Porque o debate com criacionistas é perda de tempo

Isso é um fato. Eu diria uma verdade inquestionável. Uma lei, apesar de não ter nada a ver com a Termodinâmica, já que estamos falando de mentes idiotas e desordenadas e sabemos (quer dizer, os criaBURRIcionistas não sabem) que Entropia não tem nada a ver com desordem.

Não há nenhum site que faça divulgação científica que não seja alvo desse bando de trolls, apedeutas, sem as menores bases de Ciência em nível fundamental de 1º ao 5º ano (antigo CA à 4ª série). Obviamente, nem todos têm a minha grandiosa paciência de responder aos defensores do Design InteliJUMENTO. Eu deveria ganhar uma medalha, mas sou um cara modesto.

Mentira, não sou. Como dizia Nelson Rodrigues: “A modéstia é a desculpa do incompetente”.

Bom, isso posto, temos algumas perguntas que advém dessa posição.

1) Por que CriaBURRIcionistas?

Porque é exatamente isso que são: burros! Convenhamos, a gente explica tim-tim por tim-tim o que é Evolução. A besta NÃO LÊ; e se ler, não entende. Algo relacionado com analfabetismo funcional ou algo do gênero, sabem? Também não descarto o quesito Lavagem Cerebral.

Por mais que você exija uma prova, o distinto “cria” (expressão que usamos para os toscos que defendem a besteira do Criacionismo) não apresentará nenhuma, porque ele SABE que não tem nenhuma. Diz que aceita por fé e ACHA que as pesquisas científicas também são aceitas por fé.

Isso remete a duas coisas: a) Ele é um idiota porque acredita em algo que disseram a ele pra acreditar. b) Ele se recusa a aceitar as pesquisas pois elas não são baseadas na fé dele. Eu poderia até mesmo citar o Rig Veda e dizer que devemos aceitar por fé, mas é ÓBVIO que o “cria” rejeitará. Só a fé dele (cacófato não intencional, mas bem adequado) serve, a das outras religiões, com seus mitos de Criação, não – e muito menos aceitam as provas da Ciência. Dois pesos, duas medidas e muita canalhice.

Podem-se apresentar milhões de evidências, ele vai encontrar algum subterfúgio pra dizer que aquilo não é real, nem que fale imensas besteiras. Bem… besteira maior é aceitar que o homem veio do barro, quando nem mesmo os inventores do mito (a saber, os judeus) levam aquilo ao pé da letra. Resumindo, o cara quer saber mais que os demais e não importa você mostrar as evidências textuais, ele se recusa mais uma vez a ouvir, tampa os ouvidos e diz alto lá-lá-lá-lá-lá-lá-lá, que nem criancinha birrenta.

No meu tempo, remédio pra criança birrenta era o plano de psiocologia C. C de chinelo…

2) Por que falar com CriaBURRIcionistas?

Não tem por que. A gente fala com eles, porque eles simplesmente enchem o saco. Por exemplo, postamos uma notícia que foram encontrados tecidos moles num fóssil de dino. Perde-se tempo explicando o que é um tecido mole e que ele estava fossilizado. A besta chega e diz que isso prova que o dino não tem milhões de anos. Então, você explica que ele foi fossilizado e os pesquisadores desmineralizaram com o auxílio de reagentes e analisaram os vestígios com equipamentos especializados (ninguém toca no assunto de microscópio, mas o “cria” acha que sim). O cara continua defendendo até a morte que eram tecidos tão moles quanto se eu comprasse um bife no açougue. Qualquer imbecil sabe que nenhum pedaço de carne dura dias, meses, quanto mais anos (e nem entro no assunto de milhões de anos), se for por vias normais. Só que até mesmo imbecis ainda usam um pouco de sua massa encefálica, mas só quando tem massa encefálica.

Quando se responde ao cria, você não está na verdade respondendo ao tolo. Você está falando com seus leitores diários ou com pessoas que chegaram ao seu site procurando informações. Ninguém chamou o cria na conversa, mas como todo chato, ele chega atropelando todo mundo com suas besteiras. Você responde e ele ignora, ou porque soltou seus dejetos verbais ou porque suas ligações sinápticas não processarão a informação.

Aprendizado é pra quem quer aprender. Ninguém aprende por infiltração.

Se o dono do site perde a paciência e deleta o monte de besteiras, eles se acham vencedores. “Viu? Não conseguiu me refutar! Blé”. Não importa que a alegação fosse absurdamente idiota como “Houve um dilúvio porque acharam uma formação rochosa que parece um barco”. Ou então “A Bíblia diz que é a palavra de Deus e pra mim isso basta”. A Bíblia fala que existem unicórnios, mas aí surge a desculpa da “embromenêutica, digo, hermenêutica.

