O esverdeamento causado pelo aumento da temperatura global

Todo mundo está preocupado com a perda de áreas verdes. Há também o problema de aumento das áreas verdes, mas a mudança climática que está acarretando isso. À medida que os verões árticos esquentam, as paisagens do hemisfério norte mudam. Usando os dados do satélite Landsat para rastrear os ecossistemas globais da tundra ao longo de décadas, um novo estudo descobriu que a região se tornou mais verde, à medida que o ar mais quente e as temperaturas do solo aumentam o crescimento das plantas.

Continuar lendo “O esverdeamento causado pelo aumento da temperatura global”

Segundo imprensa, Antártida derreteu e tá pegando fogo, bicho!

“Quando um cachorro morde um homem, não é uma boa história. Um homem mordendo um cachorro, aí sim! É uma boa história”. Várias pessoas já foram creditadas como autores deste adágio, incluindo Mark Twain, que é uma espécie de Clarice Lispector gringa, já que há várias frases creditadas a ele. Na verdade, o autor desta frase está no livro The Stolen Story and Other Newspaper Stories, de Jesse Lynch Williams, escrito em 1899.

Se tem uma coisa patente no jornaleirismo de raiz (e isso não é exclusividade brasileira) é o título causar aquele impacto apocalíptico, já que a notícia mesmo não geraria tanta comoção. Um exemplo disso é o alarmismo que estão criando com uma coisa séria, mas não tão séria pro pessoal das manchetes. Resultado? A Antártida chegou a uma temperatura de 18,3ºC, significando que o gelo todo lá foi pro ralo e virou escárnio do pessoal de Curitiba, o lugar mais frio do Universo, segundo os próprios curitibenses.

Continuar lendo “Segundo imprensa, Antártida derreteu e tá pegando fogo, bicho!”

Pesquisa estuda como velocidade de degelo do permafrost aumenta o efeito estufa

O processo intensificado de aquecimento global anda feliz e de vento em popa. As pessoas pensam nos problemas de emissão de CO2, em que só alguém bem estúpido pena que se pode zerar tal emissão (estou olhando pra você, Gregrê). Tão problemático quanto isso é o degelo do permafrost. Basicamente, ele tem ali aprisionado quantidades grandes de metano, CH4. O metano é um gás de efeito estufa mais poderoso que o CO2, embora eu considere que quando o metano vai subindo, ele acaba sendo detonado e virando gás carbônico, mesmo. Isso não é legal, né? Pois é. No Ártico tem muito permafrost, que em última análise, é solo congelado contendo metano. E sabe o que é pior? Este solo congelado está descongelando. Adivinhe o que vai acontecer.

Continuar lendo “Pesquisa estuda como velocidade de degelo do permafrost aumenta o efeito estufa”

Pesquisa diz que força das marés serão usadas para combater o malvado CO2

Nada como reeditarem ideias idiotas. E é curioso que por mais idiota que uma ideia seja, parece que mais ela é reeditada. Um exemplo disso é a mania asinina de converter o gás carbônico, esse incrível ser malévolo, em combustível. Toda semana sai uma maluquice a esse respeito com ideias ÇENÇASSIONAIS!

Agora, a mais nova forma de converter CO2 em combustível é usar a força das marés. Não, claro que não é forma direta. Você achou o que? Ainda estamos obedecendo às Leis da Termodinâmica.

Gaseificando a loucura e esperteza de certas pessoas, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Pesquisa diz que força das marés serão usadas para combater o malvado CO2”

Tem rio de gelo siberiano indo pro mar

As pessoas acham que locais congelados não passam de um blocão de gelo. Não é bem assim, e apesar de grande parte do território da Sibéria estar congelado, tem água naquela região. Nem que seja sob a forma de gelo (eu tinha que fazer esta piadinha!). Mas sim, tem água líquida ali circulando. Água corrente sob a forma de rios que circulam lá por baixo, num imenso fluxo de água constante. Isso, os cientistas sabiam. Mas ainda há algo a ser descoberto lá. Mitos “algos”.

Ao examinar a área desolada de Vavilov, praticamente no Círculo Polar Ártico, pesquisadores observaram pela primeira vez uma rápida perda de gelo de um novo e improvável rio subterrâneo (ou subgelâneo?).

