Não ligue pro Ricardão atrás da cortina

Meme — ao contrário do que possam pensar — tem pouco a ver com aqueles desenhos feitos no Paint e de gosto, "história" e graça duvidosos. O termo criado por Richard Dawkins no livro "O Gene Egoísta", e de uma forma geral estabelece que partículas culturais passam de sociedade em sociedade, podendo ser desde ideias até valores éticos/morais, nem que seja uma frase de efeito que acaba participando de nossa cultura. Todo mundo sabe isso, principalmente o pessoal que mora no Canadá, como disse a Luiza.

Depois que o Dan Brown escreveu aquele livro dos Anjos e Demônios, todo mundo ficou com mania de Illuminatis e coisas do gênero. Maníacos por conspirações existem desde que o mundo é mundo, e aquela baboseira sobre ET, Área 51 Haaarp etc, regados com Shivas Zeitgeist no jantar, veem mensagens ocultas, símbolos satânicos e ações da maçonaria. Para deixar meu dia mais "feliz", ainda recebo um e-mail questionando tudo na base do "E se for verdade?" Tem horas que eu me sinto como se estivesse num documentário do History Channel, e isso não é um elogio…

A maluquice de hoje, que eu não aguentei esperar para postar na sexta-feira, começa de modo inquisitivamente estranho . Para proteger seu autor de si mesmo, eu retirei o seu nome, mas mantive a grafia:

Olá meu nome é <nome-da-figura>, tenho 16 anos e estou passando por uma fase complicada. Tenho queimado muitos neurônios tentando formar uma opinião definitiva sobre a existência ou não do "bem" e do "mal".

Uma coisa que me assusta e até me atrapalha na formação dessa opinião são essas ceitas ocultistas. Existem teorias sobre uma nova ordem mundial, sobre os Illuminatis e tudo mais.

O que me preocupa é que em vários filmes atuais, comerciais, videos de artistas famosos aparecem os famosos símbolos Illuminatis…

Gostaria se possível que vocês me enviassem uma opinião mais embasada ou até mesmo criassem um artigo sobre algum desses assuntos tão perturbantes.

Muito obrigado por lerem esse e-mail.

Nem sempre tenho saco de responder a estas bobagens, mas sei lá. Encontrei uma apsara dançando dentro do armário do banheiro e resolvi dar uns minutos de minha prestigiosa atenção. Logo, respondi:

Ok, você fica perturbado com  símbolos Illuminati nos filmes. Você fica impressionado com dinossauros em meio a uma ilha? Você fica preocupado com vampiros que brilham no sol? Você fica preocupado com invasões alienígenas? Você fica preocupado com monstros, fantasmas, bruxas, demônios e com o Império Galáctico vir dominar a Terra? Então pare de acreditar em filmes de illuminatis. Eles só apareceram por causa de UM livro do Dan Brown.

Abraços

De alguma forma eu pensei que isso é o suficiente para a pessoa parar para pensar nas implicações do que está falando e associar com o que eu falei. Alguém aqui ouviu alguma menção a Illuminatis antes do tio Brown? Não, mas uma partícula cultural parece que foi disseminada. Gente que se aproveita de qualquer coisa para lançar seus próprio livros, de forma a tirar dinheiro dos otários. Dan Brown criou uma ficção totalmente doida (e cheia de erros históricos e teológicos) a respeito de Jesus e Maria Madalena. Os editores do historiador Bart Ehrman instaram-no a escrever um livro sobre o tema, já que seus agentes também gostam de dinheiro e o assunto ainda estava quente e merecia uma fatia do mercado. Ehrman escreve um bom livro e de fácil assimilação sobre toda aquela loucura cristológica oriunda da mente insana do Dan Brown, evidenciando que ele sequer usou o Google por mais de 3 minutos.

Infelizmente, as pessoas não conseguem enxergar o óbvio logo de saída, então eu recebi a contra-resposta do meu e-mail:

Obrigado por responder André.

Olha se esses símbolos só aparecessem nos filmes eu não ficaria tão encabulado, eles aparecem muitas vezes em clipes de músicas (Lady GaGa, Kate Perry, Rihana), lembrando que não são somente símbolos Illuminatis que aparecem, símbolos Maçons também estão presente em vários lugares, a Disney mesmo faz a gente pensar quando eles colocam símbolos e mensagens teoricamente "satânicos" em desenhos infantis.

Várias músicas falam em suas letras de um tal de "Rain Man", o Eminem mesmo tem uma música em que ele fica gritando "Raaain Man" e pede pra todo mundo gritar junto, teoricamente esse "Rain Man" seria um demônio. Uma coisa que me assustou um pouco foi no "Rock in Rio" quando o grupo Slipknot tocou uma musica em que eles diziam "If you’re 555" e todas as pessoas presentes gritavam "Then I’m 666". Porque a maioria dos cantores/bandas mais famosos tem esse tipo de mensagem ou influência? O que vcs acham sobre isso?

Isso é demais para a minha mente racional. Então temos uma conspiração sei-lá-que-quê nas músicas da Lady GaGa. LADY GAGA! Além da Katy Perry e Rihanna (dois "N"). Será que foi por isso que a Rihanna entrou na porrada? Ela tava tentando transmitir secretamente as verdades sobre os maçons e estes enviaram seu carrasco, Chris Brown, para dar um jeito nela? Bem capaz. Nesse ponto, vejo que argumentar perdeu o sentido, então só cabe o sarcasmo, onde eu disse "Eu comprei um esquadro e um compasso para as minhas filhas usarem no colégio. O professor de matemática e geometria devem ser maçons…". Isso aliado a perguntar se ele viu as "referências satânicas" da Disney em sites conspiracionistas.

