Sonda fofoqueira prestes a visitar pedregulhão espacial

O 101955 Bennu é um asteroide, um pedregulhão com um diâmetro médio de 490 metros e classificado como asteroide carbonáceo por ter grande quantidade de carbono. Não, não tem vida lá e carbono não é raro no Universo. Ele possui a classificação de objeto potencialmente perigoso, já que tem 1 chance em 2.700 de cair aqui na Terra entre 2175 e 2199. Sim, eu sei, parece uma probabilidade pequena, mas em termos de universo é bem alta. Minha sorte que eu já estarei confortavelmente morto por esta época. Vocês que se danem!

Você já pensou em dar um rolé por ele? Seus problemas acabaram!

Quer dizer, que não é que acabou. Você continua não podendo ir até lá, mas pelo menos podem levar uma nave para pousar lá. Algo como a Missão Deep Impact, que em 2005 mandou uma sonda na fuça do cometa Tempel 1 para expor materiais em sua superfície, coletando uma série de dados sobre sua composição, incluindo evidências de gelo de água e materiais orgânicos (a saber, compostos à base de carbono, e não seres vivos. Você aprendeu no colégio que química orgânica é a química que estuda os compostos de carbono, né?).

Sim, foi exatamente isso. Usaram uma atiradeira gravitacional e acertaram em cheio o Tempel 1. IN DA FACE!

No caso do 101955 Bennu, a nave robótica OSIRIS-REx está programada para tentar tocar a superfície do pedregulhão na próxima semana. O plano é coletar umas amostras do bicho e voltar para a Terra para uma análise detalhada em 2023, para que um bando de cientistas se divirta por um bom tempo tentando desvendar o que rolou com o asteroide esse tempo todo.

Bem, e quanto ao vídeo? Ele mostra como é cair com estilo em direção ao Beenu, tendo como base mapas gerados pelo próprio OSIRIS-REx nos últimos 18 meses. Ele mostra Beenu girando muito mais rápido do que seu período de rotação real, de 4,3 horas. Depois que a rotação para, a câmera virtual leva você até um pouco acima da superfície acidentada e circula um afloramento rochoso do tamanho de uma casa chamado Simurgh, com o afloramento Roc mais plano visível atrás dele.

Bem, vamos ao vídeo!

2 comentários em “Sonda fofoqueira prestes a visitar pedregulhão espacial

  1. Transmissão ao vivo da tentativa de pouso pelas redes sociais da NASA, pelo site e pelo canal do YouTube. Na terça, dia 20/10, a partir das 18h (horário de Brasília).

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s