Continuar lendo “Tem rio de gelo siberiano indo pro mar”

Geleira derretendo em vídeo, pronta pra servir

Que as geleiras estão em franco derretimento, é de pleno conhecimento de todos (a não ser se você for o Molion, que insiste em dizer que não, apesare de todas as evidências). Novos vídeos de lapso de tempo das geleiras e camadas de gelo da Terra, obtidos por meio de fotos tiradas do espaço, estão fornecendo aos cientistas mais informações sobre a velocidade do processo. Na reunião anual da União Geofísica Americana em San Francisco, pesquisadores divulgaram novas séries imagens do Alasca, Groenlândia e Antártica usando dados de satélites, que ilustram muito bem as mudanças dramáticas das geleiras do Alasca

Usando imagens da missão Landsat, em atividade desde 1972, temos vídeos de time lapse de seis segundos de todas as geleiras do Alasca e do Yukon. Como esses que vocês verão a seguir.

Continuar lendo “Geleira derretendo em vídeo, pronta pra servir”

E os dados de aquecimento global estavam errados

Entre 1998 e 2012, uma série de medidas desencontradas e mal tabuladas levou a conclusões errôneas. Bem, acontece. Muitos erros na Ciência levam a medidas erradas, acarretando em dados ruins e levando a conclusões sem a menor relação com a verdade.

Então, sim, os negacionistas do Aquecimento Global estavam certos sobre aqueles dados estarem todos errados. A taxa de aquecimento global daquela época não estava desacelerando 0,05ºC. Estava AUMENTANDO 0,112ºC. Mal aê, Molion. Mais um prego no caixão daquele seu blábláblá “o mundo tá esfriando”.

Continuar lendo “E os dados de aquecimento global estavam errados”

Iceberg gigantesco imenso e apocalíptico do mal se desprende da Antártida

Diferente do que pensa gente culta e inteligente, com formação especifica, como Zezinho, o moleque de 13 anos que vê vídeo conspiracionista no YouTube e foi reprovado em Ciências (de novo), a elevação da temperatura global é um fato, que pode ser observado por qualquer entidade de pesquisas que não se baseie em vídeo de perfil falso no YouTube. Uma pena que registros via satélites e in loco fornecem bastante dados a respeito, a não ser que você seja tão especializado como o Aldo Rebelo.

Enquanto isso, pesquisadores acompanharam uma enorme fenda de gelo se desprender da Plataforma Larsen C, e saiu um iceberg que, apesar de grande, não acabaria com o fogo de YoMomma. O que ainda está preso lá, mas por um pequeno feixe de gelo, é do tamanho do país de Gales, para vocês terem uma ideia.

Continuar lendo “Iceberg gigantesco imenso e apocalíptico do mal se desprende da Antártida”

Pesquisadores estudam fluxos de água líquida sobre o gelo da Antártida

Tem gente que acha que Aquecimento Global é uma farsa. Boa parte dos motivos é que algum professor-doutor da USP falou que não, que pelo contrário, a Antártica não está derretendo. USP parece viver mais do seu nome do que pelos profissionais que têm lá (beijo, Chierice). O problema é que a realidade… bem, a realidade é o que é.

Já se tinha ideia que durante o verão polar as geleiras deviam ter algo semelhante a rios, com grandes quantidades de água líquida escorrendo. Até agora nada tinha se visto… até agora.

Continuar lendo “Pesquisadores estudam fluxos de água líquida sobre o gelo da Antártida”

Gás carbônico sendo dissolvido nos oceanos cada vez mais

Eu já tinha postado aqui sobre as grandes quantidades de gás carbônico (CO2) sendo dissolvidos nos oceanos acarreta em grandes problemas. Isso porque o equilíbrio se desloca e forma-se ácido carbônico (H2CO3),e causa muitos problemas, como a acidez nos oceanos oferecendo perigo às diatomáceas, talvez causar extinção em massa nos mares e oceanos e até mesmo aumentando o tamanho dos crustáceos, o que não é lá tão bom quanto à primeira vista se faz crer. Corais caribenhos, contudo, ainda estão vivendo bem.

Claro, nada é totalmente ruim ou totalmente bom. Com esse crescimento na absorção de CO2 nos mares e oceanos, são menos toneladas a ir para a atmosfera, que acabariam ampliando ainda mais o efeito estufa e criando o aquecimento global. De qualquer forma, estamos ferrados da mesma forma.

Continuar lendo “Gás carbônico sendo dissolvido nos oceanos cada vez mais”