Igreja assassina mata criança mas jura que foi pro bem dela

Tem coisas que só as religiões fazem por você, como ferrar a sua vida. Sempre dizem que a Ciência não tem resposta pra tudo, mas as religiões, sim, têm. Isso e verdade, já que a Ciência lida com dúvidas para encontrar as respostas. As religiões têm certezas demais, nenhuma dúvida. Por exemplo, um grupo de religiosos não tiveram nenhuma dúvida em fazer um ritual de exorcismo numa menina que tinha 3 anos que estava doente.

Perceberam no termo “tinha”? Continuar lendo “Igreja assassina mata criança mas jura que foi pro bem dela”

Tik Toker bate as botas de forma idiota e tentam vender as cinzas para ritual esquisito

O mundo é esquisito, e não acaba a esquisitice. Ela só se torna mais bizarra. E sempre tem um influencer metido, pode reparar.  Imagine que teve uma doida que resolveu hitar no Tik Tok. O que ela fez para ganhar views e compartilhamentos? Bebeu pesticida. Obviamente, morreu, o que não deixa de ser um tanto representativo. Achou esquisito o bastante? Pois saiba que tem um maluco que rouba cinzas de celebridades cremadas para fazer um “casamento fantasma” ou sei lá como chamam este vodu china.

Passando inseticida para ver se me livro de influencers, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Tik Toker bate as botas de forma idiota e tentam vender as cinzas para ritual esquisito”

Professor babaca achou que COVID era besteira e acabou se contaminando. Darwin que cuide

Eu acho que as pessoas têm o direito inalienável de serem estúpidas, burras e desinformadas. O problema é quando gente com formação age como alguém burro, estúpido e desinformado. Um perfeito exemplo deste tipo de idiota é Abderrahmane Fadil, um imbecil que trabalha na Inglaterra como professor. Ele não acreditava no COVID, se achava o tal, com peito de aço. O problema? Este energúmeno não é professor de Sociologia, mas de Ciências. Continuar lendo “Professor babaca achou que COVID era besteira e acabou se contaminando. Darwin que cuide”

Os problemas místicos de um umbigo de fora

O Brasil é o festival da pseudociência reinante. Enquanto a Equação da Anti-Vida está gravada fundo no interior da Terra, no Brasil está gravada a Equação da Estupidez. Então, você pensa “ah, mas isso é o populacho ignorante, né? Pessoas mais estudadas não ficariam postando insânias”.

Tipo médicos?

“Principalmente estes jamais postariam coisas de retardo mental com energias místicas” Continuar lendo “Os problemas místicos de um umbigo de fora”

E continuamos não aprendendo, né?

Em abril do ano passado, eu perguntei Aprendemos a lição? A respeito da loucura que estava o país e a proverbial incompetência dos governos em fazerem algo. Alçaram o Átila com sua voz de desespero que pouco ajudou. Não, não morreram 1 milhão de pessoas até o fim do ano como ele previra se nada fosse feito. Nada foi feito e hoje estamos caminhando para 500 mil pessoas. Sim, ainda é um número alarmante, mas o Átila contribuiu para os idiotas negacionistas minimizarem os efeitos. Continuar lendo “E continuamos não aprendendo, né?”

Líder de seita bate as botas e as viúvas querem que o sujeito volte pra se explicar

Um monte de homens (babacas) acha o máximo países árabes por lá ser permitido ter mais de uma esposa. O que estes idiotas não sabem é que a Sharia estipula que tudo o que for dado para uma esposa, tem que ser dado para todas as esposas. Sim, elas devem ser tratadas absolutamente iguais, incluindo quantidade de relações sexuais por semana. Ou seja, não é uma questão se pode ou não, é uma questão se você tem dinheiro para manter. Maioria não tem.

Normalmente, o Cristianismo não tem dessas de poligamia, mas é na base do “poder, não pode. Mas se quiser, pode”, como foi o caso com aquele Zé que morreu na Índia e era o cabeça de uma das maiores famílias do mundo, pai de 94 filhos e 39 mulheres. Só que o miserável bateu as botas e vem aquela parte divertida chamada “partilha de bens”. Continuar lendo “Líder de seita bate as botas e as viúvas querem que o sujeito volte pra se explicar”

Coreia do Norte diz “não não” para calça jeans e gírias. Tio Kim não gosta e você vai gostar menos ainda se te pegarem

Pense que você vivesse numa ditadura sanguinária. Uma ditadura que proíbe gays, cortes de cabelo, assistir novela, usar gírias e calça jeans. Pense que o mandatário da Nação faz aparições públicas e é ovacionado por pessoas que passaram por lavagem cerebral e essas pessoas acham que este mandatário é um herói nacional, ou mito, por assim dizer. Imagine que os casos de morte por coronavírus foram se somando, mas eram peremptoriamente negados pelo governo, minimizando a uma reles doença comum. Pense que nesse lugar você não pode falar mal do governo, ou a polícia vem logo em cima de você. Pensou? Continuar lendo “Coreia do Norte diz “não não” para calça jeans e gírias. Tio Kim não gosta e você vai gostar menos ainda se te pegarem”