2016: O ano mais quente de todos os tempos

Tem maluco que acha que Aquecimento Global é mentira. Mostrar os dados, não mostram Mostram, quando muito, bobagens sem terem sido publicadas em periódicos indexados. Quando muito, uma entrevista no Jô Soares com um imbecil que disse que não existe camada de ozônio, apesar de todas as provas.

2016 foi o ano mais quente que se tem notícia, e não temos esperança de 2017 ser mais fresco. Este vídeo fala disso e mostra como são feitas as coletas de dados do globo. Sim, são dois vídeos em um. Aproveitem.

Continuar lendo “2016: O ano mais quente de todos os tempos”

A maravilha do fogão solar mágico

Eu adoro soluções ecológicas. Tanto as sérias, que ajudam a reduzir índices de poluição e purificam ar e águas, quanto as idiotas, mas isso é puro divertimento sádico. Nisso aparece uma nova solução ecológica para o pessoal pobrinho cozinhar. É um fogãozão solar supimpa, capaz de assar e churrascar suas iguarias. Mas não ligue agora!

O Wilson Solar Grill é muito maneiro. Aquela coisa cozinha qualquer coisa! Mas como? Fogão solar não funciona de noite? Deixa de ser retardado, o Wilson Solar Grill é tão foda que ele cozinha até de noite. Sim, amiga dona de casa! Ele pode armazenar energia térmica e você poderá cozinhar seus alimentos à noite. Maaaaaaaaaaneiríssimo, não?

Continuar lendo “A maravilha do fogão solar mágico”

Ponto de Fusão e Ponto de Ebulição

Todas as substâncias têm propriedades que lhes são peculiares. Algumas podem até ser parecidas com as propriedades de outras substâncias, mas duas substâncias nunca têm todas as mesmas substâncias. Duas das principais características de uma substância são seu Ponto de Fusão e seu Ponto de Ebulição.

Aqui veremos como determinar o ponto de fusão e de ebulição em laboratório, em uma edição em vídeo do LIVRO DOS PORQUÊS.

Continuar lendo “Ponto de Fusão e Ponto de Ebulição”

A Termodinâmica

Nada é tão verdadeiro quanto as Leis da Termodinâmica. É difícil pensar como o mundo funcionaria sem elas; mesmo porque, conhecemos apenas um mundo onde elas não só existem como são invioláveis. Entretanto, a Termodinâmica não é bem o que pensam que ela é; e aqui aprenderemos sobre ela, sem detalhes desnecessários e/ou fórmulas matemáticas complexas, pois ela resguarda segredos que nos deixa atônitos, mesmo na beleza de sua simplicidade. O calor que moveu o mundo na Revolução Industrial, com todos seus prós e contras, foi um dos pontos de virada de nossa aventura na Terra. Desde a tecnologia até a política, o calor e seus usos tiveram um impacto fundamental na humanidade, a ponto de abrir uma nova era na pesquisa científica, a fim de dominar novas tecnologias. Isto criou uma nova área da Ciência, a qual denominamos Termodinâmica.

A Termodinâmica está em nosso dia-a-dia. Está presente tanto nas pequeníssimas coisas, como ferver água até uma usina nuclear. Desde riscar um fósforo até as explosões magníficas das supernovas. Suas leis regem desde o modo como o leite esquenta até o motor do seu carro, passando pelo ferro de passar roupa, a panela de pressão e até como estamos aqui, vivos, depois de bilhões de anos de evolução biológica.

Mas isso não é recente. Começou há muito, muito tempo. Muito mais tempo do que você pode imaginar e, acredite, tudo começa com dinheiro. Por causa de pura e simplesmente, dinheiro. Você viajará agora por vários estados energéticos, descobrirá o mínimo quantum de energia e verá transformações ocorrendo não só diante dos seus olhos, mas até mesmo dentro de você.

Pegue sua cadeira, ligue o ventilador, coloque o isopor com sua bebida preferida ao seu lado e fique sentado ao sol, pois há muito a ser dito. Esta é mais uma edição megamaster do Livro dos Porquês, edição exclusiva para colecionador. Tome um gole, sinta a frieza do gelo enquanto o calor e a luz do sol alimentam a grama à sua frente, e o isopor mantém a temperatura baixa no mesmo instante em que o ventilador rouba-lhe energia térmica, ao converter energia elétrica em energia cinética.

Clique aqui para ler o restante deste artigo »

Por que a atmosfera do Sol é muito mais quente que a sua superfície?

