Zoológico Criacionista inglês tenta refutar a Evolução

Discussão no Facebook acaba em agressão
Termorregulação de mamíferos marinhos impede que morram congelados

Ao contrário do que as Ovelhinhas do Senhor podem pensar (elas vivem pensando em mim, na maioria das vezes coisas impublicáveis), eu sou um cara excelente, honesto, trabalhador e bom pai de família. A irmã de nosso espião sabe disso melhor do que ninguém. Assim, eu sempre me preocupo com o próximo e com o distante. Não quero mais ter que ler tosqueiras idiocráticas, nem insanidades espalhadas pelo mundo afora. Assim, eu com fervor peço:

In nomine Patris, et Filii, et Spiritus Sancti! Senhor Jesus, por favor, faça com que não apareça nenhuma tosqueira. É de vossa palavra que seu servo em Cristo Mateus nos veio dizer que tudo que vo-lo pedirmos, vós atendereis. Peço que o mundo fique normal e que não ocorra nada de esquisito, tosco e completamento louco no mundo, além de prover alimentos aos que têm fome e conforto aos desconsolados, amém!

Infelizmente, o sinhô G-zuis anda com muita cera o ouvido e não me atendeu (nevermind, eu já esperava por isso). Ele prefere orações do tipo:

– Sinhô Deus Noçu Pai! Fassa cum qui a disgramada da Waldirene deixe o meu Erdimilço, modiquê ele vorte pra mi. Ajuda eu, sinhô! Já deichei o dismo cum pastô.

Assim, o que temos? Uma mais uma notícia que deixará vocês, nobres leitores, com uma sensação que o mundo conspira para que a idiotice governe o mundo (e não, não é coisa do Skynet), como é o caso de um Zoológico Britânico que defende o criaBURRIcionismo, achando que com isso está refutando Teoria da Evolução. Bem-vindos à SEXTA INSANA!!

Essa foi interessante: Dois leitores recomendaram a mesma notícia (apesar de eu já ter vista antes e colocado na pauta). O Rafael “duas mãozinhas e dois olhos” e o Robson (maior fã de nossa Sexta Insana).

Imaginem um lindo e adorável local que tenha placas dizendo coisas como “Animais caçam e matam sua comida porque os homens se rebelaram contra Deus”. Que tal? Óbvio que é verdade. Antes do homem se rebelar contra Dues (quando mesmo, hein?), leões eram herbívoros e comiam salada de alface, tomate e cebola. Águias ficavam se equilibrando em galhos, que nem periquitos, comendo frutinhas ou então Adão as alimentava com jiló e alpiste. Ou então, uma placa com uma hermética mensagem dizendo como os três grandes grupos de pessoas são descendentes dos filhos de Noé, o marinheiro bebum. Imagino que estavam se referindo a negros, brancos e amarelos. Mas e os aborígenes, indígenas (de todas as tribos) etc? Se naquele recanto perdido de Oz Invertido querem refutar a evolução, como explicam isso? Ah, sim… Deus quis. Ok.

O pseudozoológico (que eu prefiro chamar de zoo-ilógico) Noah’s Ark (Arca de Noé, em inglês), localizado em Wraxall explica aos visitantes a origem da Terra a partir da entidade divina ao longo dos séculos. Como não poderia deixar de ser, a única entidade (ê, ê) mencionada é o tosco deus judaico-cristão. Mesmo porque, outros deuses são demônios e não criariam nada. Assim se faz um debate isento e sem preconceitos, copisa que os cristãos vêm demonstrando há séculos, mediante atos lindo de amor e temperança como as Cruzadas e a Inquisição. Jesus te ama.

A reportagem da BBC, mostra que a Associação Humanista Britânica (BHA, na sigla em inglês) afirma que o zoológico está “ameaçando o entendimento público acerca do mundo natural”, e solicita uma providência das autoridades local e de turismo, a fim de que esta imbecilidade – criada por imbecilóides, divulgando idéias imbecis – fique restrita ao cantinho que ela merece: um aterro sanitário (pobres urubus, se não fosse por nós, eles estariam comendo folhagens de árvores).

A BHA diz que o Noah’s Ark – localizado em uma propriedade semelhante a uma fazenda – é chefiado pela versão britânica do vagabundos Apóstolo Hernandes e da “Bispa” Sônia, o casal Anthony e Christina Bush (o sobrenome entrega a estupidez, apesar de não serem parentes daquele outro Bush). Segundo as duas antas… desculpem, eu não tive intenção de ofender o pobre bichinho, se baseiam no mito que o mundo foi criado por Deus em seis dias. A entidade afirma ainda que o zoo descredita fatos científicos, como a datação por radiocarbono (método pelo qual se mede o tempo de vida de uma determinada espécie ou descoberta arqueológica, a partir do elemento químico), o registro de fósseis e a velocidade da luz.

CLARO, que não poderiam ficar sem mencionar a datação radiocarbônica, mesmo que ele NÃO SEJA usado para datar fósseis muito velhos, usando-se outros isótopos radioativos. Mas que direrença faz? A Velocidade da Luz está errada. Todos sabemos que ela é muito mais lenta, já que as estrelas surgiram DEPOIS das plantas. Estas estavam em câmaras criogênicas até que Javé deu a luz e pronto!

