Papa diz: nada de benção para casais homossexuais. Pessoal com cara de Pikachu

As pessoas parecem ser extremamente estúpidas e não entender o mínimo de como o mundo funciona, principalmente as religiões. É não conseguem entender que uma religião tem preceitos básicos que não poderão arredar o pé. O islamismo se baseia no Alcorão. Se algo contraria o Alcorão, não pode ser sustentado pelo Islã, como tolerância a outras religiões, por exemplo, o tipo de coisa que está na Torah, também chamado de Pentateuco, os 5 livros da lei, que alicerçam o Judaísmo. O Cristianismo é a mesma coisa. Se algo contraria a Bíblia, está errado. Se você não gostou, tem outras zilhões de religiões. Escolha uma que se adeque ao seu modo de vida.

O Vaticano anunciou hoje que padres e outros ministros da Igreja Católica não podem abençoar uniões entre pessoas do mesmo sexo e que tais bênçãos não serão consideradas lícitas se forem realizadas. Pronto, todo mundo teve ataque de piti e chamaram o Papa de homofóbico e conservador. Olha, acertaram 50%.

Continuar lendo “Papa diz: nada de benção para casais homossexuais. Pessoal com cara de Pikachu”

Papa quer que os outros aprovem união entre homossexuais, mas só os outros

O Papa é um cara bem legal, e dizem que gosta de mulher (desde que fora do comando da Igreja). Ele é bem preocupado com as pessoas, ainda mais os homossexuais. Com isso, ele instou que os governos permitissem a união civil de homossexuais. Maneiro, né? Continuar lendo “Papa quer que os outros aprovem união entre homossexuais, mas só os outros”

Tanzânia cria esquadrão para caçar gays

Tanzânia é um lugar para lá de esquisito. Lá parece o mundo de Qward, do Universo de antimatéria.já começa que naquele recanto esquisito, albinos são caçados para se fazer rituais mágicos e o governo distribui celulares para proteger o pessoal que teve o azar de nascer com o gene recessivo errado. Mas não é só isso. Tem aqueles que tiveram o azar de nascer com orientação sexual errada, e esses não só não são protegidos pelo Estado como são caçados por este Estado, já que homossexualidade é crime na Tanzânia.

Alguns estados do país estão levando isso muito a sério, como é o caso de Dar es Salaam, cujo prefeito pediu aos cidadãos que denunciassem os homossexuais e anunciou uma espécie de “esquadrão anti-gay’ que os perseguirá rastreando as mídias sociais.

Bem-vindos a duas coisas: a 1984 e à SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Tanzânia cria esquadrão para caçar gays”

Casais gays apresentam mesmo grau de violência domestica que casais héteros

Como qualquer pessoa que mora nas grandes cidades, eu sofro com uma praga chamada “vizinhos”. Sabem aquele lance “antigamente era melhor”? Se for com relação a você morando num lugar e o vizinho morando a 1 dia de cavalo de distância, sim. Volta e meia tenho que ouvir umas DR. E sim, já rolou DR de um casal homossexual que morava no apartamento ao lado. Rolou até um “Eu vou voltar pra casa da mamãe!”. Isso acabou em uma discussão no meu próprio domicílio (normalmente, eu falo “casa”, no sentido de “lar”, mas sempre tem um chato perguntando se eu não moro em apartamento). Minha mulher ralhou feio comigo. Só porque eu tinha pego uma cadeira para sentar na área, com uma cerveja aberta, apreciando a discussão.

Você pode pensar que casais homossexuais levam uma vida conjugal mais calma e tranquila que casais héteros, mas uma pesquisa mostra que muito pelo contrário. Uma recente pesquisa mostra que casais homossexuais masculinos tem seus percentuais de violência e abuso (psicológico e até mesmo sexual). E você achou que o mundo dos casais gays era um imenso filme do Wong Fu, obrigado por tudo.

Continuar lendo “Casais gays apresentam mesmo grau de violência domestica que casais héteros”

Como ter um doutorado e verba fácil? Participe de orgia gay

Eu acho muito engraçado pessoal chilicando com o corte de verbas do Ministério de Ciência e Tecnologia. Parece até que Ciência no Brasil vivia com rios caudalosos de verba. Bem, não vive e basta você fazer uma pesquisa aqui mesmo para ver isso. Ficam “mimimi não tem verba, mimimi”, chegando ao ponto de ganhadores do prêmio Nobel mandarem uma carta pro Temer. O que esses ganhadores do prêmio Nobel não sabem é que tipo de ciência o Brasil gosta de financiar.

