Polônia bate recorde com exorcismos. ARREDA, SATANÁS!

A Polônia está para a Europa assim como Portugal está para o Brasil. Muitas das piadas que você conhece referenciando portugueses, na Europa é contada como se fosse com os poloneses. Agora, a onda lá é fazer exorcismo em massa. Sabe aqueles besteiróis que a Universal faz nas suas pseudoigrejas? É pinto perto do que acontece na terra de Madame Curie, que muito provavelmente está dançando polka na sepultura.

Lá a parada é bizarra. Fazem desencapetamento logo em estádio de futebol. E você aí, igual a um mané, achando que a humanidade saberia mais, pois tem maior acesso à informação com a Internet.

De acordo com O Globo, essas megaproduções exorcizísticas parece que virou atração nacional, atraindo um número imenso de pessoas. O futebol parece que anda uma merda por lá, pois os estádios estão enchendo mais por causa dessa bosta de exorcismos do que as partidas de futebol, propriamente dito. Só cada diocese tem cerca de três exorcistas, e isso está se tornando até fenômeno literário, com todo tipo de livro sobre o assunto não parando nas prateleiras das livrarias.

Em outras palavras, enquanto a Romênia, principalmente a Transilvânia, está capitalizando em cima do Drácula, a Polônia está arrumando uma grana pretérrima com essas merdas de exorcismos, que estão no mesmo patamar de veracidade que vampirões que chupam mocinhas indefesas. Nisso, papa Chicão viu o potencial disso e em 2014 reconheceu a Associação Mundial do Exorcismo. Pronto, esta merda espalhou que nem as 10 pragas do Egito.

A histeria está fazendo um trabalho tão eficiente que as igrejas europeias começaram a ampliar os seus programas,a registrando ocorrências na Espanha, Itália e até mesmo na Alemanha.

Ainda não entenderam, não é mesmo? Fácil de explicar.

Com o absurdo alastramento das igrejas evangélicas tosconas, vimos pessoal transformar o culto, um momento de reflexão, meditação e religação com esferas místicas em Show de Calouros. Pessoal faz verdadeiros espetáculos mambembes, com exorcismos, milagres, mágicas em geral e tudo regado a AMÉM, ALELUUUUUUUUUUUIAAAAAA!!!!!!!!!

MATEUS 6:5-8 – E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.

A melhor forma de não seguir uma religião, é ler seu livro religioso inteirinho e analisar o que fazem os religiosos.

Então, como a demanda por clientes, digo, por seguidores estava em baixa, a ICAR resolveu apelar para esta palhaçada também. Diga-se de passagem, foi uma atitude que está dando resultado. Temos que convir.

Bem que poderiam murar o mundo e colocar uma placa na porta Asilo Arkham.

9 comentários em “Polônia bate recorde com exorcismos. ARREDA, SATANÁS!

    1. Hahaha, Para quem já foi a um encontro com Deus, isso deve ser fichinha; sim, tentei me converter ao evangelho uma vez, por me considerar mundano demais, e o pré-requisito para isso foi ir nesses encontrões!! Fui levado a um sítio, privado de celular, telefone, computador, internet, televisão; enfim, isolamento total!! Homens em um canto, mulheres em outro! O dia era dedicado a palestras homofóbicas, cultos sonolentos, e constrangedoras possessões pelo espírito santo, com o povo pulando, rodopiando, caindo, gritando; resumindo, uma histeria sem fim. Olhava aos lados e pensava: “Que porra foi onde me meti!” E o meu sentido de Ceticismo tilintando adoidado!! À noite havia a fogueira santa, em que pessoas queimavam o que julgavam prejudicial à fé; nisso, vi fotos de ex-parceiros e livros – um do Harry Potter e outro da Teoria da Evolução. Foi 3 dias disso. E olha, que essa merda toda aí foi em uma Igreja Evangélica que considerava bastante moderada nessas doideiras religiosas, imagine o que acontece nessas louconas mesmo!!

      1. Rapaz, eu acho que dei sorte nesse quesito: criado em família católica, com algumas pitadas de bom senso, mas ainda sem a coragem de se desligar das crenças. É legal ver eles naturalmente contradizendo a Bíblia que defendem com unhas e dentes. Minha mãe pede que eu respeite e deixe quieto cada um no seu canto, mas eu não consigo mais. Eu sei que eles sabem que estou certo (pelo menos em parte, eles sabem), mas aqueles argumentos estúpidos de respeito automático ainda saem da boca deles.

        Acho que se eu fosse para um negócio desses, eu iria acabar morrendo de rir na frente de todo mundo (quando decidiram batizar o meu filho, eu fui para o curso de pais – acho que sabiam que eu sou agnóstico, pois soltaram aquelas alfinetadas contra os descrentes que até mesmo os evangélicos coram de inveja – e acabei rindo de muita coisa – por sorte eu consegui ser discreto).

        Essa é a minha histeria. Eu rio muito dessas besteiras.

        1. Harry Potter era assunto cotidiano nos cultos. Os caras achavam que era um livro que ensinava bruxaria às crianças. Sim, eles acreditam em bruxas!!

      2. Isso ai ainda é de boas se comparado a minha história,desde que eu nasci fui criado em família cristã,sendo meu pai um pastor,tinha que desde criança ir a todos os cultos e me comportar,quando fiz 12 anos já tinha minhas dúvidas,mas eu ia só para agradar meu pais mesmo,mas hoje em dia já não acredito mais em religião e sou agnóstico e mesmo assim ainda tenho que ficar indo em igrejas e ouvindo aquele monte de besteiras e coisas ridículas que falam,só por que minha família é cristã até hoje,só estou esperando fazer 18 anos para mandar tudo isso pro saco,e nunca mais entrar em uma merda de igreja.

        1. Tive sorte. Nunca me forçaram a frequentar uma Igreja. Quando fui, foi por vontade própria mesmo; curiosidade, acho. Minha experiência até então tinha sido com o catolicismo, mas esse negócio de ficar de joelhos e orar, ou pedir graça a uma imagem inanimada de porcelana, sempre achei ridículo e me afastei; depois fui à Igreja Batista, e o resultado está em meu relato anterior.

          1. Sorte sua realmente.Eu sempre fui forçado a ir naquelas Igrejas Pentecostais,cheio de loucos pulando e falando mais merda sem sentido que outras ditas Igrejas,mas hoje em dia eu faço de tudo para não ir,mas ainda finjo ser cristão(o que é muito difícil para mim,ter que ficar ouvindo aquelas merdas),pois se eu falasse para minha família que sou agnóstico eu seria repreendido por ela e dito como usado pelo Capiroto,sendo que essa mesma família segue um livrinho que lhes fala para amarem os outros não importa as condições e não criticarem.Os cristãos são realmente muito hipócritas.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s