Com relação ao Rain Man, eu perguntei se o filme do Tom Cruise e do Dustin Hoffman é uma apologia ao Satanismo. Deve ser e a Academia deve estar cheia de adoradores do Diabo, já que Rain Man ganhou o Oscar de melhor filme, melhor direção (Barry Levinson), melhor ator (Dustin Hoffman) e melhor roteiro original. O que as pessoas não entendem é que Rain Man tem pouco a ver com Satanismo. Rain Man é um modo comum de se referir à Síndrome de Savant (pelo menos, ficou depois do filme. Memes, entenderam?). Muito difícil saber isso ouvindo música do Eminem, mas fácil se você procurar no Google. Por sinal, o "rain man" que inspirou o filme morreu em 2009.

Para terminar meu e-mail respondendo a contra-resposta, eu escrevi:

Você não ouviu a piadinha da Luiza no Canadá? Isso deve ser uma influência malévola, não é mesmo?

Faz o seguinte. Pare de ler merda na Internet  e estude sério para entrar numa faculdade que preste. Mas, de repente, eu sou um Illuminatti e quero desviar a sua atenção. Não acredite em nada do que estou falando. Continue acessando este monte de besteiras que você tem lido até agora. Enquanto isso, um chinesinho está estudando PRA <bleep> para poder ter acesso a uma boa Universidade na China com o vestibular mais difícil DO MUNDO, concorrendo com milhões (MI-LHÕES) de outros chinesinhos, fazendo da China o país com o maior número de artigos científicos publicados NO MUNDO.

Fica aí com suas conspirações e depois entre na fila de um bolsa-família, pois é isso que você conseguirá se não largar este monte de merda e for estudar de verdade. Eu já tenho meus títulos, profissão e emprego certos. Você é quem sabe.

André, o Illuminati (aperto de mão secreto)

Sim, eu sei que peguei pesado. Mas tem hora que cansa e as pessoas insistem de acreditar nas coisas. Foi exatamente o comportamento que eu descrevi em A Necessidade de uma Crença. As pessoas querem viver num mundo de mistério e/ou magia. Para elas, é frustrante saber que não haver uma escola como Hogwartz ou que estender a mão para o controle remoto não fará com que o dispositivo venha voando. O mundo é chato sem espiões ou um "sistema" tentando te manipular. Seria legal uma máquina de fazer terremotos, pois poderíamos ter o que reclamar, mas o mundo é chato. Daí, o bando de idiotas que viu V de Vingança acha que andar com a máscara do Anonymous é um ato de rebeldia. Não é, é um ato de estúpida idiotice, que se não fosse pelo filme, ninguém saberia quem foi Guy Fawkes, o terrorista que a Inglaterra mandou pra vala. Um detalhe que as pessoas não sabem ou esquecem: Guy Fawkes não objetivava nenhuma liberdade de cidadãos e sim matar Jaime I e todo o Parlamento porque eles eram protestantes e Fawkes queria uma Inglaterra católica. Lindo, não?

A troca de e-mails já era insana (eu mesmo não sei onde estava com a cabeça!), então segue-se a seguinte pérola:

Ok, tudo bem. Você não leva minha dúvida a sério. Pensei que pudesse me ajudar a esclarecer um pouco esses fatos.

Você não é um Illuminati… ou é? Vc parece ser inteligente (Illuminatis devem ser inteligentes), que estranho tem um Illuminati trocando e-mails comigo! Se vc puder me dizer se é ou não eu ficaria bem contente.

Abraços.

Isso agora parece mais uma questão psiquiátrica. Então, só me resta encerrar a questão:

Resumirei a situação para você: Alguém vai virar tema de postagem de hoje. Consegue adivinhar quem é?

E eu sou o operador do Haaarp. Achamos que você está sabendo demais e daremos um jeito de sua carteira de identidade ser confiscada, colocaremos um implante em seu cérebro e te levaremos para a Área 51, o que é uma boa ideia. Dá tchauzinho pra cortina. Tem um cara atrás dela.

O mundo não faz sentido. Se fizesse, eu ganharia 200 mil reais de salário, livres de impostos. O mundo simplesmente é o que é. Se você acha que a Globo te manipula, não e a Globo que e a vilã, você é que é um idiota que se deixa levar por ela. A função dela é gerar lucro e o lucro é gerado com audiência. As pessoas não são estúpidas porque vêem a programação débil mental dela. A programação débil mental é feita MEDIANTE o público estúpido, na base do "dar ao cliente o que ele quer", e o que se quer é os BBB da vida. Se as pessoas não gostassem, ninguém veria. Simples assim.

Dizer que há mensagens escondidas se tocarmos discos ao contrário gerou duas coisas: idiotas que corriam pra comprar os discos pra ver se é verdade e idiotas que tinham que comprar os discos mais uma vez, pois eles estragaram os primeiros de tanto tentar escutar tais mensagens.

Mas Zeitgeist disse que existe uma conspiração. Dan Brown falou dos Illuminatis. Se eles falaram, então deve ser verdade, não é, mesmo? Acho que dormirei debaixo das cobertas da minha mãe, já aqueles possuem protetor contra as sondas que enfiam no reto da população.

