5 Mitos da Ciência

Por mais que avança o nosso conhecimento, ainda ficamos presos a ideias tortas sobre pesquisa científica, Algumas acabam criando proposições totalmente infundadas, e alguns mitos, seja lá de onde vieram, acabam se perpetuando, por mais que informemos que aquilo não existe. Ideias como só usamos 10% do cérebro, a regra dos 5 segundos, lemingues se suicidam, vacinas causam autismo e que a água muda de estrutura mediante o estado emocional de quem estiver por perto ainda são contados e replicados, mesmo quando falamos que não há nenhum embasamento.

Aqui veremos esses 5 mitos e explicaremos porque estas idiotices não passam disso: idiotices.

Inscreva-se em nosso canal.

https://apis.google.com/js/platform.js
function onYtEvent(payload) {
if (payload.eventType == ‘subscribe’) {
// Add code to handle subscribe event.
} else if (payload.eventType == ‘unsubscribe’) {
// Add code to handle unsubscribe event.
}
if (window.console) { // for debugging only
window.console.log(‘YT event: ‘, payload);
}
}

7 comentários em “5 Mitos da Ciência

  1. Legal que essa boçalidade de dizer que só usamos 10% do cérebro foi a primeira a ser desmentida. Justamente quando a superdesinteressante (por que não estou surpreso?) decidiu dar um gás a essa idiotice.

    Há mais uma razão do porquê essa bobagem é uma… bobagem, que é a razão fisiológica. O cérebro consome de 20% a 25% de toda energia do organismo. Faria sentido 1/4 de toda energia do organismo ser gasta por um órgão que funciona com mais de 90% de sua capacidade ociosa? Tá certo que o corpo humano é cheio de gambiarras, mas quando se trata de consumo de energia, não existe máquina mais eficiente e otimizada do que o corpo humano. Fico pensando no pessoal “explorando todo o seu potencial”, usando mais do que 10% do cérebro e o organismo tendo que consumir cada vez mais energia. Ou esse pessoal definharia, ou comeria igual um boi.

    Esse pessoal acha que se usássemos 100% do cérebro seríamos igual a Lucy, ou iguais a para anormais como Uri Geller, Thomas Green Morton, James Hydrick, ou igual ao professor Xavier, que consegue controlar tudo com a mente, exceto as próprias pernas. Só se esquecem que Lucy é ficção e que Uri Geller, Thomas Green Morton e James Hydrick são embusteiros, charlatões e foram desmascarados (um deles desmascarado lindamente e em rede nacional).

    De fato, tem gente que usa, se muito, 10% do cérebro.

    1. Superinteressante ja foi uma boa revista a muito tempo.

      Uma curiosidade: essa Lucy a que voce se refere e a do Elfen Lied?

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s