O camarada vai sustentar as besteiras até a morte num ad aeternum homérico, apesar de você já tê-lo refutado (que importa? Ele não leu mesmo…). Você o bloqueia para não tumultuar os comentários e aí você é nazista, ditador, feio, bobo, chato e tem cara de mamão.

Você perderá uma noite de sono por causa de um babaca? Eu é que não vou.

É extremamente irritante você exigir provas e eles não fornecerem. Quando fornecem é de fontes confiabilíssimas como “Jesus Voltará”, “CACP” etc. Se você pede o da Science, começam com o #mimimi que os malvados cientistas não permitem que os ativistas do IDiotismo proponham suas idéias. Mas quando interessa (normal e totalmente descontextualizadas) postam um link pra uma publicação indexada, como no caso do Gentry e seus estúpidos halos de polônio. O que não sabem, por que são absurdamente ignorantes, é que na publicação, Gentry fala do método de análise, mas não dos resultados! Os crias “esquecem” que Gentry não usou amostras coletadas com método e sim aceitou doações vindas de sabe-se lá onde. Os revisores acharam que aquilo era besteira e mandaram o cara pastar. Gentry não conseguiu publicar nem mesmo na página da Universidade onde trabalhava, fazendo um site exclusivo para ele. O que isso prova? Tudo, ué! Por isso que crentes TÊM que aceitar que Shiva é um deus, já que existem sites sobre hinduísmo e que Krishna é um deus personificado. Devemos inclusive rezar pra Ashtar Sheran, pois ele é o caminho, a verdade e a vida.

Já que site particular prova muita coisa, vamos aceitar todas as religiões, todos os deuses e não ficar só no monoteísmo 3 em 1 do Cristianismo Microsystem. Que tal? E vaos aceitar os sites ateus que dizem que tudo isso é um monte de sandices. Isso é que é ser inteligente, afinal um argumento tem que ser válido em todas as circunstâncias, não é mesmo?

A verdade, meus caros crias, é que a informação NÃO É para vocês e vocês sequer são bem-vindos. Assim como blogs cristãos não aceitam que contradigamos as besteiras da Bíblia (posso citar um monte delas, mediante a própria Bíblia e não conheço quem me desafie) e sequer aprovam os comentários. Deixamos vocês postarem aqui por imensa BONDADE. Deviam nos agradecer, pois eu perco meu tempo respondendo a Idiotas, por consideração e magnânima vontade de ensinar. Não a vocês, crias, mas aos nossos visitantes. Mas isso só dura enquanto NÓS quisermos, e não vocês.

CriaBURRIciosnismo é religião. E covarde, ainda por cima! Tão covarde e vergonhosa que não assumem o que são. Travestem-se de Ciência a fim de enganar incautos. Funciona, é verdade. Como outros acéfalos que querem acreditar em cobras falantes. Cristãos esclarecidos e que estudam a fundo sabem que tudo isso não passa de mito, mas nem por isso renegam a sua fé. É inútil explicar a um pobre coitado fundamentalista o que é uma Era Axial e a importância de mitos na sociedade. Nunca lerão Joseph Campbell ou Karen Armstrong. Mais fácil rotulá-los de ateus, apesar de Campbell era cristão e Karen Armstrong foi até mesmo freira!

Mas não são cristãos de verdade.

Francisco Ayala? HEREGE!

Silas Malafaia? Um servo do Senhor. Ele e seus pitis contra homossexuais e pessoas que não seguem sua religiãozinha mequetrefe da qual ele entende muito pouco. Bem, se ele entendesse, ele não a seguiria. Ou entende e arrumou um meio de tirar dinheiro de otário. A vida tem dessas coisas.

3) Qual é a saída para os blogs científicos?

Deixem os idiotas relincharem e chafurdarem em seus chiqueiros. Não quer aprender? Azar. Não temos obrigação de provar nada. Já foi tudo provado e as bibliotecas e a Internet estão cheios de trabalhos e e-books para baixar e ler. Claro, isso só serve para quem é alfabetizado e domina a própria língua. Pior é o cara que faz vergonha com seu próprio idioma e ainda quer interpretar “ingreis”. Só rindo mesmo. Não sabem a diferença entre “mas” e “mais”, não sabem escrever a palavra “simplesmente”, não sabem construir frases inteligíveis, não sabem nada, já que nunca leram um livro na vida. Nem mesmo a Bíblia leram. Coisa normal nos asininos.

No fundo, responde-se aos crias por seu apelo de entretenimento. É divertido fazê-los passar vergonha, mas tem hora que cansa. Daí, como eu disse, basta bloqueá-los e eles que reclamem com seus pastores. Enquanto isso, eu estarei preparando outro artigo de divulgação científica, e mando as besteiras que eles escrevem, dando cabeçadas no teclado, aos meus amigos. Cria é sempre fonte de bom humor, após um dia estafante de trabalho.

