Igreja Luterana da Suécia aprova casamentos gays

Áureos tempos em que publicações “educativas” vindas da Suécia satisfizeram a curiosidade de muitos adolescentes. Agora, a sacanagem que eles fizeram foi em termos de religião, mas não da maneira que você está pensando. Nada de manual de sexo para casais católicos, ou o caso da vagabunda seguidora de Cristo (não, não estou falando de Madalena nem da Sonia Hernandes). Não, a notícia hoje é sobre a Igreja Luterana que resolveu não só aceitar, como deu (ops) o maior apoio para casamentos homossexuais, contrariando seu próprio livro religioso.

Coloquem suas perucas, vistam-se com lantejoulas e calcem patins, porque esta é sua SEXTA INSANA!

A Igreja Luterana da Suécia é a maior de seu país (se me perguntarem qual é, eu lhes rogo uma praga para que o Ronaldo se interesse por vocês)começará a realizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo a partir de novembro. Isso é algo inédito,ainda mais considerando que religiosos são homofóbicos por natureza, ainda mais se levarmos em conta sua religião, cujo livro mágico ordena que homossexuais sejam apedrejados até a morte.

Cerca de 70% dos 250 membros (ops!) do sínodo da igreja votaram a favor da medida, tornando-a uma das primeiras grandes igrejas do mundo a permitir o casamento gay, o que fará com que os Siths Católicos e os Uruk-Hai evangélicos comecem a atirar pedras de todos os lados.

Em maio, o governo da Suécia aprovou uma nova que garante a casais homossexuais os mesmos direitos concedidos a casais heterossexuais. Cerca de três quartos dos suecos são membros da Igreja Luterana, apesar de o número de praticantes ser relativamente baixo, istop é, dizem que são luteranos apenas porque todo mundo diz que é. Seguir os preceitos, nada!

A Igreja Luterana diz que a partir de novembro qualquer um de seus pastores poderá celebrar casamentos entre homossexuais. Em caso de recusa, os pastores não sofrerão pressão para celebrar os casamentos gays, mas poderão ser substituídos, de modo que o casal de pombinhos ou pombinhas possa unir-se em sagrados laços matrimoniais, ou qualquer pieguice nesse sentido. Mesmo porque, o amor é piegas mesmo e não teria graça se não o fosse. Pois, parafraseando Pessoa, se piegas não fosse, não poderia ser chamado de “amor”.

Até o ano 2000, quem mandava na religião na Suécia era o Estado, isto é, Papa não dava ordens ali, e sim o Rei e a Rainha (que por sinal é brasileira, nascida na Alemanha, com ancestrais portugueses e espanhóis). Mas hoje, a Igraja separou-se do Estado, mas ainda se mantém tão díspar dos chatólicos e neopentelhecostais como antes. A Igreja, portanto, manifestou-se a favor de oficializar o casamento entre pessoas que jogam no mesmo time, se bem que alguns líderes religiosos defenderam que as cerimônias da igreja e o termo matrimônio sejam reservados às uniões heterossexuais, como se isso mudasse alguma coisa.

O principal grupo de defesa dos homossexuais, a Federação Sueca dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros, elogiou a decisão da Igreja Luterana: “Nós congratulamos a Igreja da Suécia por sua decisão. Os membros homossexuais e bissexuais da Igreja finalmente poderão se sentir um pouco mais acolhidos pela sociedade”, afirmou o grupo num comunicado.

A Suécia foi um dos primeiros países a dar aos casais homossexuais direitos para “parcerias civis”, em meados dos anos 1990, e a permitir que casais homossexuais adotassem crianças, a partir de 2002. Com a lei aprovada em maio, a Suécia se tornou o quinto país europeu a reconhecer o casamento entre pessoas do mesmo sexo, depois da Holanda, da Bélgica, da Espanha e da Noruega.

Alguma dúvida sobre a superioridade governamental desses países sobre os ridículos capachos de Papas e afins, com seu dia do evangélico e outras bobagens? Mas, temos que seguir o Livro Santo que diz:

Levítico 20:10 – Se um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher,ambos terão praticado abominação; devem ser mortos.

Mateus 5:17 – Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição.

