Pesquisa estuda como velocidade de degelo do permafrost aumenta o efeito estufa

O processo intensificado de aquecimento global anda feliz e de vento em popa. As pessoas pensam nos problemas de emissão de CO2, em que só alguém bem estúpido pena que se pode zerar tal emissão (estou olhando pra você, Gregrê). Tão problemático quanto isso é o degelo do permafrost. Basicamente, ele tem ali aprisionado quantidades grandes de metano, CH4. O metano é um gás de efeito estufa mais poderoso que o CO2, embora eu considere que quando o metano vai subindo, ele acaba sendo detonado e virando gás carbônico, mesmo. Isso não é legal, né? Pois é. No Ártico tem muito permafrost, que em última análise, é solo congelado contendo metano. E sabe o que é pior? Este solo congelado está descongelando. Adivinhe o que vai acontecer.

Continuar lendo “Pesquisa estuda como velocidade de degelo do permafrost aumenta o efeito estufa”

Agricultura orgânica não resolve problema da fome e ainda prejudica meio-ambiente

Você está aí comendo sua saladinha feita com produtos orgânicos que comprou no Carrefour. Já começa que muitas vezes eles não são orgânicos, só são vendidos assim para cobrarem mais caro. Mas, claro, você não sabe disso. Você só quer uma alimentação mais saudável, pensando no meio ambiente, pois a produção orgânica é mais ecológica, certo?

Errou, otário! Uma recente pesquisa mostrou que cultivo de alimentação orgânica libera muito mais gases de efeito estufa do que as práticas inicialmente reduzidas

Continuar lendo “Agricultura orgânica não resolve problema da fome e ainda prejudica meio-ambiente”

E os dados de aquecimento global estavam errados

Entre 1998 e 2012, uma série de medidas desencontradas e mal tabuladas levou a conclusões errôneas. Bem, acontece. Muitos erros na Ciência levam a medidas erradas, acarretando em dados ruins e levando a conclusões sem a menor relação com a verdade.

Então, sim, os negacionistas do Aquecimento Global estavam certos sobre aqueles dados estarem todos errados. A taxa de aquecimento global daquela época não estava desacelerando 0,05ºC. Estava AUMENTANDO 0,112ºC. Mal aê, Molion. Mais um prego no caixão daquele seu blábláblá “o mundo tá esfriando”.

Continuar lendo “E os dados de aquecimento global estavam errados”

Gás carbônico sendo dissolvido nos oceanos cada vez mais

Eu já tinha postado aqui sobre as grandes quantidades de gás carbônico (CO2) sendo dissolvidos nos oceanos acarreta em grandes problemas. Isso porque o equilíbrio se desloca e forma-se ácido carbônico (H2CO3),e causa muitos problemas, como a acidez nos oceanos oferecendo perigo às diatomáceas, talvez causar extinção em massa nos mares e oceanos e até mesmo aumentando o tamanho dos crustáceos, o que não é lá tão bom quanto à primeira vista se faz crer. Corais caribenhos, contudo, ainda estão vivendo bem.

Claro, nada é totalmente ruim ou totalmente bom. Com esse crescimento na absorção de CO2 nos mares e oceanos, são menos toneladas a ir para a atmosfera, que acabariam ampliando ainda mais o efeito estufa e criando o aquecimento global. De qualquer forma, estamos ferrados da mesma forma.

Continuar lendo “Gás carbônico sendo dissolvido nos oceanos cada vez mais”

Um ano na vida do gás carbônico

Gás carbônico (CO2) é um poderoso gás de efeito estufa. As emissões sobem anualmente, mas há quem enterre a cabeça na bunda e finge que não vê. O vídeo a seguir foi feito por modelagem computacional mediante dados obtidos por satélites. Dá pra ver bem o tamanho do problema.

O vídeo a seguir mostra como é essa dispersão de CO2 na atmosfera ao longo do ano, dando prosseguimento ao meu projeto de escolher vídeos da NASA e legendá-los em PT-BR. Enjoy!

Continuar lendo “Um ano na vida do gás carbônico”

Pesquisa indica que dieta vegetariana ferra com o planeta. Coma bacon, diz cientista!

Uma das enormes falácias que os seguidores da religião vegan propagam é que a produção de carne ferra com o planeta. Claro, com pesquisas tiradas da cavidade retal. A parte que só a agricultura consome 70% da água potável é descartada. Afinal, essa bosta chamada “realidade” insiste em frustrar os planos de dominação mundial dos fanáticos da religião de Nossa Senhora da Alface, os jihadistas do Brócolis Sagrado.

Só que uma pesquisa realizada aponta que, ao invés do que se papageia, consumir alimentos à base de frutas, legumes, laticínios e frutos do mar é mais prejudicial para o ambiente, pois acarreta em concentrações elevadas de gases de efeito estufa por caloria.

Continuar lendo “Pesquisa indica que dieta vegetariana ferra com o planeta. Coma bacon, diz cientista!”

Pesquisa estuda técnica de congelar gás carbônico para não mandá-lo para a atmosfera

Diferente do que ministros de Ciência e Tecnologia de países que odeiam a ciência pensam, aquecimento global existe, é fato, e não é porque você redigiu lei contra inovações tecnológicas que a verdade deixará de existir. Temos gases de efeito estufa sendo jogados às toneladas na atmosfera, além de solo permafrost recheadinho com gás metano, que também é agente de efeito estufa, e mesmo que não fosse, ao subir as camadas superiores ele acaba sendo detonado, virando CO2.

Mas e se invertêssemos o processo? E se nós congelássemos o gás carbônico produzido pelas indústrias, afim, não só removê-lo da atmosfera, mas para reaproveitá-lo, também.

Continuar lendo “Pesquisa estuda técnica de congelar gás carbônico para não mandá-lo para a atmosfera”

Suplemento alimentar faz flatulência de vaca ter menos metano

Uma das desculpas (idiotas) dos vegans para pelamordedeus não comer carne, é que vacas têm flatulência. Sim, isso mesmo, vacas peidam. E essa quantidade de vaca peidando enche a atmosfera de metano, que é um gás de efeito estufa, o que intensifica o aquecimento global. 7 bilhões de seres humanos peidando, não. Peido humano não tem problemas, pelo que vegans dizem.

De qualquer forma, sim, flatulências bovinas têm metano, mas isso poderá ser resolvido com um suplemento alimentar que promete redução e 30% das emissões. Calma, não ligue ainda. Leia o resto do artigo antes de ligar 1406.

Continuar lendo “Suplemento alimentar faz flatulência de vaca ter menos metano”

Velocidade de aquecimento no Ártico é maior que em outras partes do mundo

Todos nós sabemos que não existe aquecimento global; pelo contrário, a temperatura do planeta está esfriando. O problema é que esta informação privilegiada só está ao alcance de alguns pesquisadores da USP, pois nem mesmo o planeta ficou sabendo disso, ao ponto em que a camada de gelo do Ártico está derretendo, já que a temperatura por lá está aumentando a uma taxa 4 vezes maior do que a média global. Pelo menos, é o que pesquisadores da Universidade de Melbourne defendem, já que eles estavam pesquisando e não tiveram tempo para ir em programas de entrevistas de gosto duvidoso.

Continuar lendo “Velocidade de aquecimento no Ártico é maior que em outras partes do mundo”

Bactérias são a solução contra o aquecimento global?

Está havendo uma corrida para diminuir os efeitos do aquecimento global. Duas classes estão em disputa: Os eco-chatos – para quem tudo tem que ser “verde” e “orgânico” (isopor é uma substância orgânica, caso não saibam), preocupados em sequestrar carbono, pedindo sua alma como resgate – e os eco-céticos, que afirmam que o mundo é assim mesmo, sempre foi e sempre será.

É bem verdade que a Terra passa por ciclo climáticos, mas também é fato que desde a Revolução Industrial estamos jogando pra atmosfera toneladas de CO2 e, sim, ele ajuda na absorção de energia térmica, intensificando o Efeito Estufa, que é natural. Isso aliado ao metano, amplia os efeitos do Efeito Estufa e podemos dizer que sim, há interferência humana no clima. A construção de uma hidrelétrica muda totalmente o clima da região, já que temos uma grande massa de água, a qual foi responsável pela remoção de árvores e vida nativa. Tal massa de água vai evaporar, transformar-se em vapor e, dependendo do local, ajudará no que eu chamo Efeito Sauna. Continuar lendo “Bactérias são a solução contra o aquecimento global?”