Outro deputado quer colocar ensino criacionista no currículo escolar. Mas isso nem é o pior

Sobre Publicações Científicas com Acesso Aberto
Cerveja pode ajudar a combater Alzheimer? Péra um instante

Ok, já cansei de provar que o Brasil é o país que odeia ciência. Odiamos qualquer coisa que vem com inovação, ciência, estudo, ensino e descoberta. As imensas isenções e benesses não só fundamentam que vivemos numa teocracia, como o modo como bancadas e ministros organizam suas pautas mediante a religião nos faz ter certeza disso.

Agora, se já não bastava o Feliciano, mais um deputado teve a brilhante ideia de incluir no currículo escolar ensino daquela bobajada chamada “Criacionismo”.

Criando raiva por político retardado eleito por uma população imbecil, esta é a sua SEXTA INSANA!

O deputado Jefferson Campos pertence à famigerada bancada evangélica. Imitando seu herói, o Marco Feliciano (deve ter até uma foto autografada, ao lado da action figure de Jesus, também chamada de crucifixo), Jejê apresentou o projeto de lei 5336/2016, o qual propõe alterar os currículos do Ensino Fundamental e Médio, mediante a adição de um parágrafo 10 ao art. 26 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional e dá outras providências, para incluir a “Teoria da Criação”.

Tão sem novidade isso que usa as mesmas besteiras “mimimi direito à crença blábláblá”. Curiosamente, esse “direito à crença” não é válido para ensinar Criacionismo hindu ou, melhor ainda, Iorubá. Imaginem as lindinhas criancinhas filhinhas de papai e mamãe crentes aprendendo sobre Oxalá, Iemanjá e Oxum. Sucesso na certa!

Esta palhaçada é tão sem imaginação que não passa de uma cópia descarada, imbecil e retardada da PL 8099/2014 de titio Feliciano, que já não era original. Até os erros gramaticais foram copiados do  projeto de lei 594/2007, apresentado pelo deputado estadual Artagão Jr. Ou seja, sempre o mesmo discursinho babaca na base do cópia/cola, mostrando bem a índole dessa ralé.

Em outras palavras: pessoal segue direitinho a Bíblia, que é outra colcha de retalhos de mitos anteriores. Essas leis são colchas de retalhos de outras anteriores e visavam a mesma coisa: estender as patinhas imundas dos criacionistas e fazer as crianças ficarem tão retardadas quanto um bando de malucos que acreditam em cobras falantes e que a Terra é chata feito pizza.

Eu não sei se esta bosta vai passar, mas não me surpreenderia quando convocam ministros criacionistas para o MCTI, santas senhoras evangélicas fervorosas para a secretária de Políticas para Mulheres que é contra o aborto entre outras mazelas, como já tivemos o Crivella como ministro da pesca e o Aldo Rebelo, autor de PL que é contra inovação.

A ânsia dessa ralé criacionista não sossegará até que entremos em outra Idade das Trevas, mas com a desculpinha de liberdade de crença. Bem, a invés de criacionismo bíblico, vamos colocar, sei lá, mitos africanos. E obrigatório em todos os colégios, principalmente adventistas e outras correntes mais toscas. vamos ver como fica esse negócio de aprender sobre todas as hipóteses.

Agora quero ver vocês fazerem mutirão no whatsapp, mandar e-mail para deputado, disque-denúncia e o cacete. Não claro que não farão.

BRASIL ODEIA CIÊNCIA!

Sobre Publicações Científicas com Acesso Aberto
Cerveja pode ajudar a combater Alzheimer? Péra um instante

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Perdi a conta.

  • Daniel Almeida

    Fui perguntar ao deputado sobre isso e a resposta foi…

    “Mas penso que não é racional, lógico e tampouco pedagógico, ensinar apenas o evolucionismo como teoria da origem”

    https://twitter.com/DepJefferson/status/738356732141948928

    cloverfield respondeu:

    “Saída pela direita…”

    NestorBendo respondeu:

    Argumentum Ad Montis Leonis!

    EiligKatze respondeu:

    Quando ele leu “todas as religiões” ele se forçou a entender todas as versões da Bíblia…….
    “Esqueceu” que há versões nórdica, hindu, azteca, tupy, aborígene, persa, egípcia e por aí vai

    Gustavo H. Razera respondeu:

    Uau, não sabia que a Teoria da Evolução das Espécies trata da origem da vida… Valeu pela lição, nobre deputado!

  • Lorein

    #
    1813157946484974646454975421384979712131244654787797788945448456563134546465

  • Silvio Soares da Silveira

    Pois é.
    Sempre digo que essas idéias absurdas só ganham alguma coisa se for por decreto, pois embasamento, racionalidade e evidências que as sustentem não existem.
    Vivemos em um país de pessoas irracionais.
    Espero que a politicada tenha ao menos noção de ridículo, e barrem novamente essa bosta.

    NestorBendo respondeu:

    Quisera eu ter ainda metade dessa sua esperança vã…

    cloverfield respondeu:

    Deixo aqui a opinião de um cara bem burro (no caso eu): esses caras sabem que não vai passar, mas eles fazem isso pra fazer uma média com seu rebanho e depois dizer; “Viu? Eu tentei mas não deixaram. Agora paguem o dizimo.”

    Lucho respondeu:

    Ou então vão alegar intolerância ou preconceito.

    Para logo em seguida pedir o dízimo.

    cloverfield respondeu:

    A estrategia perfeita para maximizar a arrecadacao.

    Lismar Cardoso respondeu:

    “esses caras sabem que não vai passar, mas eles fazem isso pra fazer uma média com seu rebanho”

    Olha, espero mesmo por isso, mas ultimamente tem sido difícil, viu?!

  • Marlon

    SELECT COUNT(*) FROM artigos WHERE content LIKE(‘%criacionismo%’);

    Lucas Monteiro respondeu:

    Você é programador ? Pensei que eu fosse o único aqui.

    if(ensino == criacionismo) {
    echo “Isso não pode ser aplicado nas escolas,pois irá deixas as pessoas mais ignorantes.”;
    }
    else {
    echo “Tudo bem então.”;
    }

    NestorBendo respondeu:

    Que idioma é esse que vocês estão praticando? Protoindoeuropeu?

    Lucas Monteiro respondeu:

    Sintaxe de linguagem de programação.Quando compilada uma linguagem,o computador passa a trabalhar com ela.

    NestorBendo respondeu:

    Não brinca!

    Zoeira a parte, qual linguagem?

    Lucas Monteiro respondeu:

    Depende,há milhares de linguagens de programação,mas elas tem praticamente as mesmas regras de lógica.
    Por exemplo este site,foi criado a partir de HTML(não é uma linguagem de programação),CSS,Javascript,e entre outras e também existe um banco de dados deste site.
    Programação é necessário sempre estar atualizado todo dia,por isto eu gosto desta profissão,pois você precisa ser curioso em todos os aspectos e você também precisa estar atualizado não só sobre sua profissão mas também das diversas outras.

    NestorBendo respondeu:

    Eu entendo um pouco sobre o laço “SE”. Uso ele com gosto de gás no Excel. Tenho umas fórmulas de dimensionamento de seções de concreto armado com nada menos que 14 “SE” aninhados.

    Eu passei algum tempo pensando se não valia a pena deixar de lado a preguiça de programar e aprender alguma linguagem, mas, encontrei diversos programas comerciais que atendem às minhas necessidades técnicas adequadamente (feitos por programadores orientados por engenheiros). Daí, percebi que aprender programação seria redundante, para mim. Melhor aprender sobre como trabalhar com concreto, desde o projeto, passando pela construção e seguindo até as reformas.

    Acho vocês muito fodas por entenderem essas bruxarias (Clarke neles!) aí, mas, vou aprender minha própria bruxaria por aqui, que é melhor para mim. =D

    Gabriel Freitas respondeu:

    O primeiro escreveu em MySQL e o segundo é bem genérico, tem várias linguagens que usam aquela sintaxe.

    Marlon respondeu:

    Ah, estudo e trabalho com as “artes programísticas”. =P

    Mas isso que sou muito modesto também… hahahahahah

    Pryderi respondeu:

    ______________________________________________

    Inserir aqui a piadinha sobre garotos de programa

    Marlon respondeu:

    Não tem como escapar. Principalmente quando dizem que as profissões em TI são “prostituídas”… =(

    Lucas Monteiro respondeu:

    Nós ouvimos isso direto na área de TI,realmente,não tem jeito de escapar desta piada.

  • Asuna-chan

    Esse povo não vai sossegar o cu enquanto não transformarem o Brasil numa Arábia Saudita Católica.

    Curiosidade: na Arábia Saudita o Islamismo é uma cadeira obrigatória em TODAS as faculdades.

    Marlon respondeu:

    Católica não, Evangélica Pentecostal…

  • Victor Mantovani

    Dá pra ser otimista nesse país, pensando no longo prazo?

  • Lismar Cardoso

    Acho muito foda como esses caras apelam a falsas simetrias!

  • Lucas Monteiro

    Do meu ponto de vista você parece ser sim um excelente profissional na sua profissão pois mesmo admitindo suas falhas você diz que está sempre tentando melhorar.E isto que faz uma pessoa não só ser um bom profissional mas um bom ser humano também,reconhecer suas falhas e melhora elas.

    Realmente,estamos vendo muitos casos de falta de atenção por parte de Engenheiros atualmente,e isto acaba denegrindo a imagem de bons Engenheiros que querem sempre melhorar nas suas respectivas áreas e que pretendem entregar bons serviços para a sociedade.

    Obrigado pela apreciação do trabalho que a área de TI faz.Mas assim como em todas áreas,sempre há aqueles profissionais ruins que não estão ligando para fazer um bom serviço,só querem saber do dinheiro,o que acaba dando errado também(Banco de Dados sem proteção e sem backup,programas feitos sem quaisquer testes prévios e até mesmo estruturação de códigos de forma errada).