Previsão do verão: Teremos menos gelo lá pelo Ártico

Ideia Idiota do Dia: Tenha o seu DNA pendurado na sua parede
A falácia da beleza

Tá chegando o verão, o calor no coração. Essa magia colorida mostra que estaremos sem gelo na vida. Pelo menos, no que diz respeito ao Ártico, onde é verão, caso não saibam. Não estamos na transição outono/inverno em todo planeta. E se você achava que a temperatura anda bem, obrigado, acho melhor rever seus conceitos, pois aquela velha ladainha que o gelo dos polos está aumentando, sinto muito, mas alguém aí precisa se informar mais.

De acordo com os dados do National Snow & Ice Data Center — a saber um centro de informação e referência para o estudo  de regiões polares e da criosfera em geral (áreas permanentemente cobertas de gelo e neve) — parece que aquele velho lenga-lenga que o gelo nos polos está aumentando não é bem verdade. A ESA já tinha publicado um estudo sobre como observações de satélites mostravam uma redução na camada de gelo da região Antártica (o Polo Sul, e não a cerveja), e agora é a vez do NSIDC contribuir com informações sobre o Ártico, mas isso deve ser tudo uma conspiração dos Illuminatis, pois sabemos bem que temos cientistas bem conceituados que postam contundentes pesquisas no YouTube e no Programa do Jô, duas coisas que cientistas de verdade se baseiam na hora de escrever seus trabalhos, pois periódicos indexados são coisa de mariquinha.

Aliás, a Ciência Hoje trouxe uma entrevista com Paulo Eduardo Artaxo Netto em que critica os chamados "céticos do clima".  Uma coisa que ele disse ilustra bem o que temos por aqui: gente que quer aparecer e como sua produtividade é baixa e pouco aparente, arrumam polêmicas para serem notícia nos canais de TV, e as próprias "entrevistas" desse pessoal ilustra bem isso. Como não escaneei o artigo da Ciência Hoje, deixo outra entrevista de Artaxo, concedida ao Informe da Escola Nacional de Saúde Pública.

Afinal, em quem eu acreditarei?

Em ninguém. Não se deve acreditar em pessoas, não importa quem seja. Devemos apenas pegar os dados e trabalhar com eles. Agora, se os dados mostram que temos menos gelo no Ártico e a Antártida não é mais aquele mundão de gelo, a culpa não é do IPCC, do qual Artaxo faz parte. Então temos diversos institutos de pesquisa que trazem dados sobre o aquecimento global. Diabos, teve até entidades que são financiadas por setores que são CONTRA o aquecimento global que confirmaram os dados!

Se o máximo que cientistas "céticos" fazem é promulgar leis que obrigam a pintar tetos de casas e prédios de branco, a fim de melhorar o gradiente térmico da cidade de São Paulo, então, estamos ferrados, mesmo. Claro que isso ter pleno apoio da Sherwin Williams e da Dow Chemicals deve significar pouca coisa.

Enquanto isso, os dados ainda estão lá. São falsos? Ok, é possível que estejam errados como no caso dos neutrinos supraluminosos. Então, que tal pesquisas que provem o contrário, mediante dados coletados?


PS. O Takata, do Gene Repórter teve a paciência budista de comentar toda a insânia do Felício, como dizer que a Camada de Ozônio não existe. Veja EM Jogo dos erros 3, Jogo dos erros 3b, Jogo dos erros 3c, Jogo dos erros 3d (Na boa, Takata, eu não tive saco de ver aquele monte de besteiras na entrevista dada ao dublê de Elton John)

PS2. Do próprio site do Takata temos uma série a respeito do Aquecimento Global. (eu devia ler mais o site dele. Sério)

PS3. Estou sem saco de fazer aquela piadinha do vídeo-game.

Ideia Idiota do Dia: Tenha o seu DNA pendurado na sua parede
A falácia da beleza

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • kamil

    André, você já viu o documentário “A Grande Farsa do Aquecimento Global?” (The Great Global Warming Swindle). Lá tem diversos cientistas que não são insignificantes que contestam o IPCC, e lhe garanto que eles não são do nível dos que dão entrevistas no Jô.

    Veja também isso: http://agfdag.wordpress.com/

    Claro, é só um Blog, mas serve para um leigo no assunto como você ter uma noção… Depois, se você ainda não estiver convencido, eu lhe trago as fontes dos cientistas que publicaram contra essa farsa.

