Monstros espaciais travam batalha. Só pode haver um!

Todo mundo sabe que buracos negros são fascinantes, mas uma catástrofe. Se não uma catástrofe espacial, ele pode gerar coisas bem horrível, como o filme Interestellar. Até mesmo uma estrela se ferra se chega muito próxima de um buraco negro. A grande pergunta é “ok, mas o que acontece?”

O buraco negro com cerveja vai destruir a estrela, mas o que sempre se perguntou era como. Não, não é bem a alta atração gravitacional em si que é o problema, mas sim a briga titânica entre as distorções do espaço-tempo dos dois corpos massivões: uma estrela e o afro-buracão; e é essa diferença nas forças gravitacionais que cria a destruição.

O vídeo a seguir é uma modelagem computacional ilustrando essa desintegração. Dá para se ver uma estrela se aproximando de um buraco negro, com absurdo aumento da velocidade orbital, a atmosfera externa da estrela sendo arrancada, para depois se dispersar no Espaço profundo.

É possível ver os estranhos efeitos das lentes gravitacionais e os jatos sendo expelidos ao longo do eixo de rotação. Modelos teóricos indicam que esses jatos não apenas expelem gás altamente energético, mas criam neutrinos energéticos.

2 comentários em “Monstros espaciais travam batalha. Só pode haver um!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s