A verdade está lá fora. A burrice é que está dentro das pessoas.

78 comentários em “Não ligue pro Ricardão atrás da cortina

      1. @André, É verdade, seria tão cômico se não fosse estressante… Provavelmente vc recebe milhares de emails desses alienados por dia, acho que eu não teria tanta paciência. Rsrsrs

  1. Tem muita gente que acredita nessas coisas, eu era uma delas, quando li o livro do tio Brown “O Código da Vinci”, fiquei pasmo com as “revelações” que ele fez. A verdade é que pra muita gente a vida é muito mais emocionante com esses mistérios, conspirações, etc. Eu já perdi muito tempo lendo essas merdas, ao invés de me preocupar com a realidade. Hoje eu olho pra trás e digo pra mim mesmo “ainda bem que me livrei daquilo.

    1. Como livro de ação, não é ruim. Só inverossímil que o cara saia de uma capela e vá no Vaticano, na hora do rush, entre no banheiro pra mijar e esteja pronto para descobrir o próximo assassinato, com tudo isso demorando menos de 1 h.

      1. @André, O livro em si é bom, o problema é quem lê, eu mesmo fiquei obcecado nessas conspirações. Sempre fui fissurado em alienígenas, passava horas lendo artigos em blogs, acreditava até que tinham algumas raças infiltradas entre nós :mrgreen:

      1. @Deimos, Pois é, mas não temos culpa, afinal desde criança somos obrigado a acreditar em criaturas sobrenaturais, amigos imaginários, não temos escolha, não podemos questionar, apenas aceitar, principalmente pra quem tem pais católicos fanáticos, então qualquer coisa que digam por aí vai ser fácil de acreditar. Pra minha felicidade sempre fui questionador, desde muito novo, isso me ajudou a me livrar dos demônios que assombravam meu mundo :smile:

          1. @André, Pois é, primeiro eu parei de acreditar em deuses, logo depois em conspiração Iluminati e histórias de alienígenas.

  2. O mundo não faz sentido […]

    Perai que eu preciso mandar pelo menos esse parágrafo pra muita gente. Muito bom.
    Sério, é ridículo certos soldados “anti-alienação” que vemos por ai.

    Quanto ao “ingênuo” do texto, não decidi se rio ou choro, mas poxo, você entregou muito fácil sua identidade André, vou ter que falar com o Obama, ops, chefe.

  3. A criatura voltou!

    Muito Obrigado Tio André

    Acabei de ler seu artigo e tenho que dizer que estou me sentindo privilegiado por você ter feito um texto
    tão bacana sobre nossa troca de e-mails. Acho que vai ser um dos seus artigos mais comentados, não?

    Fiquei indignado com sua incapacidade de reconhecer uma ironia, mas fazer o que…

    Aposto que ficarei surpreso se aparecer alguém dizendo que também tem as mesmas dúvidas que eu, já que
    (pelos primeiros comentários) seus leitores parecem ter medo de expressar uma opinião diferente da sua.

    Não quero continuar tomando seu precioso tempo.

    Abraços e sucesso

    [nome da criatura], o alienado. (Olhos cheios de lágrima) ——> (isso em negrito é uma ironia ok)

    Nada comentarei.

    1. @André, Shuashuashua! Vc tá bem arranjado! :lol:
      Dava até pra pegar esses emails dele e postar no “Voz dos Alienados”. ;-)
      Ficaria d+
      Só que vc resolveu escrever um artigo sobre um alienado só, bem, daí chama + a atenção ainda. Rsrs, mas também deu pra rir. :razz:

    2. @André, Tá bem mesmo, André arrumou um sobrinho dessa vez. Em outro artigo tinha um cara convidando o André pra tomar um chopp com André hehhehe

  4. O pior disso tudo é quando seus próprios pais são os elementos que te induzem a acreditar nessas idiotices. Eu posso falar com a devida propriedade, pois, durante muito tempo, estive rodeado de revistas Planeta e aqueles livros idiotas do Daniken. A ficha só caiu depois qquando o besteirol que o Dino Kraspedon escreveu não se confirmou. Eu até entendo que um garoto de 16 anos, que não tem ainda uma opnião formada sobre fatos e ficção, tenha este tipo de dúvida.

    1. @Deimos, Eu não entendo como alguém com 16 anos não tem ainda uma opinião formada sobre fatos e ficção. Tenho isso como preguiça mesmo, pensar exige muito esforço.

      1. @Olecram, Voce pode começar por levar em considração o seguinte: que nem todo mundo tem a mesma formação educacional, nem todos os pais são suficientemente exclarecidos para orientar melhor seus filhos e, principalmente, ninguém tem obrigação de nascer sabendo ou de seguir os padrões daqueles que acham que sabem de tudo ou que sabem mais do que a maioria. Quando se nasce, cresce e é educado dentro do lixão, em geral, o bodum passa despercebido.

      2. @Olecram, Esqueci: pensar realmente exige esforço, é muito mais fácil crer. Mas somos educados para pensar? Nossos pais foram educados para pensar ou para seguir o rebanho? Se nossos pais foram educados para seguir o rebanho, que educação nossos pais podem nos dar?

          1. @André, É, eu acho que não é possível elencar todas as razões. Eu até desconfio que algumas leis são criadas justamente para dificultar e manter o máximo de pessoas num nível de ignorância suficiente para serem facilmente controladas e manipuladas.

