Afinal, existe aquecimento global?

Eu me lembro de alguns idiotas (que por sinal saíram daqui estrebuchando, mas continuam acompanhando religiosamente) me xingaram e se rasgaram por causa do Aquecimento Global, dizendo que as pesquisa do dr. Mann eram fraudulentas, mesmo sem Mann sequer ter sido citado. Me enviaram uma página com trocentos links à guisa de provar que o aquecimento global era tão verdadeiro quanto Jesus caminhando de biquíni em plena 5ª Avenida. O problema estava em alguns artigos nada a ver com a questão e outros demonstrando a existência do fenômeno, sendo um dos maiores tiros no pé da história dos comentários. Entretanto, parece que não resta muita dúvida, pois dados comparados demonstraram que a Terra está sim com sua temperatura média elevando-se, e a questão nunca foi essa. A questão era saber até que ponto era devido à influência humana, mas os paranoicos e suas teorias de conspiração não largam o osso.

Levando-se isso tudo em conta, resta a pergunta: Que diabos está acontecendo?

O estudo é chamado de Berkeley Earth Project (BEP), tendo como fonte a equipe da Berkeley Earth Surface Temperature, a qual é, segundo eles mesmos, "composta por estatísticos, físicos, especialistas em clima e outros com experiência e analisar grandes conjuntos de dados complexos".

Para eles, o aquecimento global é real, segundo um grande estudo divulgado em 20/10. Apesar de questões levantadas pelos céticos da mudança climática, a equipe da Berkeley Earth Surface Temperature encontrou evidências confiáveis ??de um aumento na temperatura média mundial da Terra de aproximadamente 1 °C desde meados dos anos 1950. Este estudo foi publicado em PDF, o qual você poderá baixar AQUI (quando eu baixei, tive que adicionar a extensão ".pdf" no final do nome do arquivo).

Phil Plait, do Bad Astronomy, examinou o artigo e deu um voto de crédito. Sendo ele uma figura respeitada, eu levo a sério a opinião dele ao invés de idiotas com problemas psiquiátricos, posto que Plait nunca cismou de ficar fazendo stalking com meus artigos e nem foi me xingar no Twitter. A pesquisa comparou vários dados independentes e ao se mesclar os gráficos obtidos (salve o arquivo DAQUI e coloque a extensão .PDF nele), conseguimos isso aqui do lado. (clique para ampliar)

Então, temos que um estudo independente, financiado por entidades particulares (uma delas financiava estudos NEGANDO o aquecimento global, o que não deixa de ser irônico), tabulando dados de outras entidades, cujos gráficos sobrepostos estão em perfeita concordância entre si. Como Phil disse, não é uma questão de Ciência. O Aquecimento Global é um fato observado, a questão não é se é causado pelo Homem ou se é um fenômeno natural. Não é esta a questão. A questão é que precisamos estudar o que fazer com ele, como minimizar seus efeitos. Nossa sociedade foi construída num ritmo climático e sua mudança acarretará em mudanças, para o melhor ou o pior.

É totalmente idiota ficar achando que o mundo tem que ser lindinho e estável, só porque isso nos faz ficar numa zona de conforto, pensando que estamos no controle de tudo. Não estamos. No período Hadeano, a Terra era um inferno vivo. Durantes os bilhões de anos da Terra, o mundo passou por mudanças catastróficas inúmeras vezes, aniquilando as espécies que estavam vivas então. Isso parece aquele adágio que filho gay, cunhado vagabundo e esposa vadia só acontece na família dos outros. Na minha, meu filho é machão, minha filha é virgem e minha esposa é zelosa e honesta (cunhado sempre é vagabundo de qualquer forma, apesar da minha cunhada pensar o contrário).

O que eu acho principal na pesquisa do BESP é: "O aquecimento global está aí, bitches. Que merda a gente faz agora?" Qualquer extrapolação a isso é masturbação intelectual.

40 comentários em “Afinal, existe aquecimento global?

  1. O jeito é nos ajustarmos às mudanças que estão vindo por aí, estilo “Waterworld”, “Blue Submarine #6” ou coisa que o valha. :grin:
    Somos um tipo de animal muito esquisito, que não possui um habitat específico e disseminou-se pelo mundo adaptando-se aos ambientes mais variados possíveis. Só falta nos ajustarmos adequadamente ao ambiente marinho.

