Tag Archives: asteroides

Uma sinfonia impactante da Lua

Aristóteles, grande sábio da Antiguidade, disse que a Lua era maciça, sólida e totalmente perfeita. Ela não tinha nenhum defeito, totalmente lisinha como a bunda de um bebê. Claro, o tosco de Estagira tinha problemas em olhar pra cima e olhar pra Lua, que mesmo a olho nu dá pra ver que ela não é lisinha, mas estamos falando de um sujeito que foi casado duas vezes e achava que mulheres tinham menos dentes que homens. O mundo sopralunar era perfeito, lindo, maravilhoso. Uma pena que Aristóteles fosse tão ignorante ao ponto de escrever um mundaréu de bobagens, enquanto Aristarco de Samos já tinha dito que a Lua tinha crateras e girava ao redor da Terra, assim como a Terra girava ao redor do Sol. Aristarco não tinha o reconhecimento de Aristóteles e seus escritos padeceram ignorados por séculos.

Só com Galileu é que tivemos certeza da imperfeição da Lua, com seus vales, “mares”, montanhas e crateras. Muitas dessas crateras possuem milhões de anos, outras, algumas centenas, mas delas, 111 possuem idade de cerca de 1 bilhão de anos.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Uma estilingada num pedregulho

O asteroide 101955 Bennu foi apelidado pelos jornaleiros retardados de “asteroide do fim do mundo”, como se aquela joça fosse cair aqui, quando a probabilidade é de ridículos 0,07%. Ele tem um diâmetro médio de cerca de 492 metros e a NASA está muito interessada em saber do que ele é feito.

A Missão Osiris-Rex ficou encarregada de estudar Bennu. Para economizar combustível, Osiris-Rex pegará uma carona com a gravidade terrestre de forma a ser catapultado até o pedregulhão, alinhando com a trajetória dele, coletando material e voltando à Terra para trazer material de estudo.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Meteorito fofoqueiro traz segredos da atmosfera marciana

Várias missões de exploração e observações sugeriram que Marte, um dia, já teve um clima quente, capaz de ter oceanos de água líquida em sua superfície. Para manter Marte quente seria preciso uma atmosfera densa com um efeito estufa suficiente; o problema é que sua baixa gravidade tem probleminhas para manter uma atmosfera lá. Seu núcleo morto não é capaz de gerar uma magnetosfera como a da Terra e o açoite por partículas de alta energia provenientes do Sol contribuiu para mandar uma atmosfera que ele tinha e era “mal presa” embora. Pobre Marte.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Os Caçadores de Asteroides da NASA

Asteroides são um perigo real, só não se sabe se é imediato. Aqueles pedregulhões do mal lá no Espaço podem muito bem entrar em rota de colisão. Para tanto, nós temos vigias. Gente perscrutando o firmamento, prontos para entrar em ação no caso do pior acontecer, avisando com antecedência.

Paranoia? Pode ser, mas até mesmo paranoicos podem ter o dia estragado por um meteoro caindo na cabeça.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Como a NASA caça asteroides?

Asteroides são um perigo. pode não ser imediato, mas não podemos dar sopa, ainda mais que não temos o Bruce Willis para colocar umas dinamites lá. existe um departamento na NASA só para isso, e eles ficam de guarda, monitorando esses pedregulhões do mal para dar tempo de avisar ás autoridades quando um aerolito (ou aerolote,dependendo do tamanho) estiver em vias de cair na Terra, preparando-se para o pior. Claro, não será no Brasil, em que será mais provável que os brasileiros façam memes e estendam uma faixa “bem-vindo, Meteoro! Amamos Você!”.

Tem videozinho traduzido disso? Sim, temos videozinho!

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

NEOWISE – O Caçador de Asteroides

A missão NEOWISE é buscar asteroides e cometas perto da órbita terrestre, usando a capacidade de detecção pós-criogênica, e usando sensores infravermelhos. Em fevereiro de 2011, a NASA anunciou que NEOWISE havia descoberto muitos objetos novos no Sistema Solar, incluindo vinte cometas. Durante suas missões primárias e estendidas, a nave espacial forneceu caracterizações de 158.000 planetas menores, incluindo mais de 35.000 objetos recém-descobertos.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A missão Osiris-REx

A missão Osiris-REx (Origins Spectral Interpretation Resource Identification Security Regolith Explorer) é uma missão do Programa New Frontiers, depois de Juno e New Horizons. O lançamento ocorreu no dia 8 de setembro de 2016 e consiste em filmar, fotografar, estudar e coletar amostras do asteroide 101955 Bennu, um asteroide carbonáceo. Ele contém um conjunto de câmeras chamado OCAM, sendo cada uma para uma finalidade específica.

As amostras coletadas permitirão os cientistas entender o que aconteceu antes da formação e evolução do Sistema Solar, os estágios iniciais da formação do planeta e a fonte dos compostos orgânicos que levou à formação de vida.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Vão-se os dedos, ficam-se os anéis de Saturno

O Pai da região do Lácio assenta-se em seu trono. Lá ele contempla seus domínios. Senhor da Justiça, da renovação, Saturno enfrentou seu destino várias vezes, e sempre saiu vencedor, ainda que Júpiter o desdenhe. Saturno é grande por si só.

Os anéis do astro-deus são inigualáveis. Mesmo Júpiter, o rei dos Planetas não tem os anéis que Saturno tem. A bem da verdade, enquanto Galileu já tinha observado os anéis de Saturno (ele o chamou de "orelhas". Quem descobriu que eram anéis, mesmo, foi Huygens), os anéis de Júpiter só  foram observados pela primeira vez em 1979, pela sonda espacial Voyager I. Mas por que Júpiter, Saturno, Urano e Netuno têm anéis e Vênus, Terra e Marte não têm? Falta um "Meu Anel, Minha Vida?" (ok, isso soou esquisito)

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Resultados da Rosetta sugerem que a água não veio de cometas, mas de asteroides

A Sonda Rosetta tem muito pouco a ver com a pedra decifrada por Champollion. É uma sonda que tem como missão estudar o cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko, carinhosamente conhecido por 67P. A Rosetta foi lançada em 2 de março de 2004, e como usar combustível o tempo todo só existe em filmes, demos um balão na Natureza e usamos as forças da Natureza contra ela mesma, em especial a Gravidade. Ela ficou sendo chutada através da atração gravitacional de todo mundo por quem passou[1], até ter impulso suficiente para ir em direção ao 67P. Não é feitiçaria! É Matemática que até Isaac Newton entenderia (mesmo porque, foi ele quem inventou a bagaça).

Agora, dados da Rosetta trazem muitas informações. Não só sobre o cometa, mas sobre a própria Terra, e é bem provável que a água daqui tenha vindo de lugares que nunca pensamos antes.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Cuidado com o meteoro no quengo

O Universo é uma gigantesca Austrália, onde tudo nele tem a meta de lhe matar e da forma mais horrenda possível. Uma das formas mais eficientes é cair um meteoro perto de você. Com um pouco de azar, nem precisa estar muito perto. Pergunte a qualquer dinossauro. A Lua é um perfeito exemplo de como estes pedregulhos podem estragar o dia de qualquer um e Marte até teria lembranças, mas não tem nada vivo lá para se lembrar de algo, nem mesmo o Gary Sinise.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας