Butão só aplica vacina se João Bidu deixar

O Butão é um lugar maneiro. Não, sério, eu realmente acho isso. Lá nos cafundós do Himalaia, a paisagem tem um quê de alienígena e de filme de kung fu com aqueles templos e fortalezas. O Butão tem 763.092 habitantes, ou seja, um bairro do Rio de Janeiro, e conseguiu a proeza de vacinar 93% da população adulta (cerca de 472 mil pessoas, praticamente um condomínio); mas teve um porém: tiveram que esperar que a astrologia batesse.

Hein? Pois é.

Tecnicamente, o Butão não comprou as vacinas. Eles ganharam de presente da Índia, que mandou doses da vacina AstraZeneca na faixa, fabricada na Índia como Covishield, mas se engana que é por pura bondade. O que a Índia queria era diminuir a influência política e econômica da China lá.

O primeiro lote dado de presente continha 150.000 doses, e chegou em janeiro, seguido por lotes adicionais. Daí você pensa: “correram para vacinar a galera, certo?” Errou, otário! Do gabinete do primeiro-ministro butanense (ou butaneiro, butanoano, sei lá, use o gentílico que quiser), Lotay Tshering, saiu uma ordem que ninguém receberia a injeção imediatamente porque o governo considerou “importante implementarmos a vacinação em todo o país em uma data auspiciosa”.

Em outras palavras: consultaram o Zhung Dratshang, um painel de monges budistas que supervisiona a religião estatal; uma espécie de cúria metropolitana ou CNBB: Conferência Nacional dos Budistas Butanosos, ou algo assim. O resultado foi uma advertência “não vai vacinar ninguém. Tá pensando que astrologia é bagunça?”. Logo, nada de vacina entre 14 de fevereiro e 13 de março. Só depois que passou este período que foram meter a picadura nos membros das pessoas.

Sim, eu sei que você está rindo. Não se esqueça que o Brasil usa cartas psicografadas como prova em julgamentos de homicídio, ok? Daqui a pouco vai ter decisão tomada ao se consultar os orixás, ao pastor da Universal ou tirando no par-ou-ímpar. No final, quem ganha não ganha porque não vão comprar as vacinas e se ganharem, ela vaio sumir na poeira.

Aliás, falando em astrologia…


Fonte: Washington Post

4 comentários em “Butão só aplica vacina se João Bidu deixar

  1. Essa manchete do Bidu sempre me faz rir, principalmente o comecinho: ” O Sol deve garantir um 2020 mais leve… conforme o prestigiado astrólogo…” kkkkkk

Deixe uma resposta para Gabriel S. Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s