    1. @Borba, Eu acho que o problema será como manter o Capitalismo (Economia+Politica) funcionando da mesma maneira no ambiente marinho… Em Waterworld, cada um era dono do seu barco e seu próprio presidente, que só se curvava a outro mais forte…
      Hum…
      Não é muito diferente de hoje em dia, alias…

  2. Exatamente..as pessoas tem mania de achar que estão no lugar mais privilegiado do universo,onde tudo é estável e bonitinho…mas não é!
    Quem estuda geologia sabe,que a terra é um sistema que está em constante mudança…terremotos,tsunamis,mudanças de temperatura são eventos absolutamente naturais do ponto de vista da “manutenção” desse sistema..meus caros,a terra não foi feita exclusivamente pra gente..somos um feliz acaso num curtissimo espaço de tempo considerando o escalas de tempo geologico,e NÓS é que temos que nos adaptar as suas mudanças..

  3. As ovelhinhas do sinhô já acha que a terra tá aquecendo por que o capeta (a.k.a lucifer) está nos castigando com sua risadinha do mal e seu terno brando. Eles dizem (creia em Deus que ficará tudo bem!). Aham, senta lá claudia… Mas aqui no norte nem deve fazer diferença, aqui é calor o ANO TODO Bitches!!!

    Ps: André, você digitou “zona” errado. Está “zoina”.

  4. O quadro mais negro é a mudança das correntes marítimas, ÚNICO meio de leva e traz nutrientes no mar e por consequencia o principal responsável pelo desenvolvimento da variedade de vida ! Uma queda absurda de plancton no mar e logo depois agente já era, só essa possibilidade ja deveria colocar o pessoal no alerta amarelo para investir muito dinheiro pra saber que porra ta acontecendo (queima de combustível fóssil ou algum processo natural) de fato!
    Essa é uma das teorias da Extinção do Permiano, com o aumento da temperatura causada primeiramente pela explosão daquele super vulcão as correntes mudaram, saldo, 95% da vida em menos de 10 mil anos! Se for uma coisa natural e irreversível estamos fudidos!

  5. De fato, eu escuto pessoas falarem absurdos sobre o aquecimento global, e me pergunto até onde é verdade uma afirmação ou outra.
    Eu gostaria de fazer uma pergunta. Uma vez eu assisti um video de um professor chamado Luiz Carlos Molion, que há mais de 40 anos estuda o clima e é representante da américa latina na organização meteorológica mundial (vi essa informação no próprio vídeo). Ele afirma que o ser humano não tem poder nenhum em alterar o clima e que o planeta continuará passando por mudanças climáticas que sempre passou e não poderemos impedir. Assim como no post, ele afirma que estudamos maneiras de minimizar os efeitos do aquecimento na Terra.
    Entretanto, ele afirma que o planeta – pasmén – está congelando :shock: . Não que eu concorde plenamente (como disse, gostaria de entender), mas considerando que nosso planeta possui evidências de que já enfrentou eras glaciais, eu queria saber se há alguma chance disso acontecer novamente, porque eu não sei o que me convence mais, se o planeta aquece ou congela. Do jeito que ta São Paulo, parece que o aquecimento global mandou lembrança, rsrs! (ok, brincadeira).
    Eis o vídeo:

    1. Ele afirma que o ser humano não tem poder nenhum em alterar o clima e que o planeta continuará passando por mudanças climáticas que sempre passou e não poderemos impedir.

      Molion é idiota. Só o desenvolvimento da agricultura mudou o clima do planeta. Em pequena/média escala temos hidrelétricas alterando o clima da região, e se somarmos tudo isso temos sim um impacto ambiental. Nome disso? Antropoceno, coisa que eu já falei aqui.

      1. @André, sua capacidade em refutar dados reais resume-se em chamar o cientista/pesquisador de idiota. Impressionante, André!…..claro, este é o seu blog e você diz o que quer, mesmo que seja bobagens. Parabéns. Mas, claro que vou continuar visitando seu blog, mesmo depois de banido.

        1. Dados reais como os do NOAA e da NASA? Ah, sim. Eles fabricaram isso sob coordenação da Veja. Ok.

          Faz o seguinte: para de ler Cet.net. Vai ler as besteiras do site do Silas Malafaia, do Del Debbio ou de algum maluco conspiracionista.