          2. @André, Foi bom você tocar neste
            assunto da palmada, pois algo me passou pela ante-sala do pensamento
            neste momento. Estive lembrando das palmadas, “cinturadas”, chineladas, “palmatóriadas” etc etc etc, que eu costumava levar quando criança e,
            em momento algum, eu entendia isso como se fosse alguma forma de punição
            por algo de errado que eu tivesse feito. Eu sempre lembro disso como se
            fosse mais um ato de vingança por ter desobedecido meus pais, estando eles certos ou errados. Uma consequência disso, é o conceito de respeito pelos pais que, no meu caso, era mais por medo de apanhar, do que por outra razão qualquer. Como seria uma forma correta e educacional de se dar uma palmada, ou várias?

        1. @Deimos, Voce pode começar por levar em considração o seguinte: que nem todo mundo tem a mesma formação educacional, nem todos os pais são suficientemente exclarecidos para orientar melhor seus filhos e, principalmente, ninguém tem obrigação de nascer sabendo ou de seguir os padrões daqueles que acham que sabem de tudo ou que sabem mais do que a maioria. Quando se nasce, cresce e é educado dentro do lixão, em geral, o bodum passa despercebido.

          De acordo com o seu ponto de vista, somente aqueles oriundos de famílias bem educadas e com excelente formação escolar teriam a capacidade de pensar além da maioria. Não, acho que não. Meu caso por exemplo, papai se diz ateu, nível superior completo, minha mãe é temente a deus, embora sua conceituação do que é deus seja um tanto complexa, também com nível superior completo embora tardiamente, quando eu já estava no segundo grau técnico. Meus gostos pessoais diferem de ambos, assim como meus interesses científicos e sociais. Tudo bem, não devo ser um bom exemplo, afinal tratam-se de pessoas esclarecidas, a considerar excluídas da maioria. Passemos então para o caso da minha esposa. Mãe com segundo grau completo, crente e temente ao deus hebreu, pai com o primeiro grau completo, o que saiu como resultado: um lixo com bodum, não enfermeira com doutorado no exterior, embora temente ao deus hebreu e não aos seus emissários na terra. A família de ambos é caótica, há de tudo um pouco, mas a maioria não gosta de pensar, prefere aceitar o mais fácil.

          Sobre nascer sabendo devo concordar que com excessão dos instintos básicos – pensar faz parte deles – um indivíduo qualquer não sabe, mas pode aprender, caso não haja nenhum dano neurológico severo, um cachorro aprende, disso decorre que é quase um dever do ser humano aprender. No passado talvez fosse mais difícil, o conhecimento era caro, distante e restrito, hoje é fácil, barato e acessível. Isso não é mais desculpa, a pessoa pode sim saber sobre o que quiser, desde que use alguns neurônios. Não exijo nenhum Einstein, A., mas ao menos que não acredite que água pega fogo. Se você for em praça pública e a fizer, creia, será no minímo excomungado, se não for morto por pacto com o demônio.

          Claro que ninguém tem obrigação de fazer algo que não queira, embora existam leis e deveres – nem sempre coerentes – em alguns países não existem regimes com cessão de direitos. Contudo, você deve lembrar que se alguém usufrui do direito de não saber ou de seguir padrões esclarecidos, esse direito não deve sobrepujar o direito do outro, inclusive quando o outro não tem pleno domínio de suas funções mentais. Simplificando, não pode a sua crendice, limitar o acesso a tecnologias ou conhecimento, caso outrem precise delas.

          Sobre pensar realmente exige esforço, é muito mais fácil crer. Mas somos educados para pensar? Nossos pais foram educados para pensar ou para seguir o rebanho? Se nossos pais foram educados para seguir o rebanho, que educação nossos pais podem nos dar?

          Somos, acho que ambos estudamos no sistema educacional brasileiro, que por mais que esteja aquém do básico, você aprende disciplinas derivadas do conhecimento científico e não da religião. Eu estudei em colégio de freiras e durante alguns anos tive a disciplina religião, a qual era embasada na bíblia, mesmo assim fui educado a pensar e posso até equacionar isso. Nossos pais foram educados para pensar, até mais que a crianças de hoje, evidentemente também aprenderam a crer em religiões, mas matricularam a grande maioria em um escola e não em seminários. Caso eles não tenham posses, eles podem te dar a educação de uma escola pública e podem ensinar a crer em casa, podem fazer o mesmo com posses, com a diferença de matricular em uma escola melhorzinho. Já estudei em escolas particulares tão ruins quanto o ensino público de algumas escolas. Além disso seus questionamentos aparentemente passam a responsabilidade de um para outros. Um indivíduo pode querer mais, independemente do esclarecimento de seus pais ou do meio onde ele cresceu. Voltamos com isso à primeira parte da tréplica.

          1. @Olecram, Não estabeleci regras abosolutas e nem afimei que não existem excessõe. Eu não usei a palavra SOMENTE, é você que esta usando.

          2. @Deimos, Leia novamente seu comentário. Como ele está escrito, parecem regras absolutas. Como nem todos tem a mesma formação educacional, nem todos são esclarecidos para educar seus filhos e NINGUÉM tem obrigação de aceitar padrões (concordo com essa última sentença, parcialmente). Isso parece um pouco preconceituoso, absoluto e a exceção é feita por diferenças socio-econômicas.

            Claro que isso não deve ter sido o que você quiz escrever. Dedução, de acordo com seus outros comentários.

