Mais um projeto de lei para disseminar Criacionismo nas escolas

Gladiadores usavam gatorade genérico
De volta nós estamos. Livres nós ficamos!

Eu sempre achei que religião é igual a pênis: Tenha uma, sinta-se no direito de se orgulhar dela, mas não tente enfiar nos outros que isso não é legal. Então, a escumalha criaBURRIcionista, no uso de suas tosqueiras, insiste em enfiar aquela porcaria que diz que morcegos voam são aves, insetos possuem quatro patas e as plantas surgiram antes do Sol.

Um deles é o pastosco Marcos Feliciano, figurinha conhecida do rol da imbecilidade, em que ele não concorre a presidente, pois é hors concours.

Colecionando as palhaçadas dos estúpidos políticos criaburricionistas, esta é a sua SEXTA INSANA!

O Brasil é formado por uma população extremamente imbecil, isto é um fato! É tão idiota, que com o término das eleições queriam fazer o impeachment da presidente eleita, achando que isso faria uma nova eleição, esquecendo que existe vice-presidente pra isso. Também se acostumaram demais com petições online, o auge do sofativismo. Agora, eu gostaria de saber se os mimizentos de sempre vão para as ruas reclamar de mais 20 centavos ou da implantação de criacionismo nas escolas.

Quem editou essa lei foi o magnifico Marcos Feliciano, xenófobo e homofóbico, com sérios problemas cromossômicos. Marcão acha que Evolucionismo é alguma espécie de religião e redigiu um projeto-de-lei obrigando colégios a terem aula de Criacionismo, porque…. Por que, mesmo? Vamos ler a justificativa (com comentários):

Ficam inseridos na grade curricular
das Redes Pública e Privada de Ensino,
conteúdos sobre Criacionismo.

Porque país laico é aquele que faz o que minha religião manda.

JUSTIFICAÇÃO

Hoje mais do que nunca o “cientificismo” que muito nos ajuda, tem rejeitado qualquer conceito ou ensino de origem divina como se fosse possível submeter à autenticidade do Criador em laboratório de experimentos humanos.

Eu quero que Deus seja ensinado nas aulas de Ciência, mas Deus não pode ser hipotetizado, não pode ser testado, não pode ser comprovado, não pode ser falseado, não pode ser nada que se considere válido perante o método científico. Mas EU QUERO que Deus esteja na porra do ensino de Ciências, ou vou reclamar pra minha mãe!

Ah, sim! Isso tudo é cientificismo, uma forma de eu xingar estes trouxas, fingindo que eu sou a favor de algo mais evoluído do que sacrificar animais em honra ao deus que eu acho que é o único que existe.

Como é sabido, hoje vigora nos currículos escolares o ensino do EVOLUCIONISMO, propagando que a vida originou-se de uma “célula primitiva” que se pôs em movimento pelo “Big Bang”. Em termos mais simples, “os seres vivos provieram da matéria inorgânica, e das plantas se originaram os animais e, por fim, dos animais teria provido o homem”, ou seja, “sempre do menos teria vindo o mais, do inferior, por desabrochamento, teria vindo o superior”.

Tá tudo certo aí. Só tenho que fazer pequenas e insignificantes ressalvas: Evolucionismo não fala de origem da vida, não fala do Big Bang, não fala que apareceram células vivas do nada, não fala propriamente DO Big Bang, não fala que seres vivos vieram de matéria inorgânica, não fala plantas deram origem aos animais, nem fala que do inferior viria por "desabrochamento" (????) o superior.

Fora isso, o parágrafo citado está completamente certo.

Ocorre que por força da fé, dos costumes, das tradições e dos ensinos cristãos, a maioria da população brasileira crê no ensino criacionista,

A maioria da população não é homofóbica como o senhor, pastor. Também não acha certo o seu discurso de ódio. Infelizmente, a maioria não decidiu que o senhor devesse estar aí.

como tendo sua origem em Deus, criador supremo de todo universo e de todas as coisas que o compõe, como animais, plantas, o próprio homem.

Sim, o homem que veio do barro, mas é o Evolucionismo que disse que seres vivos vêm de matéria inorgânica. (E eu nem vou mencionar que você não sabe diferenciar composto inorgânico de orgânico)

Este ensino tem como fundamento o livro de Gênesis contido no livro dos livros, a saber, a Bíblia Sagrada que é a verdadeira constituição da maioria das religiões do nosso país

O livro que manda odiar pais, matar filhos rebeldes e apedrejar blasfemos que se intitulam filhos de deus e… Ops!

