Voz dos Alienados 104

Ah, nada como o cheirinho de imbecis pela manhã. Só perde pro cheiro de napalm. Aquelas criaturinhas fofinhas cheias de retórica, mas que usam aquele velho artifício “ain, você precisa de uma experiência com o meu deus. Fala com ele”. Não funciona, claro, mas o pior é que a toupeira se acha o ser mais brilhante da face da Terra, pensando que NINGUÉM me falou isso antes. ledo engano. Fora os xingamentos e as bobagens de sempre.

Vocês sabem… aquelas bobagens que vocês AMAM ler. Não vou decepcioná-los. Com vocês: VOZ DOS ALIENADOS!  Continuar lendo “Voz dos Alienados 104”

Maria, A virgem que não era

Os cristãos têm vários dogmas. Alguns são mais fortes que outros. Alguns deles são tão fortes que as principais vertentes cristãs, apesar de divergirem em quase tudo, aceitam de comum acordo, como o nascimento milagroso de Jesus de uma mãe virgem. Isso vale para católicos romanos e ortodoxos, e protestantes (não todos). Maria é cognominada “A Virgem” (ou Virgem Maria, o Virgi, ou Vixi, ou só Ixi), pois Jesus foi gerado sem que sua mãe tivesse feito sexo com alguém, muito menos José. Assim, o nascimento milagroso de Jesus o livra do Pecado Original, o que já o deixa mais santo que todos os mortais que nasceram e morreram. Claro, as coisas não são tão simples assim, e o problema é que, ao entendermos tudo o que estava por detrás disso, vemos que foi apenas fruto de uma briga política pelo poder, sustentada debilmente por uma confusão por parte dos redatores da Bíblia.

Continuar lendo –>

Artigos da semana 35

Está chegando o Halloween e com ele o Dia de Todos os Santos.  Quer dizer, o primeiro já veio e já foi, e o Dia de Todos os Santos é hoje (alguém lhe disse que ia fazer algo no Dia de São Nunca? pois é, é hoje!). Não sei se você ficou com seu cobertor esperando a Grande Abóbora. Se não chegou, calma que ainda temos o Natal por aí e você pode esperar o Bom Velhinho dar um trato no seu sapatinho, e mesmo que ele não venha, tenha certeza que algo nunca falha: os artigos do Ceticismo.net.

Viu o que rolou esta semana? Se não viu, taí a sua chance! Continuar lendo “Artigos da semana 35”

Católicas que não querem seguir todo o catolicismo querem ter direito ao aborto. You funny, responde ICAR

Eu não sou contra uma pessoa ter uma religião. Quer seguir alguma? Siga! Desde que não viole leis vigentes, eu estou pouco me lixando. Claro, essa pessoa tem um certo problema: ao se dizer seguidor de uma determinada religião, clicou no I AGREE da EULA e vai ter que seguir. Por exemplo, quer ser judeu? Ótimo, mas já sabe que nada de bacon, né? Para seguir o Cristianismo, mesma coisa. Jesus é Deus e talz. O problema é a vertente cristã. Você quer ser protestante? Vai ter que ser contra a figura papal. É meio como um pré-requisito. Se quer ser católico romano, vai ter que seguir os preceitos impostos pelo Papa, que goza de infalibilidade papal ao fazer seus pronunciamentos oficiais no tocante à Igreja. Até aí nos entendemos? Ótimo! Continuar lendo “Católicas que não querem seguir todo o catolicismo querem ter direito ao aborto. You funny, responde ICAR”

Artigos da semana 33

Eu gosto desta foto do Nelson Rodrigues. É bem a foto que esperaríamos de um escritor catamilhografando  tec-tec-tec algum artigo, peça ou crônica. Eu me identifica com ele, mas unicamente por ser um péssimo digitador, embora não catamilhografe com dois dedos apenas, mas não escrevo digitando com os dez dedos.

Enfim, é um domingo preguiçoso daqueles que já acostumei de postar os artigos que foram ao ar durante a semana e muitos de vocês não viram Que tal vermos agora? Enquanto isso, eu fico no tec-tec-tec, ou seja lá qual for a onomatopeia de escrever num teclado de computador (teclado não-mecânico, é claro. Odeio aquele barulho)

Igreja da Manguaça ou Gabola Church: Vai uma bebidinha aí, Jesus?

Eu sempre fui contra a religião institucionalizada. É uma forma de controle social e político. Nunca aprovei tal coisa. Contra a religiosidade, não. Eu até acho legal que a pessoa tenha alguma crença em algum salvador pessoal. Com isso, eu achei muito legal a iniciativa de uma igreja africana que reconhece que o álcool, a causa e solução dos problemas, é uma forma de chegar a Deus.

Aproveitando para curtir uma birita esta é sua SEXTANDO INSANA!

Continuar lendo “Igreja da Manguaça ou Gabola Church: Vai uma bebidinha aí, Jesus?”

Mijo de vaca fez bem pra saúde, segundo ator indiano.

Indianos são estranhos. Primeiro, eles tomam banho no Ganges e… bem, eu sugiro que você –> NÃO ENTRE NESTE LINK <— Eles não são muito lá – como direi? – afeitos ao que estamos acostumados, principalmente por causa da sua vertente hindu. Claro, você jamais verá isso nos filmes de Bollywood. Pega mal pro mercado internacional, você sabe. Isso, claro, não implica que seus atores se eximem de traçar opiniões a respeito.

Alguns deles até recomendam beber urina de vaca, alegando que faz um bem desgraçado na paz de Nosso Senhor Shiva, amém, graças a Vishnu.

Tampando o nariz com o odorzinho de amônia, esta é a sua SEXTA INSANA!!

Continuar lendo “Mijo de vaca fez bem pra saúde, segundo ator indiano.”

Respostas da primeira enquete do Ceticismo.net

As pessoas gostam de citar Steve Jobs, que fazia menção a Henry Ford quando este dizia que se fosse ouvir seus clientes não produziria carros, mas cavalos mais rápidos. O mesmo Henry Ford que dizia que você poderia escolher o carro deles na cor que quisesse, desde que fosse preta. Pouco depois ele lança carros de outras cores, na mesma medida que o iPhone não estava sendo pensado para (nem iria ter) aplicativos. Preciso continuar?

Ouvir as pessoas de vez em quando é bom. Não que toda ideia que lhe deem seja uma boa ideia, mas isso nem significa muito já que nem as minhas próprias ideias são um festival de acertos. Sendo assim, eu propus a primeira enquete. Vamos ver o resultado?

Continuar lendo “Respostas da primeira enquete do Ceticismo.net”

Adolescente é assassinada por mãe louca

As pessoas são burras, e eu canso de falar isso. Nos piores períodos da História aflora-se o pior das piores pessoas. De vez em quando, aflora o pior até das melhores pessoas. Voltando ao ponto da primeira frase: as pessoas são burras, extremamente burras. Num mundo que há festa do sarampo, com mães levando seus filhos para se contaminarem e criarem anticorpos, porque não querem pagar pelas vacinas (especificamente, nos EUA) alguém bem idiota acharia que esse tipo de gente ficaria mais inteligente no meio da pandemia de coronavírus.

Carsyn Davis, de apenas 17 anos, teve um vislumbre do quanto as pessoas podem se idiotas, mas não teve tempo de ser testemunha disso. Ela morreu. Morreu, não por causa do coronga, mas pela loucura alheia.

Continuar lendo “Adolescente é assassinada por mãe louca”