            Grande abraço

  5. Dan Brown, Chris Brown, Emmet Brown, Eva Braun, há um padrão estabelecendo-se… :razz:

    O pior é que quem nega e refuta essas teorias é rotulado como cego ou “um deles”, não adianta tentar mostrar a verdade.

    No próximo e-mail o questionamento será sobre a viagem à Lua, claro que ele estará devidamente informado após uma consulta ao showdalua.

  6. O pior é que sempre tem um chato que acredita, e enche o saco com isso. Me lembra quem a algum tempo eu peguei carona com uma menina da minha faculdade, e ela fez um desvio enorme porque ela tinha medo de passar na frente de uma loja da maçonaria. E um outro cara que tava no carro com a gente jurava de pés juntos que um cara da igreja dele tinha recebido ameaça de morte dos maçons.

  7. Só faltou vc mandar o menino pro Canadá…hehehe Na minha época de aborrescente nem Internet tinha, e a gente tinha que se preocupar mesmo com os estudos e os namoros (isso quando aconteciam)…tinham aqueles Nintendinhos de 8 bits para dar alguma alegria. Sobre as máscaras do V de Vingança, você está certo, ninguém se toca sobre Guy Fawkes, e olha que até a Wikipedia conta essa verdade, além de ser um tipo de rebeldia às avessas, uma vez que os lucros das máscaras vão pra Warner Bros, que deve querer mais que as pessoas se rebelem e continuem comprando…

  8. Eu sugiro elegermos o menino como mascote do cet.net. Isso, é claro, depois dele passar por nosso ritual canibafroespiritocandoblemaçonarianocristão.

    1. @Morte, A juventude de hoje foi criada e educada pelos jovens de antigamente, os quais viraram pais. Se os jovens de antigamente não foram bem educados, então não se pode esperar muito do desempenho dos pais atuais ao criarem e educarem os jovens de hoje.

      1. @Deimos, Isso é crendice. Nesse caso, estaríamos todos trepados nas árvores. Nossos antepassados, em algum momento tiveram que pensar diferente da educação dos seus pais.

          1. @Morte, Assim como o contrário, também é possível, veja:
            http://g1.globo.com/Noticias/Concursos_Empregos/0,,MUL617037-9654,00-MORADOR+DE+RUA+PASSA+EM+CONCURSO+DO+BB+E+ASSUME+CARGO+EM+JULHO.html
            Mas por outro lado, demonstre que há uma caminho melhor para não se tornar um babaca do que ter bons pais e uma boa educação. Não estabeleci regras quanto a isso, mas, estatisticamente falando, uma familia bem estruturada e boa educação ainda fazem o diferencial.

          2. @Morte, Faça um levantamento numa favela e veja quantos fihos de favelados tem, pelo menos, o primeiro grau completo.

          1. @Deimos, Caríssimo, leia novamente, você está equivocado quanto a minha afirmação sobre nossos antepassados.

            Contudo, a evolução do homem moderno ou espécie evoluída, pode ser dar justamente no pensar, visto que, qualquer vantagem evolutiva nesse quesito fará o indíviduo mutado dominar os menos evoluídos e passar sua carga genética adiante. Caso queira avaliar uma pesquisa segue o link: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S004724847780136X

          2. @Olecram, Você pode também procurar informações sobre a teoria do acumulador de energia. Onde os sistemas mudam por catástrofes. No caso em questão, em algum momento vai haver uma ruptura no padrão vigente. Você pode também pesquisa sobre as revoluções científicas e suas fases de emergência, crise, revolução e organização, que podem ser adaptadas ao modo de operação da sociedade humana, desde os primórdios até hoje em dia.

          3. @Olecram, Você disse o seguinte: “Contudo, a evolução do homem moderno …”, mas eu continuo falando de educação e nção de evolução.

          4. @Deimos, Disse, e o fiz porque você abriu um parentese sobre isso. Existem pesquisas atuais sobre o a atuação da evolução a nível cerebral. Entretanto, porém e contudo, quando pedi que lê-se novamente me referi ao comentário sobre nossos antepassados. O primeiro espécime do homo sapiens deriva de um ancestral mais antigo, com um nível de educação incomensurável, com a melhoria genética, esse ancestral comum, entre eu, você e todos os demais, prosseguiu – teoria da evolução – acontece que esse ancestral conseguiu devido a uma maior capacidade intelectual, desenvolver algum nível de cultura, conhecimento e educação, a qual suponho foi transmitida para seus descendentes. Certamente, ele errou em alguma coisa, do contrário esse ser humano seria deus e blá, blá, bla. Bom os descendentes possivelmente o contestaram. Aí é aquela história, da pedra para os metais, até a história moderna. O conhecimento evolui de um modo muito parecido as espécies. Se algo não for útil deixa de ser utilizado. Assim como a interpretação de texto pelo visto.

          5. @Olecram, Quem abriu parenteses para falar de evolução foi você quando, primeiramente, afirmou que “ainda estaríamos trepados em árvores”. E você ainda continua falando em evolução e termina seu ultimo comentário com um cheirinho de ad hominem.

  9. Nossa Senhora!!! Oh Zeus, prometo fazer o máximo para que meu filho, que está a caminho, não se torne igual a essa criatura. :cry:

  10. Ah!! Parágrafo brilhante sobre a Globo. Não aguento mais as pessoas fazendo campanhas contra “a grande rede de tv manipuladora”. Abraço.

