Velhinha indiana com culpa no cartório é atacada por elefante boladão

Dizem que elefantes nunca esquecem. Eu não sei se isso é bem verdade, mas parece que, sim, alguns não só tem na memória como ainda são rancorosos, mandando às favas aquele papo que a vingança nunca é plena. Que o diga o irmão indiano do Jotalhão que matou uma senhora de 70 anos e, não satisfeito, invadiu o velório para terminar o serviço.

Escapando da parte mais sexual do elefante, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Velhinha indiana com culpa no cartório é atacada por elefante boladão”

Muçulmano que não é escocês mata pessoas em atentado

Toda vez que eu mostro as passagens “feinhas” da Bíblia, dizem que não é a religião verdadeira, que deturparam, que isso e aquilo, apesar dos mandamentos de Deus estarem lá, bem claros. Seus defensores farão de tudo para não aceitar que seu livro religioso foi escrito por algum psicopata. E o Alcorão não fica atrás; sim, o Alcorão, o livro da Religião da Paz que manda encontrar os infiéis e passar a fio de espada.

Ontem, dor, angústia e terror caiu em Manchester, onde estava ocorrendo um show da Ariana Grande. Um maluco fanático resolveu que a espada do Islã seria cravada no Ocidente, e, pelo menos, 22 pessoas morreram e 59 ficaram feridas, a maioria crianças e adolescentes.

Continuar lendo “Muçulmano que não é escocês mata pessoas em atentado”

As estratégias de ataque de bactérias que usam armas químicas

Bactérias são um sucesso evolutivo. Demandam poucos recursos, alta taxa de reprodução e mutação e são capazes de resistir às provas determinadas por Darwin. Se uma cai, sempre sobra uma mais forte, que se multiplicará rapidamente, formando novas colônias e prontas para lhe ajudar ou ferrar seu dia de vez.

O que pouca gente sabe é que bactérias, assim como o Império, contra-ataca. Para tanto, ela faz uso de “arpões moleculares”, uma secreção que age contra aqueles que a virem como banquete. Mas como é isso?

Continuar lendo “As estratégias de ataque de bactérias que usam armas químicas”

O caso do ataque terrorista durante as olimpíadas no Rio de Janeiro

O ano é 2023. Wikileaks vazou uma série de comunicações obtidas por meio de uma intensa investigação. Zé Pé-de-Cotia, responsável por descarregar o caminhão da COMLURB, tinha encontrado uns formulários esquisitos embrulhando peixe estragado e mandou para o Assange só de zoeira, enviando foto da façanha pro grupo da família no uatizápi. Apurando as informações nesses documentos (uma zona federal, estadual e municipal), ficou-se sabendo de uma tentativa do Estado Islâmico, o ISIS, em deflagrar um imenso ato terrorista na cidade do Rio de Janeiro na abertura os jogos olímpicos de 2016, já que vários chefes de Estado estariam presentes, menos o Putin que acha que o Brasil é hardcore demais até pra Rússia. Ao tentar remontar o caso, ficamos sabendo dos detalhes.

Continuar lendo “O caso do ataque terrorista durante as olimpíadas no Rio de Janeiro”

Brasileiro Honesto: Blasfêmia é crime pior que corrupção, mas espancar pessoas é OK

Eu ainda sustento que brasileiro odeia ciência, abomina conhecimento, tem um pézinho em uma ditadura e seria capaz de denunciar qualquer vizinho a um sistema autocrático se isso lhe desse vantagens (exemplo de vantagem: se livrar do vizinho com o qual não foi com a cara, mesmo sem motivo).

Pesquisa indica que brasileiro não vê nada demais com relação à corrupção, mas defende penas severas para com blasfêmias. Afinal, teocracia está logo ali, na esquina.

Continuar lendo “Brasileiro Honesto: Blasfêmia é crime pior que corrupção, mas espancar pessoas é OK”

Primatas x Bactérias: Uma briga de milênios!

Nossa relação com micro-organismos é de longa data, desde quando também éramos micro-organismos. Nessa longa história evolutiva, nós e as bactérias (que eu considero seres melhores que muitos humanos à solta por aí) temos evoluído conjuntamente. Agora, análises de DNA de 21 espécies de primatas mostram pistas dessa briga, com atacante e defensor sendo selecionados mediante suas capacidades de sobrevivência.

Continuar lendo “Primatas x Bactérias: Uma briga de milênios!”

Aranhas atacando peixes são mais comuns do que pensam

O bizarro mundo de Hades não cansa de nos surpreender. Algumas pessoas acham que tudo é certinho e ordenado, que as espécies vivem harmoniosamente entre si que nem no desenho do Madagascar. A realidade é que todas as espécies saem na porrada. Há o caso até de aranhas atacando peixes (sim, peixes!), em que já foram observados mais de 80 casos de predação de peixes por aranhas semi-aquáticas.

Agora, pesquisas indicam que isso não é um fenômeno localizado, pelo contrário! Nas margens de fontes de água doce superficial (como rios, lagos, lagoas, pântanos e mangues), há inúmeras evidências de uma grande distribuição geográfica, apresentando ocorrências em todos os continentes, exceto na Antártida, por motivos óbvios.

Continuar lendo “Aranhas atacando peixes são mais comuns do que pensam”

Pesquisas de ponta apontam método para combater vírus de computador

Eu gosto de tecnologia de informação. Até trabalho com isso (se bem que o tiozão semi-analfabeto do SERPRO que fica digitado número de CPF e sabe toda a sua vida também trabalha). Uma das piores pragas são vírus, malwares e coisas similares. É muito ruim ser contaminado e quando nossa vida digital fica comprometida, temos que tomar medidas drásticas!

Continuar lendo “Pesquisas de ponta apontam método para combater vírus de computador”

Formigas-de-fogo: guerreiras, escravagistas e destruidoras de impérios

O exército não planejou o ataque, mas seus soldados são disciplinados, bem treinados, organizados e decididos. Eles viram que os Estados Unidos da América ofereciam um amplo território e recursos praticamente infinitos, além de escravos prontos a lhes servir. O exército percebeu que ali reina um imenso repositório do que para este exército é a ambrosia: alimentos altamente calóricos, deliciosamente riquíssimos em carboidratos e plenamente disponíveis em qualquer quarteirão. Se para você um Big Mac é o Caminho, a Verdade e a Vida, para as formigas é um verdadeiro manjar dos deuses, e as formigas-de-fogo – Solenopsis invicta – lutarão até o último inseto pelo seu prêmio.

Continuar lendo “Formigas-de-fogo: guerreiras, escravagistas e destruidoras de impérios”