          1. @André, hmmm..dados da Nasa….acho que você anda lendo muuuito Silas Malafaia….odeio silas. Alias, o NOAA recolhe dados de estações instaladas dentro de estacionamento de supermercado, isso dá uma ótima media global…

      1. @Rei Childerico, Concordo.
        Entretanto, vale observar que ele não é assim um qualquer. E eu não contei com a posição que ele ocupa pra questionar sobre o aquecimento global. Além dele, eu já ouvi esse papo de ‘planeta congelando’ de outras pessoas. Acontece que por ele ser representante da américa latina na organização meteorológica mundial, eu usei como exemplo, pois eu tenho algumas dúvidas sobre a mudança climática e infelizmente esse rio de informação (e desinformação), de certa forma acaba me deixando curiosa, encucada, confusa algumas vezes…
        Eu procurei usar esse video como exemplo justamente pelo cara não ser um qualquer, pois eu não ia usar exemplo vindo de qualquer jornalista boboca ou de algum medíocre que gosta de conspirar ou ainda de qualquer espertalhão que se diz “cientista”.
        O assunto sobre o aquecimento global é interessante e eu gosto de aprender e debater sobre isso. E espero que você tenha assistido o vídeo, pois não se trata de qualquer tese boba da conspiração. Eu diria que é apenas um esclarecimento (ou tentou)…

  6. Tsc tsc… Vocês estão todos equivocados…
    Com a palavra, o autor da mais profunda e verdadeira evidência a favor do aquecimento global, Bobby Henderson:

    “O aquecimento global, terremotos, furacões e outros desastres naturais são um efeito direto da diminuição do número de piratas desde o século XIX. Para o seu interesse, incluí um gráfico do número aproximado de piratas versus a média de temperatura global nos últimos 200 anos (http://goo.gl/xY7g6). Como vocês podem ver, existe uma significativa relação estatística inversa entre piratas e temperatura global.”

        1. Em quem acreditarei? Nos dados da NASA, do NOAA, da própria fundação que NEGA o aquecimento global, vindos de fontes indexadas, ou num entrevistado em programa de auditório?

          Faz isso então: para de ler Cet.net e amplie seu horizonte cultural vendo programa do Jô.

        2. @frateold, “ai, André, outro idiota André, ui…” porra cara, perguntei se ele viu, não falei que é pra acreditar ou não, não falei que é algo a ser considerado ou não! Esse video circulou adoidado no Facebook, prestando um desserviço a sociedade (típico dessa emissora) e tu fica de “yoo-hoooooo Andreéééé-éééé”…..mas vá carpir um lote!

  7. Para ampliar horizontes basta parar de ler Cet.net…mas eu visito aqui para divertir-me e não para aprender algo de novo – pelas coisas que leio aqui, percebo que sei tanto ou mais do que você – você é mais agil ao escrever, dou a mão à palmatoria…agora deixa de mimimi e pode levar a bola pra casa, esqueci que você não pode ser contrariado.

    ps.

    Dando aulas em escolinha de suburbio ainda? Por que não está la na NASA pesquisando ou trocando informações conosco aqui na USP? O entrevistado acima é meu colega e com certeza ele não reconhece você como CIENTISTA.

    1. mas eu visito aqui para divertir-me e não para aprender algo de novo

      Não é por causa disso que as pessoas assinam TV paga? Para ver Big Brother do que os documenários da BBC? Realmente, vc tem o direito de bater no peito e dizer “sou brasileiro!”

      Dando aulas em escolinha de suburbio ainda? Por que não está la na NASA pesquisando ou trocando informações conosco aqui na USP?

      USP não é aquele lugar que mais publica artigos científicos no mundo? Ah, desculpe, essa é a China. Não é a universidade que mais gera patentes no mundo? Ops, estas estão nos EUA. Ciência no Brasil é muito bem apreciada, ainda mais quando vemos como os pesquisadores do Vital Brasil foram tratados depois do incêndio e como gostam de despejar arqueólogos no Rio de Janeiro.

      Agora, desliga o computador da sala do professor que faltou e continue a fazer a faxina antes que te peguem.

      O entrevistado acima é meu colega e com certeza ele não reconhece você como CIENTISTA.

      Ah, sim. Colega. Piada pronta não tem graça. Bem, sejam felizes e tenham muitos filhos, mas os dados de v[arias entidades de pesquisas ainda estão lá, trollzinho.

      (ps. Eu já falei pra vc continuar a fazer faxina antes que te peguem?)