  11. Isso me faz pensar uma coisa:
    Há quanto tempo isso existe?

    As máscaras, os iluminatis, a contestação da viagem à lua são episódios relativamente recentes, mas há quanto tempo existem estas conspirações?
    Desde o homo sapiens?

  12. Olha até entendo o lado do @André as vezes é complicado (chato) ficar respondendo, desmistificando, esclarecendo coisas que são muito absurdas e que com uma simples busca podem ser resolvidas. Eu não sei se concluo que isso é preguiça, pois dependendo do histórico não é impossível que os jovens não saibam nem para que lado partir quando querem descobrir alguma coisa. Contudo, penso que antes de descer a lenha da figura é preciso reconhecer que ao menos ela está querendo ver o “outro lado”, outra versão dos fatos, em relação aquilo que lhe está causando perturbação (sem carga pejorativa). Acho mais salutar um posicionamento nesse sentido do que aquele que encontramos muitas vezes onde a pessoa se fecha para um dogma. No fundo penso que ele buscou mais uma orientação do @André. Claro que ele gostaria de ganhar tudo mastigado, mas talvez alguma indicação sobre bibliografia, blogs, artigos que pudessem fornecer material para a pesquisa incentivando a procurar a resposta almejada não seria uma forma mais produtiva de resolver o problema? Porque, ainda que o @André tenha omitido o nome e identificação dele guardando o sigilo (o que é uma atitude exemplar), haverá implicações que penso devem resultar em uma certa frustração para pessoas ainda tão jovens, e que pode servir de desestímulo a uma atitude mais crítica. Acho que é mais produtivo tentar fazer essas pessoas aprenderem a andar (pesquisar) com os próprios pés (cérebro). Mas reitero que compreendo perfeitamente a frustração (não sei se é a melhor definição) que tais situações trazem ao @André.

    1. Engraçado que para achar pornografia, filme e programa piratas, pessoal sabe se virar muito bem no Google, não é? E eu tinha respondido da primeira vez. Infelizmente, a necessidade da crença impede que a pessoa aceite que o mundo não é filme de suspense.

      Porque, ainda que o @André tenha omitido o nome e identificação dele guardando o sigilo (o que é uma atitude exemplar)

      Só fiz porque o miserável é menor de idade e isso pode dar merda.

      haverá implicações que penso devem resultar em uma certa frustração para pessoas ainda tão jovens, e que pode servir de desestímulo a uma atitude mais crítica.

      Eu convivo com esses “jovens”. Não é bem assim que a banda toca.

      Acho que é mais produtivo tentar fazer essas pessoas aprenderem a andar (pesquisar) com os próprios pés (cérebro).

      Eu faço isso: nos colégios onde leciono. Mas ao invés de estarem prestando atenção ao que o professor diz, eles estão mais preocupados em ficar tuitando, postando merda no Facebook etc. Teve uma vez que eu tomei tanto celular e iPod durante a aula que eu poderia ter montado uma banquinha de camelô. E depois eles vem em sites ou no Yahoo respostas perguntar sobre a matéria que o professor ensinou. Curioso, não?

      Mas reitero que compreendo perfeitamente a frustração (não sei se é a melhor definição) que tais situações trazem ao @André.

      Não me é mais frustrante, porque eu sei que do nada, nada se tira. Eu escrevo para quem quer ler ou tem vontade de aprender. Eu não tenciono perder meu tempo em abrir mente de ninguém ou tentar envolver ou estimular o aprendizado. O importante é aprender a ler, o resto já está escrito. Agora, se os caras preferem maluquices que aparecem sabe-se lá de onde, não serei eu quem irá perder noite de sono.

  13. É incrível como existem pessoas (e são a maioria) que acham que são especiais.. Que se sentem num filme de conspiração. Que pensam que estão sendo monitoradas, controladas.. Que acreditam existir algo maior que tenta controlar e manipular a vida das pessoas.. Não existe isso. Nada deve necessariamente fazer sentido.. Nada foi planejado.. E somos um grão de areia no universo.. Somos mero acaso.

  14. Ri mais que na Voz dos Alienados. Muito boa. Gostei muito da parte da Globo.
    “A programação débil mental é feita MEDIANTE o público estúpido, na base do “dar ao cliente o que ele quer”, e o que se quer é os BBB da vida. Se as pessoas não gostassem, ninguém veria. Simples assim.”

  15. Minha nossa senhora das pernas cabeludas…. Como é que vc faz isso com um muleque? Ele deve ter ido se matar!

    E se o verdadeiro operador do HAARP Ler isso? Vc tá é frito, viu?

  16. Eu penso que esse tipo de coisa tem várias causas correlacionadas :

    – Falta de raciocínio crítico. Qualquer besteira que aparece é interpretada como informação válida, os célebres vídeos do Youtube por exemplo.

    – Não ter entendimento do que seja a Ciência e seus procedimentos. As pessoas usam tecnologia de ponta e nem sabem o que está por trás daquilo. Celulares e outros dispositivos poderiam funcionar por magia que daria no mesmo para os usuários.

    – O mundo racional da Ciência pode parecer muito árido e difícil a essas pessoas, de modo que elas preferem viver em um primitivo “mundo mágico”, mesmo recheado de pavores. Quem leva a sério teorias de conspiração, geralmente também acredita em esquisoterismos.

    Porque vocês acham que as livrarias estão cheias de volumes de pura fantasia ? O que mais se vê agora são livros estilo espada-e-magia, vampiros, lobisomens e outros escapismos. A Ciência, mesmo misturada com aventuras na forma de ficção científica não interessa às pessoas. Quantos adolescentes leriam agora aqueles inesquecíveis clássicos de FC ?

