Cientista é ameaçado de morte por causa de pesquisa que ele não faz

Eu vivo dizendo que o Brasil está na Era Pré-Científica. Nós não voltamos à Idade Média. A bem da verdade, nunca saímos dela. Antes, Andreas Vessalivs tinha que pegar corpos escondido para estudar anatomia, porque o tosco do Galeno teve que usar cadáveres de animais, pois estudar o corpo humano era proibido, tabu, sujeito a pena de morte. Daí, Galeno escreveu um monte de bobagens que duraram séculos, como os humanos terem fêmures curvos, mandíbulas divididas em duas etc.

Por causa desses RETARDADOS metidos a defenderem animais, cientistas estão sendo perseguidos, stalkeados e ameaçados de morte. E esta é a sua SEXTA INSANA!

Um bando de gente imbecil se deixa levar por qualquer besteira que tem na internet. Não basta o E-Farsas mostrar o quanto algo é imbecil; o bando de gente ignara que permeia a rede mundial de computadores, a supervia de informação – ou qualquer outra metáfora estúpida que se refere à Internet – não consegue perceber nada mais que duas linhas e já saem por aí espalhando as sandices. Por que, né, vai que é verdade…

O Judas da vez é o dr. Ricardo Gatass, um manézão que só porque tem 65 publicações com revisão de pares e 3.194 citações acha que, sei lá, pode fazer Ciência no Brasil. Coitado, não sabe onde mora, pelo visto, onde jornalecos endeusam Ayrton Senna, cuja púnica coisa notável que fez na vida foi servir de motorista; mas para a mente tacanha do brasileiro médio, Ayrton Senna traz felicidade, principalmente a pessoas que estão livres da poliomielite, varíola, difteria, coqueluche, sarampo e tuberculose. Como um simples cientistazinho pode se comparar a um cara que faz a alegria da galera ao chutar uma bola ridícula ou alguém sentado num carro dando voltinhas? Absurdo!

Já falei e repito: brasileiro odeia ciência, tem abominação por cientistas e lutará até a morte para que o ensino seja simplificado em aulas de religião e educação moral e cívica, segundo padrões de gente do século XVIII.


Qualquer coisa que comece com "repassando", ignora que é merda!

Por causa desta irresponsabilidade, Gattas está até mesmo sendo ameaçado de morte. Sim, pois é. Próximo passo: fogueira. De acordo com o Estadão, uma mensagem postada no Facebook por um débil mental de 13 (anos e QI) que se identifica como "black bloc", mora com os pais e não sabe quanto custa a coca-cola que bebe no almoço, dizia que Gattass recebera aprovação do comitê de ética da instituição para "abrir cérebros de macacos para implantar eletrodos com a finalidade de estudar as emoções" e que era preciso "fazer algum movimento em relação a isso".

Na boa, moleque, faz um "movimento" com a minha!

A estúpida daí do screenshot postou uma besteira e outra fanática que atende por Luiza Mell repassou, uma criatura inteligentíssima cuja profissão é:

a) Bioquímica
b) Engenheira Química
c) Médica
d) Neurocientista
e) Apresentadora de TV, formada em Teatro e Direito.

Como alguém pode dar ouvido a gente assim? Tendo uma capacidade intelectual que impede diferenciar "mas" de "mais", por exemplo.

Por incrível que pareça, esta moçoila conseguiu aprovação na câmara de Vereadores de Jundiaí que fossem proibidos testes em animais e em colégios. Eu até acho que em colégio não há muito sentido, e o ensino lá não deve ser essas maravilhas todas, mas impedir experimento animal é porque ela posta no Facebook foto fofa de cachorrinho deprimido? Quero ver ela mostrar eu amor para este serzinho de Deus aqui:

Dendrobates leucomelas, um bichinho que merece seu amor.

A postagem daquele IGNORANTE BLACK BUNDA recebeu centenas de comentários de idiotas revoltz, como é praxe na Internet, onde ninguém verifica nada. Também, um idiota que fica o dia inteiro em merda de Facebook não pode ser tido alguém como quem lê uma Ciência Hoje, por exemplo. Aposto que veem o horóscopo do dia e faz simpatia para atrair dinheiro e são fiéis defensores do "Quem Somos Nós" e "O Segredo", uma massa ignorante, tola, estúpida e totalmente desprovida de qualquer senso de ética, honestidade, moral e capacidade de raciocínio lógico. Ou seja, brasileiros médios.

Gattas disse que tem sido até mesmo ameaçado de morte e por uma pesquisa que ELE NÃO FAZ. O ramo dele é o estudo de mecanismos neuronais ligados à percepção e ao processamento visual e não estudar emoções de macacos, seres mais evoluídos e mais emotivos que seres humanos postulantes de Feice. Se bem que ódio é uma emoção, também.