      1. @André, Bom André, voce está acostumado a lidar com jovens aqui no seu blog – entendo seu mau humor.
        Entendo, também, sua revolta para com os politicos e esta gente que se diz administradores da educação brasileira. Agora, no que me causa espanto é você, como “cientista” , desprezar as Universidades brasileiras como instituições sérias (falo das UNIVERSIDADES – entenda bem isso). Talvez você não conheça o trabalho da USP (o que é uma pena), mas veja aqui http://www.timeshighereducation.co.uk/world-university-rankings/2011-2012/top-400.html que tem muita gente no mundo que conhece. Este ano ja estamos entre as 100 melhores do mundo – somos a representante da America Latina entre as instituições de ensino ( http://www.usp.br/imprensa/?p=19234 ). Isto é motivo de orgulho sim.
        Eu, humildemente, bato no peito e digo que sou brasileiro, sim – acredito que a maioria prefere dizer que os gringos são melhores, não é? O Professor Dr. Ricardo – meu colega sim – também é brasileiro com orgulho e defende suas teses com absoluto rigor científico e ele não está sozinho, vide http://epw.senate.gov/public/index.cfm?FuseAction=Minority.Blogs&ContentRecord_id=2674e64f-802a-23ad-490b-bd9faf4dcdb7

        André, polemizar não foi meu interesse, apenas defendi a ciencia e capacidade intelectual brasileira – coisa que voce chama de idiota. Por gentileza, não faça isso – de bons exemplos aos seus alunos – um dia eles chegarão lá.

        Depois vou fazer a faxina no meu laboratório, ok?….hoje não deu tempo, passei muitas horas pensando se devo ou não comprar uma televisão. Como você tem tanto tempo para assistir TV? Eu me divirto lendo Cet.net (às vezes).
        Abraço.

        1. Estou esperando os dados publicados em periódicos indexados. Seu professor tem algo publicado a respeito na Nature ou Science? Quais dados ele usou? Em quais laboratórios ele fez as medições? Quais os satélites e centros de pesquisa utilizados? Quais os laboratórios de campo?

          Sério, falácia de apelo à autoridade, ao que parece, é a única coisa que a USP produz (além de aluno maconheiro), porque a China continua produzindo mais artigos científicos no mundo inteiro e o número de patentes originadas pelos seus doutorandos é pífia.

          1. @André, continue nas suas aulas de ensino médio, acredito que não conseguirá passar disso com sua visão medíocre, afinal de contas você é bem formado na universidade de nova iguaçu (você conseguiu tirar o diploma?).
            Você é que deveria embasar suas acusações, o ônus da prova é seu. Não é assim que deve ser?
            Continue assim e continuará sendo um grande aglutinador de fiéis do ensino médio – great!

            Congratulations.

          2. continue nas suas aulas de ensino médio, acredito que não conseguirá passar disso com sua visão medíocre, afinal de contas você é bem formado na universidade de nova iguaçu (você conseguiu tirar o diploma?).

            Desculpe. Estou procurando neste parágrafo as inúmeras publicações indexadas do seu namorad… digo, do seu amiguinho, Não vi. Por que será?

            Você é que deveria embasar suas acusações, o ônus da prova é seu. Não é assim que deve ser?

            Minha acusação: seu namorad… seu amiguinho publicou algum artigo na Nature ou Science? Eu que pensei que cabe ao afirmante (não existe aquecimento global e a NASA está metida junto com a Veja numa grande conspiração neo-liberal) o ônus da prova. Sendo vc tão íntimo do seu namorad… do seu amiguinho, vc deveria saber.

            Continue assim e continuará sendo um grande aglutinador de fiéis do ensino médio – great!

            Pelo menos, eles sabem como funciona método científico e não aceitam as coisas por alguém que é professor doutor e namorad.. amiguinho de alguém. Vai lá protestar contra a polícia, que é o melhor que vcs, estudantezinhos da USP fazem.

            A China continua com o maior número de publicações indexadas e o Brasil não tem patentes lálálálá.

          3. @André, esqueci de avisar. Apesar desta parola toda, continuarei, independente da sua vontade, a visitar seu blog. Pode bater os pesinhos e reclamar com o papis…vou continuar te visitando e não vou dizer mais nada, ok? não se preocupe, professor.

          4. Mas eu faço QUESTÃO que vc continue me visitando. Isso só gera mais pageviews e aumenta a minha relevância. enquanto isso, seu namorad… seu amiguinho continua sem publicação indexada mais válida que aquele tio que foi subsidiado pela Fundação Templeton por provar que o mundo é bonito, logo Deus existe. Pseudocientistas são assim mesmo.

            Ah, mas eu não preciso dizer que trolls não podem comentar, né? Bye bye, troll..

  8. Então, até onde chegamos. As principais entidades de pesquisa do mundo afirmam uma coisa, cruzam dados com entidades independentes (onde uma delas procura NEGAR o aquecimento global), todas as informações são concordantes, mas entrevistados de programas de auditório e apresentações em powerpoint é que têm mais validade que artigos publicados em periódicos com revisão de pares.

