11h de Parto em casa deu como resultado um bebê morto. Parabéns, doulas!

Polônia bate recorde com exorcismos. ARREDA, SATANÁS!
Cidade dos EUA rejeita painéis solares pois eles sugarão toda a energia do Sol

O problema da Seleção Natural é que ela seleciona quem não tem nada com isso, deixando os imbecis realmente idiotas ainda vivendo. Tem uma vasta série “hold my beer” em que mostra imbecis agindo feito completos alienados, prontos para colocar a vida em risco. Não raro, acabam afetando a vida de quem não tem nada com isso.

Eu já postei aqui sobre essa maluquice de parto natural humanizado do cacete a quatro, em que você substitui toda a tecnologia médica por uma retardada curiosa que entende tanto de medicina quanto eu entendo de neurocirurgia. Agora, me deixar operar não querem, né? Já postei até vídeo (com direito a gente me xingando, claro). Claro, os espertçoes sabem mais que os médicos. Resultado? Essa merda de parto humanizado fez mais uma vítima, depois de 11h de parto, que teria sido facilmente resolvido num hospital. Parabéns, imbebis.

O caso em específico aconteceu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. A mãe hipster de 32 anos, achando que ainda estamos na era pré-científica, ficou em casa, em sua caminha sendo acompanhada por uam doula. Doula, ou seja, uma parteira gourmet. A porra de uma parteira que diz ser formada em enfermagem, como se enfermeiro fosse a mesma coisa que médico, em que nem receitar pode. Ah, mas ela deve curar gente com chazinho e um galhinho de arruda, já que estamos na base da crendice.

As coisas começaram a ir de mal a pior, até que, finalmente, alguma criatura teve um lapso de sanidade e resolveu chamar o SAMU. Quando os bombeiros e pessoal do SAMU chegou, a criança tinha nascido morta. Os verdadeiros profissionais de saúde tentaram reanimar a criança, mas nada feito. Mamãe espertona foi pro hospital porque, como eu digo sempre, todo esse pessoal que odeia ciência, hospitais etc, corre logo quando o cu aperta e procuram um médico de verdade. Se consultar com a doula não quis. Provavelmente porque sabia que ia dar um “OLÁ” pro seu bebê que naceu morto nesse caso.

Obviamente, alguns trolls cairão de paraquedas aqui dizendo o quanto seus filhos nasceram lindos e saudáveis em casa. Eu recomendo algo bem mais adequado a um parto humanizado, bem direto de nossas raízes. Um parto feito aqui:


Fonte: Correio do estado

Polônia bate recorde com exorcismos. ARREDA, SATANÁS!
Cidade dos EUA rejeita painéis solares pois eles sugarão toda a energia do Sol

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Rodrigo Leal

    A questão é: A ciência anula a seleção natural?
    Se a criança morreu, podemos considerar isso um ato de seleção, pois se morreu é pq a mãe de alguma forma é fraca, e poderia passar sua debilidade à diante caso a criança tivesse vingado. A nossa sapiência é uma faca de dois gumes, pois se por um lado nos dá a ferramenta para combater doenças e todo tipo de questão que coloca nossa sobrevivência em risco, por outro lado anula a seleção natural, o que pode ser prejudicial a longo prazo.

    Silvio Soares da Silveira respondeu:

    Hmmm… ah tá, você estava sendo irônico?

    Rodrigo Leal respondeu:

    Bom, primeiro quero deixar claro que não sou a favor dessa palhaçada de parto em casa. Se já temos tecnologia para pular essa etapa, que apesar de ser natural por muitas vezes é problemática, pq não fazer a cesariana? Depois eu fiz uma pergunta mesmo. Sei que a seleção natural não trabalha assim, já eliminando de cara no parto, no momento de parir. Mas por vezes sim. E a ciência não interfere só nesse caso. Será que a ciência pode nos perpetuar como espécie dominante desse planeta ou nos trazer situações irreversíveis no futuro?
    Volto a repetir, não sou contra a ciência, muito pelo contrário. Só estou colocando um ponto de vista sobre a questão que o André levantou. Posso tá falando besteira tbm. Se tiver pode descer a lenha!

    Narciso L. Junior respondeu:

    A ciência pode nos perpetuar tanto quanto o aumento da massa corporal e tamanho favoreceu as perpetuação das megafaunas insulares da Oceania,pelo menos até a chegada de um elemento inesperado com o qual não podiam lidar, dou um doce se adivinhar o que foi. Na questão do parto faltou analisar que com as melhorias das condições sanitárias e de alimentação os bebes, vem nascendo com um peso e tamanho cada vez maior o que as vezes o corpo da mãe não consegue lidar completamente

    Pryderi respondeu:

    E o que vc me diz que um asteroide de 50 km caindo na Terra?

    Henrique E respondeu:

    Perdão, mas acho que não absorvi muito bem o que disse. Se eu não estou enganado, a tese de Darwin é que sobrevive o mais apto, não o mais forte. Que os seres humanos não fracos fisicamente é evidente, para você ter uma ideia, um chimpanzé fêmea de estatura média de 80cm e 40kg é possivelmente duas vezes mais forte que um homem adulto de estatura média. Agora vejamos, do grupo de mamíferos, qual é a espécie dominante no planeta? Não somos nós os fracos? A nossa inteligência é a vantagem evolutiva que nos torna aptos para sobreviver às adversidades da natureza, embora não todas.

    Logo, a Ciência é produto de nossa inteligência, com isso contribui para a seleção natural.

    Bom, se não for esse o caso, por favor não hesite em me corrigir, pois, afinal, eu também estou sujeito à ignorância, como todos os demais fracos da espécie Homo Sapiens.

    NestorBendo respondeu:

    Hitler tá salivando na tumba, com essa.

  • ChapolEu Colorado

    Não se preocupe, a tendência é piorar:

    http://maesdepeito.blogosfera.uol.com.br/2015/12/14/projeto-de-lei-quer-que-parto-domiciliar-em-sp-seja-custeado-pelo-sus/

    cloverfield respondeu:

    “A ideia, segundo a vereadora, é que com a
    PL 717/2015 a mulher faça o pré-natal na rede pública e, a partir da
    35ª semana, seja acompanhada pela equipe de parto domiciliar que irá
    atendê-la. Caso precise de uma remoção para um hospital, no caso de
    necessitar de uma analgesia ou de uma cesárea, a mulher será atendida
    em uma unidade de saúde próxima por médicos plantonistas.”

    Resumindo: se o bicho pegar o jeito é correr pros médicos de verdade.

  • Henrique E

    Na verdade não é bem assim, ainda não sabemos até que proporções pode chegar a estupidez humana.

    Com isso, penso que existe a possibilidade de nos destruirmos. Não que eu seja pessimista, mas é uma provável e triste hipótese.

    Vai ver essa é a resposta ao paradoxo de Fermi, talvez sempre que uma espécie evolui e chega ao nível intelectual equivalente ao nosso ou maior, torna-se propensa a se autodestruir. Mas isso é mera especulação.

    Sejamos esperançosos, realistas esperançosos!