O modelo de ensino tradicional que forjou um império

Quando a gente fala “escola”, imediatamente se pensa em lousa, cadernos, anotações e professor corrigindo tarefa. Bem, não é muito diferente ao longo dos séculos, com alunos escrevendo as tarefas e os professores corrigindo usando TCHARAAAAAAAAAAN tinta vermelha.

Pedagogas chorando copiosamente agora.

Este tablete mostrado logo acima é uma tábua de dever de casa revestido de gesso. O geso era usado para apagar o que fora escrito para poder escrever de novo. Ele data do Império Médio do Egito, também chamado “Período de Reunificação”, datando de cerca 2050 A.E.C. e 1710 A.E.C. É chamado “Período da Reunificação” quando Mentuotepe II – da 11ª Dinastia – meteu quente lá e promoveu a reunificação do Egito quando assumiu o reinado de Tebas, que andava se estranhando com o reino de Heracleópolis. Mentuotepe II mostrou quem mandava.

Depois de reunificado, Mentuotepe II como bom governante, gasto uma grana com obras públicas (obra pública era uma forma de acabar com desemprego e desenvolver a nação, seja o Egito, Assíria, Império Hititia etc. Hoje, políticos fazem obras mas não entregam, só se gasta e tudo some PUF!). Larga maioria das obras de Mentuotepe foram devoradas pela inclemência dos séculos, mas muita coisa ainda ficou, como os templos em Dendera, Gebeleim, Abidos, Tod, Ermante, Elcabe, Carnaque e Assuão.

Voltando ao tablete, podemos ver um aprendiz de escriba estudando e exercitando sua escrita, mas pode-se notar que não é perfeita, longe disso. Os hieróglifos estão de tamanhos diferentes, não estão alinhados o espaçamento não é uniforme e alguns dos símbolos estão errados, em que o professor corrigiu com tinta vermelha, que nem eu fiz hoje com umas bobagens que colocaram na minha prova. O problema é que foi online e eu tive que escrever no meu monitor com uma caneta permanente. Fuck my life!

O método tradicional é ruim? Antiquado? Obsoleto? Vejamos.

Egito, com ensino tradicional:

Brasil, com modernidades

O que vocês preferem?


Fonte: The Metropolitan Museum of Art

4 comentários em “O modelo de ensino tradicional que forjou um império

Deixe uma resposta para abnerwilliandasilvaluna Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s