CREMESP diz “foda-se você e seu parente no hospital”

Meu pai esteve doente no final do ano passado. Uma série crise renal o fez ficar internado. Seus níveis de eletrólitos não estavam altos. Estavam altos pra caralho! Algo como dez vezes mais do que deveriam estar. Ele ficou internado e eu não pude visita-lo, porque o hospital estava lotado com casos de coronavírus. No máximo, os médicos saíam para falar com os familiares que estavam do lado de fora e que também não podiam visitar seus parentes. A única forma que eu pude falar com ele foi através de vídeo-chamadas feitas pelo celular da equipe médica. Segundo meu pai, foi assim que ele conseguiu suportar os dois meses lá, passando natal e réveillon longe da família.

Por sorte, não moro em São Paulo. Segundo o CREMESP, fazer vídeo-chamada viola o direito à dignidade dos pacientes. A pessoa só fica digna quando fica abandonada num leito de hospital, sem poder falar com ninguém. Ok, né? Continuar lendo “CREMESP diz “foda-se você e seu parente no hospital””

Butão só aplica vacina se João Bidu deixar

O Butão é um lugar maneiro. Não, sério, eu realmente acho isso. Lá nos cafundós do Himalaia, a paisagem tem um quê de alienígena e de filme de kung fu com aqueles templos e fortalezas. O Butão tem 763.092 habitantes, ou seja, um bairro do Rio de Janeiro, e conseguiu a proeza de vacinar 93% da população adulta (cerca de 472 mil pessoas, praticamente um condomínio); mas teve um porém: tiveram que esperar que a astrologia batesse.

Hein? Pois é. Continuar lendo “Butão só aplica vacina se João Bidu deixar”

Árvore racista gera climão na escolha de mascote de colégio

Nada é tão maluco que um bando de idiotas metidos a politicamente correto não possa fazer ser mais imbecil. Imaginem uma árvore. Pois, é, uma árvore. Agora diga que a árvore remete ao racismo. Sim, isso mesmo. Um bando de pedagogos débeis mentais (desculpem o pleonasmo) de uma escola de Portland, EUA, ficou com medinho de magoar pessoas. Ficaram protelando uma votação para mudar seu mascote. A imensa preocupação é que escolheram um pinheiro como mascote e pessoal rasgou a roupa e chorou sangue porque pinheiros são racistas… ou algo nesse sentido Continuar lendo “Árvore racista gera climão na escolha de mascote de colégio”

Inventores inventam moda e criam máscara de nariz

Esta droga de pandemia deixou tudo maluco, a começar pelo calendário. Como agora teremos um feriadão que pessoal vai meter o louco geral ficará em casa seguindo todos os protocolos sanitários e isso deixou toda a agenda completamente doida. Já nem dá mais para fazer Sexta Insana, então, todo dia é dia de maluquice. Querem o exemplo de hoje? Pesquisadores no México desenvolveram uma máscara contra COVID-19 somente para o nariz, projetada para as pessoas usarem enquanto comem e bebem.

Continuar lendo “Inventores inventam moda e criam máscara de nariz”

Padre surta e mete a mão onde não deve. Curiosamente, não foi um coroinha

Religião é uma coisa! Já não basta criar regras morais loucas, ainda metem a não nas nossas economias sob a forma de dízimos, contribuições e peidos em geral em nome de Jesus. O problema é que isso chega nos cofres meio pingadinho e alguns clérigos não têm tanta paciência. Que o diga um padre do Rio Grande do Sul, que resolveu ignorar o 7º Mandamento, meteu o louco e resolveu ser Vid4 Loka, assaltando 3 estabelecimentos em Passo Fundo, nesta terça-feira, 02/03. Continuar lendo “Padre surta e mete a mão onde não deve. Curiosamente, não foi um coroinha”

Nada como ler jornais para se manter informado

Eu gosto de me manter informadoCitation Needed. O problema é que a massa jornalista esquece disso, daí soltam algumas pérolas como se fossem notícias. Já que eu sou um blog informativo, informações a vocês com muitas informações informatizadas. Vamos ver o que saiu no jornais.

Continuar lendo “Nada como ler jornais para se manter informado”

Pseudopesquisa diz que quem vê filmes de zumbi se dá melhor em pandemias

Eu gosto de excelentes ideias trazidas pelo puro suco da falta do que fazer aliado à necessidade de gerar publicações científicas, pouco importando se fazem sentido ou não. Um exemplo disso é a pesquisa que estabeleceu que pessoas que curtem jogos e filmes de zumbis estariam mais preparadas para a pandemia de COVID-19, coronavírus, corona vírus ou coronga mesmo.

Correndo atrás de cérebros corongados, esta é a sua SEXTA INSANA!  Continuar lendo “Pseudopesquisa diz que quem vê filmes de zumbi se dá melhor em pandemias”

Católicas que não querem seguir todo o catolicismo querem ter direito ao aborto. You funny, responde ICAR

Eu não sou contra uma pessoa ter uma religião. Quer seguir alguma? Siga! Desde que não viole leis vigentes, eu estou pouco me lixando. Claro, essa pessoa tem um certo problema: ao se dizer seguidor de uma determinada religião, clicou no I AGREE da EULA e vai ter que seguir. Por exemplo, quer ser judeu? Ótimo, mas já sabe que nada de bacon, né? Para seguir o Cristianismo, mesma coisa. Jesus é Deus e talz. O problema é a vertente cristã. Você quer ser protestante? Vai ter que ser contra a figura papal. É meio como um pré-requisito. Se quer ser católico romano, vai ter que seguir os preceitos impostos pelo Papa, que goza de infalibilidade papal ao fazer seus pronunciamentos oficiais no tocante à Igreja. Até aí nos entendemos? Ótimo! Continuar lendo “Católicas que não querem seguir todo o catolicismo querem ter direito ao aborto. You funny, responde ICAR”