Tag Archives: alimentação

Rótulos dão balão em consumidor apresentando alimento saudável quando não é

Todo mundo minimamente esperto sabe que marketing existe para lhe passar a perna e fazer você comprar o que não quer ou precisa. Ainda mais no caso de alimentos industrializados. Já começa que comida industrializada não é lá essas coisas, mas ninguém aqui tem canteirinho com horta e galinhas criadas no quintal de casa. Aí, a indústria reforça o apelo colocando no rótulo que este o aquele alimento tem 0% de açúcar e 0% de gordura. Ah, sim e nada de sódio, também. Será que estes alimentos possuem qualidade nutricional?

Resposta curta: não. Mas por que?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

O segredo das plantas em dentes esquecidos

Megafauna é o nome dado aos grandes animais, normalmente mamíferos, que existiram bem depois dos dinossauros. Na verdade, a maioria dos dinossauros nem era gigante, só alguns. O terrível velociraptor era pouco maior que uma galinha gigante. Muitas espécies dessa megafauna se perderam para nunca mais voltar, mas sempre temos seus parentes mais próximos, normalmente, herbívoros, e é por isso que são chamados “megaherbívoros”. Esses animais nos contam muitas histórias, não só sobre si mesmos, como sobre plantas das quais se alimentavam e como isso afetou parte do clima das regiões onde moraram.

Agora, pesquisadores que estudam megaherbívoros para extrair partes dessas informações. E, para isso, apenas olhando seus dentes.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Obrigar crianças menores a comer comida vegan dá cadeia na Itália

Eu acho que cada um tem o direito de ter a religião que quiser. Entretanto, devemos lembrar que religião é igual pênis: tenha a sua, sinta orgulho, mas ficar enfiando em qualquer um indiscriminadamente não é legal, e tanto pior se for em crianças. A religião vegan não é diferente. E sim, é uma religião, pelo modo fanático e sem nenhum fundamento que seus seguidores defendem essa sandice. Mas beleza, quer ser vegan, seja, desde que não me encha o saco. O problema são os casos em que naturebas acabam causando a morte de seus filhos, como já noticiei antes.

Temendo que isso se alastre em larga escala, uma parlamentar italiana editou uma lei em que pais que obriguem seus filhos pequenos a uma “alimentação” vegan acabarão vendo o brócolis nascer quadrado por até um ano. Sim, isso mesmo. Um ano de xilindró!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Se encher de carboidrato ferra com sua adropina, mas que diabo é isso?

Sabe aquelas nojeiras que você está acostumado a comer? Pois é, aquilo não some por encanto e a droga do seu sistema digestório tem que dar conta daquilo tudo. Desde o suco gástrico, passando pela bile, pepsina., sucos pancreáticos etc. recentemente foi descoberta a ação da adropina (com “D”. Atropina com “T” é outra coisa). Ela regula a homeostasia energética e o metabolismo lipídico. (What?) Homeostasia é a propriedade dos seres vivos de conseguir regular o seu “ambiente interno” (ele lá dentro, ou no caso, nós aqui dentro), de forma a manter o equilíbrio dinâmico e tudo se manter funcionando tranquilamente. Além de regular a transferência e manutenção energética dentro do organismo, a adropina ainda regula como nosso corpo manda e desmanda no metabolismo de lipídios (gordura, seu seboso!). A adropina desempenha papel na resposta à insulina e previne o acúmulo de gordura no fígado. A adropina é sua amiga!

Aprendeu um bocado sobre adropina, né? Alguém copia lá na Wikipédia, então, pois os espertões de lá não têm artigo sobre isso. Podem até incluir a informação que uma recente pesquisa mostra que os níveis do adropina variam de acordo com o consumo de carboidratos.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Neandertais e humanos desenvolveram diferentes tecnologias para obter alimentos

Dizem que somos o que comemos. Não é bem assim. É mais como “ficamos da maneira como comemos”. Nossos alimentos deixam marcas, algumas visíveis outras nem tanto. Como dentes, por exemplo. Isso pode ser evidenciado em nossos tatatatataravós, sejam Homo sapiens, sejam neandertais. Se bem que nenhum de nós tem ancestral entre os neandertais, mas isso ainda não é totalmente consenso.