Em uma longa seção intitulada “pesquisas de criação”, o site do zoológico (não faço tráfico de drogas. Google pra quem quiser) diz que o darwinismo é falho, e afirma que deseja encorajar o “debate criacionista/evolutivo”. Só que tem um pequeno detalhe que os dois safados servos de Javé esqueceram: As provas! Vocês sabem… aquilo que eu vivo pedindo aqui e o máximo que eu recebo é “Vocês vão pro inferno” ou “Eu acredito e isso basta!”, ou outras loucuras crentais.

Andrew Copson (doce coincidência), diretor de educação e relações-publicas da BHA disse: “Acreditamos que o zoológico ilude o público pelo fato de não admitir abertamente a agenda criacionista nas suas atividades promocionais e na má interpretação do mundo natural”. Provavelmente, este Andrew não está habituado a lidar com crentes. Honestidade nunca fez parte dos “princípios” dos criaBURRIcionistas. Ainda segundo meu xará: “Estamos pedindo para que as autoridades competentes parem de promover o local. Acreditamos que o apoio a crenças religiosas ou ideológicas seja inapropriado”.

Obviamente, algum retardado falará que isso é preconceito religioso. Mas se é assim, então criaBURRIcionismo não é científico, é religiosos. Mas se é científico, onde estão os trabalhos a respeito? Ah, sim, os malévolos cientistas escondem a verdade, que nem no Arquivo-X.

O “Apóstolo” Bush diz candidamente que seu zoo-ilógico simplesmente apresenta uma variedade de visões e uma delas é criaBURRIcionista. Obviamente, você que está lendo isso possui muita fé para acreditar neste humilde servo de G-zuis.

A porta-voz do zoo-ilógico disse, na maior cara-de-pau, que eles sustentam uma visão que o mundo natural é um produto tanto do Senhor dos Anéis Bíblico, quanto da Evolução. O que ela sabe sobre Evolução? Não duvido que a besta ache que Evolução diz que viemos do macaco. Vendo esses idiotas e suas besteiras, eu posso afirmar que, ao menos eles, vieram dos asnos.

O “pesquisador-assistente” (comédia, né?) do Noah’s Ark, Jon Woodward, rejeitou a acusação feita pela BHA, afirmando que o debate do Criacionismo era limitado a pôsteres em uma seção dentro do zoológico. “Estamos em busca de uma evidência, e não é 100% certo que Deus não teve envolvimento na criação da Terra”, afirmou.

Acontece, IDiotinha, que Evolução NUNCA falou que não existe um deus. Pode ser que tenha sido, MAS cabem a vocês provarem que sim. Evolução acontece e este papo de animais serem carnívoros por causa do pecado do homem é prova cabal que vocês possuem massa marrom-pastosa no lugar de massa-cinzenta.

Ceder a esse pessoal e promover debates entre cientistas e criaBURRIcionistas é dar status de Ciência a algo que não passa nem perto disso. Mais fácil debater com veneradores de divindades pagãs. Que tal um debate tipo “A Criação do Mundo: Bíblia x Upanishads”. Afinal, não há prova nenhuma que não foram as divindades hindus que criaram o mundo, certo? Se bem que eu prefiro Odin, apesar que ele tem mais bom-humor do que eu.

Discutir com criaBURRIcionista é como jogar xadrez com um pombo. Ele chega, derruba as peças, caga no tabuleiro, solta um bocado de arrulhos e vai embora sem fazer nada que preste. Por causa disso que eu tinha demonstrado a inutilidade de discutir com essas criaturas anencéfalas.


Fonte: Folha Online

Discussão no Facebook acaba em agressão
Termorregulação de mamíferos marinhos impede que morram congelados

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Icarus

    André,

    Vc esta prestando um “desserviço” ao turísmo.

    Este provávelmente era um alvo de um futuro pacote turístico do Silas Maracutaia… hahahaha

    (Se é que já não tem ❓ 😕 ❓ )

    Administrador André respondeu:

    Ele está muito ocupado vendendo Bíblias a 900 reais cada.

  • Thiago

    Garanto que se esse evento do pseudozoologico ancotecesse em terra brasilis, seria motivo para que se aprovasse uma emenda instituindo o criaburrocionismo junto do ensino da religião cristã nas escolas ( medidas que já andam em tramite no nosso anedótico congresso ) , com o suposto “Estado laico ” lavando as mãos sobre o assunto, alegando uma desculpa semelhante a épica justificação do casos dos crucifixos nos tribunais : “O Estado laico foi a primeira organização política que garantiu a liberdade religiosa. A liberdade de crença, de culto e a tolerância religiosa foram aceitas graças ao Estado laico e não como oposição a ele.”

    Seria previsivel também que as entidades que denunciassem a ilegalidade do evento fossem atacadas pelo o Estado e pela imprensa, ( acreditem na pérola que eu encontrei : http://g1.globo.com/Noticias/0,,MUL730858-9982,00-EXISTENCIA+HISTORICA+DE+JESUS+CRISTO+E+INQUESTIONAVEL+AFIRMAM+ESPECIALISTAS.html) e esta ainda afirmaria que toda bobagem criacionista é verdadeira.

    Em tempo, eu sei que isso fuja talvez fuja um pouco, mas não totalmente ao assunto, já que o tema é sexta insana : Alguem soube da absurda medida da UFF de instituir no edital do seu concurso que para ter o direito de prestar o seu vestibular, vc terá que realizar o Enem ( não havendo insenção para quem ja tenho prestado esse pseudo exame anteriormente, mas sendo obrigatório participar dele toda vez em que vc prestar concurso para essa instituição) ?

    Isso é uma medida válida em todas as universidades federais do território nacional ?

    Administrador André respondeu:

    Reinaldo José Lopes deveria se abster de escrever algo “provando” a religião por meio da Ciência. Se bem que isso dá IBOPE e a crentalhada corre babando para depois fazer cópia/cola.

  • Brinoh

    André, os métodos de datação de fósseis são totalmente seguros? Muitos crentes dão a desculpa de não serem, quando questionados sobre os dinossauros, por exemplo.
    Sei que a evolução é FATO. Isso já basta para desacreditar totalmente na bíblia. Alias, passei a desacreditar desde quando me entendo por gente, mesmo meus pais afirmando ser verdade.

    Administrador André respondeu:

    Considerando que não existe UM SÓ método, basta fazer comparações entre eles. Se não houver discordância, então sim, são seguros. Dizer que não são seguros, sem apresentar nenhuma prova que refute, não passa de teologia do esperneio.

  • Thiago

    André

    Falando nesse assunto de “provar”, eu adoro esse video, no qual houve um debate entre criaburrocionistas e cientistas nos EUA, em rede nacional, e como de se esperar, os crias levaram uma lavada em tanto : http://www.youtube.com/watch?v=bM0LVCca-lY

    Simplismente ÉPICO.

    E sobre o assunto da medida da UFF, vc queria manifestar algo sobre ?

    Administrador André respondeu:

    Sobre?

  • Thiago

    @André,

    ” Em tempo, eu sei que isso fuja talvez fuja um pouco, mas não totalmente ao assunto, já que o tema é sexta insana : Alguem soube da absurda medida da UFF de instituir no edital do seu concurso que para ter o direito de prestar o seu vestibular, vc terá que realizar o Enem ( não havendo insenção para quem ja tenho prestado esse pseudo exame anteriormente, mas sendo obrigatório participar dele toda vez em que vc prestar concurso para essa instituição) ?

    Isso é uma medida válida em todas as universidades federais do território nacional ?”

    Sobre isso. Lhe passo o link para vc conferir essa sandice pessoalmente : http://www.coseac.uff.br/

    Administrador André respondeu:

    Eu sou a favor do ENEM. Quem estuda não precisa ter medo de enfrentar quaisquer provas.

  • Spy

    Já divagando, no artigo de Reinaldo José: “Cerca de 40 anos depois da morte de Jesus, surge o Evangelho de Marcos, o mais antigo da Bíblia; antes que o século 1 terminasse, os demais Evangelhos alcançaram a forma que conhecemos hoje.”

    O cara é um fanfarrão conveniente de desconsiderar as diversas cópias/traduções/erros/alterações que o Evangelho sofreu nesses quase 2 mil anos.

    Administrador André respondeu:

    Ele é jornalista que nem o Sabino, e não historiador. O Ev. de Marcos tem fraudes. Os últimos versículos não são originais.
    .

    Como vimos, o processo [de feitura do cânone] já estava em andamento no fim do período do Novo Testamento, mas NÃO CHEGOU a nenhum tipo de fechamento ATÉ O FIM DO SÉCULO IV.
    .
    (…)
    .
    Não há evidência de qualquer esforço orquestrado em qq parte do Cristianismo proto-ortodoxo para fixar um cânone de Escritura em meados do século II, quando os textos cristãos estavam circulando e sendo investidos de autoridade.
    .
    Ehrman, Bart – Evangelhos Perdidos, p. 341.

  • Rafael \m/Ò.Ó\m/

    infelizmente Reinaldo José e tão religioso como o chevitarese, que atualmente não sai do muro, basta ver seus artigos publicados em revistas….vide editora abril

    Administrador André respondeu:

    Chevitarese sabe muito bem de História. Ele só se faz de idiota pra vender seus cursos. Mas seus artigos indexados são muito bons. Agora, você não espera aprender História nas revistas da Abril, né? 😉

    Rafael \m/Ò.Ó\m/ respondeu:

    @André, minha birra com o chevitarese é com o seu compromisso de ¨vender¨, percebe-se claramente que ele não assume as mentiras religiosas pois o seu compromisso é com a $ , a revista super interessante, que ao meu ver, é uma maneira facil tenta levar um pouco de ciencia aos mais jovens, é um exemplo claro de como ele fica sobre o muro, sem querer se comprometer, meus filhos por exemplo, adoram a revista, e nem todos os brasileiros tem acesso a carga de informações que alguns de nós possui..a maioria fica expostas a ¨raj`s¨e ¨maya`s¨ diariamente, a revista veja apesar de ser um instrumento de manipulação, nos ensina um pouquinho de história sim, as revistas abril ou qualquer publicação, que mesmo timidamente denuncie as falcatruas e coloque um edir macedo, david miranda, silas malafaia ou padre pedófilos na capa, já merece um pouquinho do meu respeito, já que o advento da internet não atinge a todos os lares e a tv tem compromisso apenas com anunciantes, acho que pelo menos algum cidadão passa em frente de uma banca e jornal e repara nas manchetes…… hail

    Administrador André respondeu:

    a revista super interessante, que ao meu ver, é uma maneira facil tenta levar um pouco de ciencia aos mais jovens

    .
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
    .
    Dê coisa que preste pros seus filhos, como uma assinatura da Scientific American Brasil ou da História (ambos da Duetto Editorial). Da Abril, só a National Geographic presta,e assim mesmo pq eles apenas distribuem aqui. Super Desinteressante não serve nem pra recolher o que meu cachorro deixa na rua.
    .
    Preço da Sciam: 11,90. Menos que uma pizza, menos que um lanche o MacDonalds. A assinatura não é cara. Na minha renovação eu negociei com o SAC deles e ganhei a coleção completa da História da Ciência. O site deles traz algumas matérias da edição impressa, além de muitas notícias.
    .
    Sobre a Veja, não falarei nada. Prefiro linkar o que o Carlos Hotta do Brontossauros em meu Jardim escreveu. A conclusão é sua.
    .
    Temos muito acesso à informação, e GRATUITO! Não existe desculpa pra ler besteiras ou viver na alienação. Mas confesso que a Super Lixo é coloridinha e bunitinha,e é isso que chama a atenção.
    .
    Temos que ensinar aos nossos jovens a diferença entre informação e conhecimento.

    Joseph K respondeu:

    @André,
    Sem esquecer da Ciência Hoje das Crianças, uma revista que me traz lágrimas, ao ver o esforço jogado aos porcos.
    Minha filha adora aqueles dinossauros. :mrgreen:

    Administrador André respondeu:

    Meu colégio recebe a Ciência Hoje e a Ciência Hoje das Crianças.
    .
    Eu sou o único que lê.

  • Altair5

    Cara lembro que ganhei a 1° super como amostra grátis em 87 e comprei alguns exemplares depois disso,era uma excelente revista de divulgação científica pena que virou um lixo pra mim hoje só sciam… 😉

  • Rafael \m/Ò.Ó\m/

    ¨Dê coisa que preste pros seus filhos, como uma assinatura da Scientific American Brasil ou da História ¨

    pera la, pera lá……não é só a super que rola lá em casa kkkkkk…naum queria gerar tanta discussão……apenas defendi que o conteudo da revista se torna mais agradavel à leitura de uma faixa etária como a de meus filhos 8 e 13 anos…. a ciencia hoje e a sciam são llidas em casa assim como a national e a historia que compro em numeros avulsos…. mas acho dificil despertar a curiosidade cientifica nas crianças com a science, história ou a nat, que são para adultos, a ciencia não se tornara atraente para os mais jovens se começarmosa por aê . senão eles terão acesso a coisas que a midia tonta ( globo, record,sbt) lhes impõe.
    entendo o que o carlos hota quer dizer e eu como todos n´s não somos simpatizantes com a midia manipuladora…mas o que temos para nos informar? naum tem pra onde correr …já senti na pele o que a folha e sp por exemplo, faz pelos que pagam mais. +cansei de combate-la é Vitória pírrica

    Espero que um dia meus filhos tambem limpem o cocô dos cachorros com a super ou com a galileu, mas por enquanto, prefiro que eles usem a folha universal para esse fim.

    ps : as revistas como da graça e sentinela são ótimas e as uso para forrar a gaiola de meus periquitos 😡

    Administrador André respondeu:

    Concordo que a Sciam possui uma linguagem por demais avançada para crianças. Mas a National Geographic trabalha muito com informações visuais e seus textos não são complicados. A Ciência Hoje possui textos leves também e há uma versão apenas voltada para crianças.
    .
    O que acontece é que o jovem de hoje NÃO LÊ. Qualquer coisa com mais de 2 parágrafos é chato, cansativo e desinteressante. Por isso eles adoram orkut, ondi num á neçesidade de iscreve direitu, poix é fassil iscreve kualquer bobagi. O Twitter está se tornando um sucesso, pois com 140 caracteres posta-se qualquer merda, como “vou no banheiro agora”, “voltei do banheiro”, “Que fome” entre outras besteiras pretensiosas.
    .
    Para dar uma revista que fale besteiras como a Super Lixo, eu prefiro que leiam revista da Turma da Mônica. Em 2005, antes do blog Dragão da Garagem naufragar, o Widsom Porto Reis escreveu um artigo sobre as “maravilhas” da Super Lixo. E não, vc NÃO ENTENDEU o que o Hotta mostrou. Ele mostrou como a Veja propõe ERROS conceituais. Não é questão de manipulação, é questão comercial, onde se coloca qualquer merda, porque haverá quem leia. Ainda sim os conceitos estavam errados e a Veja nem se importou, dando um esporro neles.
    .
    Veja, da mesma editora que publica a Super Lixo.
    .
    Jovens de hoje são imediatistas. Copiam e colam trechos do primeiro lixo que encontram (aka wikipédia). Isso aumenta a “relevância” googleana desses sites, deixando-os no topo da pesquisa, e serão esses que serão usados como “fonte”, exatamente por causa do imediatismo. Isso alavanca ainda mais sua “relevância” e o processo e bola de neve.
    .
    Eu tenho muito, mas muito menos acessos que os bobagentos da vida. Se bem que para ter aquele nível abissal de leitores, prefiro ser visitado por apenas 3 ou 4, mas que estejam interessados em aprender algo ou compartilhar idéias do que retardados que colocam “primeiro”, ou “#1”, por uma competição retardada sobre quem coloca o primeiro comentário, como se isso significasse algo.
    .
    Bem, para aqueles acéfalos deve ser significativo mesmo. Algo similar a uma fase anal freudiana com mecanismo de retardo de tempo.
    .
    Faça um favor aos seus filhos: não permita que eles leiam qualquer merda só pq possui linguagem fácil ou é coloridinho. Obrigue-os a leituras mais difíceis. Crianças possuem potencial de aprendizado maior do que se imagina, assim como possuem tendência à preguiça.
    .
    Pergunta: O colégio deles participou da Olimpíada de Astronomia, de Robótica ou de Foguetes? Como é a aula de Ciências deles?
    .
    Você pode pensar que não, mas isso muito me interessa. Se quiser, pode me passar as informações pelo Fale Conosco. Estou fazendo uma pesquisa informal sobre isso para postar aqui no blog.