A conclusão disso tudo é: discutir com criaBURRIcionista é como lutar com porco no chiqueiro. Você se emporcalha todo, o porco adora e nada muda. Debates com Design InteliJUMENTO é promovê-los a algo similar a científico, o que não são. DI é religião, covarde e inútil. Lugar de religião é na igreja. Lugar de cientista é debatendo com cientistas sérios, que apresentam pesquisas, análises, evidências, provas e faz intercâmbio com outros cientistas, outras análises, outras evidências. Só assim o conhecimento avança. As prédicas nas igrejas são sempre a mesma ladainha, se me permitem o trocadilho.

Se querem acreditar que a Terra é chata feito pizza e o mundo tem 6 mil anos, eu sinceramente estou me lixando; assim como pouco me importo se alguém arreia despacho na encruzilhada ou dá 7 pulinhos nas ondas. Cada um tem a superstição como quer. Cientistas estão ocupados produzindo conhecimento, que será usado até mesmo pelos crias.

Os próprios crias se esquecem sempre, de forma muito conveniente e desavergonhada, que tudo o que usam em suas vidas é resultado dos cientistas a quem tanto criticam e soltam maledicências. Querem exemplos? O computador que os crias usam tem um Sistema Operacional. O Windows foi criado por Bill Gates, um ateu, e ainda por cima é o maior doador de recursos para a caridade na África. É Linux? Bem, Linus Torvalds também é ateu. Para os crias que não compram computadores em 360 vezes na Casa Bahia, e investiram num Mac da Apple, meus sentimentos. Steve Jobs também é ateu. Gostam do conforto da eletricidade em casa e usam lâmpadas elétricas? Bem, ela foi inventada por Thomas Edison, adivinhe o que ele era? As vacinas que tomam, os carros, geladeiras, fogões, microondas, móveis em suas casas montados por processos industriais, cartões de crédito e débito, televisão, canal a cabo, aparelhos de som, etc. TUDO ISSO não foi fruto de gente de quatro rezando, com uma Bíblia, Alcorão ou com o livro de receitas da Dona Benta. Foi fruto de pesquisas intensivas, que demoram anos, décadas e até séculos! Nada apareceu da noite pro dia através de uma benesse divina. Um parente seu foi salvo milagrosamente num hospital? Realmente, foi um milagre… Um milagre chamado MEDICINA.

E a Bíblia fez o que na vida dos crias? Nada! Mandem os crias para uma ilha deserta, munidos apenas do livrinho mágico e totalmente desprovidos de conhecimento cientifico, e estarão todos mortos em questão de semanas (ou mesmo dias) de fome e sede, ou até mesmo se massacrando mutuamente em nome da fé, por mais que rezem ao deus que gosta de brincar com barro.

O conhecimento que eles alegam ser falso, mas que a dorzinha de cabeça os faz recordar que rezar de quatro não vai adiantar nada.

É com esse tipo de gente que merece atenção da comunidade científica? Perder precioso tempo, ao invés de se concentrarem em pesquisas sérias a fim de melhorar a tecnologia e qualidade de vida das pessoas? Tem que ser muito Idiota pra se achar tão importante assim.

Relinchem à vontade, pessoal. Prefiro dar mais atenção ao que meu hamster com Síndrome de Down tem a me dizer.

62 comentários em “Porque o debate com criacionistas é perda de tempo

  1. Leve em consideração que vocês estão conversando com crianças:
    Péssima gramática, acreditam em contos de fadas, acham que estão com a razão e perdem a paciência, partindo pra agressão.
    Isso é um comportamento típico de crianças mimadas e birrentas.
    Um adulto, maturo, alfabetizado e mentalmente saudável, não se comportaria desse jeito. (Pode refletir a idade mental do sujeito)

  2. Concordo!

    Uma outra questão, que me deparo muito; sobre a bíblia:

    Se perguntarmos á um crente, se a bíblia é “interpretada”, ele berra que ela tem de ser levada na íntegra (assassinar mulheres grávidas, matar homossexuais atec..).

    No entanto, se estamos discutindo, massacre de mulheres adúlteras (exemplo); eles berram (dinovo) dizendo que a bíblia TEM Q SER INTERPRETADA!

    P$#$@.. ou é uma coisa; ou é outra!

    Um exemplo, foi o caso da menina de 9 anos estrupada pelo padrasto.
    Eu, disse que a bíblia “incita” a pedofilia, mandei o trecho do versículo onde moisés, maomé, sei lá…. manda matar todo mundo, mas deixando as meninas “virgens” como escravas. Isso “interpretado” torna-se pedofilia; ou eles só iam mandar as moçoilas lavar roupa e trazer o café, fala sério!!!!

    Bem, com esse argumento, fui bombardeado porcrentes, dizendo que a bíblia não pode ser “interpretada” e sim, seguida a risca…

    Então refutei o caso do “ouro enferrujado”…preciso dizer que fui expulso do blog? :lol:

    1. @Hotsea,

      Pera; pera kkkkkk

      Tava lendo a definição de hermenêutica:

      1 Arte de interpretar o sentido das palavras, das leis, dos textos etc.
      2 Interpretação dos textos sagrados e dos que têm valor histórico.

      Então, eles interpretam a bíblia hermeneuticamente?

      E depois brigam comigo, qndo digo que os seguidores de maomé praticaram pedofilia com as moças “virgens” de 15 anos que eles escravizaram… :lol:

  3. Porra, graças ao ano internacional da astronomia, aqui onde eu estudo estão rolando palestras sobre astronomia com pesquisadores de diversas universidades e institutos de pesquisa, e após a palestra sempre surgem perguntas sobre radiação cósmica de fundo, habitabilidade de planetas, etc, etc, etc…
    Porém, como as palestras são abertas ao público, toda vez aparece um sujeito da UFO ou de alguma igreja qualquer.
    Em uma delas um sujeito com uma bíblia ficou perguntando sobre frases da bíblia e tentando fazer a ligação do jóquei de jegue com os ets, logo depois outro sujeito começou a contestar a hipótese da vida ter se desenvolvido a partir de organismos primitivos usando adivinhem qual argumento…

    O que mais me irrita é que o pessoal da física e da engenharia com perguntas interessantes, e crentes gastando tempo perguntando bobagens.

    1. @Thomas,

      Ou Thomas, eu discutiria LEGAL com um crente numa situação dessas…

      Confronte-os, vai sair como herói :wink:

    2. @Thomas,

      Numa reunião de pais, a professora passou o que estava ensinando para as crianças,aproveitando o Ano Internacional da Astronomia para explicam a criação do universo, “criador e a criatura”, fazendo uma mistura de religião com ciências (depois eles falam que Logosófia não é religião), pois bem, em resumo o que deu para entender é que tudo foi criado pelo Criador.
      É muito difícil encontra uma escola séria que não encaminhe as crianças religiosamente, para mim basta uma boa educação e respeito pelas pessoas e com si mesmo.
      Bem, que me deu aquela vontadezinha de falar: professora “Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.” rsrsrs Seria arrumar confusão não só com ela, mais com a diretora e com os pais também.
      Mas, por enquanto eu esclareço os meus filhos e depois eles escolhem o caminho que querem tomar, é o que posso fazer.

      1. É muito difícil encontra uma escola séria que não encaminhe as crianças religiosamente, para mim basta uma boa educação e respeito pelas pessoas e com si mesmo.
        .
        Como a minha, por exemplo? Eu faço uma separação clara entre ciência e religião e mais clçaro ainda que eu só vou falar de Ciência, sem entrar no mérito de religiões.

        1. @André,

          É? Qual é a escola? Fica em Minas?

          Mas o certo é dar aula de ciências sem entrar em assunto religioso, eu acho que as escolas deveriam sim, ter duas disciplinas obrigatórias, filosofia e teologia, sem que os mestres fossem tendenciosos, outra coisa também, é o ensino sobre história geral, os professores normalmente não falam as malícia de nossa história.

        2. É? Qual é a escola? Fica em Minas?
          .
          Não.
          .
          eu acho que as escolas deveriam sim, ter duas disciplinas obrigatórias, filosofia e teologia, sem que os mestres fossem tendenciosos
          .
          Não vejo motivo. Filosofia pra que? E teologia? Tá, filosofia até pode ser relativamente interessante, mas teologia é a coisa mais idiota que seria ensinada. Iriam ensinar TODAS as religiões? Qq facurdadi de teologia só fala de UMA religião, segundo UMA vertente.
          .
          outra coisa também, é o ensino sobre história geral, os professores normalmente não falam as malícia de nossa história.
          .
          Pq elas não estão nos livros e nem são matéria de vestibular. Agora, com o uso (imbecil) do ENEM para selecionar os candidatos, a tendência é só piorar.

        3. @André,

          “outra coisa também, é o ensino sobre história geral, os professores normalmente não falam as malícia de nossa história”.
          .
          “Pq elas não estão nos livros e nem são matéria de vestibular. Agora, com o uso (imbecil) do ENEM para selecionar os candidatos, a tendência é só piorar”.

