Para que eu preciso saber disso?

 

Tem um monte de maluquices rolando por aí, mas volta e meia vem sempre a xaropada “ain por que a escola não ensina isso e aquilo? Buáááá, quero aprender a cuidar do meu cartão”. Aí, ficam postando imagens idiotas como esta da abertura, como se A ÚNICA coisa que escola ensinasse é sobre clorofila.

Por que não ensinam como pagar contas? Como se faz para pedir um emprego? Como comprar uma casa? Por que a escola não ensina isso? A questão é… ela ensina.

Continuar lendo “Para que eu preciso saber disso?”

Programa de Conscientização Ceticismo.net

Eu já falei que não gosto do primeiro energúmeno, mas querer colocar a culpa nele, acusando o governo de Anti-vaxxer por não dar valor às vacinas e à ciência é um pouco demais pra mim.  mas talvez eu esteja errado. A população só precisa de programas de conscientização.

Com sérios programas de conscientização, teremos uma resposta positiva na sociedade. Vamos dar exemplos de como conscientização funciona:

Continuar lendo “Programa de Conscientização Ceticismo.net”

IMPUNIDADE: Preconceituosos escolhem quem pode ter um emprego e quem deve ficar desempregado

O brasileiro tem a pseudociência e preconceito como nome principal. O sobrenome é o nome que os pais escolheram, mesmo. Claro, vão dizer que o obscurantismo começou agora, mas isso já é corrente numa bosta de país que reconhece astrologia como profissão regulamentada pelo Código Brasileiro de Ocupações (CBO 5167-05). O fato de ser uma “ciência” que trabalha com corpos celestes, mas que foi incapaz de perceber que tinham 2 planetas e um planeta-anão faltando é secundário.

Isso sempre será uma SEXTA INSANA!

Continuar lendo “IMPUNIDADE: Preconceituosos escolhem quem pode ter um emprego e quem deve ficar desempregado”

Brasil a caminho de fazer o mundo melhor, sem brasileiros

Estou acompanhando o bando de imbecis tendo ataque de palanca pelos atuais testes de vacinas contra o coronga. Oxford, FIOCRUZ e tantos outros estão correndo para desenvolver uma vacina, e não há nenhuma garantia que esteja pronta até o final do ano. Com isso, o Primeiro Energúmeno falou que não podia obrigar ninguém a tomar vacina. PRONTO! Começou o bando de idiotas dos dois lados.

Continuar lendo “Brasil a caminho de fazer o mundo melhor, sem brasileiros”

Pesquisa diz que não se morre tanto assim no Everest

O Everest ainda é um imenso desafio por ser o ponto mais alto da Terra, o chamado “Teto do Mundo”. Vários idiotas aventureiros resolveram testar seus limites, acabando por ficar pelo meio do caminho. Outros chegam lá em cima, tiram uma foto e voltam pra casa, depois de quase morrerem em alguma avalanche, terremoto ou hipotermia. Não sei o que se tem a comemorar com isso. Acho mais vantagem sair pra trabalhar e voltar de noite sem ter sido assaltado.

Continuar lendo “Pesquisa diz que não se morre tanto assim no Everest”

Divulgador científico tem que acabar! Educador financeiro também

Um monte de gente virá me xingar, ainda mais que só lerá o título. Não que o título tenha alguma pegadinha. É exatamente isso que eu penso: divulgador científico e educador financeiro tem que acabar. Você tem o direito de não concordar comigo, e eu de lhe ignorar. Não mudarei uma linha.

Continuar lendo “Divulgador científico tem que acabar! Educador financeiro também”

O que eu sei sobre a explosão no porto de Beirute

Deu muito ruim em Beirute ontem. Não sanduíche, a capital do Líbano. As notícias que começaram a chegar foi que houve uma enorme explosão. Começaram com um monte de informações desencontradas, como é normal em acontecimentos deste tipo. Achava-se que era algum ataque, você sabe… Líbano, né? Israel disse que não teve nada a ver com aquilo. Hezbollah confirmou que Israel não teve nada a ver com aquilo (sim, pois é). Alguns acharam que era um depósito de mísseis do Hezbollah e um energúmeno que meteu um texto no Google Translator achou que era uma loja de mísseis. Afinal, o que aconteceu?

Aconteceu uma sucessão de erros, foi isso que aconteceu!

Continuar lendo “O que eu sei sobre a explosão no porto de Beirute”

As idiotas programações de TV com um objetivo verdadeiro

Eu pus artigo sobre jornaleiros idiotas chamando leigos para dar palpites sobre coronavírus, pandemias, quarentenas etc. quando chamam especialistas, é apenas para seguir a máxima “tragédia vende”, sendo que informação fica em último lugar. Mas quem disse que veículos de informação servem para dar informação? Sim, eu sei que é chocante, mas veículos de informação não existem para informar, mas para vender seus produtos. Mas eu queria salientar outras coisas, que até caberiam no artigo anterior, mas eu tive um bom motivo*.

Continuar lendo “As idiotas programações de TV com um objetivo verdadeiro”

Famosos dando palpites sobre o que não entendem. Nem o jornaleiro entende

O problema do jornalismo é que ele deixou de existir para dar lugar ao que eu chamo de jornaleirismo. Sabem aquela figura clássica do molequinho vendedor de jornais? Para vender mais jornais ele gritava as manchetes e quanto mais sensacionalista, mais chamava a atenção. Com isso, eles gritavam manchetes que efetivamente não estavam no jornal, inventando polêmicas que não existiam, seguidos de EXTRA! EXTRA! Isso despertava a curiosidade das pessoas e saiam vendendo os jornais, para então o bando de otários perceberem que foram enganados e o moleque ter picado a mula com bolso cheio de moedas. No dia seguinte, o processo se repetia. Com o tempo, jornais perceberam que poderiam facilitar este trabalho sem mentir (muito), bastando adequar as manchetes ou dando ao público o que o público quer: opinião de famosinhos. Celebridades sempre venderam tudo, você sabe.

Continuar lendo “Famosos dando palpites sobre o que não entendem. Nem o jornaleiro entende”

Pesquisadores criam munição que não faz mal à saúde das pessoas

armas-flores

Guerra é legal para os negócios, mas não muito legal para quem está combatendo. Não apenas isso, tomar um tiro é muito ruim, mas muito ruim também é envenenamento por chumbo. Chumbo não é legal! Toda vez que uma arma dispara, partículas de chumbo são dispersas pelo ar, e isso é muito, muito ruim. Como a responsabilidade ambiental é algo com a qual devemos estar sempre preocupados, uma pesquisa procura desenvolver munição que não seja tóxica, evitando que afete a saúde das pessoas.

Sim, eu espero você terminar de rir.

Continuar lendo “Pesquisadores criam munição que não faz mal à saúde das pessoas”