Dilma sanciona pílula mágica de fosfoetanolamina

Existem verdades definitivas no Universo: O Sol é uma estrela, o Universo está em expansão e André está sempre certo. Eu falei que a Dilma ia sancionar a lei liberando esta besteira de fosfoetanolamina. E nem é por causa do risco de impeachment. Ela o faria de qualquer jeito. Político adora ficar bem na fita com a população, ainda mais se não tiver que desembolsar do próprio dinheiro. Claro, isso até pode ajudar com a população para melhorar sua fama, mas não será a população que decidirá pelo impeachment.

O velho mimimi é que "a pessoa doente tem o direito de testar qualquer coisa". Ótimo. Compre 50 kg de fosfoetanolengodo e beleza, divirta-se. Mas não, as pessoas querem benesses do governo. Querem que o governo distribua gratuitamente. Ou seja, o paciente quer fazer qualquer coisa para sobreviver, menos pagar pelo remédio, e como não dá pra fazer gato em remédio nem baixar por torrent.

A sanção cagou e andou para todos os pareceres técnicos dados pelos Ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Saúde, Ciência, Tecnologia e Inovação e também pela Anvisa e a Advocacia-Geral da União. Todos sugeriam que a presidente vetasse integralmente o projeto. O principal argumento desses pareceres é que o composto poderia representar uma ameaça à saúde dos pacientes, abalar a imagem do controle sanitário do Brasil e, consequentemente, a imagem de produtos vendidos.

ENTRETANTO!

Temos que lembrar que isso é irrelevante, pois o brasileiro odeia ciência e está pouco se lixando para pesquisa científica. Ninguém se importa com os cortes nas bolsas de doutorado. Quem tinha que cortar, não cortaram (não é mesmo, Tedson?). Os movimentos babacas tipo "ocupa escola sei-lá-das-quantas" é algo extremamente idiota. Ocupar sala de aula e ficar com a bunda sentada prestando atenção, os alunões não querem.

Então, temos diversos especialistas sendo sonoramente ignorados. Especialistas que são contra esta mostra de retardo mental. Só quem é a favor são leigos, os incultos, os ignorantes, o brasileiro médio. Usam a desculpa "mas o cara que está com câncer quer ter o direito de testar". Ok, beleza. Eu acho que você tem o direito de fazer o que quiser, nos conformes das leis. Quer tomar fosfoetanolamina ou água de privada, problema seu. Meta a mão no bolso e compre. Aliás, é até um favor, pois deixa de sobrecarregar hospitais, e se você quer se matar, não sou eu quem perderei uma noite de sono.

Mas o mal do paternalismo quer que o SUS pague por esta merda. Ou seja, o cara quer ter o direito de usar a substância (ninguém impede, mas nenhum médico irá receitar), mas não quer gastar com isso. Não sei, mas levando em conta que um xarope que preste custa uns 50/60 reais, acho que pagar, digamos, 200 reais por essa substância é aceitável, né? Só tem um detalhe: a sanção da Dilma não obriga que médicos receitem esta pouca vergonha de fosfoetanolamina. Estou no aguardo para saber quantos médicos serão denunciados por se recusarem a prescrever esta bosta.

O detalhe é que, com a sanção da Dilma, que passou por cima da ANVISA, a pilulinha mágica não tem registro, não tem concentração mínima, não tem indicação de princípio ativo, não tem nada. Qualquer um poderá produzir isso sem a menor preocupação com controle, já que ela não terá controle, pois não há parâmetro de controle. Se bem que temos que considerar a nojeira de lugar onde esta merda era produzida. Quando houver algum problema, CLARO, dirão que a Indústria Farmacêutica mandou espiões para envenenarem a produção e desacreditar o remédinho mágico que ajudou tanta gente que os "pesquisadores" até estariam concorrendo ao Nobel, com seus zilhões de papers publicados, mas são humildes demais pra isso.

Brasil: um país de todos são ignorantes.


Fonte: Estadão

15 comentários em “Dilma sanciona pílula mágica de fosfoetanolamina

  1. A Dilma está tentando manter a positividade! Quer matar um monte de pacientes do SUS para reduzir os gastos e, consequentemente, as pedaladas dela, para caso a prostituição política que ela tem feito junto com o chefe “Dedo Faltando” venha a dar resultado. Resumindo: o governo dá um sonoro: Foda-se à credibilidade científica do país.
    Se já era difícil que estudos científicos nacionais recebessem incentivos financeiros de fora, agora é que o negócio ficará realmente ruim.

    1. O pior é ver a maioria dos políticos sair defendendo isso, sinal que não vamos bem de representantes mesmo.

      1. O político faz apenas para ganhar pontos com a população, afinal, ele precisa garantir votos. O político que se tem é o político que foi eleito. nenhum deles brotou lá que nem um fungo

        1. Apesar de o ambiente lá dentro ser bem propício ao surgimento de vida :D, é quente, úmido por água de ar condicionado pingando (estive uma vez na Câmara com o Coral do CMB), cheio de “nutrientes” (aqueles verdinhos, retangulares com uns numerizinhos) e, vamos combinar, né, “lama” é o que não falta no governo todo…

  2. O Brasil sofre pelo simples fato que aqui, dados não interessam. Só o que importa são relatos postados no facebook. Aqui, qualquer pesquisa, relatório ou parecer é só pra gastar dinheiro. As pessoas que “tomam decisões” ou não leem ou ignoram ou não entendem o que leram.

  3. Afinal para que teste, para que cientista, que entende de medicamento sao politicos, parabens a todos os envolvidos, so uma coisa que não entendo tem tanto “remedio” que nao funciona pq o pessoal ta focado tanto na fosfoetanolaralha?

  4. Desculpe André, mas essa não conta. Isso era mais previsível do que o fato de um aluno de escola brasileiro ser aprovado no final do ano.

    Gastar dinheiro alheio e ainda ficar bem na fita deve ser uma delícia. O azar é que o pessoal do congresso não está com câncer terminal…

  5. O pior é a comemoração nos comentários dos portais de notícias! Povo orgulhoso da própria ignorância, foda!

  6. A sociedade e a cultura do Império Klingon fazem mais sentido e são, pelo menos, mais honradas do que a atual situação do Brasil…

  7. Discordo de você.

    Torço pra que a substancia acelere ou danifique mais ainda o organismo das futuras vitimas, mas talvez essa droga seja tão fraca que nem faça nada.

    Na minha humilde opinião, espero que o conhecimento dos efeitos (ou “não efeitos”) desta porqueira se dê por meio da ciência, pelos estudos, conquistas e avanços dos cientistas que estão se empenhando neste trabalho (sim, pq há pessoas decentes e pesquisadores de verdade se debruçando nessa questão), e não pela dor, sofrimento e morte dessas pessoas, por mais retardadas e mongolonas que sejam. Também espero mais bom senso dos emissores de notícias e formadores de opinião. Ao meu ver, a Globo (mídia golpista!), por exemplo, tem feito um bom trabalho em relação a essa questão da fosfoetanolamina e seus apoiadores, noticiando apenas fatos e tratando essa corja como se fossem aquele pedaço de comida que encosta na sua mão quando vc está lavando a louça.

  8. Desejar o mal alheio não é lá uma atitude muito humana.

    De qualquer forma, seu pedido deturpado já foi atendido por Darwin. Leia o próximo artigo.

Deixe uma resposta para Feruccio Bilich Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s