    Rafael \m/Ò.Ó\m/ respondeu:

    @André, bom , o ensino dos meninos acompanha o sistema positivo, e até agora pude perceber que estão se prendendo muito no campo de ciencias naturais .
    na semana passada houve uma pesquisa e o tema da apresentação era sobre variedade de especies/evolução . meu filho mais velho quis apresentar na escola um trabalho sobre a origem africana do homo sapiens, e encontru tambem na pesquisa ( wiki…fazer o que ? ) tambem a hipotese do multirregionalismo, que acrescentou no trabalho tambem , por sua propria vontade, depois soube que compartilhou do trabalho com mais dois coleguinhas e ainda não descobri o que o motivou a isso, ele foi muito bem no trabalho, só que houveram alunos que discordaram dele, (um dos quais na cartolina havia desenhado o wolverine ….fail….. ), a unica coisa que não consegui livrar meus filhos foi da doutrinação catolica…sou ateu e minha esposa é catolica ( alias como toda a familia) , tolerei que os dois frequentassem a catequese, e confesso, me divirto muito com as indagações deles . questionam tudo . percebi, embora minha esposa não me fale , que já passou por maus bocados com os dois he he he …. percebo que frequentam aquilo com muita desconfiança, que me faz deduzir que não vou precisar lhes dizer mais nada, apenas a verdade e a negação continuando com minha conduta, mostro a eles sempre que a ciência não tem resposta pra tudo, mas a religião seja ela qual for não explica nada. adoro mostrar-lhes nos jornais os escandalos da IURD, pessoas homofobicas como os pastores evangelicos, os ignorantes iletrados ¨camelinhos de alá ¨, e meus filhos percebem que não há mentiras em minhas palavras, deixando minha esposas ás vezes constrangida que infelizmente, não possue nenhum argumento para defender a fé no peixeiro da palestina .
    , com o tempo, eles sozinhos irão abandonar essa doutrina .creio que expor os dois lados a eles, esta fazendo muito bem ao seu carater, pois eles tem uma oportunidade que eu não tive( vivi dentro de uma doutrinação infantil imposta por meus pais, apesar de meus questionamentos e me declarando ateu já adulto), permiti que fossem batizados, e até meu casamento foi realizado na igreja, mas ao me permitir isso, não me senti culpado, tive uma cerimonia religiosa de casamento por amor a minha esposa, e talvez esse mesmo sentimento, me motivou a permitir essa ¨agressão intelectual ¨ aos meus filhos, o que me importa é que eles sejam felizes, e não deixem de ser crianças, acho viver conviver com as diferenças fara muito bem ao desenvolvimento deles,
    quanto a assuntos como astronomia , leve isso a eles por que gosto, pois na escola ensinam só o b a =ba …e robotica….agora no momento é muita informação kkk

    Administrador André respondeu:

    Adorei a parte de colocar o Wolverine no trabalho. HAHAHAH
    .
    Quanto ao catecismo, não se preocupe. Aquilo é a melhor forma de formar céticos, basta pensar um pouquinho. Lembro que qdo eu frequentei (sim, eu estudei cm colégio católico), eu fazia perguntas incômodas ao padre. Fui “convidado a me retirar” da escolinha dominical por ser considerado presença perniciosa. 😛
    .
    Seus filhos fazem perguntas? ÓTIMO! Lembre-se: ter uma religião não é ruim. O ruim é quando a religião POSSUI você.
    .
    Precisando de ajuda nos trabalhos, procure a gente. Sempre temos artigos aqui espalhados ou podemos dar uma orientação do que procurar ou onde.
    .
    Feliz Dia de Louvor ao Deus Sol. 😉

    Rafael \m/Ò.Ó\m/ respondeu:

    @André, agradecendo postumamente…..já roub….digo, utilizamos a materia do todo poderoso e digno de adoração o deus ornitorrinco…. usamos os textos e mandei ampliar a imagem do cranio do bichinho…ficou 10 ……

    que horús/mitra/zeus/odin/exu/yemanja abençoe a todos..

    Spy respondeu:

    @André,

    “Lembre-se: ter uma religião não é ruim. O ruim é quando a religião POSSUI você.”

    Discorra.

    Dar suporte a uma entidade religiosa, não é considerado uma coisa negativa por ti?