          Pois algumas dessas coisas eu realmente não aprendi no ensino fundamental E NEM em no ensino médio, aprendi foi no pré-vestibular, sendo comentários a parte, o que foi muito interessante, porque fazia todos entender melhor os acontecimentos dos fatos.

        4. @Paula, Infelizmente não há como colocar aulas RElIGIOSAS nas escolas. Isto não é ciência, é dogma.

          Imagine só aulas religiosas : Só no cristianismo, existe aqueles que interpretam a Bíblia literalmente, aqueles que acham que são épocas.. outros que acreditam no dilúvio, outros que acreditam em parte do dilúvio…
          Impossível !!!

  4. “plano de psiocologia C. C de chinelo”

    Bons tempos aqueles dessa psicologia, a qual foi muito utilizada no meu caso, e agradeço cada vez que ela foi usada, pois me tornou uma pessoa melhor. Não tenho do que reclamar.

    Já a psicologia do “não pode bater, tem que conversar, tem que ser amigo” que vemos hoje dia cria jovens sem limites, que não respeitam ninguém (lembro saudoso do tempo em que professores eram respeitados, por exemplo) como vemos tanto nos noticiários. Pais não são amigos. Pais são, antes de tudo, PAIS.

    “Perde-se tempo explicando o que é um tecido mole e que ele estava fossilizado (…) O cara continua defendendo até a morte que eram tecidos tão moles quanto se eu comprasse um bife no açougue”

    Não sei o porquê, mas senti um “cheiro” de Sabino neste parágrafo… :grin:

    Por sinal, várias vezes já vi o André dizer que não entra no site “deles”. Eu, curioso para saber como as coisas andam por lá, entrei no blog do Sabino.

    Na pequena discussão que tive por aquelas bandas, percebi que é muito comum eles utilizarem argumentos convenientemente “preparados” – ou melhor dizendo, “formatados” – para caber no pensamento criacionista.

    Exemplos:

    Pedi uma prova de que o mito de babel era real, e me passaram um link para uma notícia sobre escavações nas Américas descobrirem ruínas antigas. Assumiram, assim, que tais ruínas eram porque aquele povo “trouxe na memória” a capacidade de construir edificações (“tecnologia de babel”). E que eu era “muito ingênuo” por achar que, diante dessa descoberta, os pesquisadores fariam qualquer comentário sobre a bíblia ser verdadeira. Como não me dei por satisfeito, entrei no link original da notícia e percebi que eles, convenientemente, esqueceram da parte em que a pesquisadora fala que “A descoberta mostra ao mundo que, TAMBÉM NA AMÉRICA, os seres humanos DO Novo Mundo tinham a MESMA CAPACIDADE de CRIAR civilização que no Velho Mundo”.

    Um outro participante postou um link para uma “famosa evidência” da torre de babel, que dizia: “Em 1872, George Smith descobriu um tablete cuneiforme que trazia o seguinte relato acerca da edificação de um zigurate que provavelmente poderia ter sido a torre de Babel”. Quando retruquei dizendo que “Construir zigurates era comum na mesopotâmia. Daí a concluir que um deles em paticular é a torre de babel vai um caminho muito longo” e que “se formos considerar como a ‘torre de babel’ qualquer construção do oriente médio, fica fácil”, não obtive resposta.

    Pedi para desfazerem a contradição sobre a morte de Judas. E não é que desfizeram? E como foi fácil!!! Judas se enforcou numa árvore perto de um penhasco, e depois de algum tempo a corda arrebentou e ele caiu… Novamente esta resposta veio em forma de um link para outra página onde, convenientemente, parece que esqueceram que a autora (religiosa) diz que “é seguro assumir que Judas enforcou-se e o galho, ou a corda, eventualmente, partiu”. Ou seja, eisegese pura (forçar o texto a dizer o que não significou, ou acrescentar ao texto o que não estava lá).

    E realmente não adianta você postar provas, evidências, estudos, porque eles simplesmente não aceitam (apesar de querer que aceitemos as “provas” deles). É muito estranho, parece que realmente não lêem nada que vá de encontro a suas crenças.

      1. @André,

        KKKKK essa eu quero discutir :)

        Qnto a maomé, moisés e etc.. do post acima… não importa, ambos não existiram hehehe :lol:

        1. @Hotsea,

          É que a história de Maomé é novinha, foi do ano 610 d.C ou E.C, enquanto a história de Moisés foi 1.200 a.C. Muito tempo, né?

          Eu tb não falo mais nada, se não vou levar tb. rsrsrsr

          André é mais duro que o pau do pica-pau!

