos em frente com os artigos da semana.

Continuar lendo “Artigos da Semana 62”

O que é a Festa de Corpus Christi

Hoje é feriadão. Dia da Festa de Corpus Christi, ou Festum Sanctissimi Corporis Christi.  Você não precisa ser católico para comemorar, já que todo mundo adora um feriado. Mas de onde veio a festa de Corpus Christi ou Festa do Corpo de Cristo? Achei que é uma história interessante e até escrevi um artigo sobre ela, a qual chamei de A Verdadeira História da Festa de Corpus Christi.

Divirta-se, entretenha-se, aprenda.