    1. Ou clássicos de Issac Asimov !!! Nunca soube de um adolescente falando sobre uma linha dele…

      Lamentável !

    1. @A. Percy, Hummmm, num sei não! Querer acreditar é o primeiro passo que uma pessoa toma para começar a aceitar alguma coisa fantasiosa como fato. Veja bem que crentes (não só religiosos) não acreditam porque existe alguma evidência que demonstra que é verdade, mas porque querem acreditar que é verdade ou que se torne verdade.

  17. Olha, André… também não coaduno com esse papo de conspiração, etc, tal… entretanto sabemos que existe. Basta voltarmos ao 11 setembro… sei, sei… vc vai falar… “- mais um pra perturbar …” porém só quero manifestar minha opinião embasada em meus anos de engenharia de aviação para atestar que: o prédio do Pentágono, NÃO foi alvejado por uma aeronave, o impacto, bem como, os estragos deixados, não atestam fisicamente que o referido prédio tenha sido alvo de uma aeronave Boeing 757. Caso isso tivesse acontecido, posso atestar que os estragos seriam muiiiito maiores….

    1. E vc esteve lá no Pentágono pra ver in loco e leu o relatório da perícia? Ou vc só viu os vídeos espalhados pela Net?

      Outra: isso implica que os aviões que atingiram as torres gêmeas foi uma obra do governo americano?

      Para finalizar: PARA QUE eles fariam isso? Só pra invadir o Oriente Médio? Não precisaram dessas desculpas antes no Vietnam, Coreia, Somália etc.

      1. Não estive lá realmente, mas o mundo todo pode acompanhar ao vivo os estragos. Eu, particularmente, tive em mãos, fotos de pessoas que estavam próximas ao local e pude avaliar ( não somente eu, mas outros engenheiros ) que NÃO foi uma aeronave.

        O que foi??? Não posso afirmar, seria leviano, mas temos várias hipóteses.

        Se foi uma obra do governo americano??? Novamente não posso dizer se foi ou não.

        Realmente ELES não precisam de desculpas para invadir ou mesmo jogar agente biológico sobre uma pobre aldeia africana para teste de vacina… ELES podem e fazem o que querem.

        Mas, não somente eu, como muitos engenheiros, colocaríamos nossos diplomas na fogueira caso alguém consiga provar ( não o governo americano – mas uma entidade séria ) que uma aeronave 757, com um comprimento de 47,32m e envergadura 38,50m colidiu frontalmente com o Pentágono com uma velocidade mínima de voo, e os estragos foram apenas aqueles apresentados.

        Como diz o padre Quevedo… isso nõ ecxiste!!!

        1. Não sou engenheiro, sou químico. Não posso dizer que sim nem que não. Mas ninguém apresenta nenhuma prova, só especulações do que pode ter havido, mas ninguém explica o motivo. Tenho amigos engenheiros e tudo que eles falam mediante o que foi mostrado até agora é “inconclusivo”.

          1. Legal saber sobre sua formação acadêmica. Então você pode, com propriedade, me dizer se o que você viu, seja pela Tv ou fotos, se o estrago que causou ( seja destruição do patrimônio pelo impacto + incêndio ) é compatível com 11,466 US gal (43,400 l) de querosene de aviação ( que provavelmente tenha mais octanagem que o querosene que a gente usa pra matar formiga ), se o referido estrago não seria bem maior do que eles apontam? Pois a aeronave estava com o tanque cheio! Mediante isso é que fica sempre a dúvida… por quê a mentira sobre algo que não ocorreu? ( digo baseado em uma falácia que criaram sobre uma aeronave invisível ).

          2. Olhe o mundo lá fora. Vc acredita que aquilo tudo foi feito por causa de uma explosão de uma estrela?

            Eu acredito em evidências, não no que aparece na TV, ou então passarei a acreditar em Criacionismo.

          3. @ANUBIS1313,
            Cara, sem ofensas, mas prolongar este tipo de sandice é perda de tempo!
            Vamos ignorar o fato de não ter visto qualquer prova que realmente sustente isso. Se o que disser for verdade? Vai colocar isto à tona assim e esperar o que? Que construam uma estátua e te venerem?
            Novamente digo que não é para ofender, mas só estou mostrando o quanto isso é irrelevante para os dias atuais. O presidente é outro, as circunstáncias são outras, de um jeito ou de outro pessoas morreram.
            Abraços

  18. Concordo contigo…. evidências!!! Por isso mesmo fiz o questionamente do combustível com você, pois é a sua área.

    Quanto acreditar na explosão de uma estrela… bem se ainda lembro de minhas aulas de química ( e me perdoe se estiver errado…)sem as estrelas, a matéria do universo estaria restrita a átomos de hidrogênio e hélio apenas. Então como disse Carl Segan, somos “poeira estelar”.

  19. Gente com mania de conspiração é um saco, tenho um irmão assim. Graças a deus fui dotado com um pouco mais de ceticismo e não levei o livro à sério quando li, apesar de gostar do tema (na época).

    Agora perdão por fugir um pouco do tema, mas tem uma questão que me intriga e que eu não achei resposta: Guy Fawkes já era visto como herói ou somente após V de Vingança? Porque, ora porra, até comemoram a morte dele na Inglaterra!