        2. Na verdade, a montagem final da Bíblia Hebraica (aka Tanach) se deu no século VII AEC. As referências às cidades mencionadas no Êxodo não existiam no século X AEC

    1. Acho que pai pode bater, mas td tem seus limites, não podemos esquecer da historia do filho que chegava tarde em casa e os pais amarraram ele de cabeça pra baixo e ficaram surrando ele, por que não deixaram a porta de casa trancada pro muleque dormir do lado de fora? Eu apanhava direto qndo era novo, mas qndo fui crescendo a pancadaria foi sumindo, engraçado, hãh? é por isso que eu digo q pode bater sim, mas td tem seus limites.

        1. @André,

          kkkkkkkkkkkkkkkkkk

          Você é mal heim :lol:

          Eu estava me referindo á esta “espada de são jorge”:

          Mente impura heheheh

          Voltando, dê umas surras com ela, nas pernas dos “bambini”, que eles nunca mais esquecerão :wink:

        2. @Hotsea,

          Boa! Pedagogia portuguesa.

          Uma amiga me deu uma dica, ela tem dois cavalões, assim como eu, ela disse que primeiro ela conversava, na segunda ela avisava e na terceira lá vai…
          No começo quando menores ela ia com o chinelo, eles cresceram um pouco e o chinelo perdeu efeito, ai ela partiu para o cinto, quando eles já estavam maiores do que ela e começavam a se atracarem e ela não tinha como entrar no meio, se não apanhava tb, o jeito foi arrumar um chicote de cavalo.kkkkkk
          Ela me disse que não precisava nem usar, assim que ela colocava a mão no chicote, os cavalos corriam um pra um lado e outro pra outro. kkk
          Criar macho é assim!

          Aqui em casa nós conversamos, pedimos com calma, contamos até três, colocamos de castigo, falamos mais duro, em ultimo caso, quando tudo já foi tentado vai uma chinelada no bum bum, de preferência o chinelo do pai que é maior.
          Depois, é só pegar o chinelo que eles param, não precisa nem usar também.

          Ai, quem olha de fora, fala, não se deve fazer isso, não se deve bater, tem que conversar. Normalmente não fazem ideia o quanto é difícil educar e dar limites, fazê-los te respeitar e respeitar as pessoas, os críticos com certeza, não tem filhos, ou se tem não os criam, quem cria é a vó, a sogra, a babá, a vizinha, a creche e que realmente tem que aguentar todas as pirraças e provocações e até mesmo xingamentos.
          Acontece, que as beldades crescem e depois ninguém segura, ai quem ensina é a vida, e se eles sofrem vc também sofre, portanto, corretivo neles.

      1. @ZzXx,

        kkk
        Agora me fez lembrar a minha mãe/avó, uma vez me deixou do lado de fora,rsrsrsrs, vai ver era porque ela já não conseguia me pegar pra bater.
        Não sei por que ela fazia isso, eu sempre fui tão comportada.
        hehehe

        1. Hoje em dia, deixar filho fora de casa é prêmio e eles agradecerão comovidos. O lance é fazê-los enfrentar coisas que eles realmente odeiam. Estudar, por exemplo, com direito a tomar a lição. ;)

        2. @André,

          rsrsrs
          Coloca ódio nisso! São choros e porradas na mesa. rsrsrs

          Eu nem coloco os estudos como castigo porque para eles já é naturalmente, e depois ficam traumatizados,e preferível ficarem traumatizados com o chinelo mesmo.
          Eu já ouvi que, “quem inventou a escola é um idiota”, ” o dever de casa é um inimigo”, ” não deveria de existir escola”.
          Mas, mesmo assim o senso de responsabilidade tem, não que faltar, para não perder matéria, se preocupa com o horário para não chegar atrasado e as notas são acima da média e faz questão de exibi-las. rsrsr

  5. A bíblia é um livro tão cretino,dúbio e idiota, que algumas de suas frases ou profecias babacas podem ser encaixadas até mesmo na epidemia da gripe suína. Se eu falar prá vocês que até o fim deste ano vão morrer pessoas importantes, com certeza morrerão pessoas importantes até o fim deste ano. Com esta terrível profecia eu devo ser considerado um grande profeta. Todos os profetas de lívros imbecís semelhantes à bíblia destilaram profecias tão verdadeiras quanto a que eu profetizei acima. Só mesmo estúpidos e idiotas podem acreditar em profetas e lívros sagrados.

  6. Me lembro do ‘Perolas Religiosas’ qndo uma crentinha falou “Quem acredita nos cientistas!?!?” oq a religião consegue fazer chega a ser medonho

  7. Uhuh… noto uma certa frustração neste post :)

    Quando alguém escreve posts de desespero como este é sinal que os criacionistas andam a fazer um bom trabalho em trazer a público a fragilidade do edifício darwinista.

    Bom post, quem quer que tenha sido o autor.

    1. @Marcos Sabino,

      Sinto uma tremenda frustracao em vc.

