Velocidade de aquecimento no Ártico é maior que em outras partes do mundo

Todos nós sabemos que não existe aquecimento global; pelo contrário, a temperatura do planeta está esfriando. O problema é que esta informação privilegiada só está ao alcance de alguns pesquisadores da USP, pois nem mesmo o planeta ficou sabendo disso, ao ponto em que a camada de gelo do Ártico está derretendo, já que a temperatura por lá está aumentando a uma taxa 4 vezes maior do que a média global. Pelo menos, é o que pesquisadores da Universidade de Melbourne defendem, já que eles estavam pesquisando e não tiveram tempo para ir em programas de entrevistas de gosto duvidoso.

O dr. James Screen e o professor Ian Simmonds trabalham na Escola de Ciências da Terra da Universidade de Melbourne. Segundo novas pesquisas trazem informações que mostram a acentuada velocidade de aumento da temperatura no Ártico, tendo como origem a ação em nível atmosférico .

Para Simmonds, a perda do gelo do mar contribui para o aquecimento ao nível do solo marinho, enquanto o aquecimento global intensifica a circulação atmosférica e contribui para o aumento da temperatura na atmosfera do Ártico. Mas, claro, como n~]ao existe aquecimento global, nenhuma das consequências seriam possíveis e, portanto, o Ártico está mais frio do que nunca.

A questão do gelo implica no paradoxo Tostines. Com uma vasta cobertura de gelo, os raios solares são refletidos de volta ao Espaço, o que reduz a temperatura. Quanto menos gelo, menor será esta quantidade de raios refletidos, acarretando em mais radiação chegando até o planeta e aquecendo a água, aumentando a temperatura circundante. Com o aumento da temperatura, o gelo derrete e teremos menos gelo para refletir os raios solares, que por causa disso conseguirão aquecer mais, o que fará derreter mais gelo e assim sucessivamente.

Os cientistas demonstram que as temperaturas aumentam em todo o mundo e o mesmo acontece com a intensidade da circulação atmosférica. Dessa forma, a circulação oceânica e atmosférica transportam o calor para a região do Ártico, aumentando a temperatura. Vapor d’água é um péssimo condutor de calor, e este é o problema, pois ele não o irradia de forma mais fácil. Como há pouco vapor d’água no Ártico, o aumento da temperatura só pode ser devido a fatores secundários, ou seja, o calor é levado até lá de outros lugares, e não o ar sendo aquecido ali diretamente.

Mesmo que a região do Ártico tenha um efeito estufa relativamente pequeno em relação ao resto do planeta, o efeito do gelo derretido combinado com maiores transportes de calor vindos do sul são mais que suficientes para compensar isso, e é por causa disso que a velocidade de aumento de temperatura lá seja maior do que em outras partes do planeta.

O estudo foi publicado na Geophysical Research Letters, mas não no Programa do Jô. Deve ser uma conspiração.

16 comentários em “Velocidade de aquecimento no Ártico é maior que em outras partes do mundo

  1. @André, então realmente estamos entrando numa nova era glacial? O fato de o mar estar a ficar mais diluído não deveria cortar o calor que irá para o norte nos próximos séculos e criar uma nova camada de gelo?

  2. andré, só queria fazer um desafio…….procura ver quais são os gases de efeito estufa na Terra, daí encontre na internet a proporção de CO2 , destes encontre a proporção contribuída pelos oceanos, vulcões e por fim pelos seres humanos. Você verá que 0,0002 seria devido aos humanos logo não estamos aquecendo o planeta……e o planeta não está aquecendo :twisted:

      1. @aryopires,
        há … já ia me esquecendo….estes 0,0096 são emissões globais históricas…o aumento seria uma contribuição menor tipo era 0,0094% e subiu para 0,0096% no último século por exemplo, pois a alegação é que o homem está aumentando a emissão pelos combustíveis fósseis. felicidades

      2. Postagem sem fontes. No máximo, uma citação de 2001.

        Aguardando as publicações I-N-D-E-X-A-D-A-S dizendo que não está havendo aumento da temperatura global. Já que, segundo sua tola exposição, ou o ser humano causa aquecimento global ou não há aquecimento global. Como não há aquecimento global o gelo da criosfera está aumentando… Só que esqueceram de dizer isso ao Ártico e à Antártida.

        Pesquisadores de Jô Soares….

  3. ola, sou novo no site e estou lendo os posts, li alguns sobre o aquecimento global, e percebendo que vcs sao informados sobre o assunto gostaria de saber se alguem sabe de sites, materias, ou artigos sobre a proposta dos países desenvolvidos sobre a diminuiçao de emissão de CO2 deles, se alguem puder informar agradeço.

  4. E o pior é que esse pesquisador da USP afirma que o microclima da cidade é mais quente que o do campo,ora se as cidades estão se expandindo rapidamente então teremos um aquecimento global de qualquer jeito…

  5. Calma, @André! Não, não estudo lá… Eu perguntei justamente pois já haviam me falado antes e duvidei de tal afirmação, e certa vez o Discovery fez um documentário. Só perguntei, relaxa…

    1. Eu coloco um artigo com a PORRA da publicação indexada e vc tem a pachorra de me perguntar se estamos numa era glacial porque viu no Discovery? Discovery e History são dois perfeitos exemplos de material cultural, como Alienígenas do Passado. Puxa, em quem acreditarei? Em cientistas com publicações revisadas por pares ou num idiota com cabelo esquisito dizendo ALIEEEEEEEEEEEEENS?

  6. @André, deixe-me explicar: eu entendo teu ponto, eu duvido também, já aprendi muito com este site… Peço desculpas por ser tão ignorante no assunto; a questão é que me falaram uma vez, eu rí igual você fez. Depois, o Discovery passou um documentário falando que o planeta ia se aquecer, possivelmente isso poderia extinguir novamente muitas espécies e depois, após séculos, o calor impediria as correntes do Atlântico e Pacifico, fazendo com que uma nova era glacial surgisse. Passado uns dois anos, estava assistindo um documentário sobre o surgimento do planeta e no final falaram que estávamos entre duas eras glaciais, e agora com esta notícia fiquei confuso e não consigo achar fontes confiáveis. Por isso, pedi uma opnião, pois o Google só traz tipo “o quê é era glacial” ou “extinções da terra”…

    1. Are we currently living in an ice age?

      Yes. An ice age is a period over tens of millions of years where the Earth is cold enough to produce permanent ice sheets. Since permanent ice sheets currently exist in Greenland and Antarctica, it qualifies the current age to be an ice age. This current ice age began 30 million years ago. Within an ice age there are warm periods referred to as “interglacial” and cold periods referred to as “glacial.” We are in an interglacial period right now. Factor such as changes in the Earth’s axis and orbit; tectonic plate shifting; volcanic matter explosions or meteoric impacts; and an increase in carbon dioxide emission from industrial pollution all contribute to changes in the Earth’s climate.

      http://curiosity.discovery.com/question/are-we-living-ice-age

      Site de verdade: http://blogs.discovermagazine.com/badastronomy/2011/06/17/are-we-headed-for-a-new-ice-age/

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s