O Sol parece extremamente quente (e é), muito mais quente que qualquer lugar no Universo (não é). Mais quente que a superfície terrestre (é), sua superfície é mais quente até que o núcleo terrestre (não é), só que sua superfície é menos quente que sua… atmosfera? Péra, péra! Sol tem atmosfera? Sim, tem. E ela é quente? Não só é quente como é mais quente que a superfície do próprio Sol.

Mas como o Sol pode ter a superfície menos quente que sua atmosfera, e até mesmo mais fria (eu não disse "fria" e sim "mais fria") que o núcleo terrestre? Hoje é sábado, mas todo dia é dia do Livro dos Porquês!

Continuar lendo “Por que a atmosfera do Sol é muito mais quente que a sua superfície?”

O mais preciso termômetro do mundo entra em operação

A Ciência precisa de medidas precisas. Para tanto, é preciso equipamentos preciso, bem calibrados e cada vez mais sensíveis. Usamos relógios atômicos para medir o tempo com precisão e sempre nos dar a hora certa. Disparamos um laser para a Lua, não para destruí-la (that IS a moon!), mas para medir a distância entre ela e a Terra. Por que não temperaturas? A quantidade de energia cinética média de cada grau de liberdade de cada uma das partículas de um sistema em equilíbrio térmico precisa de uma grandeza. Chamamos isso de "temperatura". Mas como fazer isso? Como criar o termômetro mais preciso do mundo.

PARA QUE DIABOS EU QUERO SABER ISSO?

Continuar lendo “O mais preciso termômetro do mundo entra em operação”

Pesquisadores estudam janelas mais eficientes no gerenciamento de calor nas casas

Tenho um amigo que está construindo uma casa. São muitas coisas a serem pensadas e uma delas é o conforto interno. Ela precisa ser aconchegante no inverno mas isolar o maravilhoso calor do Rio de Janeiro no verão. Temos muitos materiais disponíveis no mercado, e quase todos eles são caros. Tudo é caro. Mas cientista que é cientista não sossega o facho. Se algo existe pode ser aprimorado e é esta a pesquisa que alguns cientistas canadenses estão se dedicando.

Continuar lendo “Pesquisadores estudam janelas mais eficientes no gerenciamento de calor nas casas”

Velocidade de aquecimento no Ártico é maior que em outras partes do mundo

Todos nós sabemos que não existe aquecimento global; pelo contrário, a temperatura do planeta está esfriando. O problema é que esta informação privilegiada só está ao alcance de alguns pesquisadores da USP, pois nem mesmo o planeta ficou sabendo disso, ao ponto em que a camada de gelo do Ártico está derretendo, já que a temperatura por lá está aumentando a uma taxa 4 vezes maior do que a média global. Pelo menos, é o que pesquisadores da Universidade de Melbourne defendem, já que eles estavam pesquisando e não tiveram tempo para ir em programas de entrevistas de gosto duvidoso.

Continuar lendo “Velocidade de aquecimento no Ártico é maior que em outras partes do mundo”

Notícia alegre do dia: sua cozinha é mais poluída que centros urbanos

Sim, dona de casa, você é daquelas que limpa, tira pós, desengordura e passa desinfetante, que mais deixa cheiroso que efetivamente mata vírus, bactérias e malwares. Só que nada é tão legal que a Ciência não estrague, que o diga o estudo da Universidade de Sheffield que descobriu que o ar de nossas casas podem ser cerca de 3 vezes mais poluído que o ambiente ao ar livre no centro da cidade e ao longo de estradas movimentadas.

Vai, diz que ficou feliz, diz.

Continuar lendo “Notícia alegre do dia: sua cozinha é mais poluída que centros urbanos”

Micro-ondas ajudam a produzir materiais termelétricos

O grande problema energético do mundo é a 2ª Lei da Termodinâmica. Ao contrário do que muitos idiotas acham, a 2ª Lei da Termodinâmica não fala nada de desorganização, e muito menos que Evolução é mito. Ela diz, basicamente, que não existe uma aplicação 100% eficiente da energia, e sempre teremos perdas. Normalmente, estas perdas se são ao emanar calor como forma de energia. Eu ainda estou preparando um artigo explicando melhor a Termodinâmica. Aguardem e nos acompanhem via RSS ou pelo lembrete do twitter ou nos visitem todos os dias.

O que alguns cientistas pesquisam é como minimizar as perdas, nem que seja usando o calor irradiado de forma que o mesmo tenha alguma serventia. O alvo são s fornos de micro-ondas (maldito acordo ortográphico!)

Continuar lendo “Micro-ondas ajudam a produzir materiais termelétricos”