De acordo com a nossa Constituição Federal, mais precisamente em seu artigo 5º onde trata dos direitos e deveres individuais e coletivos, nos incisos VI e VIII do citado dispositivo legal “É inviolável a liberdade de consciência e de crença, (…) ninguém será privado de direitos por motivo ou de convicção filosófica ou política.”

Assim sendo ensinar apenas a teoria do evolucionismo nas escolas, é violar a liberdade de crença, uma vez que a maioria das religiões brasileira acredita no criacionismo, defendido e ensinado na Igreja Católica, que ainda hoje é maioria no país, pelos evangélicos e demais denominações assemelhadas.

Er… não.

As crianças que frequentam as escolas pública tem se mostrado confusas, pois aprendem nas suas respectivas escolas noções básicas de evolucionismo, quando chegam a suas respectivas Igrejas aprendem sobre o criacionismo em rota de colisão com conceitos de formação escolar e acadêmica.

A mesma confusão quando chegam na igreja e ouvem aquele blábláblá paz e amor, e ao chegar na escola aprendem sobre as Cruzadas, a Inquisição, Guerra dos 30 Anos, Cisma do Oriente etc. O lance é reescrever os livros didáticos. Orwell torce o canto da boca.

Ensinar apenas o EVOLUCIONISMO nas escolas é ir contra a liberdade de crença de nosso povo, uma vez que a doutrina CRIACIONISTA é a predominante em todo o nosso país.

As doutrinas afro devem ter igual espaço. Uma igreja que só pregue uma única visão cosmológica e religiosa está violando a Constituição. Proponho que em toda igreja evangélica, o pastor seja OBRIGADO a fazer rituais do Candomblé, ler textos védicos, acender uma vela e preparar uma mesa branca, venerar uma imagem da Virgem Maria e rezar para o leste em honra a Maomé.

O Ensino darwinista limita a visão cosmológica de mundo existencialista levando os estudantes a desacreditarem da existência de um criador que está acima das frágeis conjecturas humanas forjadas em tubos de ensaio laboratorial.

Um chimpanzé com 10 braços, 5 cabeças e que atira raios de calor pelos seus 50 olhos também está acima disso tudo.

Sem menosprezo ao avanço tecnológico e científico, indispensável às necessidades sociais enquanto aplacador da inventividade e curiosidade humanas, é possível harmonizar ensinos que contribuam ao desenvolvimento e amplitude da visão cósmica do conhecimento humano.

De harmonia, você não entende muito.

O que se requer não é a supressão da teoria evolucionista dos currículos escolares, mas a inclusão da doutrina criacionista, tendo em alta conta que esse é o ensino adotado pela maioria das religiões. Como vivemos numa sociedade democrática cujo direito fundamental se constitui na livre escolha, que cada um tenha o direito de escolher em que acreditar.

Desde que seja no que eu quero…

Quero saber agora quantos dos mimizentos vão na Câmara exigir que Marcos Feliciano, mediante todo o seu histórico, tenha seu mandato cassado. Quando irão fazer passeatas e protestos em frente a casa dele ou durante seus cultos de ódio. Sabem quantos? Eu sei.

Ninguém.

Gladiadores usavam gatorade genérico
De volta nós estamos. Livres nós ficamos!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • AnneCalie

    Excelente texto André!
    O pior é que não duvido que seja aprovado esse projeto 🙁

    Sobre testar a hipótese de Deus existir, fica a recomendação dessa tira do SMBC:

    http://www.smbc-comics.com/?id=3542#comic

  • Luizrem

    É por isso que o Ceticismo.net fica fora do ar.
    O André fica aí debochando do deputado ungido pelo Senhor, e querendo privar as criancinhas de aprender que a Terra é o centro do Universo e que tem um velho barbudo no céu recebendo dos pastores o dinheiro que eles tiram dos crentes.
    Aliás, o Malafaia sabe defender muito bem os cofres celestiais. Ensinar criacionismo às crianças é uma boa garantia de que em breve teremos mais adultos doidos para dar os 10% do garçom.

  • Caramba…que palhaçada isso cara. Esse negócio de deixar “uma criança escolher o que quer acreditar” wtf?

    —–

    André, seu site está com um erro na hora de logar! Veja depois, abraço.

  • rodrigues

    “… insiste em enfiar aquela porcaria que diz que morcegos voam…”

    Acho que você não quis dizer bem isso.

  • AtMyInnuendo

    De vez em quando me pego pensando…
    …Não seria o verdadeiro gerador de improbabilidade da Golden Heart, um crente?…
    Ou melhor, uma bíblia! Isso!
    E daquelas com as bordas das páginas douradas e uma lustrosa capa de couro com as letras BÍBLIA SAGRADA desenhadas com ouro…