    Detalhe: muitos dos que falam que tudo isso é besteira, já foram membros do IPCC. Além do mais, MUITOS dos membros do IPCC NÃO são cientistas… São políticos… Portanto pense a respeito disso

    Nihil Lemos respondeu:

    @kamil, Michael Behe é PhD em bioquímica e nega a Teoria da Evolução, Adauto Lourenço é físico e nega o Big Bang. Agora temos esse Ricardo Felicio que é climatologista e nega o aquecimento global… Também sou cético com tudo, mas prefiro usar fontes mais sérias.

    Administrador André respondeu:

    Felício é o cara que falou que camada de ozônio não existe. Preciso dizer mais?

    Nihil Lemos respondeu:

    @André, Infelizmente estamos numa era em que uma entrevista no Jô dá mais crédito do que artigos de periódicos científicos… Não vai demorar e as pessoas “estudarão” mais pelos vídeos do YouTube do que lendo livros. Se bem que já está assim.

  • OI, vc voltou? Bem se vê que vergonha na cara é algo que lhe falta. Bem, a hora que algum dos “diversos cientistas que não são insignificantes” me mostrar os vários artigos científicos, eu darei atenção. Por mim, estão no mesmo nível de criacionistas. Agora, vc volta pro limbo mais uma vez e tenha amor próprio. Lhe expulsei uma vez, vou expulsar de novo e farei até vc tomar vergonha.

    Bái!

    frateold respondeu:

    @André, André, tudo bem que vc esteja irritado comigo – muita gente, nesses meus 67 anos, ficou – mas libera o tal kamil vai….ele não tem culpa de nossa idiossincrasia, deixa o rapaz discutir.
    Outra coisa, o Artaxo também é da USP – pareceu me que você detestava essa gente, mas ele é um bom colega debatedor, mas não tem artigos publicados na Nature ou Science, não merece muita confiança.

    Administrador André respondeu:

    No meu blog mando eu.

    Ia esquecendo. Como se pega mentiroso:

    http://www.nature.com/nature/journal/v481/n7381/full/nature10717.html
    http://www.nature.com/news/break-down-boundaries-in-climate-research-1.9844
    http://www.sciencemag.org/search?site_area=sci&y=0&fulltext=Artaxo&x=0&submit=yes

    Eu pesquisei os trabalhos do Artaxo. Ele nunca disse que não existe camada de ozônio. Deve ser por isso que não o consideram confiável.

  • GusC

    É sabido que o clima e a geofrafia do planeta estão em constante mudança, mesmo que lenta. Não vejo o porque de tanta polêmica. Estudo científico não é para aparece mais que o outro, para desmentir quem é autoridade no assunto, ou pra alimentar ego, mas para entender o meio em que vivemos visando o bem comum.

    Tem horas que fico cético com a própria ciência.

  • Sempre percebi que há realmente um aquecimento global, que realmente o gelo tanto do Ártico como da Antártica estão diminuindo, etc e tal. Ainda não entendo o porquê que dão muito mais atenção para um “cientista” que dá entrevista no Programa do Jô. Ele conseguiu aparecer? Conseguiu mas tudo tem o seu preço [http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/1089707-cetico-fica-sem-clima-para-financiamento.shtml].

    Existe aquecimento global? Muito provável que sim, mas difícil de dizer se realmente é antrópico ou não.

    Tales respondeu:

    @Nihil Lemos, Planeta esquentando? Eu pensei que ia resfriar. 🙄

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Era_do_gelo

    Durante os últimos milhões de anos houve várias eras glaciais, ocorrendo com freqüências de 40.000 a 100.000 anos, entre as quais se destacam:

    Glaciação Donau – há cerca de 2 milhões de anos
    Glaciação Günz – há cerca de 700 mil anos
    Glaciação Mindel – há cerca de 500 mil anos
    Glaciação Riss – há cerca de 300 mil anos
    Glaciação Würm – há cerca de 150 mil anos

    De fato, estaríamos em vésperas de uma nova Era Glacial, já que em média o planeta experimenta 10.000 anos de era quente a cada 90.000 anos de Era de Gelo. Devido à ação humana (principalmente através de atividades industriais e do desmatamento florestal), o planeta tem experimentado no último século um período de aquecimento cada vez mais acelerado, quando, a esta altura, já deveria estar iniciando sua fase de esfriamento para entrar em uma nova era do gelo.

    CO2 retardará o inicio da próxima era glacial.
    http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/bbc/2012/01/09/emissoes-de-co2-atrasarao-nova-era-glacial-diz-estudo.htm