Pois é, dona Luiza Mell, não foram seus cachorrinhos felizes que lhe deram a vacina ou a aspirina que você toma quando está com dorzinha de cabeça. Não foi o gatinho xexelento que lhe deu imunidade contra varias doenças, fazendo com que muitas delas estejam erradicadas. Você e seus seguidores não têm o direito de receberem nenhuma medicação, usar shampoo ou mesmo água encanada. Mas não se preocupe. Quando você, um dos seus entes ou os retardados que postam besteiras e ameaças a cientistas precisarem, médicos, enfermeiros, anestesistas, cirurgiões, farmacêuticos e químicos estarão lá, para garantir que você e sua trupe tenham melhor qualidade de vida, não escutando seus apelos de boicote, pois saberão que sua vida, apesar de não merecer, vale mais que qualquer ratinho, cachorrinho ou macaquinho. Se a humanidade é ruim e bichinhos são legais, renuncie à sua e vá viver na floresta em companhia de seus queridos animais, MAS HEY!, ia esquecendo: o animal que conta são só os fofinhos, pois para inseto você gasta uma lata de baygon e para lagartixa, é chinelo mesmo.

O Ministério Público está investigando isso? Pouco provável; ele está mais preocupado investigando se o pequeno Juan não está vendo filme de ursinho maconheiro.

  • Quando proibiram o ensino da Evolução, eu calei-me, porque, afinal, eu não estava mais no colégio.
  • Quando eles prenderam os médicos, eu calei-me, porque, afinal, eu não estava doente.
  • Quando eles levaram os farmacêuticos, eu não protestei, porque, afinal, eu tinha o corpo fechado.
  • Quando mataram todos os cientistas, eu não protestei, porque, afinal, eu não nunca dei a mínima para Ciência.
  • Hoje, eu estou doente e não há ninguém para vir me salvar.

(desculpe, Martin Niemöller)

10 comentários em “Cientista é ameaçado de morte por causa de pesquisa que ele não faz

  1. Muito bom artigo, como sempre. Ciência neste país é uma piada, até porque com este governo populista a tendência é só piorar !!! É tanta bolsa, Prouni (pessoas sem a mínima capacidade de frequentar uma faculdade), cota racial, etc. Estamos caminhando para a era pré científica mesmo e a tendência, infelizmente, é só piorar.

  2. O ensino ruim forma uma sociedade que despreza o conhecimento, que por sua vez tende a ter um ensino ruim para se adequar a uma sociedade desinteressada em conhecimento, acho que descobri o que é o tal feedback da educação que os pedagogos falam… (so sei pedagogia porque ja fiz alguns concursos pra professor e cai nas provas, o melhor jeito de estuda-la e ler como um livro de piadas, fica a dica)

  3. Mas, mesmo que fosse verdade, que tal experimento não seria cruel.

    Ou será que a Luisa Mell ou a Vânia Lima acham que o Miguel Nicolellis, por exemplo, usam magia pra testar seus experimentos?

    1. @Avelino de Almeida Bego, Bom vc ter falado, do Nicolellis. A um tempinho atrás, o cristo da vez por parte dos defensores de animais fofinhos foi justamente o Nicolellis. Foi numa dessas páginas sofativistas do facebosta, não me lembro qual foi.

      Inclusive ele foi pego para cristo por aquela bichinha, aquele viadinho do Robson Fernando, que ao invés de responder quem o confronta, prefere remover os comentários, dizendo que eles são “ofensivos” e que “foram escritos por trolls reacionários”.

      1. O engraçado do Robson, é ele ficar atiçando as pessoas contra o texto de alguém (eu, por exemplo) mas diz: “não comentem lá, fiquem aqui”. Ou seja, não é nem para vc ter o direito de contra-atacar as besteiras que falam de ti. Bem, ele que se foda. ;)

  4. Desde pequeno gosto de ciências e por experiência própria vejo esse desdém nacional pela ciência.Lendo esse post acabei me lembrando do episódio acontecido com o grande(mas desconhecido pois não era jogador ou artista)Roberto Landell de Moura que teve sua oficina onde criara um dos primeiros aparelhos de rádio totalmente destruida pois a massa ignara(continua assim!)achava que ele tinha parte com o demo sendo que o mesmo era padre!Fazer ciência por aqui é também um risco.
    PS:O “IGNORANTE BLACK BUNDA” foi ótimo… :smile:

  5. É de doer. Francamente esta gente confunde defesa dos animais com defesa da falta do que fazer. O mais preocupante é que alguns chegam a renegar o papel das vacinas na prevenção de doenças, alegando que as vacinas são inúteis e que as doenças por elas eliminadas desapareciam de qualquer forma com a melhor alimentação e cuidados higiênicos da população. Conheço um sujeito que contraiu paralisia infantil por não ter sido vacinado ao contrário de seu irmão gêmeo, os pais deles (alias o pai deles era médico) sabe se lá por que não vacinaram os dois filhos, apenas um.

  6. Voltando aos defensores do animais por que eles não se oferecem como cobaias em experimentos científicos ? A maioria oferece os presidiários no lugar, mas eu voto nos defensores radicais, se bem que podem ser inúteis em pesquisas que envolvam o cérebro por falta de material.

  7. Pingback: Blog do Lucho

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s