Descortinando os secretos caminhos de Ganimedes

O jovem príncipe de Troia estava a cuidar dos rebanhos. O poderoso Zeus, encantado com a aparência bela e viril do jovem, raptou-o e levou-o para o Olimpo, para a consternação da sagrada Deusa-Mãe Hera. O jovem Ganimedes passou a servir o néctar aos deuses, a bebida que os deixava imortais, assim como imortal era a beleza do jovem.

Assim como Zeus se aventurou pela beleza do príncipe, nós nos deslumbramos com a beleza de um astro: o maior satélite do Sistema Solar: a "lua" Ganimedes, que orbita Júpiter, o Planeta-Deus, o mais poderoso entre seus pares do reino de Helios. Hoje, nossa tecnologia foi capaz de mapear o fantástico Ganimedes e você poderá dar um passeio por ele, sem sair de casa.

Ganimedes foi descoberto em 11 de Janeiro de 1610, por Galileu Galilei. Com pedaço de tubo e algumas lentes toscas (para hoje), Galileuzão viu outro mundo, bem diferente. Viu os satélites naturais do poderoso Júpiter mas, claro, não conseguiu ver mais detalhes do que pontos luminosos no céu noturno, o que é algo memorável já que foi feito há 400 anos!

Mais do que merecido, a sonda que visita Júpiter  foi batizada como Galileu, e ela nos traz muitas belezas do poderoso Planeta-Deus, cuja missão se encerrou em 2003. Junto com os dados trazidos pelas sondas Voyager 1 e Voyager 2, prontas para voltar no século 23, consumindo tudo o que tiver pela frente, os cientistas do U.S. Geological Survey (USGS) processaram todas as imagens, produzindo algo de incrível beleza, como este mapa da superfície do Satélite-Príncipe Ganimedes:


Quer ver maior, né? Então se prepara: EIS O PDF

As diferentes cores do mapa indicam os diferentes materiais na superfície do satélite. Os círculos amarelados em todos os lugares são crateras jovens (cor amarelo claro) e crateras mais velhas (amarelo escuro).

Os dados de imagem foram selecionados com base na qualidade geral da imagem, com uma resoluçãozinha decente de 20 km/pixel. As projeções do mapa são baseados em uma esfera com um raio de 2.632.345 km. E como eu sei que você adora um videozinho, que tal isso aí animado numa esfera?

Eu me sinto feliz por ter tido a chance que meus avós não tiveram de ver estes detalhes; mas também me sinto triste só por imaginar o que meus netos verão e eu não poderei.

Desculpe, autor anônimo da frase atribuída a Einstein, mas informação VALE SIM mais que a imaginação.

Ou vocês conseguem imaginar como é enxergar o mundo em ultravioleta?


Fonte: USGS

2 comentários em “Descortinando os secretos caminhos de Ganimedes

  1. Muito interessante essa abordagem sobre Ganimedes. Esta lua é tão intrigante que serviu de base para ficção científica.
    Dizem, as más línguas, que é possível observá-lo a olho nu. Encontrar ele deve ser uma aventura!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s