O balé de Júpiter

Júpiter em seu poderio gravitacional gigantesco é um sistema completo só para ele. Sua vastidão é esmagadora, só sendo superado pelo Sol. Ainda assim é belo ao se passar por cima dele. Sua imensa nuvem de gases e a fantástica tempestade que dura séculos (e é muito maior que a Terra) revolvem num balé mágico e lindo de se ver.

O vídeo a seguir foi feito com imagens trazidas pela sonda Juno que fazia uma passagem “próxima” (para padrões de Júpiter) numa passagem que durou cerca de quatro horas, mas foi condensado nesta maravilha.

Inscreva-se em nosso canal.

Um comentário em “O balé de Júpiter

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s