    (E seria bacana se algum plugin de formatação dos comentários fosse instalado, pra recursos com a fonte, citações etc)

    Administrador André respondeu:

    Dar suporte a uma entidade religiosa, não é considerado uma coisa negativa por ti?
    .
    Entidades religiosas são, em última análise, instituições. Ninguém precisa dar nada a ninguém só pra ficar no seu cantinho rezando. Eu gosto de futebol, mas não subvenciono nenhum clube. Devemos fazer uma separação entre religiões institucionalizadas e religiosidade.
    .
    (E seria bacana se algum plugin de formatação dos comentários fosse instalado, pra recursos com a fonte, citações etc)
    .
    Seria, mas eu prefiro não encher o site com plugins a fim de não ficar muito pesado. Se bem que as pessoas podem usar codificação HTML. De qq forma, é bom que os comentários fiquem limitados em termos de formato, afim de evitarmos aberrações. No entanto, sua sugestão será apreciada com os outros administradores.

    Icarus respondeu:

    @Spy,

    Desculpem-me a intromissão e o texto longo, mas eu preciso desabafar 🙂

    Eu não dou mais suporte a entidades religiosas. Desde que eu nasci, me ensinaram 3 “verdades absolutas”:
    1) Cristo é o filho de Deus.
    2) A bíblia é a palavra infalível de Deus.
    3) Se vc não temer a Deus, vc vai para o Inferno.

    Quando você é pequeno e seus pais te falam isso, vc tende a aceitar como verdade. A primeira vista são idéias inocentes, e até morais em certo sentido, mas faz com que vc construa todos os seus valores baseado nisso ao longo da vida.

    Conforme fui aprendendo cosmologia, eu tentava de todas as formas fazer com que estas teorias se encaixassem no relato bíblico.

    Rejeitei muitos conhecimentos novos e interessantes por anos na minha mente, pois eram incompatíveis com a bíblia, logo me auto privei de um entendimento melhor.

    Todavia, a quantidade de inconsistências foi aumentando, e um belo dia o castelo de areia caiu completamente.

    Eu entendo perfeitamente os “trolls” 😉 que aparecem aqui no site. É muito difícil aceitar a evolução, pois conflita com os mais enraizados pensamentos.Só com muito tempo de estudo e coragem é possível se libertar de tudo isso.

    Hj prefiro dar suporte a ciência, e meus filhos vão aprender a “religião” da evidência.

    Não pretendo “desconverter” ninguém, mas espero que as igrejas parem de aliciar membros baseado em medo. Isso arrebenta qualquer um e faz com que a humanidade marche contra a verdadeira jornada do conhecimento.

    Galileu e Darwin são os meus heróis. “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” Aleluia :mrgreen:

    Eu achei este testemunho da Fabiane (escrito por André) perfeito para quem esta em dúvidas. http://ceticismo.net/2008/10/18/como-me-tornei-ateia/

    Administrador André respondeu:

    A visão de “religião”, mesmo entre os ateus, leva em conta apenas o cristianismo. Isso é errado. É fácil dizer “sou ateu pq a Bíblia é uma farsa” (e é). Mas qualquer outra religião pode achar que a Bíblia só tem bobagens (se bem que rezar pra um deus azulzinho com a cara do Michael Jackson não é menos ridículo).
    .
    2) Eu não escrevi o “testemunho” da Fabiane. Eu apenas coloquei a “chamada” na página da frente do blog (ela ainda não estava como redatora).

    Administrador André respondeu:

    By the way, a expressão Peixeiro da Palestina foi clássica. Posso utilizá-la? 😀

    Rafael \m/Ò.Ó\m/ respondeu:

    @André, n’hésitez pas 😛

    Icarus respondeu:

    @André,

    Cara, eu concordo com o que voce falou sobre as outras religiões, e que o “cristianismo bíblico” é uma apenas uma fração de um todo.

    Eu quis apenas mostrar que eu não apoio mais as religiões e tentei justificar mostrando o meu caso em particular.

    Como eu estou “puto” com o peixeiro palestino (hahahaha), acabou saindo uma “diarréia” em forma de texto.

    Se vc quiser apagar, não vou ficar chateado.

    Administrador André respondeu:

    Não vejo motivo para apagá-lo. Você tem o direito de expor sua opinião. Eu só acho que devemos ter cuidado com radicalismos.

    Icarus respondeu:

    @André,

    Foi mal pelo radicalismo. Que os leitores entendam que eu me encontro “puto” com a situação. vai passar… (eu acho…)

    Curiosidade: Quem é o deus azulzinho?

    Administrador André respondeu:

    Krishna.

    Rafael \m/Ò.Ó\m/ respondeu:

    @Icarus, putz !!! eu jurava que era o papai smurf kkkkk

  • Dant Frank

    O tal zoológico criacionista (zoo-ilógico, na boa definição de André) é uma excelente pedida para quem está interessado em ACREDITAR que o mundo foi criado pelo deus cristão, só que ACREDITANDO de um modo mais sofisticado, ACREDITANDO que a bíblia é cientificamente provável. Faltam as provas, é claro.
    Sendo assim, seria bastante conveniente que contruíssemos zoológicos que, didaticamente, discorressem acerca da veracidade da Criação do Mundo pelo Monstro do Espaguete Voador. 😆

  • Spy

    @ André

    Entidades religiosas são, em última análise, instituições. Ninguém precisa dar nada a ninguém só pra ficar no seu cantinho rezando. Eu gosto de futebol, mas não subvenciono nenhum clube. Devemos fazer uma separação entre religiões institucionalizadas e religiosidade.