      Foram pedidas varias vezes que vc refutasse os artigos da serie “Tipicos Erros Criacionistas”, e ate hoje vc nao fez nem um unico comentario. Nem mesmo uma letrinhha.

      E como vc nao fez isso, vc mostrou que o seu fragil edificio criacionista desabou completamente, virou po e ainda varrido pelo vento de suas vãs palavras…

      Sao pessoas como vc que fazem um excelente trabalho em desacreditar a hipotese criacionista.

  8. Aff…

    Pérolas Sabinescas, dinovo? :lol:

    Aquele “carrapato gigante” (trilobita) kkkkkkk, que acharam ae em portugal tem 6.000 anos só né? :lol:

  9. “Quando alguém escreve posts de desespero como este é sinal que os criacionistas andam a fazer um bom trabalho em trazer a público a fragilidade do edifício darwinista.”

    Pobre Sabino… como sempre, viajando na maionese. Completamente sem noção, segurando-se desesperadamente à última tábua de salvação do navio naufragante do criacionismo.

    Em tempo… acabou o “Pérolas Religiosas”?

      1. Eim, desde o ano passado, meu Notify me of follow-up comments via e-mail não funcionou mais. E eu continuo comentando com o email de sempre… Alguma sugestão?

    1. Renato Kistner,

      Em verdade, em verdade vos digo que o link se ‘autozuou’; é que ele, fiel ao seu dono (do blog), resolveu adotar o método sabiniano de dar tiros no próprio pé.

      Abraços!

  10. Ótimo texto.

    E somo: recentemente, ao remeter a um CRIA em esperneio com suas tonteiras e dúvidas “terríveis”* textos meu par que lê-se (aquela coisa que para CRIAS DÓI!) respondeu-me: -Tenho preguiça… e completou com a marvilhosa cereja – – E minhas dúvidas continuam sem resposta!

    Ou seja: o caso é de psiquiatria.

    *que mais mostram ignorância (aliada à imensa presunção baseada em sua fé distorcida)

    CRIAS SÃO MINHAS PALAVRAS CRUZADAS, MEUS PUZZLES!

    Abraços primatas
    []s

    o
    [:)
    o

  11. Outro dia, vendo um video do “DOTÔ” Adauto Lourenço, achei muito curioso, ele dizendo que se você estiver num lugar com temperatura muito baixa (-50°c), e jogar no ar, uma algo quente (+60°c), como uma xícara de café, o líquido vaporiza, ou seja, vira vapor. Pois esse idiota é tido como o super star da ciência bíblica, se é que isso existe!

  12. Realmente não adianta debatermos!
    O que podemos é conversar…se a pessoa estiver interessada em ouvir,continuamos…se não…!!!
    Tenho um amigo que se formou em Historia,ha pouco tempo…
    desde quando iniciou a facul.ele ja tinha saído da igreja..
    o cara não tava mas nem ai pra igreja..mas quando iamos conversar ele vinha me dizer que acreditava em G$u$ e q um dia ia voltar pra igreja!!
    Porém nas conversas q tinhamos ele sempre concordava e dava a opnião dele tbm!resultado..5 meses depois ele assumiu ser ateu! :smile:

  13. Primeiro gostaria de agradecer por esse site maravilhoso,com ensinamentos científicos com as quais aprendi muito.Senti falta de alguns fatos de evolução da Terra e das formas de relevo.Há a evolução do mar Bambuí em MG onde o cácio foi precipitado em fundo marinho( e onde encontraram um fóssil que prova que esse mar interno foi raso e quente. nessa área onde hoje há grutas maravilhosas que evoluiram a partir da dissolução química do calcário pelas águas de infiltração e por rios subterrâneos,além dos desmornamentos de teto o que todo geólogo sabe é um exemplo simples e comprovado de evolução.Como podem os crentes não acreditar nos fatos?

