Neandertais e humanos desenvolveram diferentes tecnologias para obter alimentos

Dizem que somos o que comemos. Não é bem assim. É mais como “ficamos da maneira como comemos”. Nossos alimentos deixam marcas, algumas visíveis outras nem tanto. Como dentes, por exemplo. Isso pode ser evidenciado em nossos tatatatataravós, sejam Homo sapiens, sejam neandertais. Se bem que nenhum de nós tem ancestral entre os neandertais, mas isso ainda não é totalmente consenso.

Claro, como temos os dos hominídeos supracitados com culturas diferentes, lógico, suas dietas eram diferentes, mesmo porque, seus modos de obter comida eram diferentes.

A drª. Sireen El Zaatari trabalha no Instituto de Pré-História, História Antiga e Medieval Arqueologia da Universidade de Tübingen. Ela adora coisa velha, mas não tão velho quanto você. Ela prefere neandertais. Neandertais são legais e não escrevem bobagens no facebook. Seja mais como os neandertais.

Alguns associam neandertais a uns indivíduos toscos, mas devemos lembrar que os humanos daquela época não estavam em melhores condições (alguns ainda mantém aquelas condições de outrora); entretanto, a verdade é que os neandertais viviam muito bem, e sua extinção ainda é motivo de debate. Choque cultural com os humanos? Condições ambientes? Mamutes enlouquecidos? Não sabemos. O que sabemos que lá por meados do último período glacial (há cerca de 40 mil anos), os neandertais já tinham subido no telhado, enquanto que humanos estavam belos e formosos na Europa.

A drª El Zaatari tenta entender e desvendar os segredos escondidos nestes acontecimentos. Por que diabos os neandertais partiram desta para melhor? A drª Zazá e seus colaboradores resolveram examinar com mais detalhes a dieta dos neandertais. Para isso, usaram técnicas de antropologia forense, analisando antigos ossos fossilizados, bem longe daqueles programas megassofisticados da série Bones. O lance era pura observação.

O tipo de dieta que você adota provocará desgastes diferentes em seus dentes. E toda alimentação acarreta em desgaste. Seus dentes não são de adamantium, lembre-se. Uma alimentação rica em carnes oferece um desgaste diferente do que se a alimentação for de vegetais e/ou sementes. Por isso, animais estritamente herbívoros possuem dentes mais baixos e resistentes. Então, pelo modo que os dentes do indivíduo estavam gastos, pode-se estimar o que ele gostava mais de comer e cruzar dados com os recursos que havia em volta. Há até a opção de analisar por meio de radio-isótopos.

Mas por que é preciso saber o que eles comiam? Pelo simples motivo que uma mudança climática pode acarretar escassez de comida. Daí, registros geológicos informam como era o clima na região. Mais dados a serem cruzados. Uma mudança drástica na alimentação do grupo analisado pode dar uma bela indicação de como eles foram selecionados por Nosso Senhor Darwin.

Bem, foi mais ou menos isso o que os pesquisadores descobriram. O grupo analisado apresentou diferenças claras de comportamento. Os neandertais adaptaram a sua dieta para os recursos que estavam mais prontamente disponíveis e facilmente acessíveis, o que, ao eu parece, não foi suficiente. Já os seres humanos não tiveram este problema. Eles investiram em tecnologia para sair do aperto, e isso já era meio que o advento da agricultura, e isso acarretou em uma mudança de comportamento em termos sociais e de dieta também.

Sendo assim, o desespero bateu à porta e aqueles que desenvolveram tecnologias superiores para produzir alimento ganharam a competição. Na Natureza, segundo lugar não é lugar.

Claro, você quer saber muito mais detalhes, certo? Beleza, pois a pesquisa foi publicada na Plos One, que é de acesso aberto. Divirta-se!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s