Pessoal dos departamentos de Antropologia das Universidades adoram usar seus gostos pessoais e serem financiados por isso. Lembra do Tedson, que caiu de boca na pesquisa? Pois é. Na Universidade Federal Fluminense, uma tese de doutorado em Antropologia veio com o magnífico e importantíssimo título: Festas de orgia para homens: territórios de intensidade e socialidade masculina. Continuar lendo “Como ter um doutorado e verba fácil? Participe de orgia gay”

Juiz dá permissão de exorcizar, digo, curar gays

Tem horas que eu fico com algumas dúvidas na minha cabeça. Não sei se estamos vivendo numa teocracia fundamentalista ou as pessoas simplesmente são estúpidas, mesmo, colocando a culpa na religião para não terem que dar satisfações. Não que juízes sintam alguma necessidade de se explicarem por qualquer merda que façam, como qualquer agente de trânsito pode confirmar. Agora, um juiz do Distrito Federal acha que não tem problema nenhum tratar homossexuais, de forma que acabem com esse negócio de serem gays. Continuar lendo “Juiz dá permissão de exorcizar, digo, curar gays”

Entrevista mostra que pessoas ainda estão naquela de “tarefa de menino” e “de menina”

Muitos heterossexuais não entenderam como homossexuais funcionam. Não, não estou me referindo a isso, mas aquilo. Não, péra. Aquilo também não. Ah, desisto, a maioria dos héteros não sacam nada sobre homossexuais, por isso saem aquelas perguntas idiotas como “quem entra vestido de noiva na cerimônia de casamento?”

Um grupo de cientistas sociais (sim, eles existem, longe dos babacas que ficam discutindo miséria em apartamento da Vieira Souto) resolveu pesquisar a percepção da população dos EUA sobre como veem.

Continuar lendo “Entrevista mostra que pessoas ainda estão naquela de “tarefa de menino” e “de menina””

Juiz do Quênia diz que exame anal para saber quem é gay é legal

Não é que ser gay seja ruim. Eu nem sei se é ruim ou não, já que não sei. Quem é garante que é muito legal, e eu não tenho motivos para duvidar, O problema é ser gay em países toscos, governados por idiotas, cujos magistrados não passam de energúmenos. Não, por incrivel que pareça, não estou falando do Brasil (dessa vez), mas sim do Quênia, lugarzinho mui legal em que um juiz determinou que é perfeitamente constitucional que se examine a cavidade retal das pessoas para se saber se são gays ou não.

Metendo o dedo na ferida e em outros lugares, esta é a sua SEXTA QUINTA INSANA!

Continuar lendo “Juiz do Quênia diz que exame anal para saber quem é gay é legal”

SecreOtário de Direitos Humanos do Rio diz acreditar na cura gay (ATUALIZADO)

Eu olho meu calendário, mas ele me prega peças. Ele me diz que estou no século XXI, mas vivo tendo provas que estamos ainda na Idade Média. Temos gente acreditando em cobras falantes, políticos sem o menor escrúpulo, pessoal que adora manipular pessoas humildes e idiotas que acreditam que homossexualidade é alguma forma de doença. Agora, o mais tosco mesmo são os que os sujeitos acima descritos são o mesmo imbecil, como é o caso do SecreOtário de Direitos Humanos que diz acreditar piamente que existe uma cura gay. Por mero acaso, ele é pastor, também. Coincidência?

Continuar lendo “SecreOtário de Direitos Humanos do Rio diz acreditar na cura gay (ATUALIZADO)”

Gays são processados por ordem de Deus e Jesus (ou quase)

Não é Sexta Insana (ainda), mas isso merece ser trazido à luz do conhecimento de vocês, gays, homossexuais, pederastas, fãs de Glee e afins. Vocês não podem pôr os pés em Nebraska, EUA. Por que? Porque uma tia achou que isso aí que vocês fazem, seus pervertidos, está acabando com o mundo, levando aquela grande nação ao lupanar da luxúria (tomara!).

Não, não é ela.

A tia se chama Sylvia Driskell, tem 66 anos, e mora em Auburn, Nebraska. No dia 1º de maio entrou com uma ação nomeando todos (sim, todos) os homossexuais como réus, clamando para si mesmo o direito de servir como "embaixadora" dos reais demandantes da ação: Deus e Seu Filho, Jesus Cristo.

Continuar lendo “Gays são processados por ordem de Deus e Jesus (ou quase)”