    1. O debate com os evangélicos (criacionistas) é perda de tempo mesmo.
      Eu estive adoentada e uma amiga, que virou crente, me chamou para fazer orações num grupo de mulheres evangélicas, onde havia gente de todas as religiões e só gente com curso superior( advogadas,médica,prof de portugues,psicóloga).Era um grupo de estudo da bíblia e de orações com adoração a Deus.Gostei das orações( fui católica,mas evolucionista e costumo rezar,mas não misturo religião e crença em Deus com ciência).Quando começaram a falar de Adão e Eva,arca de Noé, de citações na bíblia como respostas de Jesus a uma humilde pedinte que não era do povo para o qual ele veio salvar e da personalidade de Deus que só quer ser adorado sem parar ,eu disse que achava a personalidade daquele Deus meio esquisita e que não acreditava em Adão e Eva ,arca de Noé e que a resposta de Jesus aquela humilde mulher foi meio grosseira. Além de discutir que sexo antes do casamento não pode e que o homem é a cabeça da mulher e aquela que não se casou, deve ficar virgem para sempre.Aliás uma moça velha, que estava namorando, perguntou à lider se deveria deixar de transar na idade dela com o seu namorado. Eu,contrariando a líder disse que não, que deveria transar e que hoje o homem quer é uma companheira do seu nível intelectual para juntos dividrem a educação dos filhos.Falei que se quisessem eu não iria mais participar das reuniões porque eu jamais iria na igreja porque não gosto de religiões e que não acreditava na bíblia como eles( que a bíblia foi escrita por homens numa época com outro contexto cultural,político e social e,sem nenhum conhecimento cientifico ainda descoberto, fazia,senso comum ,com que aqueles homens só pudessem pensar que um ser divino e genial poderia ter feito a natureza daquela forma, como se apresentava, sem evolução nenhuma! . Mesmo assim, me disseram que eu continuasse indo porque eu não sabia se um dia eu mudaria de opnião.Agradeci e não mais voltei, quando todas disseram que transar antes do casamento, só traz sofrimento para a mulher quando o namorado não se casa com ela.Também não discutiram meus argumentos sobre a Arca de Noé não caber toda a diversidade animal,e sequer ouviam meus argumentos,nada disso lhes interessava ,e nem ficaram iradas quando disse que a psicóloga poderia fazer uma análise da personalidade daquele Deus.Disseram que não precisamos de psicólogos porque a nossa fé e segir a bíblia e ser humilde ,pedir perdão a Jesus e pedir a ele tudo o que você quer que você receberá na hora certa (na hora que ele quiser)faz de nós mulheres felizes,deixamos de sentir um vazio que preeenchíamos comprando nos shopings.
      Tenho pavor de evangélicos,deles ultrapassarem o número de fieis e alcançarem poder no governo.Até as grades escolares do ensino seriam mudadas.Ainda bem que tem evolucionistas muito competentes e pessoas como o André nesse site aberto ao público público.

        1. Tomare que tu pegue uma doença, daí vamos ver quem vai te ajudar, se é a ciência, ou se é “deus”

          E aqui temos mais uma amostra (não-viciada apesar de auto-selecionada, diga-se de passagem) do incrível, infinito e doce amor cristão. Coisa linda de se ver.

          Já você, se pegar alguma doença, todos sabemos que você não vai correr para a Deus é Amor, para ser curado imediatamente por um apóstolo. Você irá para um hospital, fruto de séculos árduos de trabalho científico. Porque até o crente fundamentalista mais tosco sabe que sua fé é inútil, e que só a ciência resolve.

        2. Acho muito foda esse tipo de raciocínio! Como se alguém se restringisse a rezas em vez de ir a um hospital quando está doente.. Se bem que, há otário para tudo, não?
          http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL1474732-5603,00-CASAL+RELIGIOSO+DOS+EUA+E+CONDENADO+POR+NEGAR+TRATAMENTO+A+FILHO+QUE+MORREU.html

  14. Realmente, tive minha experiência recente, de observar a ignorância de um criacionista, e bem tosco ainda por cima, entrei naquele tal site Darwinsmo, achei que era com conteúdo cientifico decente, mas pelo visto era bait, dos mais sujos. Então vi um artigo sobre o Celacanto e o Tubarão-Cobra, como falaram tanta merda sem sentido, não pude me conter, tive que comentar, apresentei links de alguns artigos e tentei explicar sobre taxonomia (ignorada por eles). Resultado! Levei uma resposta cheia de amor cristão e fui bloqueado.
    O mais irônico, os poucos “artigos” com fontes do site, são fontes de sites científicos apresentando uma explicação totalmente contraditória ao que ele acreditam, evidenciando a falta de leitura deles. Lamentável que tenha tanta gente mentirosa querendo atenção, mais lamentável ainda, é a maldita teimosia criacionista, de querer provar Deus e Bíblia, e o que fazer para eles entenderem sobre a irrelevância de Deus na ciência.

    1. Como eu mesmo posso observar aqui, colocar link de fonte e nada é a mesma coisa, porque ninguém clica. Já coloquei link errado de propósito e ninguém viu.

    2. Um artigo do referido site que ficou marcado na memória foi o dos dinossauros de Papua Nova-Guiné. Li o texto e os comentários subsequentes e toda evidência para os répteis gigantes se resumia aos relatos dos moradores das ilhas papuenses e o apelo à autoridade de um deles que era pastor de uma igreja. E o autor do blog disse que pesquisadores foram averiguar os rumores.

      Que raios de pesquisadores são esses que se contentam com evidência anedótica para delinearem conclusões?!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s