O esplendor da topografia de Titã

O poder do Senhor dos Céus está consolidado. À sua volta, guardiões zelam pelo equilíbrio, onde forças cósmicas ditam os rumos de tudo que há ali. Um deles é o poderoso Titã, o único satélite natural do Sistema Solar a ter uma atmosfera densa. Mas o poder do Titã não fica só em suas grossas nuvens alaranjadas, fotografadas pela sonda Cassini-Huyggens. De posse dos dados da sonda, cientistas planetários conseguiram montar um mapa topográfico da poderosa lua que pertence ao Senhor dos Anéis.

É engraçado saber de todas as características e detalhes de Saturno e seus satélites nos são trazidos por uma sonda lançada em 15 de outubro de 1997, e nesses 16 anos, ela nos trouxe muitas informações (e já postamos um bocado delas). Agora, a novidade é um mapa topográfico, nos revelando como é a superfície do maior dos satélites naturais de Saturno, onde os dados foram obtidos através de medições de radar. Como podemos ver abaixo:


Achou pequeno, né? Clique AQUI e veja em um tamanho boçal!

Para criar esses mapas, os cientistas empregaram um processo matemático chamado "estriado", que usa superfícies curvas suaves para "juntar" as áreas entre grades de perfis topográficos existentes obtidos por radar da sonda Cassini. Os mapas topográficos no norte à esquerda, e no sul à direita possuem projeção estereográfica, e mostram os principais dados de radar 2-D em dourado e preto, com dados topográficos com códigos de cores por elevação. As imagens de fundo são do novo mapa de topografia, com linhas de contorno adicionados a 656 pés (200 metros) de altitude.


Nhé! Eu sei que você quer mais. Clique AQUI e cuidado para não cair pra trás.

Conseguimos ver bacias profundas a 72º de latitude sul e 20º de longitude leste, e uma bacia mais larga na 68º de latitude sul e 105º de longitude leste. Esses da superfície deste satélite (Yeah, THIS is a moon!) é importantíssimo para se compreender o que é este satélite e quais as forças que atuam sobre ele.

Titã não tem grandes montanhas. Mal chegando a cerca de 2 km de altura, em comparação com o majestoso Everest, com seus mais de 8 mil metros, e o Monte Olimpo, em Marte, com seus vertiginosos 20 km de altura!

No hemisfério norte, Titã tem lagos e oceanos, mas não de água e sim hidrocarbonetos, como se fosse uma imensa piscina de metano, só esperando um pouquinho de oxigênio para mandar tudo pelos ares. Mas assim como tem oceanos, Titã tem desertos, e estes ficam no hemisfério sul.

Infelizmente, este novo mapa da Titã é apenas um mapa topográfico, e não um mapa completo, mas se você achou isso "meh", é porque você é um idiota! Muito avançamos na exploração espacial. Visitamos planetas e satélites sem nem sair de casa. Sabemos tudo sobre eles, ou quase… Sabemos até como são suas paisagens, e quando os primeiros aventureiros lá chegarem, poderão se surpreender como muitas coisas, mas não sobre como é o terreno. Talvez, num futuro não tão distante, alguma sonda com o logo do Google varra toda a superfície com uma espécie de Google Titan View.


Fonte: Mãe da Criança.

2 comentários em “O esplendor da topografia de Titã

  1. com meu telesco de 200mm, dependendo da posição (das luas) de saturno é possível observar sete luas ao seu redor, mas somente como pontinhos luminosos, todo dia elas mudam de posição (ah vá!), tem telescópios (celestron) que já se consegue ver as cores delas, mas são caríssimos (ou eu que ganho pouco rsss!) belo artigo! :shock:

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s