Entenderam a insanidade? Enquanto um bando de misóginos especistas homofóbicos gritam feito retardados, pensando que seu deusinho mequetrefe é surdo, países religiosos, cientes do melhor pra sua população, procura harmonizar as pessoas com a religiosidade, de modo a garantir a felicidade, tanto afetiva, material e temporal. Sem missas loucas, sessões de descarrego ou arriar despacho na esquina. Simplesmente, o cara segue a religião que escolheu, com seu par, e vive feliz, sem incomodar ninguém. O nome disso é “Tolerância”, coisa que a maioria dos evangélicos nunca ouviu falar. No máximo, saíram de uma casa com esse suporte, nada mais.

Os noruegueses, suecos, holandeses, espanhóis e belgas estão condenados a serem mortos e irem pro inferno: o lugar onde pessoas justas, que não possuem ódio nem preconceito no coração devem ficar.


Fonte: BBC Brasil

29 comentários em “Igreja Luterana da Suécia aprova casamentos gays

  1. Tentem explicar…

    Rm 1:26 Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza;
    Rm 1:27 semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro.
    Rm 1:31 insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia.

    O versículo abaixo mostra a sua condição

    1Co 2:14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

    1. Realmente, eu acho loucura sequer imaginar que morcegos são aves, insetos possuem 4 patas e que as plantas vieram antes do Sol e as estrelas, bem como acreditar em dragões e unicórnios.

      1. @André,

        Falando em dragões e unicórnios, a seguinte passagem bíblica faz referência ao pássaro Fênix:

        Jó 29: 18 “E dizia: No meu ninho expirarei, e multiplicarei os meus dias como a Fênix.”

        O que faz todo o sentido, já que a ave Fênix renascia sempre das cinzas e assim multiplicava os dias dela, depois de expirar em uma pira acesa.

        Mas percebendo que isso desacreditava o relato bíblico, já que a Fênix é um ser comprovadamente mitológico, e aproveitando-se do fato que as palavras “Fênix” e “areia”, no hebraico, possuem as mesmas consoantes (Palavras hebraicas só possuem vogais na pronúncia, mas não na escrita. Assim, as palavras “Fênix” e “areia” possuem grafia idêntica no idioma hebraico, diferindo apenas na pronúncia) os tradutores evangélicos escolheram traduzir o referido termo por “areia”, ficando assim:

        Jó 29:18 “E dizia: No meu ninho expirarei, e multiplicarei os meus dias como a areia.”

        1. @Gere,
          Mas nem todos tiveram a coragem de alterar o texto.
          A New Revised Standard Version ainda traz:

          18 Then I thought, “I shall die in my nest, and I shall multiply my days like the phoenix;

          Mas não precisa ir tão longe, pois a versão da Bíblia Ave Maria é:
          (Jó 29,18)
          Eu dizia: Morrerei em meu ninho, meus dias serão tão numerosos quanto os da fênix.

          Nem precisa apagar a fênix, afinal sempre se pode dizer que é só uma figura de linguagem, uma metáfora com a lenda; o que levanta a dúvida: alterar por quê?

  2. Como pode seres humanos racionais ainda acreditarem em um livro escrito “biblia sagrada” escrita por homens que não tinha nada pra fazer e decidiram fazer uma história e inventaram um ser imaginario chamado Javé (Deus) para ganhar dinheiro, e olha que uma das profissões que daá mais dinheiro hoje em dia é o pastor.. ^^..

    Prefiro acreditar no João Pestana

        1. @Paula,

          Humm… digamos que eu usei meus poderes de médium e li a sua mente. :razz:
          Embora eu respeite os gays e etc…. Esse negócio de passeata gls não é minha praia não…hehe :wink:
          Eu sou mais fã de outro tipos de passeio ^ ^…

          1. @Thiago,

            :grin: É brincadeirinha, você deve ter percebido, né?
            Sempre fui brincalhona.
            Eu fui uma vez apesar de não ser dessa praia, fui por curiosidade e é bem exótico e engraçado.

          2. @Paula,

            Claro.Nem se preoucupe pois tenho um medalhão que detecta sarcasmo a quilometros de distância. :razz:

            Sempre tbm gostei de fazer brincadeiras :mrgreen:

  3. Putz…realmente fico muito surpreso com essa notícia. A união civil de homossexuais perante o Estado, creio que nem seja uma notícia que causa tanto impacto, já que era uma realidade possível. Sendo bastante otimista, poderiamos imaginar a possibilidade da Igreja demonstrar tolerância com essa prática. Mas pensar que a Igreja não só demonstrasse tolerância, como abrisse mão de um de seus principais dogmas, para outorgar essa prática dentro de sua instituição, seria algo inimaginável dentro da cabeça de qualquer um.