Claro, como temos os dos hominídeos supracitados com culturas diferentes, lógico, suas dietas eram diferentes, mesmo porque, seus modos de obter comida eram diferentes.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Frutose ferra com seu cérebro, mas Ômega-3 vem te ajudar

Diz-se que a mão que afaga é a mesma que apedreja Indo por este caminho, a comidinha show de bola com a qual nos deliciamos pode ferrar a nossa saúde, e nem precisa, necessariamente, ser comida de fast food. Um dos problemas que muitos de nós ignora é que genes em nosso cérebro podem ser alterados por causa das deliciosas iguarias que tanto amamos. Um exemplo disso é a frutose, que além de ser convertida em gordura, ainda pode fazer umas mutações nos nossos genes, e nem é para algo legal como controlar o tempo, mas sim para ganharmos de presentes uma bela gama de doenças.

Mas somos um planejamento inteligentes. Lembrem-se disso!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Dieta vegetariana de longo prazo modificou o genoma. E não foi para melhor

Claro, os veganzinhos do coração defenderão até a mote como as civilizações eram vegetarianas e viviam muito, tinham saúde, mortalidade infantil quase nenhuma e faziam cocô cheiroso (sério, já me falaram isso!). O problema é que isso leva a certos embaraços, principalmente quando a gente lê publicações científicas (aqueles que nunca aparecem em sites vegans).

Pesquisadores da Universidade de Cornell descobriram algo um tanto quanto desconcertante: Há evidências que uma dieta vegetariana levou a uma mutação que leva pessoas a serem mais suscetíveis à inflamações e aumento do risco de doenças cardíacas e câncer de cólon.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Dieta vegan é “saudável”, mas não é bem assim que a banda toca

Enquanto os religiosos fanáticos da seita da Nossa Senhora da Alface, os guardiões do ´brócolis sagrado acham, defendem e vociferam o quanto a dieta vegan é mais saudável. Entendam, não é vegetarianismo, apenas. É vegan, mesmo: um grupo de débeis mentais, pesquisadores de facebook, cujo embasamento de suas alegações é o Facebook e pesquisas tiradas do contexto.

O problema é o fator "realidade", ainda mais quando pesquisadores de verdade mostram algo que os religiosos da Santa Chicória tamparao os ouvidos e dirão "LÁLÁLÁLÁLÁ": dieta vegan tem sérias deficiências nutricionais e isso pode acarretar até mesmo problemas neurológicos, o que explica muita coisa.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Humanos passaram o cerol em megafauna de aves na Austrália

Eu adoro a Austrália. Um país lindo e maravilhoso cuja fauna e flora farão de tudo para lhe dar uma morte horrível. Algo semelhante à Austrália no Brasil, só o estado do Amazonas. Eu acho que isso é devido a algum emputecimento da Natureza. Vingança pura e simples. Darwin é a Nêmesis, a vingança dos deuses, e este usou os poderes da Seleção Natural para criar coisas para caçar as pessoas.

Eu falo isso por causa de registros fósseis que evidenciaram que seres humanos foram os responsáveis pela extinção da megafauna de aves que havia lá na terra dos Cangurus. Primeiro, Deus mandou o Dilúvio para que só Noé e sua família se salvasse, o que matou até os dinossauros (um fundamentalista me falou isso a sério!). Aí, passado um tempo, o Homem completou o serviço. Que maravilha!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pesquisa indica que dieta vegetariana ferra com o planeta. Coma bacon, diz cientista!

Uma das enormes falácias que os seguidores da religião vegan propagam é que a produção de carne ferra com o planeta. Claro, com pesquisas tiradas da cavidade retal. A parte que só a agricultura consome 70% da água potável é descartada. Afinal, essa bosta chamada “realidade” insiste em frustrar os planos de dominação mundial dos fanáticos da religião de Nossa Senhora da Alface, os jihadistas do Brócolis Sagrado.

Só que uma pesquisa realizada aponta que, ao invés do que se papageia, consumir alimentos à base de frutas, legumes, laticínios e frutos do mar é mais prejudicial para o ambiente, pois acarreta em concentrações elevadas de gases de efeito estufa por caloria.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας