Pesquisas de ponta apontam método para combater vírus de computador

Eu gosto de tecnologia de informação. Até trabalho com isso (se bem que o tiozão semi-analfabeto do SERPRO que fica digitado número de CPF e sabe toda a sua vida também trabalha). Uma das piores pragas são vírus, malwares e coisas similares. É muito ruim ser contaminado e quando nossa vida digital fica comprometida, temos que tomar medidas drásticas!

A digníssima senhora do vídeo abaixo radicalizou com esse negócio muderno chamado "vírus", chutou o pau da barraca e mostrou como se prevenir disso:

Me solidarizei com ela. Quando eu comecei no ramo da Informática, minha avó me telefonou, muito receosa, pois tinha ouvido na CBN que havia ocorrido vários ataques de vírus de computador e que era para eu me cuidar, beber bastante líquido e me alimentar bem. Você ri, mas o que eu ia falar pra coroa além de "Tudo bem, vó. Pode deixar que eu irei me cuidar"?

E sim, eu sei que isso tem muito pouco a ver com a proposta do site, mas, que diabo!, a gente tem que se divertir um pouco, não é mesmo?

4 comentários em “Pesquisas de ponta apontam método para combater vírus de computador

  1. Vi esta técnica em TI semana passada e pensei, não antes de rir pra kct Por que não? Olhando para meu tablet e para o PC tenho certeza que gnomos existem, só não acredito neles (alguém já falou isso de outra forma, só não sei quem).

  2. O melhor de tudo é o pano usado para tapar o buraco da parede………….
    De que adianta ter acesso a tecnologia, se as pessoas não têm o menor interesse em saber como se utiliza a mesma?
    Mas aqui em casa mesmo o pessoal pega o primeiro controle remoto que vê pela frente, para baixar o volume da tv, sem conferir se é o controle do som, do DVD, da parabólica, e reclama que não funciona………………..

  3. Neste caso, o jargão tecnológico se remete a algo prosaico e por isso causou toda essa confusão. No caso da ciência, quando os jargões soam enigmáticos é que geralmente são utilizados por espertalhões para confundir as pessoas. Acho que o vídeo tem sim algo a ver com a proposta do site: sempre é bom lembrar que nunca devemos nos deixar impressionar pelas palavras. Seja lá o elas inspirem, peça a quem está falando para explicar o que a palavra quer dizer naquele contexto.

    Ao escrever acima a palavra tecnológico, lembrei de algo que li aqui sobre o uso da palavra tecnologia para se referir apenas à tecnologia de produtos modernos (computadores, celulares etc.). Considerando o exposto neste podcast – http://www1.folha.uol.com.br/folha/podcasts/ult10065u616393.shtml . Acho que talvez não seja condenável usar tecnologia quando se quer se referir a algo como “tecnologia de ponta (ou avançada)”.

    Em relação a confusão, parece que há pendrives não podem ser lidos por alguns DVDs e sons automotivos. Já formatei um pendrive e converti todos os mp3 com outro programa para ver se tocava no carro de um amigo. Só não disse para ele que era um problema causado por vírus, pois acho que isso não é possível, pois os eletrodomésticos não executam arquivos que estejam no pendrive.

  4. Vírus somente há no chorume Uíndous e afins daquela “empresa”. Agora de OUTROS malvares (aqueles que dependem do usuário instalar pela “eng. social”, ou ter a máquina invadida, cavalos-de-tróia…) aí independe do sistema. No caso de invasão logicamente o Uíndous é bem desaconselhável também,.
    Regra fundamental além de nunca instalar coisas de origem duvidosa: NUNCA aberrações softwares MICrOsoft se está na Internet (há uem consiga utilizar aqueles softwares).

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s