    [b]O fato de pertencer a uma religião já tem caráter suportivo, seja participando do culto (mesmo que não haja doação) , seja aprovando decisões da sua haste, isso da poder à entidade.

    O exemplo do futebol foi baixo, o clube engrossa os ativos com dinheiro de associados e venda de camisetas? Claro que não, a maior parte vem dos contratos de exclusividade das emissoras na transmissão dos jogos e dos patrocinadores. Junto com a transmissão, vem as propagandas, e não botariam milhões nisso se não fosse efetivo, assistir futebol aos domingos é dar suporte aos clubes.

    Se ninguém assistisse futebol, o Ronaldo não ganharia 1 milhão, e se ninguém assistisse futebol, talvez a bolsa de Mestrado de um Físico não fosse (vergonhosos) 1.000 reais no Brasil. [/b]

    Spy respondeu:

    @Spy, Panis et Circenses

    Administrador André respondeu:

    O fato de pertencer a uma religião já tem caráter suportivo, seja participando do culto (mesmo que não haja doação) , seja aprovando decisões da sua haste, isso da poder à entidade.
    .
    BVc está falando de religiões organizadas. Mas não é disso que eu falei.
    .
    O exemplo do futebol foi baixo, o clube engrossa os ativos com dinheiro de associados e venda de camisetas?
    .
    Sim.
    .
    Claro que não, a maior parte vem dos contratos de exclusividade das emissoras na transmissão dos jogos e dos patrocinadores.
    .
    Também.
    .
    Junto com a transmissão, vem as propagandas, e não botariam milhões nisso se não fosse efetivo, assistir futebol aos domingos é dar suporte aos clubes.
    .
    Como os Shows da Fé. A audiência faz com que aumentem o valor por segundo dos patrocinadores. No caso da Record, eles divulgam seus próprios produtos, na maior parte das vezes.
    .
    MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAS
    .
    Eu gosto de reunir os amigos pra um futebolzinho na praia. Não estou conveniado a nenhuma entidade esportiva, não comprei camisetas, não fico berrando igual a um louco em estádios e nem arrumando briga (e até matando!) pessoas que torcem para times rivais. Compreendeu?

    .
    Se ninguém assistisse futebol, o Ronaldo não ganharia 1 milhão, e se ninguém assistisse futebol, talvez a bolsa de Mestrado de um Físico não fosse (vergonhosos) 1.000 reais no Brasil.
    .
    Seria menos. Entenda, não é por causa do futebol que os salários são baixos. O Governo tributa tudo e só não tributa igrejas pq crente tb vota. Compreendeu? (acho que não)
    .
    Vejamos: a Arábia Saudita está oferecendo bolsas de estudo. A Inglaterra paga bons salários aos professores (tá, lá não é uma teocracia, mas e daí? A tributação lá é maior que aqui).
    .
    Vc acha que a bolsa de um Físico (que nem é profissão regulamentada aqui no Brasil) seria de 10 mil reais se uma velhinha deixar de rezar com seu terço num oratório? Vc já foi no interior do Brasil? Lugares onde o poder público não chega, as condições de vida são miseráveis e a única coisa que o povo tem é o anseio por viver em glória eterna no colo do sinhô G-zuis. Eu acho isso idiotice e vc tb, mas eles não. O que vc daria em troca a eles? Falar isso aqui, em cidades onde vc pode ter tudo com um simples telefonema é mole, vai lá e diga que G-zuis não existe. Ok, ótimo. Supondo que eles aceitem isso (não aceitarão) EM QUE a vida deles melhorará?
    .
    Pode me dizer quanto é a bolsa de um Físico nos Estados Unidos?

    Spy respondeu:

    @André,

    “BVc está falando de religiões organizadas. Mas não é disso que eu falei.”

    Talvez Vc esteja falando de espiritualidade e não de religião.

    “Eu gosto de reunir os amigos pra um futebolzinho na praia. Não estou conveniado a nenhuma entidade esportiva, não comprei camisetas, não fico berrando igual a um louco em estádios e nem arrumando briga (e até matando!) pessoas que torcem para times rivais. Compreendeu?”

    Coisas diferentes.

    “Seria menos. Entenda, não é por causa do futebol que os salários são baixos. O Governo tributa tudo e só não tributa igrejas pq crente tb vota. Compreendeu? (acho que não)
    .
    Vejamos: a Arábia Saudita está oferecendo bolsas de estudo. A Inglaterra paga bons salários aos professores (tá, lá não é uma teocracia, mas e daí? A tributação lá é maior que aqui).
    .
    Vc acha que a bolsa de um Físico (que nem é profissão regulamentada aqui no Brasil) seria de 10 mil reais se uma velhinha deixar de rezar com seu terço num oratório? Vc já foi no interior do Brasil? Lugares onde o poder público não chega, as condições de vida são miseráveis e a única coisa que o povo tem é o anseio por viver em glória eterna no colo do sinhô G-zuis. Eu acho isso idiotice e vc tb, mas eles não. O que vc daria em troca a eles? Falar isso aqui, em cidades onde vc pode ter tudo com um simples telefonema é mole, vai lá e diga que G-zuis não existe. Ok, ótimo. Supondo que eles aceitem isso (não aceitarão) EM QUE a vida deles melhorará?
    .
    Pode me dizer quanto é a bolsa de um Físico nos Estados Unidos?”