    Creio que esses bispos devem ter pensando : “Se Javé pode aceitar mto bem Davi, que era bissexual, pode mto bem levar essa numa boa.”.hehe :lol:

    Creio que não irá demorar mto para o Lorde Sidious se pronunciar sobre isso. :mrgreen:

    E André…

    Estou com 2 dúvidas em relação a bíblia. A primeira é relatvia ao trecho de 1º Samuel 6:19. Nesse trecho encontrei 2 versões diferentes. A 1º versão foi de que deus se enfureceu porque as pessoas não festejaram a chegada da arca. Na outra versão, deus fica de tpm porque as pessoas olharam dentro da arca. Queria saber qual o trecho original em hebraico, para saber qual a versão correta.

    Minha outra dúvida, é relativa a quais versiculos deixam explicita a nescessidade de um clero celibatário.

    Que Buda te ilumine.

      1. @André,

        Valeu por esclarecer a minha dúvida. Mas enquanto a questão do clero celibatário ? Basicamente essa ideia é uma variante interpretativa de Mateus 19:12 ? Quais outros versiculos também apontam essa nescessidade ?

        Flws

        1. Muito possivelmente, foi baseado nas besteiras de Saulo de Tarso, misógino, celibatário, possivelmente morreu virgem, louco, epilético e esquizofrênico.

          Mas, ah!, ninguém é perfeito.

          1. @André,

            Haha.. Obrigado pelo esclarecimento !
            Mas tipo… Porque os crentes sempre tem que basear os seus dogmas em cima de maniacos psicóticos ?

            “Mas, ah!, ninguém é perfeito.”

            Pois é .. nem mesmo o deus imaginário dos crentes é….^ ^

  4. Pensei que a população da Suécia e outros países escandinavos como a Finlândia, Dinamarca e Noruega por exemplo, fossem maioria ateísta.
    Gostei muito do texto, mostra como é exatamente a forma de pensar contraditória dos crentes.

    1. @Vigneron,
      Depende de como você vê o assunto:

      “According to the most recent Eurobarometer Poll 2005,[9]
      * 23% of Swedish citizens responded that “they believe there is a God”.
      * 53% answered that “they believe there is some sort of spirit or life force”.
      * 23% answered that “they do not believe there is any sort of spirit, God, or life force”.

      Phil Zuckerman, an Associate Professor of Sociology at Pitzer College writes of several academic sources who have in recent years placed atheism rates in Sweden between 46% and 85%, with one source reporting that only 17% of respondents self-identified as “atheist”.[10]
      Sweden ranks aside with France, South Korea, Japan, Czech Republic and the Netherlands on having a large minority or even majority of its citizens who have no religion. Independent of these statistics, it is generally known that Swedish society, collectively, is comparatively secular and non-religious.[11]”
      Direto de: Religion in Sweden.

      “Several studies have found Sweden to be one of the most atheist countries in the world. According to Davie (1999), 80% of Swedes do not believe in God.[13] In the Eurostat survey, 23% of Swedish citizens responded that “they believe there is a God”, whereas 53% answered that “they believe there is some sort of spirit or life force” and 23% that “they do not believe there is any sort of spirit, God, or life force”. This, according to the survey, would make Swedes the third least religious people in the 27-member European Union, after Estonia and the Czech Republic. In 2001, the Czech Statistical Office provided census information on the ten million people in the Czech Republic. 59% had no religion, 32.2% were religious, and 8.8% did not answer.[14]”
      De Demographics of Atheism.

      Uma lista bem completa, sobre o assunto, pode ser encontrada em : Top 20 Countries
      With Largest Numbers of Atheists / Agnostics
      (Zuckerman, 2005)
      .

  5. Cara***, escrevi dois textos diferentes para o mesmo artigo. O segundo texto era para o artigo dos centenas de Deus. Foi mal aí André.

  6. *Esse último parágrafo e fantástico… É incrível como o ódio a intolerância algo que foi um dos principais pontos que Jesus ensinou a não ter é o que alimenta as ideologias absurdas… * essas nações são exemplos de sabedoria e civilização avançada… **Noruega tido o melhor país para se viver segundo estudos e pesquisas..

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s