  20. Bem acho interessante que é como o André falou, o pessoal sabe procurar pornografia na net e etc mas num sabe (tem preguiça) fazer uma simples busca sobre um tema digamos mais “complicado”. Enfim falta paciência mesmo, se bem que a primeira resposta do André já foi bem clara.

    Aproveitando o embalo da postagem, mas mudando completamente de assunto, só gostaria de parabenizar a todos que fazem deste blog a minha dose diária de risadas com o VDA e óbviamente, o mais importante, uma leitura obrigatória sobre muitos temas interessantes. Um forte abraço a todos.

  21. Tenho amigos membros da Ordem DeMolay e amigas da Ordem Filhas de Jó, ambas de natureza maçônica, logo, muito cuidado todos vocês, EU SOU UM ILLUMINATI!

    HAUHAUHAUAHAUHAUHAUHAUHUAHAU

    Engraçado como eles são pessoas normais como todos nós, a maioria meros estudantes de classe média, e católicos (portanto em pecado grave segundo o papa, hehe) ou espíritas, mas mesmo assim as pessoas tem um certo “fetiche” por mistérios e conspirações, pq como o André disse, o mundo é muito chato e algumas pessoas precisam acreditar em qualquer sandice para darem mais sentido a suas vidas medíocres.

    É o que dar ficar lendo material de quinta…

  22. Alienadonaoporopcao
    barbaatk007@yahoo.com.br
    187.11.20.141

    Você que respondeu o post acima, até parece ser um cara inteligente, mas sem nem um pouco de humildade. Seria essa caracteristica de um cético? Um cético, não pode ser considerado alienado? Você criticou a opinião da pessoas que pediu por ajuda, mas não vi nada, além de criticas fazias. A pessoa se deu ao trablho de dar exemplos, e você? A pessoa seria alienada, se ela não se questionasse arespeito do que acontece entorno dela. Sobre os Illuminati? Sim! Já ouvi a respeito deles antes de Dan Brown escrever qualquer coisa. Cético sim. Ignorante não! Pelo que pude entender em suas críticas, você não vê nada de estranho nos acontecimentos históricos. Á você que fez a pergunta, fique preocupado sim. mesmo que o demo não exista, t~em muita coisa errada acontecendo. Um conselho: Larga essa galera. procura pessoas que realmente querem contribuir de alguma forma. Desinformar, não é ajudar!!!!!!

      1. Para alguém que se diz, uo pelo menos tenta mostrar ser um cara racional, sua resposta foi muito vaga! Seu parceiro dissse que comemoram a morte de Guy fawkes na Inglaterra. Desde quando a inglaterra é exemplo de sanidade?
        o Anubis 1313, te fez um monte de perguntas,mas e as respostas? quando pegam alguém que não tem o mínimo de diálogo, vocês sentam a lenha, mas quando se trata de alguém que sabe pelo menos escrever, vocês se evadem. Um disse que é professor e é estressadinho. isso mostra falta de amadurecimento. Vocês são uma piada. Minha capacidade mental? Te fiz um questionamento. Só! Procura um psiquiatra e informa que você não tem auto controle. antes de dizer que eu já procurei, ou devo, leia atentamente a forma como tento me comunicar com você. pareço alguém que precisou ou precisa? (A última pergunta é retórica). Reflita otário!!!!!!!!!!!!

        1. Para alguém que se diz, uo pelo menos tenta mostrar ser um cara racional, sua resposta foi muito vaga! Seu parceiro dissse que comemoram a morte de Guy fawkes na Inglaterra. Desde quando a inglaterra é exemplo de sanidade?

          Guy Fawkes –> terrorista querendo uma teocracia. Simples.

          o Anubis 1313, te fez um monte de perguntas,mas e as respostas?

          Não ganho pra ser professor de vocês, covardezinho.

          quando pegam alguém que não tem o mínimo de diálogo, vocês sentam a lenha, mas quando se trata de alguém que sabe pelo menos escrever, vocês se evadem.

          (bocejo)

          Um disse que é professor e é estressadinho. isso mostra falta de amadurecimento.

          Não sou eu que tenho medo de fantasmas e corporações malvadas.

          Vocês são uma piada. Minha capacidade mental? Te fiz um questionamento.

          Muitas crianças com problemas mentais fazem. Você é só mais uma.

          Só! Procura um psiquiatra e informa que você não tem auto controle.

          Procura um mjichê e diz que vc precisa de um trato.

          antes de dizer que eu já procurei, ou devo, leia atentamente a forma como tento me comunicar com você.

          No meu tempo, o remédio psicológico para criança birrenta como vc era cinta de couro 3x ao dia.

          pareço alguém que precisou ou precisa? (A última pergunta é retórica).

          O que vc precisa é facilmente encontrado em sex-shop, com cerca de 30 cm de comprimento e ponta rombuda.

          Reflita otário!!!!!!!!!!!!

          Compre um espelho e coloque à sua frente. Vc terá o que quer.

          Preciso dizer que aqui vc não comenta mais? Vai pela sombra, molequinho.

          PS. Foda-se.

  23. Povo sem cultura, com tanto rolo aqui no brasil pra cheretar e os nego preferem falar de conspiracao gringa e europeia?

  24. Eu fui ouvir a tal música do Slipknot e caralho! Que música foda! Obrigado ao Sr Capacete de Alumínio por me apresentar pra uma banda que eu gostei muito

Deixe uma resposta para rogerio.reis77 Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s