    De forma linear como posto por ti, não parece ter ligação, mas :

    Creio que concorda comigo que futebol e show da fé compõem a cultura panis et circensis do nosso país, entretenimento barato e alienante, que mantém a massa imersa na ignorância. A mesma massa que pesa no dia da urna, a mesma urna que elege, e o mesmo eleito que escolhe as prioridades, como cortar 18% da verba da Ciência (isso foi replicado em algum benefício-esmola?), agora em 2009.

    Problema de arrecadação num país que ocupa o posto 3 no ranking mundial?!

    Eu não tenho estatísticas, mas forte convicção que se fóssemos conhecidos por algo melhor (no sentido de desenvolvimento) que futebol e carnaval, o setor das Ciências receberia mais incentivos.

    Não sei quanto é a bolsa de um Físico nos Estados Unidos, apenas sei o valor das bolsas pro exterior da CNPq.

    (A questão da senhora desamparada do interior não cabe aqui)

    Administrador André respondeu:

    Talvez Vc esteja falando de espiritualidade e não de religião.
    .
    Espiritualidade tem tudo a ver com religião, mas não necessariamente com religiões ORGANIZADAS. Esse é o ponto que vc não entendeu.
    .
    Coisas diferentes.
    .
    Não são, e vou lhe provar.
    .
    Antes da religião, vem os mitos. Os mitos não eram para render filmes de Hollywood (ironicamente, deram no mesmo), e sim para haver uma integração social. Criar uma “identidade” entre as pessoas em seu círculo. Daí, houve uma evolução para algo mais organizado, que seria uma proto-religião . E assim seguiu-se. Sugiro os livros do Joseph Campbell e o Breve História do Mito, da Karen Armstrong (ainda não li o “Ponto de Transformação” dela).
    .
    Meu futebolzinho é uma integração com meus amigos, juntamos as famílias, batemos nossas bolinhas, as mulheres falam mal da gente, as crianmças brincam etc. Fazemos parte de uma “união”, compreendeu? Diferente dos grandes clubes, onde não há uma união (ainda mais hoje com jogadores de vários países, com várias identidades, dentro do mesmo time). É como uma religião organizada, com regras e modos de proceder.

    .
    Creio que concorda comigo que futebol e show da fé compõem a cultura panis et circensis do nosso país, entretenimento barato e alienante, que mantém a massa imersa na ignorância.
    .
    Vc fala do futebol nos estádios, mas eu me referi a uma simples pelada de domingo. Vamos lá, não é difícil assim de ver o que estou falando. Mas concordo que qdo algo se institucionaliza, perde-se a “mágica”, não teremos um Garrincha na vida, como não haverá uma criação de uma Ilíada. O último grande mito foi o Senhor dos Anéis. As novelas de hoje são ridículas nesse ponto. Nossa cultura perdeu muita coisa preciosa com o advento da modernização.
    .
    A mesma massa que pesa no dia da urna, a mesma urna que elege, e o mesmo eleito que escolhe as prioridades, como cortar 18% da verba da Ciência (isso foi replicado em algum benefício-esmola?), agora em 2009.
    .
    Concordo, mas a questão é simples: nosso governo visa extorquir-nos sem dar nada em troca.
    .
    Problema de arrecadação num país que ocupa o posto 3 no ranking mundial?!

    Eu não tenho estatísticas, mas forte convicção que se fóssemos conhecidos por algo melhor (no sentido de desenvolvimento) que futebol e carnaval, o setor das Ciências receberia mais incentivos.
    .
    Vc viu o problema pelo lado inverso. Como não se investiu em C&T, acabamos virando um país conhecido apenas por turismo sexual. A visão que o pessoal da Europa tem de brasileiras é que são prostitutas, indo para lá para “fazer a vida”. O Japão era algo ridículamente destruído no pós-guerra. Ele não parou pra cultuar futebol, ele investiu em Ciência PRIMEIRO.
    .
    Não sei quanto é a bolsa de um Físico nos Estados Unidos, apenas sei o valor das bolsas pro exterior da CNPq.
    .
    Pois é, com toda a idiotice crental que os EUA apresenta de vez em quando, ainda assim investem em Ciência e o próprio Obama disse que era loucura cortar verbas de algo tão estratégico como P&D.
    .
    (A questão da senhora desamparada do interior não cabe aqui)
    .
    Ao meu ver, cabe, pois é uma expressão de religiosidade. Não é culpa dela nem de sua fé que o Papa fale merda. Como todo bom político, ele fala aos seus “súditos” o que eles querem ouvir. Não é muito diferente do que o Lula faz.

    Rafael \m/Ò.Ó\m/ respondeu:

    @André, a analogia da comparação de espiritualidade e esporte ( futebolzinho com os amigos) talvez tenha a ver sim , se começarmos analisando que todos os jogos e reuniões na antiguidade eram em honra dos deuses, e hoje em dia temos que aturar atletas de cristo no futebol, (embora meu desejo era que toda a forma esportiva fosse laica) , imagine um jogador nos dias de hoje, mostrando uma camiseta por baixo da outra com um logo de um louva deus de braços cruzados com a palavra ¨atheist ¨, (como uma que eu tenho 🙂 ) , qual atleta sera mais bem visto ? o que curte a bispa sonia ou o que cultua darwin …sobre criações de mito : Richard Dawkins , tem um texto muito legal no sobre o culto a carga.