Amores eletrônicos: Nerd japonês se casa com jogo de computador

Estou perdendo a fé nos seres humanos. Quer dizer, eu perderia se eu tivesse algum tipo de fé, é claro. Eu já vi muita coisa doida por aí, mas sempre me surpreendo; ainda mais quando é algo relacionado com sentimentos.

Convenhamos, o coração tem razões que a razão diz “Putz!!”. As pessoas fazem muitas maluquices em nome do amor, paixão, tesão ou pra conseguir um aumento de salário. Eu mesmo já aprontei coisas que gostaria de esquecer e nem pensem em perguntar o que é. No entanto, a notícia a seguir é de espantar, pois um certo camarada lá da terra do Sol Nascente quedou-se nos doces laços do amor e resolveu casar-se… com um jogo de computador! Sem nenhuma birra eletrônica, decreto a segunda edição da SEXTA INSANA! Continuar lendo “Amores eletrônicos: Nerd japonês se casa com jogo de computador”

25 de maio: Feliz Dia dos Nerds

Pois é, pessoal. Hoje é dia 25 de maio. Dia Interplanetário dos Nerds. Alguns podem chamar isso de Dia do Orgulho Geek, mas convenhamos que soa meio gay (G? Alguém?). Nerds costumam ser rotulados como antissociais, chatos, distraídos, incapazes de relações sexuais (ao menos, com outros seres humanos presentes) uma tendência a serem incompreensíveis. Lamento, mas a questão não é essa. Nós (sim, eu sou um nerd com orgulho) não somos antissociais. As pessoas que se afastam de nós quando percebem que são incapazes de falar algo diferente de novela, condições climáticas imediatas, futebol e Big Brother. Não temos baixa auto-estima. Temos baixa estima por idiotas.

A verdade é que a humanidade depende de nós, nerds, para que o mundo se desenvolva. O que eles fazem então? Pegam uma energia limpa e capaz de gerar milhões de megawatts e transformam numa bomba só pra sacanear outros imbecis iguais a eles. Fazemos um meio de transporte que encurte o tempo das viagens. O que os toscos fazem? Adaptam uma metralhadora e vão brincar de batalha aérea. Descobrimos uma maneira de deixar os alimentos mais nutritivos, quentes e palatáveis e os retardados usam pra incendiar a floresta ou fazer algum ritual maluco para garantirem a fertilidade. Usamos nem que seja um osso para caçar e os estúpidos saem batendo no quengo uns dos outros.

Abaixo veremos como o mundo mudou (e para melhor) por causa de nerds ao longo da História. Follow me, guys e não esqueçam seu astrolábio, bússola ou GPS, caso se percam. Continuar lendo “25 de maio: Feliz Dia dos Nerds”