Amores eletrônicos: Nerd japonês se casa com jogo de computador

Estou perdendo a fé nos seres humanos. Quer dizer, eu perderia se eu tivesse algum tipo de fé, é claro. Eu já vi muita coisa doida por aí, mas sempre me surpreendo; ainda mais quando é algo relacionado com sentimentos.

Convenhamos, o coração tem razões que a razão diz “Putz!!”. As pessoas fazem muitas maluquices em nome do amor, paixão, tesão ou pra conseguir um aumento de salário. Eu mesmo já aprontei coisas que gostaria de esquecer e nem pensem em perguntar o que é. No entanto, a notícia a seguir é de espantar, pois um certo camarada lá da terra do Sol Nascente quedou-se nos doces laços do amor e resolveu casar-se… com um jogo de computador! Sem nenhuma birra eletrônica, decreto a segunda edição da SEXTA INSANA!

Um geek/nerd/CDF/whatever japonês surpreendeu meio mundo com a notícia que iria se casar com uma personagem de video-game; e com direito a Lua-de-mel(da) no exterior. Fico imaginando o sacerdote preferindo a cerimônia:

– Senhor SAL9000 [ele não revelou seu nome verdadeiro], aceita Nene Anegasaki como sua legítima esposa, prometendo amar, honrar, respeitar, até que o descarregamento da pilha os separe?

O tosco do SAL9000, que possui tanta “criatividade” que quis imitar o famoso computador psicótico de 2001, conheceu sua… noiva?… enquanto jogava um joguinho muuuuuuuuito divertido que simula encontros românticos. Daí, o coração dele, que deve ser feito de silício ou alguma bomba injetora, parou na dita cuja que, como todo mangá, é cabeçuda, olhão enorme, perna fina e sem curvas. Será que ela fica “naqueles” dias? Se ficar, como é? A bateria vaza?

O Abbadon, nosso especialista em mangás, animes e na Tizuka Yamasaki, deu uma checada e confirmou que ela é gostosa. Sei lá, eu nunca entendo essas coisas; prefiro coisa de verdade, mesmo. Vai que na hora do “vâmu vê”, o cara esquece que é um aparelho e… bem, melhor nem pensar nisso. Seria algo tão chocante quanto aquela história do aborrecente e seu dreamcast.

SAL9000 não quis revelar seu nome real por medo de ser mal interpretado, além de ridicularizado, sacaneado, vilipendiado e servir de chacota, já que enlaces matrimoniais com joguinhos são a coisa mais comum do mundo.

O Boing Boing até fez uma reportagem em vídeo a respeito:

Na boa, eu não gosto de estereótipos; mas pelo amor de Hades, olha só a figura! Parece uma caricatura idealizada pelo Jerry Lewis. Só faltou aparecer o Dean Martin!

O casalzinho feliz, que em breve estrelarão em algum comercial de margarina, visitaram Guam em sua lua-de-mel e agora saem juntos em Tóquio, com direito a postar as fotos dos pombinhos nas redes sociais da vida. Ele até chegou à ousadia de dizer que como o tal joguinho dispõe de software de reconhecimento de voz, o Japa disse que é possível manter uma espécie de conversação com Nene da Vila Matilde. Se bem que conheço muitos que possuem uma fluência verbal semelhante à da minha cafeteira.

Eu sempre achei que os japoneses fossem meio doidos, mas me equivoquei: são completamente!

15 comentários em “Amores eletrônicos: Nerd japonês se casa com jogo de computador

  1. Eu quase tive um ataque quando vi isso…

    Os Japas chegaram a beira da loucura, se tratando em tecnologia, eles já até transformam Mangás em Hentais, mas se casar com a personagem de um jogo foi demais…..

    Nao sei o que pensar….

    First Coment nesse site :mrgreen:

  2. André só uma correção, Sal era a “irmã” gemea do pisicótico Hal, não o PC psicotico da historia.

    No mais ja tinha lido em algum lugar,não lembro onde, que falava sobre uma lei japonesa que permite se casar com perssonagens ficticios.

  3. Pela cara dele, o único jeito dele casar, seria arranjando uma pretendente que não tivesse como dizer NÃO a um pedido de casamento. E a melhor pretendente seria alguém fictício e que não tivesse opinião própria.

    Esperto ele, não?

    1. Isso é preconceito todos sabem que ele, com muito esforço e determinação, conquistou o coração de sua esposa virtual

      HAHAHA!! :shock:

  4. ¬¬’

    Não me lembro de ter visto algo assim, tão.. desprovido de sentido.
    Todos nós sabemos que o ser humano nasce com milhares de lacunas a serem preenchidas, tanto as do saber quanto as de âmbito particular (achar um propósito para a sua própria vida). Me sinto até envergonhado, pois é meio que inadimissível que este indinvíduo pertença a minha espécie.

    Me impressiono com a criatividade dos japoneses, como nas histórias tratadas em animes e em mangás, doramas(ou novelas japonesas, se preferir), e também no ambito tecnológico( A feira de robótica do Japão não me deixa mentir!) .

    Porém, vejo que a sociedade japonesa sofreu uma bela duma lavagem cerebral depois da 2ª Guerra Mundial, tanto que a criatividade anda de lado com a idiotice ( como no exemplo acima).

  5. Situação complicada, como serão o filhos desses dois, em qual linguagem de programação vai ser feito, quem vai desenhar os filhos deles, será que a Konami faz isso?, ahuahuahuahauauaha

  6. Meu comentário não é sobre o assunto, mas é…. sem palavras…

    Resumo: Evangélicos querem que o atalho CTRL + S do Windows que salva documentos seja trocado por CTRL + J, por que S é do satã e só jesus salva!!!! :shock: :shock: :shock: :shock: :shock: :shock:

    Link de onde eu vi a notícia:
    http://www.gamevicio.com.br/i/noticias/35/35704-evangelicos-querem-que-microsoft-mude-o-atalho-para-salvar-documentos-de-ctrl-s-para-ctrl-j/index.html

Deixe uma resposta para André Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s