    Brasil: o país onde há evasão de cientistas, e os que estão aqui sofrem severos cortes de verbas ou são despejados.. Enquanto isso, na USP:

    http://www.youtube.com/watch?v=ped94bOD1ns

  9. ACESSE O CURRICULUM LATTES DO MOLION , LÁ TEM AS PUBLICAÇÕES:
    http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4781589E7
    Artigos completos publicados em periódicos
    1. SANTOS, E. B. ; L. C. B. MOLION . UM INDICE CLIMÁTICO OBTIDO DA TSM DO OCEANO PACÍFICO E A VARIABILIDADE DA PRECIPITAÇÃO EM ALAGOAS. AMBIENTALE, v. 2, p. 47-66, 2010.
    2. CARDOSO, C. S. ; L. C. B. MOLION ; SIQUEIRA, A. H. B. ; CARDOSO, M. S. ; GOMES NETO, I.L. . PRECIPITAÇÃO NO SAHEL E A OSCILAÇÃO DECADAL DO PACÍFICO. AMBIENTALE, v. 2, p. 67-80, 2010.
    3. SIQUEIRA, A. H. B. ; SANTOS, N. A. ; CARDOSO, C. S. ; SANTOS, W. R. T. ; L. C. B. MOLION . EVENTOS EXTREMOS DE PRECIPITAÇÃODE MAIO DE 2006 SOBRE ALAGOAS: UMA ANÁLISE DE SUAS CAUSAS E SEUS IMPACTOS. AMBIENTALE, v. 2, p. 59-66, 2010.
    4. L. C. B. MOLION . AQUECIMENTO GLOBAL: UMA VISÃO CRÍTICA. REVISTA BRASILEIRA DE CLIMATOLOGIA, v. 3/4, p. 7-24, 2008.
    5. L. C. B. MOLION . PERSPECTIVAS CLIMÁTICAS PARA OS PRÓXIMOS 20 ANOS. REVISTA BRASILEIRA DE CLIMATOLOGIA, v. 3/4, p. 117-128, 2008.
    6. L. C. B. MOLION . CONSIDERAÇÕES SOBRE O AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGENICO. Informe Agropecuário (Belo Horizonte), v. 29, p. 7-18, 2008.
    7. L. C. B. MOLION . MITOS DO AQUECIMENTO GLOBAL. REVISTA PLENARIUM, v. V, p. 48-65, 2008.
    8. LIMA, E. A. ; L. C. B. MOLION ; GOMES FILHO, M.F. ; FIRMINO,J.L.N. ; SILVA, A.O. . Variabilidade interanual da profundidade óptica da atmosfera sobre Maceió, AL. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 11, p. 5-10, 2007.
    9. L. C. B. MOLION . DESMISTIFICANDO O AQUECIMENTO GLOBAL. Intergeo, v. 5, p. 13-20, 2007.

    1. Caro, Carlos dos Santos / eletricasantos2@hotmail.com

      1) Vi o currículo. E DAÍ? Quer que eu cite todos os currículos dos cientistas de verdade?

      2) Nenhuma publicação da Science ou Nature? Revista Brasileira de Climatologia NÃO É periódico indexado. Pode me dar o fator de impacto desta revista? Revista Ambientale NÃO É periódico indexado. pode me dar o fator de impacto desta revista? Curiosamente, ele diz que o planeta está esfriando e que o gelo da Antártida está aumentando. Infelizmente, existe uma coisa chamada “realidade”: https://ceticismo.net/2012/06/20/previsao-do-verao-teremos-menos-gelo-la-pelo-artico/

      Já sei, é uma conspiração. Volta lá para a sua autoelétrica e instale o subwoofer do cliente, que ele está esperando.

    1. @Baal, as opiniões mudam, as opiniões mudam. Mais tarde ele escreveu:
      “O problema é que não sabemos o que o clima está fazendo. Pensávamos que sabíamos há 20 anos. Isto levou a alguns livros alarmistas (incluindo meus) pois parecia claro, mas não aconteceu. O mundo não se aqueceu muito desde o início do milênio. Doze anos é um tempo razoável… A temperatura manteve-se praticamente constante, ao passo que deveria ter aumentado. O dióxido de carbono está aumentando, não há dúvida sobre isso… Não há nada realmente acontecendo ainda. Neste momento, deveríamos estar a meio caminho de um mundo árido.” ….aguardemos irmãos.

Deixe uma resposta para observer Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s